Arquivo da tag: gordo

Cofre gordo: municípios paraibanos vão receber mais de R$ 78 milhões nesta segunda

Um montante de R$ 78.753.199,59 estará na conta dos municípios paraibanos nesta segunda-feira (30).  O valor corresponde ao terceiro decêndio do mês de setembro do Fundo Participação dos Municípios, o (FPM).

Com R$15 milhões descontados do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, R$11 milhões da Saúde e R$787 mil do Pasep, o valor repassado é de mais de R$50 milhões.

Neste mesmo período do ano passado, as cidades receberam R$80 milhões, valor um pouco acima do que foi distribuído este ano.

A Confederação Nacional dos Municípios alerta os gestores locais sobre a ‘inconstância’ na distribuição de transferências. De acordo com o órgão, no primeiro semestre estão os maiores repasses do FPM, concentrados em fevereiro e maio, mas de julho a outubro os repasses diminuem significativamente.

“É importante que os gestores municipais mantenham cautela ao gerir os recursos. A Confederação ressalta que é preciso planejamento e reestruturação dos compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas”, explica a entidade.

 

paraiba.com.br

 

 

Pesquisa diz que é melhor ser gordo e ex-fumante do que magro e fumante

cigarroSabe aquele velho hábito — comum entre modelos e o povo da moda — de fumar um cigarro para espantar a fome? Não vale a pena. Mesmo. Pesquisa divulgada esta semana pela Tobacco Control concluiu que é melhor para a saúde ser um ex-fumante gordo que um fumante magro. O estudo avaliou cerca de 50 mil pessoas em dez países. “É um mito que cai. Fumar não se justifica sob nenhum argumento, muito menos a suposta magreza”, diz Analice Gigliotti, psiquiatra e diretora do Espaço Clif, em Botafogo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O globo

Facebook deixa usuário mais gordo, pobre e malvado, diz estudo

Um estudo resolveu mostrar toda a verdade por trás das fotos de gente rica, magra e boazinha postadas no Facebook.

De acordo com um estudo da Universidade de Colúmbia e de Pittsburgh, a imagem positiva que surge a partir da página faz com que o autocontrole das pessoas diminua.

Uma das consequências mais fáceis de perceber é a agressividade.

“Quando você se sente bem consigo mesmo, você se sente no direito de fazer as coisas. E você quer proteger aquela imagem melhorada, o que faz com que as pessoas reajam tão fortemente àquelas que não concordam com suas opiniões”, disse Keith Wilcox, um dos autores do estudo, ao “Wall Street Journal”.

Folha