Arquivo da tag: enteada

Suspeito de assassinar esposa e enteada em João Pessoa é encontrado morto em motel após o crime

O homem suspeito de assassinar a esposa e a enteada em João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (18), foi encontrado morto em um quarto do motel Trevo por volta das 10h30.

O duplo homicídio ocorreu antes das 7h, no bairro das Indústrias. Informações repassadas por testemunhas são de que o casal estava se separando e o homem não se conformava com o fim do relacionamento. Além disso, também foi relatado à polícia que ele não queria dividir o dinheiro que tinha.

Ele matou a esposa Juciara de Lima dos Santos, de 38 anos, e a filha dela, Joana Eugênia de Lima Andrade, que tinha 19 anos. Em seguida ele fugiu.

A Polícia Militar estava procurando o homem desde então e, quando encontrou, ele já estava morto em um quarto do Trevo Motel.

As informações são de que suspeito do crime era empresário e, neste ano, tentou ser candidato ao cargo de vereador em João Pessoa, mas teve o registro indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nas eleições de 2012 e 2016, o homem foi eleito suplente na Câmara Municipal.

 

clickpb

 

 

Idoso é preso em Lagoa Seca suspeito de estuprar enteada durante 20 anos

Um idoso de 72 anos foi preso nesta segunda-feira (14), suspeito de estuprar a enteada, na cidade de Lagoa Seca, na Paraíba. A prisão aconteceu depois que o irmão da vítima flagrou o idoso tentando estuprar a irmã.

A Polícia chegou ao local e realizou a prisão em flagrante. De acordo com informações, os estupros estariam acontecendo durante 20 anos, quando a mulher tinha 08 anos.

Ainda de acordo com a Polícia, a mulher não tinha denunciado o crime, pois o padrasto a ameaçava de morte. Na casa onde o homem foi preso foi encontrada uma arma. O idoso foi encaminhado para a delegacia.

 

pbagora

 

 

Homem suspeito de abusar de enteada de 11 anos em Pilões é procurado pela polícia

Uma mulher residente na cidade de Pilões, no Brejo paraibano, procurou a Polícia Civil e o Conselho Tutelar daquele município desta terça-feira (29), para denunciar o ex-companheiro que, segundo ela, estava abusando sexualmente da sua filha, uma criança de apenas 11 anos de idade.

De acordo com a mãe da criança, ela tomou conhecimento do crime após ver uma mensagem enviada pelo ex, identificado como “Toinho”, de 38 anos de idade, no celular da menor, perguntando se a vítima havia gostado do que teria acontecido dias antes. Se passando pela filha, ela passou a conversar com o elemento e acabou confirmando as suspeitas.

Em entrevista ao repórter Zé Roberto, da Rádio Constelação FM, a mãe da criança disse que era agredida fisicamente constantemente pelo acusado e detalhou como os abusos aconteciam. Revoltada, a mulher declarou que apenas a prisão não seria suficiente para o Toinho pagara pelo que fez. “Pra mim ele só paga o que fez, estuprando a minha filha, me matasse ele, não apenas prendesse”, falou.

Ontem a criança foi levada para fazer os exames no NUMOL de Guarabira, mas por falta de perito o exame foi agendado para esta quarta. O acusado se encontra foragido e a população está revoltada, chegando a ocorrer ameaças em redes sociais.

Fonte: Folha do Brejo

 

 

Padrasto é preso suspeito de abusar de enteada de 10 anos, em Cabedelo

Mais um caso de abuso contra criança, foi registrado na noite de ontem (25), onde uma mulher denunciou o companheiro após encontrar imagens suspeitas no celular da filha de 10 anos de idade. Ela procurou a Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Cabedelo, na Grande João Pessoa, para denunciar o homem de 34 anos por estupro.

O suspeito foi levado para a central de flagrantes em João Pessoa, no bairro do Geisel, Zona Sul. O conselho tutelar da região também foi acionado e acompanhou a mãe e a criança até a delegacia.

De acordo com informações colhidas na Central de Polícia, o suspeito é ex-presidiário. Ele teria envolvimento com o tráfico de drogas no Jardim Manguinhos, em Cabedelo. A menor teria relatado que os abusos estariam acontecendo há muito tempo. A mãe da criança afirma que está com o suspeito há cerca de 5 anos.

Já o padrasto diz que se separou da mãe da criança e ela estaria tentando o incriminar para se vingar. Ele informou que já estava em um outro relacionamento e nega as acusações.

pbagora

 

 

Suspeito de agredir companheira, enteada e filha é liberado após audiência de custódia, na PB

O homem preso na noite desta quinta-feira (19), suspeito de agredir, ofender e ameaçar a companheira, a enteada e a filha, foi solto e será monitorado eletronicamente, conforme estabelecido em audiência de custódia realizada no Fórum Criminal de João Pessoa, nesta sexta-feira (20).

De acordo com a Diretoria do Fórum, a decisão de conceder o alvará de soltura ao homem de 40 anos, mediante o uso de tornozeleira eletrônica, foi da juíza Isa Mônia.

A denúncia contra o homem foi feita pela enteada dele, uma adolescente de 16 anos, que gravou um vídeo das agressões contra a mãe e publicou em um aplicativo particular de apoio às mulheres, segundo a Polícia Civil.

Quando a Delegacia da Mulher recebeu o vídeo, enviou uma equipe até a casa e prendeu o suspeito em flagrante. A delegada Cláudia Germano informou que a mãe era agredida fisicamente pelo suspeito há 11 anos e que a enteada era vítima desde os cinco anos de idade. Uma criança, filha do casal, também era vítima das agressões.

Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

G1

 

Em Alagoa Grande, padrasto é preso suspeito de estupro contra enteada de 11 anos

Um homem de 46 anos de idade foi preso por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e policiais civis suspeito de estupro de vulnerável praticado contra a própria enteada, uma menina de 11 anos. A prisão aconteceu nesta terça-feira (10), na cidade de Alagoa Grande, depois que a mãe da menina denunciou o caso ao Conselho Tutelar.

Os abusos vinham sendo praticados há aproximadamente um ano, de acordo com o relato da mãe, que tão logo tomou conhecimento, através da própria filha, denunciou o caso. A guarnição comandada pelo cabo Porfírio, juntamente com conselheiros tutelares e policiais civis, conseguiu localizar e prender o acusado, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Em Araçagi, a guarnição do Destacamento local foi acionada pelo delegado plantonista para conduzir um acusado para uma audiência de custódia por tentativa de homicídio e, logo após a audiência, foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. Diante do fato, o acusado foi conduzido novamente para a delegacia.

Em Guarabira, no Bairro São José, os policiais militares prenderam um homem após receberem informações de que ele teria agredido a própria esposa. No local, a guarnição observou que a vítima estava com a face machucada e ela confirmou ter sido provocada pela agressão física do seu marido. Ela também relatou que ele faz uso de medicamento controlado, prescrito pelo médico do Caps, mas tem se recusado a tomá-lo. O suspeito e a vítima foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Polícia procura homem suspeito de estuprar enteada de 7 anos em Desterro, no Sertão da Paraíba

Um homem suspeito de estuprar a enteada, de 7 anos, está sendo procurando pela polícia no município de Desterro, no Sertão da Paraíba. A denúncia chegou à Polícia Militar na sexta-feira (6) através do Conselho Tutelar da cidade, que foi informado de forma anônima sobre o crime.

Ainda de acordo com a PM, a mãe da menina disse que soube do abuso através do outro filho, que também é uma criança, e flagrou o crime. Ela contou ainda que era comum deixar os filhos sob os cuidados do companheiro para ir à igreja.

Foram feitas buscas pelo suspeito em Desterro e municípios próximos como Livramento, onde ele trabalha. Mas até o momento ele não foi localizado. A vítima passou por exames médicos para comprovar o abuso.

G1

 

Suspeito de matar ex-esposa e esfaquear enteada de 13 anos no Sertão da PB se apresenta à polícia

Um homem de 39 anos apontado como principal suspeito de matar a ex-esposa e ainda esfaquear a enteada de 13 anos foi preso na noite desta quinta-feira (29), em Patos, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Civil, ele se apresentou com um advogado e confessou o crime.

A informação foi confirmada pelo delegado Manoel Martins Fernandes. Porém, quem ficou responsável por acompanhar o caso foi o delegado George Martins. O G1 tentou entrar em contato com ele, mas ligações não foram atendidas.

De acordo com o delegado George, o suspeito se apresentou ainda durante a tarde com um advogado e confessou que cometeu o crime. O delegado não quis entrar em detalhes sobre o depoimento em que o suspeito conta porque cometeu o crime.

O caso ocorreu na madrugada da última quarta-feira (28), na cidade de Condado, também no Sertão. De acordo com a investigação, o autor do crime arrombou a porta da casa e esfaqueou a mulher identificada como Juberlúcia de Oliveira e a filha dela, de 13 anos. A mulher morreu ainda no local, e a filha – que levou quatro facadas e teve os pulsos quebrados – foi internada em estado grave. Na casa ainda havia um menino de 5 anos, também filho da vítima, que viu tudo.

A Polícia Civil chegou ao nome do suspeito depois de encontrar o celular dele e documentos em um matagal próximo a casa. Segundo a Polícia Civil, na cena de crime foi possível ver o rastro de sangue do suspeito entre a casa e o matagal. Dentro da casa, o delegado que acompanhou a perícia no local do crime disse que a cena era macabra e que havia tanto sangue misturado que não era possível saber de quem ao certo era.

G1

 

Padrasto é suspeito de estuprar enteada de 12 anos em Patos

Um homem é suspeito de abusar sexualmente de sua enteada, de 12 anos na cidade de Patos, na Paraíba. A menina deu entrada, nesta quinta-feira (8), no Hospital infantil de Patos, após ter sido violentada sexualmente.

O delegado Wender Borges informou que foi acionado pelo médico da unidade de saúde.  A mãe da menina ainda relatou que flagrou o ato e a criança confirmou que foi abusada pelo padrasto.

A unidade de saúde emitiu um laudo confirmando o abuso sexual.

O delegado também informou que segue a investigação e que vai ouvir à vítima e testemunhas.

 

clickpb

 

 

Vigilante de escola é preso suspeito de estuprar enteada de dez anos na PB

Reprodução
Imagem ilustrativa

Um vigilante de uma escola pública de Patos, município do Sertão paraibano, a 315 quilômetros de João Pessoa, foi preso na noite dessa quarta-feira (4) suspeito de estuprar a enteada, uma menina de dez anos de idade. O crime vinha sendo praticado na casa da família, no município de São José do Bonfim, também no Sertão, a 336 km da Capital, onde a menina era abusada desde os nove anos.

De acordo com o delegado Demétrius Lima, que investiga o caso, a polícia começou a apurar os abusos a partir de uma denúncia do Conselho Tutelar e os estupros foram confirmados por laudos médicos e depoimentos da vítima.

Porém, o suspeito havia sumido de casa quando soube que estava sendo investigado, mas foi encontrado por policiais quando estava entrando na escola onde trabalha.

Levado para prestar depoimento, o suspeito negou que havia abusado da enteada, mas foi preso e encaminhado para o Presídio Romero Nóbrega, em Patos, para cumprir prisão preventiva.

Este é o segundo caso registrado só nesta semana na Paraíba. Nessa terça, um homem foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 14 anos, em Cajazeiras, também no Sertão.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br