Arquivo da tag: financiamentos

Suspeitos de fraudar empréstimos e financiamentos são presos na Paraíba

Cartões sem nome foram apreendidos pela Polícia Civil (Foto: Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa/Polícia Civil)
Cartões sem nome foram apreendidos pela Polícia Civil (Foto: Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa/Polícia Civil)

Três pessoas foram presas, na tarde desta terça-feira (28), suspeitas de integrar uma associação criminosa especializada na falsificação de documentos, contratação de empréstimos bancários, financiamento de veículos e transferência de benefícios sociais – como aposentadorias e pensões – de maneira fraudulenta. A prisão foi realizada em Sapé, na Mata Paraibana, durante uma operação da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF).

Segundo o delegado Lucas Sá, durante a operação, foram presas duas mulheres, de 45 e 53 anos, e um homem de 54 anos. Todos foram autuados por estelionato, receptação, falsidade ideológica, uso de documento falso, associação criminosa e porte ilegal de arma. As penas podem ultrapassar 25 anos de prisão. Outras duas mulheres e um homem, já identificados, não foram localizados durante a operação e são considerados foragidos. A polícia ainda investiga a participação de outras duas pessoas.

As investigações da DDF tiveram início com a prisão de um dos integrantes da associação, no dia 11 de janeiro. A partir desta prisão em flagrante, a DDF passou a investigar as fraudes praticadas, descobrindo que os crimes são praticados por uma associação criminosa composta por pelo menos oito pessoas, de diversos estados.

Após usados, documentos falsos eram destruídos (Foto: Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa/Polícia Civil)
Após usados, documentos falsos eram destruídos
(Foto: Delegacia de Defraudações e Falsificações
de João Pessoa/Polícia Civil)

De acordo com Lucas Sá, os suspeitos possuem senhas de acesso de bancos e de sistemas de informação, utilizando as informações obtidas na fabricação dos documentos falsos. A DDF descobriu a localização atual da associação, em Sapé, e passou a monitorar os suspeitos por dois dias antes de deflagrar a operação.

A associação criminosa já fez pelo menos 11 vítimas nos últimos quatro meses, conforme explicou o delegado. Eles abriam contas bancárias, contratavam empréstimos, clonavam cartões de crédito, financiavam veículos e conseguiam até mesmo transferir benefícios sociais das vítimas, causando, em média, um prejuízo de cerca de R$ 40 mil por vítima, desviando pelo menos R$ 330 mil.

A DDF conseguiu contato com uma das vítimas, que mora em Natal, em nome do qual foi feito um empréstimo no valor de R$ 55 mil, financiado um veículo Fiat Bravo, e outras condutas, causando um prejuízo total de R$ 80 mil. A vítima – deficiente físico e aposentado por invalidez – teve a sua aposentadoria transferida para a conta aberta pelos golpistas, de maneira que está tentando demonstrar na justiça que todas as contratações foram realizadas de maneira fraudulenta.

Com os detidos, a DDF apreendeu um revólver .38, cartões bancários em branco, cartões de crédito clonados, cédulas de identidade falsas, plástico para fabricação de RGs, impressoras utilizadas para a fabricação dos documentos, três veículos adquiridos com documentos falsos e diversos equipamentos eletrônicos.

cartoes2
Polícia apreendeu cartões clonados (Foto: Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa/Polícia Civil)

 

 

 

 

 

 

 

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Financiamentos de veículos caem 40,4% em novembro na Paraíba

carrosNo melhor mês do ano em todos os estados brasileiros, os financiamentos de veículos na Paraíba recuaram 40,4% em novembro, na comparação com outubro, somando 2.735 unidades negociadas, entre automóveis leves, motos e pesados. As vendas financiadas de automóveis leves novos totalizaram 593 unidades, queda de 52% em relação a outubro.

Enquanto isso, a região Nordeste apresentou alta de 8,1% nos financiamentos de veículos no mesmo período, com estados como Bahia e Piauí crescendo 16,9% e 16,8%, respectivamente. Outros estados que registraram aumento nas vendas a crédito entre outubro e novembro acima dos 10% que ajudaram no resultado positivo da região foram Alagoas (12,8%), Ceará (10,1%), Pernambuco (10,9%) e Rio Grande do Norte (13,2%).

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG).

No total, em novembro, foram financiados 1.654 automóveis leves na Paraíba, queda de 53,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, e 1.043 motos, baixa de 33,4% na mesma base de comparação. Os dados consideram unidades novas e usadas.

No acumulado do ano, o volume de financiamentos de veículos no estado atingiu 52.405 unidades, queda de 16,7% em relação ao mesmo período de 2015. Os dados levam em consideração automóveis leves, motos e pesados.

O Nordeste totalizou 66.494 veículos financiados em novembro, queda de 9% em relação ao mesmo mês de 2015. Ao somar 17.210 motos vendidas a crédito, no entanto, a região manteve a segunda posição no ranking de financiamentos da categoria em todo o Brasil, atrás do Sudeste.

O total de veículos financiados no Brasil em novembro totalizou 404.737 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, queda de 0,1% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Desse total, veículos novos somaram 138.731 unidades vendidas a crédito, enquanto os usados chegaram a 266.006.

O SNG é uma base privada de abrangência nacional que reúne as informações sobre restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de concessão de crédito. Essa base é consultada e atualizada em tempo real pelas instituições financeiras.

Sobre a Cetip

A Cetip é a integradora do mercado financeiro. É uma companhia de capital aberto que oferece serviços de registro, central depositária, negociação e liquidação de ativos e títulos. Por meio de soluções de tecnologia e infraestrutura, proporciona liquidez, segurança e transparência para as operações financeiras, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do mercado e da sociedade brasileira. A empresa é, também, a maior depositária de títulos privados de renda fixa da América Latina e a maior câmara de ativos privados do país.

Mais de 17 mil instituições utilizam os serviços da Cetip. Entre elas, fundos de investimento; bancos comerciais, múltiplos e de investimento; corretoras e distribuidoras; financeiras, consórcios, empresas de leasing e crédito imobiliário; cooperativas de crédito e investidores estrangeiros; e empresas não financeiras, como fundações, concessionárias de veículos e seguradoras. Milhões de pessoas físicas são beneficiadas todos os dias por produtos e serviços prestados pela companhia como processamento de TEDs e liquidação de DOCs, além de registro de CDBs e títulos de Renda Fixa, e serviço de entrega eletrônica das informações necessárias para o registro de contratos e anotações dos gravames pelos órgãos de trânsito.

maispb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Paraíba receberá R$915 mi para financiamentos do Minha Casa em 2014

minha-casa-minha-vida1Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (23), a Instrução Normativa nº 44 que dispõe sobre o Orçamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) referente à área de Habitação Popular e demais operações habitacionais para o exercício de 2014. A Paraíba será contemplada com R$915 mi, que serão gerenciados pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil que são os agentes financiadores do programa Minha Casa Minha Vida no estado.

A instrução normativa de hoje formaliza o Plano de Contratações e Metas Físicas dos programas habitacionais com recursos do orçamento operacional do FGTS já aprovado pelo Conselho Curador do Fundo na Resolução nº 732 de 29 de outubro de 2013, autorizado pelo ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP), via Plano de Metas e de Contratação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
“São recursos significativos que irão provocar um aquecimento na cadeia produtiva da nossa querida Paraíba. São quase um bi voltados para financiamentos de imóveis novos para pessoas físicas que encaixam no perfil do Minha Casa Minha Vida e que podem pagar o montante financiado em 20 anos por exemplo”, comemorou o ministro paraibano que é vice-presidente do Partido Progressista na Paraíba.

Conforme a publicação, num total de R$46,3 bi ficam destinados R$ 21,5 bilhões para concessão de financiamentos a pessoas físicas ou jurídicas , que beneficiem famílias com renda mensal bruta limitada a R$ 3.275,00, passíveis de enquadramento no Programa Nacional de Habitação Urbana – PNHU, integrante do programa Minha Casa, Minha Vida.

“A cada chave entregue temos a certeza de que estamos dando um passo para transformar o Brasil em um país mais justo. É o momento em que o chefe de família deixa de pagar aluguel e passa a investir em outros benefícios para sua família. Esse programa também é responsável pela geração de muitos empregos, realizar sonhos e melhorar as condições de vida”, concluiu Ribeiro.

MaisPB com Assessoria 

Linha de crédito incentiva financiamentos para profissionais liberais

creditoCom o objetivo de incentivar o aumento da produtividade, a manutenção e a geração de emprego e renda aos profissionais liberais, o Banco do Nordeste oferece a oportunidade de financiamentos por meio do programa Proliberal, linha de crédito específica para este segmento profissional.

O recurso é destinado a investimentos em bens e serviços associados às atividades, de acordo com a habilitação profissional do beneficiário, e ainda para capital de giro destinado a suprir as necessidades da execução das atividades.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As operações são realizadas de forma individual, ficando impedido o uso do recurso para pagamento de dívidas, de assessoria empresarial e técnica, para aquisição de imóveis ou aquisição de programas e bens de informática usados, veículos automotivos e obras de construção civil, exceto para reforma e/ou adaptação do imóvel onde já são realizadas as atividades fins do profissional que recebe o financiamento.

Qualquer pessoa física que seja profissional liberal de nível médio ou superior, inclusive recém-formado, comprovadamente registrado no respectivo conselho de fiscalização das profissão, e que possa exercer a profissão legalmente, está apto a receber o recurso.

Para os casos de profissionais liberais que sejam empregadores de mão de obra (secretária, recepcionista, digitador, arquivista, desenhista, assistente, etc.), é necessário que estejam inscritos no INSS como empregadores para obterem o respectivo Certificado de Empreendedor Individual (CEI), tendo também de comprovar estar em dia com a entrega da Relação Anual de Informações Sociais.

O prazo máximo para quitação das operações é de 36 meses, sendo determinado em função da capacidade de geração de receita do empreendimento, já estando inclusos nesse prazo até 6 meses de carência para início do pagamento.

Interessados no financiamento podem procurar uma agência do Banco do Nordeste mais próxima e adquirir mais informações por meio do endereço do banco .

 

Proliberal

A Linha de Crédito de Apoio ao Profissional Liberal  visa apoiar os profissionais mediante a concessão de financiamento, objetivando o aumento da produtividade, a manutenção e geração de emprego; destinando-se o crédito a investimento e capital de giro associado

 

Fonte:

Banco do Nordeste

Número de financiamentos estudantis pelo Fies aumentou 140% entre 2011 e 2012

fiesO número de contratos firmados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) mais do que dobrou em 2012 em relação a 2011, segundo dados divulgados hoje (1º) pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo com a pasta, em 2012 foram 368 mil novos financiamentos, enquanto em 2011, foram firmados 153 mil novos contratos, o que representa um aumento de 140%.

O Fies permite ao universitário financiar de 50% a 100% das mensalidades de acordo com a renda familiar do estudante e o comprometimento desse valor com os encargos educacionais. Os juros são 3,4% ao ano, para todos os cursos, e o pagamento começa 18 meses após a formatura. Durante o curso, o estudante paga, a cada trimestre, o valor máximo de R$ 50, referente a juros incidente sobre o financiamento.

Em novembro do ano passado, por meio de medida provisória, o programa recebeu um repasse de R$ 1,683 bilhão a mais para oferecer em crédito a estudantes que queiram ingressar em universidades particulares.

O Fies substituiu o Programa de Crédito Educativo em 1999 e financia o ingresso de estudantes em cursos de graduação de faculdades particulares com nota igual ou maior a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Os candidatos ao benefício devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Estudantes com renda familiar mensal bruta maior que 20 salários mínimos ou comprometimento menor que 20% dessa renda com educação não podem participar.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Termina nesta segunda prazo para partidos divulgarem relatório de financiamentos de campanha

 

Os candidatos, partidos políticos e coligações têm até esta segunda (6) para divulgar na internet um relatório discriminado dos recursos para financiamentos da campanha eleitoral e gastos. Pela lei, eles devem mencionar também estimativas de gastos. Os dados serão divulgados na página da Justiça Eleitoral. Os eleitores que ainda não tiraram a segunda via do título têm mais dois dias para solicitar o documento.

O calendário, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não prevê prorrogações. As eleições municipais ocorrem nos dias 7 e 28 de outubro. No dia 7, será o primeiro turno e em 28, o segundo turno, caso seja necessário. Pelos dados do TSE, há 15.351 candidatos a prefeito, 15.491 a vice-prefeito e 442.179 a vereador em todo o país.

O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral tem até quarta-feira (8) para requerer a segunda via do título em qualquer cartório eleitoral. Ao solicitar a segunda via, o eleitor deve esclarecer se quer receber o documento na sua zona eleitoral ou naquela onde a requereu.

No dia 8, terminam os prazos para os órgãos de direção dos partidos políticos preencherem as vagas remanescentes para as eleições proporcionais. O alerta do TSE é para que sejam observados os percentuais mínimo e máximo para candidatos de cada sexo.

Também ocorre na quarta-feira a designação dos locais das mesas eleitorais para o primeiro e segundo turnos, além de ser a data limite para a nomeação dos integrantes das juntas eleitorais.

Renata Giraldi/Repórter da Agência Brasil

Focando a Notícia