Arquivo da tag: escolhida

Estudante de Contabilidade de 20 anos é escolhida Miss Paraíba

missA praça de eventos do Mangabeira Shopping, em João Pessoa, foi palco do Miss Paraíba 2015. O concurso, que reuniu 20 candidatas, destacou a beleza de Ariádine Maroja, de Mamanguape, que conquistou a coroa e a faixa, assim como a participação no Miss Brasil 2015. Ariádine tem 1,78m, 20 anos e estuda Contabilidade.

A miss Monteiro, Tácia Lima, ficou com o segundo lugar, seguida pelas misses Souza, Rayra Lira, Bananeiras, Maria Clara Farias, e Patos, Vanessa Queiroz, terceiro, quarto e quinto lugar, respectivamente.

O júri foi bastante diverso, formado por fotógrafo, colunista social, publicitário, personal stylist, entre outras áreas de destaque. O músico Ramon Schnayder foi a principal atração da noite e animou a plateia com hits do forró.

Ariádine, que sucede Larissa Muniz, será premiada com um fim de semana em uma praia do Nordeste brasileiro com todas as despesas pagas e irá ganhar também uma joia e um celular.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Além da vencedora, se destacaram as misses de Bananeiras, escolhida pelo voto popular, e de Sapé, Ana Carolina Oschery, eleita Miss Simpatia pelas companheiras do concurso.

Band

Folha erra 100% em tese escolhida para a Copa

folhaNo partido editorial adotado para a cobertura da Copa do Mundo no Brasil, o jornal Folha de S. Paulo, repleto de estatísticas, conseguiu um feito e tanto: errou 100%. No dia 12 de junho, quando o Mundial começou em São Paulo, a manchete do diário de maior circulação do País dizia: Copa começa hoje com seleção em alta e organização em xeque. O que se viu, a partir dali, foi exatamente o contrário da previsão embutida na chamada principal. Quem estava mesmo sob suspeita era o time convocado e escalado pelo técnico Felipão, apesar dos elogios em cascata dos colunistas da própria Folha.

Ao inverso do tom do noticiário de assuntos nacionais, em complemento, não ocorreu o colapso de infraestrutura projetado pela publicação. O quadro de manifestações marcadas pelo vandalismo foi ultrapassado pelo fatos ainda mais forte criados pela esmagadora maioria da população: festas, confraternizações, imensas reuniões pacíficas. A franca hospitalidade popular com os estrangeiros, traço que parecia riscado, a julgar pela escalação dos fatos na régua editorial da Folha, foi o que mais se viu. Não havia o xeque armado pelo jornal, em articulação com outros representantes da mídia familiar.

Nesta quarta-feira 9, após a humilhante goleada sofrida contra a Alemanha, a Seleção de Felipão, até então tratada com todo o zelo possível pelo jornal, foi, como não poderia ser diferente, desconstruídas em todo o noticiário esportivo. Mas até a véspera, a Folha era mais um veículo a praticar o ufanismo de sempre no noticiário esportivo, combinado com a má vontade frente aos assuntos considerados ‘mais sérios’.

 

brasil247

Paraíba é escolhida pela ministra Tereza Campello para implantar projeto piloto do programa ‘Brasil sem Miséria’

programaO Governo do Estado, por meio da secretária do Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, participou nesta terça-feira (19), no Palácio do Planalto em Brasília, do anúncio da ampliação do Plano Brasil sem Miséria. Na ocasião, a Paraíba foi escolhida pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, para implantar projeto piloto junto às comunidades quilombolas.

“O evento foi muito importante porque além de reduzir a extrema pobreza no país por meio do Bolsa Família, outras ações também vão contribuir para este enfrentamento. A Paraíba vai ser pioneira em um projeto de transferência de renda para comunidades Quilombolas”, frisou a secretária Aparecida Ramos, que ocupou, a convite do cerimonial da Presidência da República, a ala destinada aos ministros durante a solenidade no Palácio do Planalto.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Pioneirismo na Paraíba – A secretária Aparecida Ramos destacou que o Governo do Estado foi o primeiro do país a pagar o abono natalino para as famílias inscritas no Bolsa Família. Ela ressaltou que o Abono beneficiou 504 mil famílias inscritas na Paraíba, totalizando um investimento de mais de R$ 16,1 milhões pagos com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

Brasil Sem Miséria- A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (19), durante cerimônia no Palácio do Planalto, a extensão da complementação de renda do Bolsa Família para alcançar os últimos 2,5 milhões de beneficiários do programa que ainda permaneciam em situação de extrema pobreza.

Com a medida, não existirá mais, no Bolsa Família, nenhuma família com renda mensal inferior a R$ 70 por pessoa. Este é o valor adotado como referência no Plano Brasil Sem Miséria e representa o primeiro passo para que essas famílias possam superar a situação de extrema pobreza. A complementação de renda para esses 2,5 milhões de beneficiários do Bolsa Família terá investimento de R$ 773 milhões em 2013. O pagamento se inicia em março.

Desde o início do Brasil Sem Miséria, em junho de 2011, 791 mil famílias com este perfil foram localizadas, cadastradas e incluídas no Bolsa Família. Estima-se que ainda haja outras 700 mil fora do cadastro. Segundo a ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, não há restrição orçamentária para a inclusão dessas pessoas nos programas sociais.

Secom PB 

Montevidéu é escolhida capital cultural ibero-americana

 

A cidade de Montevidéu, no Uruguai, foi escolhida este ano a capital ibero-americana da cultura. A iniciativa é da União das Cidades Capitais Ibero-Americanas (UCCI) que reúne 27 localidades, inclusive Brasília. Ao longo de 2013, a capital uruguaia deve promover uma série de eventos artísticos, como festivais internacionais de tango, cinema, jazz, arte artes e design.

A prefeita de Montevidéu, Ana Olivera, lembrou que a cidade recebeu a mesma distinção em 1996.

Segundo ela, a primeira atividade será o Desfile Ibero-Americano de Carnaval, no bairro de Carrasco, em 19 de janeiro.

Ao apresentar a cidade na disputa de capital cultural, a prefeitura de Montevidéu mostrou um calendário de atividades artísticas.

Na relação se destacam o Festival Internacional de Música Avançada e Cultura Contemporânea, de 9 a 13 de abril; o Fest Contrapedal, de 10 a 14 de abril; a Semana de La Cumparsita, em abril; o Festival de Desenho, em 15 de junho; o Festival de Arte Futura, em novembro, e vários eventos de tango, cinema, jazz e teatro.

Fonte: Agência Brasil

Para Nonato, não houve critério para Estelizabel ser escolhida por RC

O ex-secretário de Comunicação do Estado, Nonato Bandeira (PPS), disse nesta quarta-feira (11/04) que ficou surpreso com a forma que Estelizabel Bezerra (PSB) foi escolhida como candidata da base do governo à Prefeitura de João Pessoa.

Em entrevista ao programa “Polêmica”, da Paraíba FM, ele afirmou que defendia um maior processo de discussão e isso foi um dos motivos para ele aceitar ser pré-candidato.

“Eu me senti surpreso pela forma como se deu, com a rapidez na substituição, traído não. É um direito do PSB, agora temos o direito de ter outras posições”, afirmou Bandeira.

Perguntado se esperava ser indicado como candidato do governador Ricardo Coutinho (PSB) o ex-secretário negou. “Esperava que houvesse um processo de debate interno e externo.A candidatura tinha que ser baseada em critérios”, completou.

Assim como fez em entrevista coletiva na última segunda-feira (09/04), Nonato negou que tenha rompido com o governador, mas deixou claro que existem divergências. “Eu fiz ver a ele que nós fomos convocados para uma missão”, enfatizou. Apesar disso fez críticas veladas a Ricardo e a conjuntura interna do PSB.

“Os partidos quando chegam no poder e concentram governo e prefeitura muitas vezes substituem o projeto, pelo partido. Agora, os demais partidos têm direito de pleitear candidatura. Cheguei a colocar para o governador que se nós do PPS podemos apoiar o PSB, o PSB também pode apoiar o PPS”, destacou.

Ele também negou a possibilidade de com o avanço do processo eleitoral venha a desistir da candidatura e se lançar vice em alguma outra chapa. “ Se a Frente Partidária (que apoia a candidatura) quiser discutir com outros partidos uma composição não contem com Nonato Bandeira”, disse firmando posição.

PB Acontece com Paraíba FM