Arquivo da tag: esquartejamento

Homem é preso em JP suspeito de envolvimento em esquartejamento de família na Espanha

familia-esquartejadaUm homem foi preso nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28), acusado de participação na morte e esquartejamento da família paraibana na Espanha em setembro deste ano.

As informações a respeito do grau de participação do suspeito ainda não foram divulgadas e a Polícia Civil vai realizar uma entrevista coletiva a partir das 10h.

O sobrinho do casal, Patrick Nogueira confessou na última sexta-feira (28) confessou à Guarda Civil espanhola ser o autor do crime. A promotoria pediu a prisão preventiva Nogueira para o duplo homicídio com a agravante dos dois filhos menores que foram encontrados em sacos de lixo em uma casa no município.

Os paraibanos Marcos Campos e Janaína Santos, junto com os seus dois filhos, foram assassinados dentro de uma casa na província espanhola de Guadalajara, distante 60 km da capital Madri. Os corpos foram encontrados no dia 18 de setembro. O casal foi esquartejado.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

PM detém três e evita esquartejamento de integrante de facção em Sapé

Companhia de Sapé
Companhia de Sapé

Policiais militares da Companhia de Sapé, Zona da Mata paraibana, conseguiram evitar um esquartejamento na tarde desta quinta-feira (24), de um jovem integrante da facção criminosa ‘Estados Unidos’. Um maior e dois menores de idades foram detidos em flagrante com dois revólveres calibre 38 e um facão.

De acordo com o capitão Ismael Cunha Lima, comandante do policiamento da cidade, policiais estavam fazendo ronda pelo bairro Mutirão quando perceberam três jovens em atitude suspeita.

Os policiais interceptaram suspeitos e ao perceberam aproximação da viatura, eles correram, mas foram pegos com os objetos ilícitos. “Estávamos fazendo uma ronda de rotina conforme determinação do comando geral quando os policiais avistaram o trio em atitude suspeita. Ao serem pegos, eles confirmaram durante depoimento que estavam na cidade há um dia para matar um jovem conhecido como ‘Diego’ e esquartejá-lo”, revelou o capitão.

Ainda segundo o capitão, os detidos informaram que se caso a família do jovem tentasse evitar o crime, seria morta e esquarteja. O trio mora na cidade de João Pessoa e, de acordo com a Polícia Militar, integra a facção ‘Al Qaeda’.

Os acusados foram encaminhados para a Delegacia de Sapé. Participaram da ação o sargento Gilvanisio, os cabos dos Santos, Vieira e Ronilson e os soldados Júlio e Renato.

 

 

Hyldo Pereira

Portalcorreio

Presidência da República cobra do Estado apuração rigorasa de esquartejamento

Os assassinatos com requintes de crueldade de duas mulheres e a profanação de seus corpos pela prática de esquartejamento são alvo de atenção da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). O órgão federal vai enviar, nesta sexta-feira à tarde (08), ofício com a solicitação de informações acerca das investigações dos casos à Secretaria de Estado da Justiça e Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres da Paraíba.

Também será pedida a rigorosa apuração dos casos, tendo em vista que os supostos mandatários estão presos.

“Esses crimes nos impactam novamente pela crueldade com que a violência contra as mulheres é praticada. A violência de gênero na Paraíba demonstra o quanto o poder público e a sociedade devem atuar com rapidez para a rigorosa punição dos agressores e o fim da impunidade”, afirma Aparecida Gonçalves, secretária nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da SPM.

Desde fevereiro, a SPM vem acompanhando sistematicamente os casos de violência contra as mulheres na Paraíba devido ao estupro coletivo e ao assassinato de mulheres em Queimadas. Em março, a ministra Eleonora Menicucci, da SPM, firmou com o governo da Paraíba a renovação da parceria por meio do Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra as Mulheres, repassando R$ 1,3 milhão.

Além do ofício remetido aos órgãos do estado da Paraíba, a SPM está acionando a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Violência contra a Mulher no Brasil, da qual a SPM faz parte como colaboradora permanente. A CPMI tem o objetivo de investigar a situação da violência contra a mulher e apurar denúncias de omissão do poder público diante do problema.

Da Redação com Assessoria