Arquivo da tag: Estelizabel

Estelizabel acusa Cartaxo de receber verba pública para benefício próprio

O guia eleitoral da candidata a prefeita de João Pessoa, Estela Bezerra (PSB), desta segunda-feira (01) apresentou documentos que, segundo afirma, provam o uso de dinheiro público em benefício do bloco carnavalesco Picolé de Manga, administrado pelo candidato Luciano Cartaxo (PT), na época vice-governador da gestão do também candidato a prefeito José Maranhão (PMDB).

Os documentos apresentados no vídeo mostram o pagamento feito pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) à empresa particular Luan Promoções e Eventos, no valor de R$ 120 mil, destinado ao show da cantora Elba Ramalho, atração do bloco de Cartaxo no Folia de Rua 2010. Por coincidência, a PBTur era coordenada à época pelo atual coordenador de campanha do petista, Rodrigo Freire.

Também é reproduzida a matéria do Jornal da Paraíba, do dia 23 de maio de 2010, que relembra a investigação do Tribunal de Contas do Estado sobre um suposto esquema batizado de ‘Foliaduto’, que estaria usando recursos da PBTur para promover esse tipo de festas. Na época, o deputado Zenóbio Toscano denunciou casos de alguns municípios em que houve a liberação de verbas do convênio, mas os eventos não foram realizados. À época, o parlamentar não apresentou os nomes das cidades onde ocorriam os casos, porém, no material anexado à denúncia, consta a listagem dos empenhos feitos em favor das empresas particulares, apontando o pagamento de R$ 120 mil à Luan Promoções e Eventos Ltda., com o objetivo de pagar a apresentação da cantora Elba Ramalho no bloco Picolé de Manga.

Clique AQUI para acessar o documento

MaisPB

MPE pede cassação do registro de Estelizabel Bezerra e Sandra Marrocos

O Ministério Público Eleitoral da Paraíba (MPE-PB) deu entrada em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), número 2193/2012, contra a candidata a prefeita de João Pessoa, Estelizabel Bezerra. A intenção é obter a cassação do registro de candidatura por suposta campanha irregular utilizando entidades sindicais. A acusação também é direcionada à vereadora Sandra Marrocos, que disputa a reeleição para a Câmara Municipal da Capital.

A irregularidade detectada pelo Ministério Público se refere a um pedido de voto feito pelo Sindicato do Comércio Farmacêutico para as duas candidatas, o que é proibido pela Justiça Eleitoral. O informativo, datado em 17 de agosto de 2012, dizia: “Em reunião da diretoria do Sindifarma JP decidimos que o momento de unirmos forças e apoiar a candidata Estelizabel Bezerra e a candidata Sandra Marrocos”.

O Sindifarma não pode apoiar, fazer doações ou mesmo indicar um candidato preferido aos seus membros. Isso acontece porque as entidades sindicais recebem contribuição compulsória, o que qualifica essa manifestação como um completo desrespeito a legislação.

O ato fez com que o Ministério Público solicitasse a pena de cassação do registro ou diploma das candidatas beneficiados, assim como a inelegibilidade de ambas pelo período de oito anos.

O juiz da 77ª Zona Eleitoral da Capital, Eslu Eloy Filho, já determinou a expedição de ofício que pede a apresentação de todos os diretores e membros do sindicato.

Assessoria

Erundina discorda de aliança com o DEM, mas faz campanha para Estelizabel em JP

Recentemente a deputada rejeitou a candidatura a vice na chapa do PT na Capital paulista

A deputada federal Luíza Erundina (PSB) desembarcou na Paraíba na sexta-feira, 20, já causando polêmica. A deputada declarou discordar da aliança do PSB com o DEM, mas mesmo assim fez questão de vir ao estado declarar apoio a uma candidata mulher e de seu partido. Erundina participou de eventos de campanha da candidata a prefeita Estelizabel Bezerra (PSB).
Ela reforçou que não vem apoiar aliança nenhuma e que isso é uma questão para os diretórios municipal e estadual e que se essa foi a decisão deles, resta a ela respeitar.
Recentemente a deputada rejeitou a candidatura a vice na chapa do PT na Capital paulista, por conta de uma aproximação do ex-presidente Lula com o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf.
Na Paraíba, apesar de declarar que não comunga com formação de aliança, Erundina, veio pedir votos para Estelizabel e para seu vice, deputado federal Efraim Filho, do Democratas.
Fonte: Wscom Online
Focando a Notícia

Benjamim duvida de empenho de Efraim Filho na campanha de Estelizabel

O deputado federal Benjamin Maranhão (PMDB), que protocola licença na Câmara Federal nesta segunda-feira (2), para se de dedicar à campanha do PMDB em João Pessoa, duvidou, neste final de semana, que o seu adversário político, Efraim Filho (DEM) vá se dedicar a campanha de Estelizabel Bezerra (PSB), em João Pessoa.

Mesmo indicado para disputar a eleição como vice na chapa da socialista, Efraim não demonstrou até agora nenhum interesse em se ausentar da Câmara Federal para acompanhar mais de perto o pleito eleitoral, a exemplo de que fez Benjamim e o tucano Romero Rodrigues, que concorre a Prefeitura de Campina Grande.

“Se ele não vai tirar é porque ele não vai participar da campanha”, disse Benjamim Maranhão.

Com a licença de Benjamim Maranhão da Câmara Federal, deve quem assume é o suplente Armado Abílio (PTB). No entanto, o peemedebista nega que a sua licença esteja condicionada ao apoio do PTB ao candidato José Maranhão.

“Não foi acordo. Foi uma decisão tomada em consenso para abrir um espaço para um suplente, pois, nós somos eleitos com a ajuda dos suplentes”, afirmou.

Já no caso de Efraim Filho, caso ele se afaste temporariamente das atividades em Brasília, o socialista Edvaldo Rosas, ocupará o cargo no Congresso Nacional.

Roberto Targino – MaisPB

Estelizabel revela que espera contar com apoio de Luiz Couto, Cássio e Agra

A candidata do PSB a prefeita de João Pessoa, Estelizabel Bezerra, revelou nesta terça-feira (12) que espera contar com o apoio do deputado federal Luiz Couto (PT) e do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) nas eleições municipais de outubro, mesmo os partidos dos dois já tendo lançado candidaturas próprias do deputado Luciano Cartaxo (PT) e Cícero Lucena (PSDB), respectivamente.

“Gostaria de ter o apoio de Luiz Couto e de Cássio, mas ambos os partidos dos dois tem candidatura própria. Dialogamos sempre com Luiz Couto e Cássio, por isso esperamos um bom tratamento e o apoio dois no pleito, mas sabemos das limitações partidárias”, declarou.

Estela também revelou que acredita ser possível contar com o prefeito Luciano Agra (PSB) no seu palanque, mesmo ele tendo batido chapa no PSB e ter sido derrotado.

“Agra não tem o sentimento de raiva. Ele não é raivoso, é uma pessoa sensata, por isso acredito no diálogo. É natural que depois da disputa você ressinta, eu estaria ressentida se tivesse perdido”, afirmou.

Cristiano Teixeira

Ricardo Coutinho condena ingratidões e diz que “Estelizabel vai engolir Maranhão e Cicero nos debates”

O fim do Congresso do PSB de João Pessoa neste domingo deixou marcadas algumas declarações de lideranças, especialmente do governador Ricardo Coutinho, por ter se queixado abertamente de ingratidões de ex-aliados ao não seguirem a recomendação em favor de Estelizabel Bezerra, sua candidata vitoriosa na convenção, e foi duro contra seus adversários: “Estelizabel vai engolir Maranhao e Cicero nos debates”.

Durante o congresso, ficou claro que Ricardo não disfarça mágoa para com Luciano Agra e o grupo que apoiou sua tentativa de retomar a postulação à reeleição, a exemplo de Alexandre Urquiza, vcereador Bira, Nonato Bandeira, Roseane Meiras, etc.

– A política é fundamental que se reconheça os instantes e que não cultivemos ingratidões. Vi gente que com 23 anos eu chamei para ser chefe de gabinete e ele disse que não daria conta do recado. Eu sabia que minha função era criar quadros, dar espaço para um novo segmento de lideranças e quando eu vi foi pessoas fazendo um jogo muito baixo e atacando até a condição moral de companheiros e companheiras. Isso no PSB não pode vingar. Isso seria como um vírus para corroer nossa esperança de que essa cidade a cada dia ficasse melhor.

Na valiação do quadro político mais abrangente ele jogou duro contra Mazarao e Cicero Lucena:

– O partido não pode ficar indo e vindo. A política não tem espaço para quem titubeia. A política é um jogo muito duro porque os adversários jogam baixo. Os adversários hoje tentam interferir no PSB e se uniram para tentar atacar Estelizabel e a mim. Os adversários não conseguem fazer uma crítica ao atual prefeito e nós não vamos deixar que eles escolham o candidato dos sonhos do PSB para eles baterem. Essa é a verdade. E a verdade maior é que a candidatura de Estelizabel precisa ser consolidada porque ela vai engolir Maranhão e Cícero nos debates. Ela tem capacidade de expor nossas ideias de forma clara e objetiva. Isso não é nada contra Agra, mas a favor do povo de João Pessoa.

Da Redação
WSCOM Online

Decidido: Estelizabel Bezerra será o nome do PSB para disputar prefeitura de João Pessoa

Por 305 votos a 142, Estelizabel Bezerra foi a candidata escolhida pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) para disputar a prefeitura de João Pessoa. A escolha se deu após muita confusão no congresso realizado neste domingo (10) no auditório do colégio Lyceu Paraibano, na Capital.

estelizabel bezerra

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, deixou o congresso por volta das 13h05 deste domingo (10) antes mesmo da votação para escolha do candidato a prefeito acabar.

Convenção PSB

Na saída, Agra disse que vai reavaliar a possibilidade de continuar no Partido Socialista Brasileiro porque não quer ser mais humilhado.

“Vou reavaliar a possibilidade de continuar no PSB. Não quero mais ser humilhado pelo PSB”, declarou Agra.

Convenção PSB

Agra afirmou ainda que tem certeza de que vai subir em algum palanque durante a campanha, mas não vai revelar nomes dos candidatos no momento.

O prefeito da Capital chegou por volta das 11h no auditório do colégio Lyceu Paraibano. Militantes de Agra foram ‘barrados’ na porta do evento por não estarem portando a credencial.

Houve um princípio de tumulto, mas tudo foi resolvido rapidamente. Em discurso, o prefeito disse que discorda de algumas atitudes de Ricardo Coutinho. “Tenho respeito pelo nosso governador, mas não sou obrigado a concordar com tudo”.

Felipe Silveira

PORTALCORREIO

No Costa e Silva, Estelizabel destaca ações implementadas na Capital

 

A pré-candidata à prefeitura de João Pessoa, Estelizabel Bezerra (PSB), pontuou a mudança de mentalidade política da população que vem, desde 2005, mostrando a capacidade de reconhecer as ações do governo socialista implementadas a cada ano em toda a cidade. O bairro do Costa e Silva, que possui 41 anos, pode atestar e vem se beneficiando a exemplo de pavimentações e praça. “O gestor político não precisa conhecer apenas os problemas, mas ter a capacidade de administrar a cidade, governando para todos e, mesmo sendo um cargo transitório, promovendo a continuidade das ações”, destacou.

Estela afirma que existe um caminho a percorrer com muito trabalho, o qual deve ser traçado a partir do fortalecimento das demandas durante o ciclo do Orçamento Democrático em 2013. “Esse mecanismo é o ponto de partida para o deslocamento dos investimentos de maneira mais assertiva”, frisou.

A ex-secretária de Planejamento da Prefeitura Municipal de João Pessoa ressaltou que hoje existe um cadastro que contabiliza 2.800 ruas para serem pavimentadas, sendo que dessas, 1.800 foram recadastradas, já que algumas não estavam pavimentadas de fato, como constavam no sistema. “Atualmente, 6 ruas foram calçadas e 8 estão programadas para serem pavimentadas no Costa e Silva, além da inauguração de uma praça. Benefícios que estão sendo adquiridos por meio das reuniões do Orçamento Democrático”, disse.

Estelizabel revela que a administração municipal está chegando a 60% do que tem que ser feito em termos de construção de casas, que toda rede de educação tem sido melhorada, mas tem escola que precisa de ginásio e os PSFs precisam de uma melhor humanização. “Não faço promessas, assumo compromissos para fazer as demandas, construindo juntos e de maneira coerente uma sociedade mais justa, habitável e sustentável”, ressaltou.

Compromissos – Com a Guarda Municipal, Estela quer garantir uma segurança mais qualificada no espaço urbano, a socialista afirmou que vai instrumentalizar a guarda. “Não para ser apenas guardadora do patrimônio, mas da cidadania”, pontuou. Para Habitação, Estelizabel afirmou que o PSB implantou a Secretaria de Habitação. “7.300 casas já foram construídas e entregues e estamos concluindo mais 8 mil, com o compromisso de sanar o déficit de 23 mil casas populares”, detalhou. Na Educação, para Estela, a promoção da área da Educação é de extrema importância para gerar mobilidade social. “O filho do trabalhador tem que estudar mais, tem que ter uma profissão. É nisso que apostamos, pois todos os países que registraram um avanço considerável no índice de desenvolvimento econômico tiveram como fator preponderante o avanço na área da educação”, observou.

Assessoria de Imprensa para o Focando a Notícia

Advogado de Estelizabel diz que PMDB está fazendo pirotecnia

O advogado do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Ricardo Sérvulo, disse no final da manhã desta quinta-feira (19) que o PMDB está fazendo ‘pirotecnia para criar factóide político’.

“Isso só tem um fim: pirotecnia para criar factóide político”, disse.

A declaração foi em alusão a ação que o PMDB entrou na justiça acionando a pré-candidata Estelizabel Bezerra por propaganda eleitoral antecipada.

Sérvulo ainda disse que o partido ainda não foi notificado e recebeu a notícia com surpresa e estranheza.

“O PSB achou muito estranho esse tipo de entendimento da pré-candidatura adversária”, declarou.

Felipe Silveira

PMDB aciona Estelizabel na Justiça por propaganda eleitoral antecipada

O Diretório do PMDB de João Pessoa, através de seu presidente, o deputado federal Benjamin Maranhão, apresentou nesta quarta-feira (18/04) uma representação na Justiça Eleitoral contra a pré-candidata do PSB, Estelizabel Bezerra, por propaganda eleitoral antecipada.

Em sua representação, o partido alega que a pré-candidata socialista realizou propaganda eleitoral em, ao menos, duas ocasiões, sendo uma durante o bloco de carnaval Muriçocas do Miramar e a outra durante a comemoração de seu aniversário.

O PMDB alega, embasado em imagens colhidas em redes sociais e portais de notícias, que houve grande divulgação dos eventos na internet. Outro ponto destacado pelo partido é a distribuição de camisetas e brindes em alusão à pré-candidata.

Segundo o partido, denota-se claramente que tal convocação para eventos públicos, com a distribuição de material propagandístico vedado, configura-se como puro ato de propaganda eleitoral antecipada.

De acordo com Benjamin Maranhão, o que o partido procura é a preservação do caráter igualitário que deve existir na disputa do pleito, bem como a garantia da normalidade e legitimidade das eleições. Segundo o deputado, o PMDB estará vigilante para combater, inclusive, o uso da máquina pública e o abuso de poder econômico na campanha.

A representação foi protocolada na 76ª Zona Eleitoral (responsável pela propaganda de rua da Capital).

O QUE DIZ A LEGISLAÇÃO

A Legislação prevê que a propaganda eleitoral será permitida apenas após o dia 05 de julho do ano da eleição, ou seja, após a realização da convenção partidária e a escolha do respectivo candidato.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem sido rigoroso nos julgamentos sobre o tema. No dia 15 de março deste ano decidiu que os candidatos estão proibidos de fazer propaganda eleitoral por meio do microblog Twitter antes do período liberado para divulgar candidaturas.

Nas eleições municipais deste ano, a propaganda estará permitida, inclusive no microblog, só a partir do dia 6 de julho.

A pena prevista em lei para o candidato que fizer propaganda eleitoral antecipada é de multa que varia R$ 5 mil a R$ 25 mil.

PB Acontece com Assessoria