Arquivo da tag: fecham

Índios fecham Esplanada e entram em conflito com PM em ato por demarcação

Indígenas acampados em Brasília fecharam a Esplanada dos Ministérios durante uma marcha até o Congresso Nacional, na tarde desta terça-feira (25). A caminhada começou às 15h. Por volta das 15h30, os índios desceram correndo o gramado em frente ao Congresso e foram impedidos por policiais da Tropa de Choque de acessar a entrada que dá acesso à Câmara e ao Senado.

Policial e índio apontam armas, um contra o outro, durante protesto por demarcação de terras indígenas, em Brasília (Foto: REUTERS/Gregg Newton)

Policial e índio apontam armas, um contra o outro, durante protesto por demarcação de terras indígenas, em Brasília (Foto: REUTERS/Gregg Newton)

De acordo com a Polícia Militar, 2 mil índios participaram da manifestação. A organização do ato fala em 3,4 mil. A PM usou bombas de gás, balas de borracha e spray de pimenta para impedir que os manifestantes seguissem em direção ao prédio. Em resposta, indígenas atiraram flechas contra os militares e em direção ao Congresso.

A Polícia Militar usou bombas de gás para dispersar uma manifestação de índios em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, nesta terça-feira, 25. (Foto: Dida Sampaío/Estadão Conteúdo)

A Polícia Militar usou bombas de gás para dispersar uma manifestação de índios em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, nesta terça-feira, 25. (Foto: Dida Sampaío/Estadão Conteúdo)

Mais numerosos do que os policiais, os manifestantes conseguiram furar o bloqueio e começaram a pular dentro do espelho d’água. Caixões de papel foram jogados no gramado e também na água. O grupo protesta contra o governo do presidente Michel Temer e reivindica o avanço na demarcação de terras indígenas.

Índios fecham Esplanada e entram em conflito com PM em ato por demarcação (Foto: Marília Marques/G1)

Índios fecham Esplanada e entram em conflito com PM em ato por demarcação (Foto: Marília Marques/G1)

Índios de diferentes etnias estão reunidos em Brasília para a 14ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL). O objetivo é pedir mais respeito à natureza e à demarcação de terras. O evento é promovido pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e deve se estender até a próxima sexta-feira (28).

Por volta de 16h, um pequeno grupo de manifestantes chegou a descer a rampa em direção à chapelaria do Congresso – rota de passagem para visitantes e parlamentares –, mas subiu novamente sem conseguir acessar a parte interna do prédio.

Policial com flecha indígena durante protesto (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)

Policial com flecha indígena durante protesto (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)

Por diversas vezes, mulheres que participavam do ato tentaram formar um cordão humano em torno do gramado central da Esplanada, na área próxima ao Congresso. O grupo foi impedido pela PM. Segundo os manifestantes, uma mulher ficou ferida e quatro índios foram presos.

Índios fecham Esplanada e entram em conflito com PM em ato por demarcação (Foto: Marília Marques/G1)

Índios fecham Esplanada e entram em conflito com PM em ato por demarcação (Foto: Marília Marques/G1)

No auge do confronto, os dois sentidos da Esplanada chegaram a ser interditados. Por volta das 16h30, os índios ainda bloqueavam o trânsito no sentido Congresso-Rodoviária do Plano Piloto, mas as faixas na direção contrária estavam liberadas para veículos.

O ato surpreendeu motoristas que passavam pelo local. “Estava indo buscar um passageiro mas me pararam aqui. Eles fecharam a pista, mas tem um cliente me esperando no Supremo [Tribunal Federal]”, disse o taxista Gilberto Ramos.

Indígenas marcham no Eixo Monumental, em Brasília, e pedem maior demarcação de terras (Foto: Marília Marques/G1)

Indígenas marcham no Eixo Monumental, em Brasília, e pedem maior demarcação de terras (Foto: Marília Marques/G1)

A manifestação terminou às 18h. As vias foram liberadas e os indígenas voltaram para o acampamento montado em uma área próxima ao Teatro Nacional, onde pretendem ficar até o fim da semana.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Comércios e shoppings fecham no Dia do Comerciário em João Pessoa

dia-do-comerciarioO comércio de João Pessoa não funciona nesta segunda-feira (17), dia do comerciário. Além do comércio de rua, shoppings e outros estabelecimentos comerciais mudam os horários de funcionamento. Confira a lista completa abaixo:

Comércio
Segundo Sindicato dos Lojista do Comércio de João Pessoa, os estabelecimentos comercias de João Pessoa fecham. O sindicato ressaltou que esta é a única data em que não há negociação para abrir, mesmo respeitando as cláusulas da convenção coletiva de trabalho dos comerciários.

Casas da Cidadania dos Shoppings Manaíra e Tambiá
A Casas da Cidadania que funciona nos Shopping Tambiá, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), não vai realizar atendimento ao público nesta segunda-feira. As demais Casas da Cidadania funcionam normalmente, inclusive a do Shopping Manaíra.

Parque Arruda Câmara
O Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica) abre nesta segunda-feira excepcionalmente devido ao feriado em comemoração ao Dia do Comerciário, das 8h às 17h, ficando fechado na terça-feira (20) para descanso dos animais e manutenção do Parque.

Bancos
As agências bancários vão funcionar normalmente nesta segunda-feira, dia do comerciário, no entanto, atendendo ao horário de verão, das 9h às 15h.

Trens
Os trens urbanos e os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) vão circular normalmente nesta segunda-feira, de acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos de João Pessoa (CBTU), das 4h20 às 19h41.

Correios
As agências dos Correios vão funcionar normalmente, pois os atendentes são empregados públicos e não comerciários. No entanto, algumas agências não vão funcionar, tendo em vista que não atuam de maneira independente. São elas: agência Afonso Pena, Bancários, Bessa Shopping, Mag Shopping e Ponto de Cem Reis.

Shoppings

Manaíra Shopping: O shopping estará fechado nesta segunda-feira. Funciona apenas a academia, banco e faculdade.
Mangabeira Shopping: Lojas e praça de alimentação estarão fechadas. Funciona apenas o cinema, das 13h às 22h30, GameStation e Boliche, das 13h às 22h, agência Unicred e a academia.
Shopping Tambiá: Apenas a praça da alimentação e Playtoy vão estar abertos das 12h às 21h (horário local). Os cinemas funcionam de acordo com os horários das sessões.
Mag Shopping: Apenas a praça de alimentação, cinemas, consultórios e parte infantil abrem das 12h às 22h (horário local).
Shopping Sul: Fecha totalmente.
Shopping Cidade: Apenas a praça de alimentação funciona de 9h às 18h (horário local).
Shopping Sebrae: Fecha totalmente.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Contas eleitorais de 11, 52% dos candidatos paraibanos não fecham, segundo Sisconta

contasMais de mil contas eleitorais referentes às campanhas de candidatos em 2016 contém alguma irregularidade na Paraíba, de acordo com o Sisconta Eleitoral. O Sisconta é um banco de dados desenvolvido pela Procuradoria-Geral da República em 2012 para agilizar o trabalho de análise de registros de candidaturas. Em 2016, pela primeira vez, foi acrescentada a categoria Conta Suja.

Até o dia 21 de setembro, o levantamento de dados gerou 1.372 relatórios com indicativos de irregularidades nas contas eleitorais entre os candidatos paraibanos. Neste ano de 2016, 11,52% dos 11.908 candidatos a prefeito, vice-prefeito ou vereador já tiveram problemas detectados em suas contas. Em todo o Brasil, foram produzidos 65.268 relatórios com indicativos de irregularidades na arrecadação de recursos de campanha para as eleições de 2016, o que representa 13% do total de candidatos.

Dentre as irregularidades que o sistema caracteriza nas contas eleitorais estão a presença de doadores já mortos, doadores inscritos em programas sociais, doadores com renda formal incompatível com o valor doado; doadores inscritos como desempregados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o que indica falta de capacidade econômica para doação. Nestes casos, o indicativo é de lavagem de dinheiro. O Sisconta Eleitoral faz o cruzamento de dados de doadores e candidatos fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com informações de outros órgãos públicos.

Irregularidades envolvendo empresas também entram no módulo Conta Suja, como grande concentração de doadores no quadro de funcionários de uma mesma pessoa jurídica e companhias e organizações recebedoras de recursos públicos cujas pessoas físicas como doadores de campanha. Nestes casos há indícios de doações camufladas.

Com base nestes dados, cabe ao promotor eleitoral avaliar as situações e realizar os procedimentos necessários para investigar os casos. O procurador regional eleitoral da Paraíba, João Bernardo, pretende iniciar a análise das denúncias e realizar diligências ainda neste mês de outubro. “Nós tivemos o encaminhamento de algumas denúncias na Paraíba, que passada a eleição, nós vamos, agora, nos deter nessas análises, nesses cruzamentos”, destacou.

De acordo com o procurador no estado, todos os casos devem ser analisados para que possa ser dado um parecer. “Sendo detectado que há, realmente, indícios de cometimento de ilícito eleitoral, nós vamos chamar essas pessoas, abrir os procedimentos para, caso seja comprovada essa doação, fazer as ações judiciais”, afirmou João Bernardo.

O Sisconta Eleitoral também faz um levantamento dos candidatos ficha suja que disputam as eleições. De acordo com os dados divulgados até agora, em 2016, foram produzidos 84 relatórios com indicativos de irregularidade entre os candidatos paraibanos, o que representa 0,71% do total. Neste caso, as informações de inelegibilidade são fornecidas pelo Judiciário, tribunais de contas, casas legislativas e até conselhos profissionais.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Palmeiras e Manchester City fecham acordo para venda de Gabriel Jesus

JesusO futuro de Gabriel Jesus está muito perto de ser definido. Palmeiras e Manchester City já entraram em acordo. Agora, restam detalhes por parte do jogador a serem resolvidos para que tudo seja colocado no papel. O atacante, que permanece no Brasil pelo menos até o final do ano, tenta receber mais com a transferência.

A proposta total do City é de 32 milhões de euros (cerca de R$ 116 milhões). Desse total, 20 milhões ficarão com o Palmeiras. Os outros 12 serão divididos entre os dois empresários que têm os direitos econômicos do jogador: Cristiano Simões e Fábio Caran.

O Palmeiras tem 30% dos direitos econômicos, sendo o restante dividido entre as empresa CR Sports (que controla 47,5% em sociedade com o próprio atleta) e o ex-agente Fábio Caran (por meio da empresa de sua esposa, Naima Ferreira). Na negociação com o City, o Verdão conseguiu chegar ao acordo em que leva mais dinheiro do que o previsto.

Nos últimos dias, com a disputa entre os clubes europeus, Gabriel Jesus recebeu propostas financeiras melhores de Barcelona e Manchester United, por isso tenta aumentar os valores oferecidos pelo City.

A escolha de Gabriel Jesus pelo clube inglês passa por Guardiola. Pretendido também por Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique, o atacante optou pelo Manchester City há pouco mais de uma semana, após uma conversa telefônica com o técnico espanhol.

Na última quinta-feira, Jesus já havia dito que estava muito perto de definir seu futuro. O jogador, que serve à seleção olímpica até o final de agosto, afirmou que deixou claro à diretoria alviverde qual deveria ser o seu destino.

Gabriel Jesus é o artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 10 gols em 14 jogos. O garoto também é o principal goleador do Palmeiras na temporada, com 19 gols em 33 partidas.

*André Hernan, Felipe Zito, Martín Fernandez, Rodrigo Faber e Tossiro Neto 

globoesporte

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Integrantes do MST ocupam dois bancos e fecham trânsito na Avenida Epitácio Pessoa

Imagem: Câmeras da Semob
Imagem: Câmeras da Semob

Cerca de 300 integrantes do Movimento Sem Terra (MST), fazem uma Marcha na manhã desta terça-feira (10) e interditaram a Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, reivindicando terras e reforma agrária.

O grupo está ocupando a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil e interdita  os dois sentidos da Avenida e não há previsão de desobstrução da via.

Durante a caminhada, as mulheres do movimento chama atenção para as questões femininas, como segurança, crédito próprio e a conquista de direitos. A Marcha faz parte da Jornada Nacional de luta pela Reforma Agrária.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A marcha acontece simultaneamente em vários estado do país, e a intenção é de que na próxima segunda-feira (16) eles entreguem a pauta de reivindicação na Governadoria do Estado.

 

clickpb

Bancos fecham nesta quarta-feira e reabrem na sexta-feira

greve bancoAs agências bancárias vão fechar amanhã (31), assim como no dia 1º de janeiro, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Hoje (30), os bancos abrem normalmente e farão todas as operações bancárias disponíveis ao público. Será o último dia útil do ano nas instituições financeiras: no dia 31, os bancos fecharão para realizar operações internas e balanços, sem expediente ao público nas agências.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que vencerem no período em que os bancos ficarão fechados poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

A federação lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão usar os canais alternativos de atendimento para fazer operações bancárias, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem ficar atentos porque só têm até hoje para comprovação de vida e a renovação da senha na rede bancária. A falta de renovação pode levar à interrupção do pagamento do benefício, até que a situação seja regularizada.

 

Agencia Brasil

Claro, Vivo e Oi fecham acordo para comprar TIM

timAs operadoras Claro e Vivo fecharam acordo com o banco BTG Pactual para, junto com a Oi, comprar a TIM Brasil, a segunda maior empresa do mercado brasileira, e reparti-la em três.

O valor não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio no setor no país. São cerca de R$ 30 bilhões, mais um prêmio de 5% pago aos acionistas, incluindo minoritários.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A Folha apurou que será feita uma oferta aberta aos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, que decidirão em assembleia.

Os principais acionistas, como a francesa Vivendi, tendem a aceitar. Ainda não está definido o que acontece com os clientes.

A entrega da proposta está condicionada à venda, por parte da Oi, da Portugal Telecom (PT) em Portugal, um negócio que deve ser fechado na próxima semana.

Segundo apurou a reportagem, cinco são os interessados. Entre eles estão duas operadoras –a francesa Altice é uma delas– e três fundos de investimento.

O valor dessa transação será de cerca de € 7 bilhões (R$ 22 bilhões), já descontando a dívida e incluindo um prêmio pelo controle. Com o dinheiro, a Oi reduzirá seu endividamento para bancar sua parte na oferta pela TIM.

Uol

Bancos fecham na quinta-feira por conta do dia do bancário na Paraíba

febrabanAs agências bancárias da Paraíba estarão fechadas na quinta-feira (28), em decorrência do feriado do dia bancário. O fechamento foi confirmado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba. Por conta disso, quem tiver contas com vencimento para amanhã pode efetuar o pagamento na sexta-feira (29), sem a incidência de multas e juros.

Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Henriques, o feriado bancário não vai interferir no pagamento de servidores públicos, aposentados e pensionistas previsto para quinta-feira (28). “Os caixas eletrônicos estarão abastecidos e o pagamento acontecerá normalmente”, afirmou Henriques.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O dia do bancário foi criado em 1923, quando os bancários se desvincularam dos comerciários e criaram identidade própria como categoria profissional. O feriado é uma referência à assembleia dos funcionários do Banespa, em 28 de agosto de 1951, que culminou com uma greve vitoriosa de 69 dias. O feriado estadual foi instituído pela lei n° 8.939/09.

 

Do G1 PB

Manifestantes invadem prefeitura e fecham rodovia em Araçagi

Um grupo de manifestantes causou um reboliço e mudou a rotina da cidade de Araçagi. O protesto aconteceu na manhã desta quarta-feira (20).

Os manifestantes chamaram o prefeito de covarde e o acusam de perseguição
Os manifestantes chamaram o prefeito de covarde e o acusam de perseguição

Aproximadamente 50 pessoas que eram funcionárias da prefeitura e que fizeram o último concurso protestaram contra as suas exonerações, feitas pelo prefeito Didi de Braz.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A prefeitura alega diversas irregularidades existentes no concurso, inclusive, segundo eles, apontados pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O advogado Claudio Cunha, que defende o direito dos manifestantes, disse que não há nenhuma decisão da justiça que mandasse demitir os funcionários em questão.

Esses mesmos manifestantes realizaram outro protesto ha dias atras, porem o de hoje foi mais forte. Eles chegaram a invadir a prefeitura com cartazes e vestidos de preto e fecharam a via principal da cidade.

Eles cobravam a presença do prefeito e o chamavam de covarde. Todos alegam que estão sendo vítimas de perseguição.

 

portalmidia

Funcionários da PMCG fecham ruas em protesto contra não pagamento de salários

Os funcionários da Prefeitura Municipal de Campina Grande realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (21) na rua Floriano Peixoto, no centro da cidade. A reivindicação parte dos prestadores de serviços da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Sosur) que, segundo eles, não recebem salários há três meses. Já os servidores municipais reclamam do não pagamento do 13º salário [por lei, teria que ser pago até esta quinta-feira (20)] e o depósito do vale transporte.

O trânsito no local ficou lento e houve congestionamento durante toda a manhã. A Polícia Militar e a CPTran estiveram no local para controlar o tráfego e conter os ânimos dos manifestantes. Na tarde desta quinta-feira (20), os servidores interditaram o trecho do km 60 da BR-230. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e mediou o conflito.

Em contato com o Portal Correio, o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Fábio Almeida, informou que toda documentação foi enviada à Secretaria de Finanças e o pagamento deve ser feito através dela. No prédio da Secretaria de Finanças, ninguém atendeu a imprensa.

A versão da Prefeitura

Conforme informações da Coordenação de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande, apenas 320 dos dez mil funcionários públicos ficaram sem receber o benefício. Segundo o coordenador Carlos Magno, Veneziano Vital do Rego, prefeito da cidade, garantiu que a segunda parte do décimo terceiro salário será paga a estes servidores na próxima quarta-feira (26). “É bom lembrar que a Prefeitura fez a antecipação do décimo para o pessoal da Saúde, Educação e para aposentados. Veneziano vai terminar o ano, como prometeu, honrando a folha de pessoal e deixando um acervo de obras que os campinenses jamais esquecerão”, informou Carlos Magno.

Felipe Silveira, com informações de Ana Paula Araújo, da TV Correio