Arquivo da tag: estuprada

Mulher estuprada e esfaqueada morre após três dias internada

Morreu nessa terça-feira (3) a mulher de 44 anos que sofreu estupro e foi esfaqueada na tarde do último domingo (1º), no bairro do Varadouro, na região central de João Pessoa.

Ela estava internada em situação grave no Hospital de Emergência e Trauma da Capital desde o dia da ocorrência e teve a morte confirmada pela unidade nesta quarta-feira (4).

A polícia investiga o caso e tenta colher informações sobre como o crime teria acontecido. No entanto, até a publicação desta matéria, não houve definição sobre quem seria suspeito.

 

portalcorreio

 

 

Criança de três anos é estuprada e tio tenta matar suspeito com um facão

Uma criança de três anos foi vítima de estupro na cidade de Areia, no Agreste paraibano, conforme denúncia realizada pela mãe da criança na noite dessa terça-feira (2). O suspeito, um homem de 45 anos, por pouco não foi linchado pela população e morto pelo tio da vítima.

Quando o suspeito foi localizado pela polícia, o tio da criança já estava com ele e ameaçava matá-lo com um facão. A polícia conseguiu contê-lo e apreender a arma branca. Algumas pessoas da região também ameaçavam agredir o suspeito, que precisou ser escoltado pela polícia para sair do local em segurança.

O homem foi levado para a delegacia do município de Esperança. Já a criança foi encaminhada ao hospital e até o momento não há informações sobre o estado de saúde dela.

midiaparaiba

 

Laudo confirma que estudante de 16 anos encontrada morta na Paraíba foi estuprada

Um laudo do Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC) apontou que a adolescente potiguar Karolina Oliveira Gomes, de 16 anos, foi vítima de crime sexual. A jovem, que morava em Goianinha, na Grande Natal, desapareceu de casa em 5 de agosto e foi encontrada morta no dia seguinte no município de Capim, na Paraíba.

De acordo com Polícia Civil da Paraíba, o laudo comprova que ela foi estuprada – o corpo de Karolina foi encontrado despido em um canavial. Segundo a polícia, o material biológico encontrado no corpo da adolescente é compatível com o do principal suspeito do crime, o caminhoneiro Josué Cabral dos Santos, de 34 anos.

Para o delegado Thiago Cavalcanti, da Delegacia de Mamanguape (PB), que investiga o caso, o laudo é mais uma prova material contra o suspeito, que está detido na Penitenciária do Roger, na Região Metropolitana de João Pessoa.

“Essa perícia técnica comprova que de fato a vítima foi estuprada pelo acusado. No material biológico colhido na região vaginal foi detectada a presença de um perfil genético compatível com o do acusado”, disse o delegado.

Durante as investigações, os policiais já haviam encontrado fios de cabelo de Karolina Oliveira no caminhão-baú que pertence a Josué Cabral, além de uma corda, que pode ter sido usada no crime. Outra indicação apontada pela investigação tem relação com o celular da jovem. O homem encontrado com o aparelho disse tê-lo comprado do caminhoneiro.

O suspeito já havia sido denunciado por homicídio triplamente qualificado e também vai responder por crime sexual. “Ele já havia sido denunciado pelo homicídio e agora nós vamos promover um complemento no indiciamento por crime de estupro”, disse Thiago Cavalcanti. O suspeito nega todas as acusações.

O caso

O corpo de Karolina Oliveira, de 16 anos, foi encontrado na manhã do dia 6 de agosto, em um canavial no município de Capim, sem roupas. A adolescente estava desaparecida desde a noite anterior, quando saiu de casa para ir a uma lan house, onde ia imprimir um trabalho de matemática. O corpo foi reconhecido pelo pai da adolescente no dia 7 de agosto.

Imagens de segurança mostraram que a jovem foi abordada por um caminhoneiro em um posto de combustíveis em Goianinha no dia 5 de agosto. Segundo a as investigações da polícia, o homem a convenceu a entrar no veículo – foi a última vez que ela foi vista com vida. O corpo da jovem foi encontrado com marcas de facadas no pescoço e no tórax, além de sinais de estrangulamento.

No final de agosto, Josué e outro suspeito foram presos por policiais civis e rodoviários federais em um posto de combustíveis na BR-232 na cidade de Custódia, em Pernambuco.

 

paraiba.com.br

 

 

Adolescente é estuprada em terreno baldio após tentativa de assalto, em CG

Uma adolescente de 17 anos foi vítima de estupro na noite desta quarta-feira (21), no bairro do Presidente Médici, em Campina Grande, após tentativa de assalto.

De acordo com relato da vítima à Polícia Civil, um homem em uma moto a teria abordado e anunciado um assalto. Após abordar a vítima, ele obrigou a adolescente subir no veículo e a levou para um terreno baldio para cometer o ato.

Ainda segundo o relato da vítima à Polícia Civil, ela estava caminhando em direção a casa de uma amiga, por volta das 22h, quando foi abordada pelo suspeito.

Ele chegou a pedir o celular dela, mas como ela não estava com o aparelho, o homem a puxou e a colocou em cima do tanque da moto. O caso foi registrado na Central de Polícia Civil de Campina Grande e está sendo investigado. Até o início da manhã desta quinta-feira (22), ninguém foi preso.

pbagora

 

 

Pais de bebê de nove meses estuprada na Paraíba são presos

Foram presos na tarde desta quinta-feira (30), os pais da criança de 9 meses  que morreu após ser estuprada, em Soledade, no Cariri paraibano. Eles foram presos no município de São José do Sabugi.

Segundo informações policiais, eles foram  levados para a delegacia de Polícia Civil de Soledade para que o delegado responsável tome as providências cabíveis.

A criança morreu após ter convulsões e ser levada para o Hospital de Soledade. Exames cadavéricos apontaram que ela foi estuprada antes de morrer.

 

Portal WSCOM

 

 

Bebê de 9 meses que morreu em hospital da PB foi estuprada, confirma laudo

A criança de 9 meses que morreu no hospital de Soledade, no Agreste da Paraíba, foi estuprada. A informação foi confirmada no início da tarde desta quinta-feira (30) pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, após exame de corpo de delito.

Conforme o Numol, os resultados dos exames apontam que a criança foi estuprada recentemente. Mas a causa da morte ainda não foi confirmada. No corpo da criança foram encontrados vestígios do estupro e o material será encaminhado para análise laboratorial, para tentar identificar o suspeito.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Durval Barros, o crime chocou a todos. “Depois deste laudo, não tenha dúvidas de que a polícia vai investigar isso até o fim. Um caso desses, de tamanha crueldade, precisa ser investigado e concluído o mais rápido possível”, afirmou.

Criança morreu ao dar entrada em hospital

A criança de 9 meses morreu na noite da quarta-feira (29), após ser levada para o Hospital de Soledade. Conforme um Boletim de Ocorrência registrado por um Policial Militar na Delegacia de Polícia Civil de Esperança, o PM estava de serviço na cidade quando foi acionado pela Guarda Municipal ao hospital.

Ao chegar no local, o médico que atendeu a criança disse que precisava fazer uma denúncia. De acordo com o boletim, o médico relatou ao policial que a criança deu entrada na unidade de saúde com com 40 graus de febre e morreu após uma uma crise convulsiva. Após a morte, o médico analisou o corpo do bebê e percebeu lesões na criança que indicam estupro.

Segundo relato da mãe da criança ao médico, a filha tinha paralisia cerebral e ela havia levado a criança para realizar um exame em Campina Grande. Na volta para São José do Sabugi, onde mora, ela parou para jantar em um restaurante de Soledade, foi quando a criança teve convulsões e foi levada para o hospital da cidade pela mãe.

G1

 

Criança filma avô para provar à família que era estuprada pelo idoso: ‘Tá aí, mãe, a prova’

Imagem ilustrativa

Um idoso foi preso nesta quinta-feira (21) suspeito de estuprar a própria filha e a neta no município de Guaiúba, Região Metropolitana de Fortaleza. Conforme o delegado Francisco Cavalcante, a neta, uma criança, gravou o criminoso se masturbando e denunciou para a mãe, que também era violentada desde os 10 anos de idade.

A Polícia Civil realizou a prisão após a neta flagrar o avô sem roupa e se masturbando em casa. O delegado contou que a criança pegou o celular da avó escondido e mandou um áudio para a mãe, denunciando o que acontecia quando estava sozinha com o avô. A família das vítimas teve acesso ao vídeo e ao áudio feito pela garota e denunciou o caso à polícia.

A garota contou à polícia que o vídeo era a única forma de fazer com que os adultos acreditassem que o idoso praticava os abusos. A mãe da menina disse que percebeu a garota triste e amedrontada, mas ela nunca havia falado sobre as agressões.

“Tá aí mãe a prova, a prova. Sabe o que é essa prova? É o que o vovô fica fazendo comigo, sabia? É isso que o vovô fica fazendo comigo e quando ele tá aqui eu não posso falar nada. Agora eu estou escondida falando dele”, contou a criança na mensagem enviada à mãe.

Medo de denunciar

O delegado Francisco Cavalcante comentou que a família já desconfiava do crime, mas tinha medo do suspeito. Na denúncia, a mãe da criança revelou que sofria abusos do pai desde que tinha 10 anos.

Ela contou aos investigadores que o criminoso obrigava os filhos a assistirem filmes pornográficos e olharem ele se masturbando. O homem também dominava as vítimas e as obrigava a tocarem nos seus órgãos genitais.

“Ele praticava esses crimes em casa, na ausência da mulher. A família tinha medo e a esposa nunca soube o que de concreto acontecia. Foi a coragem da criança que o denunciou”, comentou o delegado.

Estupro e pedofilia

O suspeito foi conduzido para a Delegacia Metropolitana de Guaiúba, onde foi autuado pelos crimes de estupro de vulnerável e pedofilia. O delegado entrou com um pedido de prisão preventiva para reconduzir o idoso ao presídio.

A polícia ouviu depoimento das vítimas e encaminhou a criança e a mãe para atendimento psicológico. O delegado acrescentou que segue investigando para identificar outras vítimas do idoso no município.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

DNA aponta que filho de menina de 11 anos estuprada em João Pessoa é do padrasto

O teste de DNA feito no filho da menina de 11 anos que teria sido estuprada e engravidado do padastro, deu positivo, apontando que o padastro é mesmo o pai da criança. De acordo com o laudo do exame realizado pelo Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC-PB).

O homem está preso desde setembro, nega a autoria do estupro e teve habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

De acordo a defesa do homem, poderá ser pedida uma contraprova.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Idosa é estuprada por assaltante e tem casa roubada em João Pessoa, diz polícia

Reprodução
Imagem ilustrativa

Uma idosa de 70 anos teve sua casa roubada roubada e foi estuprada por um assaltante na madrugada desta quarta-feira (1º) no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, o suspeito amarrou a vítima antes de estuprá-la pouco depois da meia-noite (horário local).

Conforme depoimento da vítima na delegacia, o assaltante estava armado com um revólver e uma faca. Após violentar sexualmente a idosa, o criminoso recolheu objetos de valor da idosa, como eletroeletrônicos e celulares, além de dinheiro. O assaltante fugiu do local levando o material roubado da casa da idosa.

De acordo com a polícia, a idosa de 70 anos mora sozinha. Depois que o suspeito fugiu, a idosa ligou para os filhos, que são médicos, e foi levada por eles a um hospital de João Pessoa, onde recebeu atendimento de emergência. Somente após o atendimento médico, ela foi até a delegacia registrar o caso.

O registro do caso foi confirmado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. A idosa pediu à delegada para que a sua identidade e os detalhes da ocorrência não fossem divulgados. A Polícia Militar realizou buscas após ter informações sobre as características do suspeito, mas até o início da manhã desta quarta, o suspeito não tinha sido localizado.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Criança de seis anos é estuprada na PB e adolescente é principal suspeito

condominioUm menino de seis anos foi estuprado na noite desta terça-feira (3) no bairro do Geisel, em João Pessoa. Um adolescente de 14 anos, que mora no mesmo condomínio da vítima, é suspeito de ter cometido o crime. O caso foi registrado no Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, no mesmo bairro, e encaminhado à Delegacia da Criança e Juventude.

De acordo com as informações da polícia, a criança foi abusada sexualmente no pátio do condomínio onde os dois moram.

O abuso aconteceu no fim da tarde, mas os pais da vítima só souberam do caso por volta das 19h.

O Conselho Tutelar, levando o caso até a polícia, solicitou o exame de corpo de delito, que comprovou que houve o abuso sexual. Na manhã desta quarta-feira (4), a polícia foi até o condomínio e levou o adolescente para prestar esclarecimentos na delegacia.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br