Arquivo da tag: Estelionatário

Estelionatário foragido da Cadeia de Solânea é preso na Bahia

O estelionatário Allan Júnior Fernandes, foragido da Cadeia de Solânea/PB em maio deste ano, foi preso em uma blitz de rotina na cidade de Eunápolis, Estado da Bahia, quando trafegava em um veículo com placas adulteradas na BR 101 e foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal na tarde desta quarta-feira 02.10.2019.

De acordo com o delegado Seccional de Solânea/PB, Diógenes Fernandes, a informação da prisão foi confirmada com a Polícia Civil do Estado da Bahia, onde o foragido apresentou documento falso, identificando-se como Alisson Carlos Fernandes, 32 anos, e encontra-se custodiado na delegacia de Eunápolis/BA. No momento da  abordagem, Allan Júnior estava acompanhado de sua mulher Ana Cristina de Oliveira e sua enteada de 14 anos, oriundas da cidade de Soledade/PB.

Ainda de acordo com o delegado, o investigado Allan Júnior é um estelionatário que responde processos em mais de dez Estados e foi preso por Polícias Civis da 21 Seccional em Solânea no dia 17 agosto de 2018. Allan foragiu da Cadeia local de forma inusitada em 19 de maio de 2019, quando foi liberado pelos funcionários da Cadeia para ir a um motel e não mais retornou, ainda subtraindo a arma de fogo funcional de responsabilidade do diretor da Cadeia.

Na época a Polícia Civil indiciou os Agentes Penitenciários pelos crimes de facilitação dolosa de fuga e prevaricação, sendo o foragido também indiciado pelo furto da pistola, onde o inquérito Policial foi enviado à Justiça.

 

 Informações da Delegacia Seccional em Solânea

 

 

Estelionatário acusado de vários golpes pelo Brasil é preso em Solânea-PB

Após cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da Comarca de Solânea, foi preso na manhã desta terça-feira (28), por policiais da 2ª Cia de Solânea, Maurício Augusto Anieri, acusado de estelionato em vários estados brasileiros e foi preso em sua residência, na Rua Paraíba, 271, AP 204, Centro de Solânea.

estelionatário - Copia

De acordo com a Polícia, Maurício tem 41 anos, é natural de São Paulo e é acusado de aplicar vários golpes em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais e outros.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Ainda segundo a Polícia, o acusado era especialista em dá golpes, ele costumava se passar por funcionário do INSS ou de Plano de Saúde. Em Solânea, ele já havia arranjado quase R$ 30 mil. Foram apreendidos documentos pessoais de supostas vítimas, 4 celulares, tablet e um netbook.

A Polícia pede para que vítimas entrem em contato com a Delegacia para maiores informações, através dos telefones: (83) 93096123 – (83) 3363-3915.

Bananeiras Online

Falso Monge aplica golpes na região do Cariri; nem a polícia escapou do estelionatário

mongeA identidade de um falso monge beneditino que estava aplicando golpes na cidade de Monteiro foi desmascarada. O homem com documentos de “José Lima de Oliveira Júnior” usava o pseudônimo de “Pecorelle”.

De acordo com informações, o “monge” se apresenta como Irmão José e chega nas cidades dizendo que é da ordem dos beneditinos e pedindo ajuda em nome de Deus e da Virgem Maria. O homem simples, de batina preta e cavanhaque conquistou facilmente o coração de vários inocentes e já fez várias vítimas enganando comerciantes e empresários.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O falso monge está sendo acusado de estelionato e já fez vítimas em outras cidades como Rio Tinto e Curral de Cima, a última delas foi o Cabo da Polícia Militar, Richardson Fernandes. Segundo ele, o monge sumiu com seu veículo Siena Fire Flex, Cor Cinza, de Placas: PEK 0476 de Serra Talhada-PE.  O Cabo é lotado no 11° Batalhão de Monteiro e qualquer informação poderá ser repassada para o telefone (83) 3351-2064 ou o 190 da Polícia Militar.

Vitrine do Cariri

Estelionatário chama a polícia para denunciar assalto e acaba preso

Esperança
Esperança

Um estelionatário foi preso nesta quarta-feira (6), na cidade de Esperança, no Agreste paraibano, depois que ele chamou a polícia para prender homens que estariam tentando roubar o carro dele.

Segundo o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) de Campina Grande, após atender o chamado, foi constatado que o veículo havia sido comprado com seis cheques sem fundos.

Conforme o Copom, Fabiano Ricardo Félix Costa, que seria a vítima da ocorrência, acabou sendo preso por estelionato e conduzido para a delegacia da cidade.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Portalcorreio, com Lidiane Maria TV Correio CG

Estelionatário é preso na PB após se passar por membro da Unicef e servidor do Governo do Estado

Portal Mídia

Um homem foi preso nessa quarta-feira (9), sob acusação de estelionato no município de Caiçara, localizado no Brejo paraibano. Joselan Alves Pinheiro, 45 anos, identificou-se como representante do Governo do Estado da Paraíba e ainda, membro da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

A prisão foi realizada pelo Grupo Tático Especial da Polícia Civil da cidade de Guarabira, quando o acusado foi denunciado por um servidor da Secretaria de Educação de Caiçara, que suspeitou da abordagem do estelionatário e decidiu ligar para a Secretaria Estadual de Educação para confirmar os dados passados por Joselan.

Após ser informado que não havia representante da Secretaria Estadual de Educação pelo nome falso que o acusado havia dado (Israel Jonatas Pereira de Sousa), o servidor de Caiçara acionou a polícia que prontamente deu voz de prisão ao acusado, que estava hospedado em uma pousada da cidade. Diante da manobra com sua falsa identidade, Joselan conseguiu se alojar no hotel tendo todas as despesas pagas pela prefeitura municipal.[bb]

Joselan Alves Pinheiro, é  natural do Estado do Piauí. Ele ministrava aulas de artes, inglês e espanhol. Algumas de suas vítimas informaram ainda, que ele cobrava até R$ 200, alegando que poderia facilitar a aquisição da Carteira Ncional de Habilitação (CNH), através do programa ‘Habilitação Social’, do Governo da Paraíba

“Praticava os crimes, apenas para fazer o bem”, alegou o acusado em depoimento. Agora detido, ele vai responder na justiça pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica.[bb]

Pollyana Sorrentino