Arquivo da tag: fogos

Jovens são esfaqueados na rua após vizinho se irritar com fogos

Duas pessoas foram esfaqueadas na noite dessa sexta-feira (3), no conjunto Acácio Figueiredo, em Campina Grande. O suspeito da tentativa de homicídio é um vizinho das vítimas, que teria se incomodado por eles terem soltado fogos de artifício na rua.

Conforme a Polícia Militar, à TV Correio, os jovens de 18 e 22 anos estavam soltando fogos na rua, o que teria irritado o vizinho, que atacou os dois com golpes de faca. O suspeito é um homem de 55 anos, que foi detido e levado para a Central de Polícia em Campina Grande.

As duas vítimas feridas foram socorridas para o Hospital de Trauma da cidade, mas não sofreram problemas graves e já receberam alta.

portalcorreio

 

São João sem fogueiras e fogos nos municípios de Solânea, Arara e Casserengue

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou a mais três prefeitos municipais a adoção das providências legais cabíveis para assegurar o cumprimento das medidas de isolamento social e proibir o acendimento de fogueiras e a queima fogos de artifício no mês de junho, enquanto durar a pandemia da covid-19. Desta vez, a recomendação foi expedida pela Promotoria de Justiça de Solânea aos prefeitos de Solânea, Arara e Casserengue. Os gestores têm três dias para cumprir a recomendação, sob pena de serem adotadas as ações cabíveis, inclusive para responsabilizá-los pessoalmente em caso de descumprimento.

Conforme explicou o promotor de Justiça Henrique Morais, foi recomendado aos gestores a prorrogação dos respectivos decretos municipais que regulam as ações de combate e enfrentamento à propagação do novo coronavírus, decretando a proibição de fogueiras e queima de fogos – sobretudo os explosivos pirotécnicos que venham a expor a população à fumaça e gases -, em todos os espaços públicos e privados das zonas urbana e rural dos seus municípios.

Essas medidas visam evitar a aglomeração de pessoas nas comemorações e festividades juninas celebradas e alusivas a Santo Antônio (13/06), São João (24/06) e São Pedro (29/06), o que facilitaria a propagação do novo coronavírus e provocaria o colapso nos serviços de saúde. “É desaconselhável, de acordo com os órgãos vinculados ao sistema de saúde, qualquer medida que possa comprometer a eficácia do isolamento social”, destacou o promotor.

A recomendação leva em consideração a superlotação já existente em hospitais do Estado e também tem como objetivo evitar que a fumaça produzida pelas fogueiras e os gases produzidos com a queima de fogos de artifício provoquem o agravamento dos quadros clínicos de pessoas com doenças respiratórias (incluindo a covid-19), levando esses pacientes e necessitarem de atendimento hospitalar. Visa ainda prevenir acidentes que provoquem lesões por queimaduras, o que também pode sobrecarregar ainda mais os serviços de saúde.

Fiscalização e multa

O promotor de Justiça informou que os prefeitos deverão divulgar as medidas à população e que o cumprimento da recomendação e dos decretos municipais deverão ser fiscalizados pelas secretarias municipais de Saúde e Meio Ambiente e pela Vigilância Sanitária, com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

As pessoas que descumprirem as medidas de isolamento social e que acenderem fogueiras e/ou fogos de artifício deverão ser multadas e poderão ser responsabilizadas civil, administrativa e penalmente por crimes contra a saúde pública e contra a administração pública em geral, tipificados nos artigos 268 e 330, ambos do Código Penal, se o fato não constituir crime mais grave.

Ascom/MPPB

 

 

Galpão com fogos de artifício é interditado pela polícia após explosão de fábrica em Solânea

Um galpão que armazenava fogos de artifício foi interditado pela Polícia Civil no começo da noite da terça-feira (8), após a explosão que aconteceu em uma fábrica que produzia os produtos, em Solânea, no Agreste da Paraíba. Segundo o delegado Diógenes Fernandes, responsável pela investigação, os dois estabelecimentos eram vizinhos, pertencem ao mesmo proprietário e funcionavam sem autorização.

No armazém que foi lacrado, todo o material já estava pronto para venda. “É mais um crime para investigar. Inclusive, não consta alvará, pelo menos atualizado, na fábrica de fogos”, contou Diógenes. Ainda de acordo com ele, as causas da explosão só serão identificadas após de 30 dias, com a conclusão de uma perícia feita pela PC.

O proprietário dos locais é um vereador da cidade. Segundo o parlamentar Flávio Evaristo, presidente da Câmara Municipal de Solânea, Josué Pereira dos Santos está no segundo mandato consecutivo.

Após o acidente, o vereador foi encaminhado para o Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com informações da unidade hospitalar, o estado de saúde dele é estável. Ele sofreu uma fratura no braço e queimaduras.

Já outro homem que também estava no local, encaminhado para a mesma unidade, está em estado grave de saúde. Duas outras vítimas que foram encaminhadas com ferimentos leves para um hospital de Solânea já receberam alta.

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Materias explosivos e de fácil combustão também foram encontrados no galpão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Explosão

Um adolescente de 15 anos morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após a explosão de uma fábrica de fogos de artifício, em Solânea, no Agreste da Paraíba. O acidente aconteceu por volta das 15h30 da terça-feira (8). Com o impacto da explosão, o jovem teria sido arremessado a 50 metros de distância.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a fábrica onde o acidente aconteceu ficava localizada em um sítio, na zona rural do município. Parte do local ficou destruído com a explosão.

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Fábrica de fogos de artifício explode em Solânea, PB — Foto: Diego Estéfani Carneiro/ Arquivo pessoal

Acidente anterior

Segundo o delegado Diógenes Fernandes, titular da Delegacia Seccional de Solânea, um acidente semelhante teria acontecido em 2009, em uma fábrica de fogos de artifício, localizada no Centro de Solânea. O estabelecimento pertencia ao mesmo proprietário do local onde aconteceu a explosão desta terça-feira.

No acidente que aconteceu em 2009, um outro filho do proprietário teria morrido. A vítima também tinha 15 anos de idade. A polícia abriu um inquérito para investigar as causas da explosão.

G1

 

Adolescente foi arremessado a 50 metros pela explosão em fábrica de fogos de artifício, diz Polícia Civil

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar as causas do incêndio ocorrido nesta terça-feira (8), em uma fábrica de fogos de artifício, no município de Solânea, no interior da Paraíba. Um adolescente morreu e três pessoas, incluindo o proprietário do imóvel, ficaram feridas.

A Polícia Civil descobriu um galpão escondido no local com grande quantidade de fogos de artifício armazenados. O material foi apreendido e vai passar por perícias.

O inquérito vai apurar se o local tinha autorização para a fabricação de fogos de artifício.

Equipes da Polícia Civil de Solânea se deslocaram ao local assim que o incêndio começou.

De acordo com Diógenes Fernandes, delegado titular da Delegacia Seccional de Solânea, a fábrica é de propriedade de Josué Pereira, vereador no município conhecido como Zué de Solânea.

O filho do vereador, Joalaaf Kaike de Moura, 15 anos, foi arremessado a uma distância de 50 metros e morreu no local.

“O proprietário e um funcionário do local foram socorridos com queimaduras aparentemente leves para um hospital de João Pessoa. Um vizinho teria sido socorrido com ferimento no ouvido, lesão no tímpano”, afirmou o delegado.

Segundo o delegado, outra fábrica de fogos de artifício, também pertecente ao vereador Zué de Solânea, explodiu em 2009. Na ocasião, outro filho do vereador, também com 15 anos, morreu no local.

 

 

clickpb

 

 

Acidente com fogos de artifício em rodeio deixa 2 mortos e 30 feridos

Um acidente durante a queima de fogos de artifício deixou duas pessoas mortas em uma feira agropecuária em Bom Jesus do Araguaia, a 983 km de Cuiabá, na noite deste sábado (30).

Segundo o G1, um rojão caiu na arquibancada, onde as vítimas estavam e também deixou cerca de 30 pessoas feridas.

A Polícia Militar e a prefeitura do município informaram que a explosão aconteceu no momento de entrada do locutor que iria narrar o rodeio. O evento foi cancelado devido ao acidente.

“Eu estava junto com outros prefeitos de municípios da região e empresários que iriam entrar na arena durante a abertura do rodeio desse dia, quando de repente houve uma explosão e o rojão se espalhou no alto, caindo na arquibancada. Não sabemos direito o que aconteceu”, disse o prefeito de Bom Jesus do Araguaia, Joel Ferreira (PSDB).

Ele contou que depois do acidente, a festa acabou, e todos se mobilizaram para tentar ajudar as vítimas que estavam feridas. “Entrei em contato com as prefeituras da região para que ajudassem as nossas equipes no resgate das vítimas.

Cerca de 1.500 pessoas estavam na arquibancada no momento do acidente, que ocorreu por volta de 23h [0h no horário de Brasília], segundo o prefeito.

A publicação explica que a Exposição Agropecuária de Bom Jesus do Araguaia (Expobonja) é realizada todos os anos pela prefeitura no período em que comemora o aniversário do município. A entrada para os quatro dias de festa é gratuita. O evento estava previsto para terminar neste domingo (1º), mas a feira foi cancelada. O município decretou luto de três dias pela morte das vítimas.

Notícias Ao Minuto

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem é preso em Belém ao soltar fogos dentro de ginásio e provocar correria

Policiais da 3ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam, na noite desta quinta-feira (28), na cidade de Belém, um homem acusado de queima de fogo de artifício em ambiente esportivo fechado.

O acusado estava no interior do ginásio de esportes “Xaviezão”, onde aconteciam atividades desportivas, quando soltou um fogo de artifício, do tipo foguetão, na direção das pessoas, causando medo e correria entre elas.

De imediato, a guarnição policial esteve no local e conduziu o acusado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi lavrado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem morre atingido por fogos durante evento político em Araçagi

fogosUm militante político da cidade de Araçagi foi atingido na cabeça. Ele soltava fogos de artifícios num evento político daquela cidade, na Região Metropolitana de Guarabira/PB, na noite desta quinta-feira (29).

Conforme informações , a vítima de prenome “Jesus”, estava soltando fogos no comício evento de encerramento da candidata a prefeita Josilda Macena (PSC). Uma das bombas teria explodido e atingido a cabeça da vitima.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, socorreu a vítima para o hospital da cidade, mas ela não resistiu e faleceu.

nordeste1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Justiça proíbe fogos e carreatas durante campanha eleitoral em quatro cidades da PB

Eleições-2016Estão proibidas a queima de fogos de artifício e carreatas em rodovias federais (BRs) durante a campanha eleitoral deste ano nas cidades de Catingueira, Emas, Olho D’água e Piancó, no Sertão da Paraíba. A decisão, que foi comunicada a representes de partidos políticos em uma reunião realizada em Piancó, foi da juíza Vanessa Moura Pereira Cavalcante, da 32ª Zona Eleitoral.

Segundo a determinação da juíza, passeatas estão liberadas, mas sem o uso de qualquer tipo de veículo.

A Justiça indicou que serão permitidos apenas dois carros de som durante a realização de eventos. A juíza liberou a queima de fogos apenas no dia da realização do último comício de cada candidato

pbagora com Justiça eleitoral

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Pai é morto e filho ferido após discussão com vizinho por causa de fogos de artifício, na PB

casos-de-policiaUm homem foi morto e o seu filho ferido por disparos de arma de fogo após uma discussão com um vizinho na noite da terça-feira (23), no município de Mari, Zona da Mata paraibana, a 67 km de João Pessoa. A briga teria ocorrido após reclamações das vítimas referentes a soltura de fogos de artifícios disparados pelo vizinho, que se irritou com o pedido e efetuou diversos disparos.

De acordo com o sargento Valmir, da Polícia Militar em Sapé, responsável pelo policiamento em Mari, as vítimas teriam se irritado com os constantes disparos dos fogos perto de sua residência e foram pedir que o vizinho parasse com o ato.

“Eles se irritaram com o fato do vizinho estar soltando fogos constantemente perto de sua casa e foram pedir que ele parasse. Houve um discussão e o suspeito entrou em casa, pegou uma arma e efetuou diversos disparos. Um homem foi baleado e morreu no local, já o filho dele sofreu dois disparos e foi socorrido para o Hospital de Trauma em João Pessoa”, disse o sargento.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ao Portal Correio a assessoria de imprensa do Trauma informou que a vítima socorrida para a unidade permanecia internada até às 11h desta quarta.

 

Portal Correio

Cachorro com medo de fogos. O que fazer?

Aqui no Brasil, tudo parece ser uma desculpa para soltar fogos de artifício. Em todas as datas comemorativas e finais de campeonato, quem sofre com toda essa barulheira é o nosso cachorro.

Saiba o que fazer com o seu cachorro que tem medo de fogos de artifício e entenda o porquê dessa fobia.

 

Cachorro com medo de fogos. O que fazer? Foto: Reprodução

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Porque cachorro tem medo de fogos?

Primeiro é importante entender o porquê do cachorro sentir tanto medo de fogos. O cão possui audição muito sensível, podendo escutar a origem do som em até 6 centésimos de segundo e chegando a escutar até 45 mil hertz.

Então, o som dos fogos (também alarmes e trovões) pode ser uma fonte de inquietação. Inicialmente essa sensibilidade se desenvolveu ao longo da evolução, com o intuito de detectar presas e aprimorar a comunicação com outros companheiros da matilha.

 

Cachorro com medo de fogos. O que fazer? Veja algumas dicas para ajudar seu cachorro nesta hora.

  • Conversar com um adestrador sobre o problema e começar a tratar a questão o quanto antes com treinamentos.
  • Em dias tranquilos, coloque o som de fogos para o seu cachorro ouvir e faça com que esse momento seja de brincadeira e diversão, para que ele associe o barulho a algo positivo.
  • Ficar acariciando o cachorro nesse momento não o ajuda a se ajustar ao barulho, e sim, pode estar incentivando o medo que ele está sentindo.
  • Se o seu cachorro precisa estar em seu lugarzinho seguro durante o tempo em que os fogos de artifício estão sendo soltos, deixe que ele se esconda.
  • As vezes o som da televisão ou do ventilador ajuda a abafar o barulho dos fogos lá fora.
  • Mantenha a calma e projete essa confiança para o seu cachorro. Lembre-se que os cães são peritos em linguagem corporal e vão saber se você estiver só fingindo estar calma.
  • Colocar um algodãozinho no ouvido do cachorro para que ele não escute com tanta intensidade o barulho.
  • Colocar o cão em uma guia, sem estar apertada, para que ele não fuja.
  • Conferir o portão da sua casa. Essa atitude é importante pois muitos cães, quando estão com medo no momento dos fogos, fogem.
  • Manter a coleira no seu cão, com idenficiação, assim como considerar colocar um microchip no animal.
  • Entre em contato com um homeopata para acompanhamento no tratamento de casos de ansiedade. Lembrando que nesse caso, o resultado não é imediato.
  • Sempre converse com o seu veterinário sobre o problema. Em casos extremos, o profissional responsável pode prescrever um tranquilizante para que o cachorro mantenha a calma.
  • Se possível, evite deixar seu cão sozinho em casa em dias que provavelmente soltarão fogos de artifício.

portaldodog


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627