Arquivo da tag: emancipação

Bananeiras realizará desfile cívico em seu aniversário de emancipação

IGREJAO município de Bananeiras, no brejo da Paraíba, celebra nesta quinta-feira, 16 de Outubro, 135 anos de sua emancipação política. Como parte das comemorações, será realizado o desfile cívico, como demonstração de civismo e amor pelo município.

 

O evento tem como tema; “A história da arte: Da pré-história à contemporaneidade”, e é organizado pela Secretaria de educação e a secretaria de desenvolvimento social do município. O desfile contará com as participações de usuários dos serviços sociais, alunos das escolas municipais, estaduais e particulares, tendo início a partir das 14h30.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O objetivo do desfile é fazer uma viagem na história da arte, desde a pré-história, onde foram encontrados os primeiros sinais de arte identificados pelas pinturas rupestres, entre outros sinais, passando por vários períodos da história, terminando com as mais variadas formas de fazer arte no Brasil.” Informou a Secretária de Educação, Carol Ramalho, acrescentando que o desfile ainda vai evidenciar a arquitetura, o teatro, a música e a dança.

 

A guarda civil municipal e a orquestra Lira dos Artistas, também participarão do evento.

Sobre Bananeiras

 

Bananeiras é um município brasileiro do estado da Paraíba. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2013 sua população está estimada em 22.012 habitantes distribuídos, localizada na Serra da Borborema, região do Brejo paraibano, a 141 km de João Pessoa, 150 km de Natal e a 70 km de Campina Grande. O município realiza uma das melhores festas juninas do interior do País; o são João pé de serra. Bananeiras é uma das cidades que está na rota cultural caminhos do frio, e é hoje, um dos principais destinos turísticos do estado.

 

CODECOM-Prefeitura de Bananeiras/PB

Foto: Bello Soares

Senado aprova lei com novas regras para emancipação de municípios

senadoO plenário do Senado aprovou nesta  terça (5) o substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto de lei do senador Mozarildo Cavalcante (PTB-RR) que estabelece novas regras para fusão, incorporação e criação de novos municípios. O texto segue para sanção da presidenta Dilma Rousseff.

Entre os critérios aprovados para a criação de municípios está a viabilidade financeira e população mínima. O projeto estabelece número mínimo de habitantes, tanto para os novos municípios quanto para os municípios que perderem população. O quantitativo será 6 mil habitantes nas regiões Norte e Centro-Oeste, 12 mil na Região Nordeste e 20 mil nas regiões Sul e Sudeste.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O texto do Senado estabelecia como condição para a criação de municípios a exigência de uma área mínima territorial não inferior a 200 quilômetros quadrados (km²) nas regiões Norte e Centro-Oeste e de 100 km² nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. A proposta aprovada na Câmara retirou esta exigência.

O texto também excluiu a necessidade de um núcleo urbano mínimo como condição para a criação de distritos. Os deputados argumentaram que, da forma como o texto estava, a criação de municípios ficaria inviabilizada. A proposta aprovada estabelece apenas que o número de imóveis da área que pretende se separar seja maior que a média observada em 10% dos municípios com menor população no estado.

O projeto também determina que a criação, fusão ou o desmembramento de municípios seja feita por lei estadual, e dependerá, previamente, da execução de Estudo de Viabilidade Municipal (EVM), além de plebiscito envolvendo as populações dos municípios em litígio.

De acordo com o texto, “o procedimento terá início mediante requerimento dirigido à Assembleia Legislativa do respectivo estado”, subscrito por, no mínimo, 3% dos eleitores residentes em cada um dos municípios envolvidos, no caso de fusão ou incorporação, e de 20% dos eleitores residentes na área geográfica que se pretenda emancipar, no caso da criação de município.

O processo terá que ser efetivado no período compreendido entre a posse do prefeito e o último dia do ano anterior à realização das eleições municipais. Caso a criação seja rejeitada, é vedada a chamada para novo plebiscito nos próximos 12 anos.

Diversos senadores defenderam o substitutivo da Câmara. O senador Inácio Arruda (PCdoB-CE) ressaltou que “nunca viu um município emancipado piorar as suas condições” depois do processo.

O líder do PMDB, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), também elogiou o texto e disse que o projeto irá beneficiar a população dos municípios que vierem a se dividir ou fundir. “O interesse é que cada município tenha condição do seu desenvolvimento. As pessoas que ali nasceram querem viver bem, do ponto de vista também sustentável”.

A votação põe fim a longo debate no Legislativo e no Executivo sobre essa questão. No ano passado, a presidenta Dilma Rousseff vetou integralmente proposta similar, aprovada pelo Senado, por considerar que a medida iria onerar os cofres públicos com a criação de quase 300 municípios. Mas os vetos ainda não foram apreciados pelo Congresso e um acordo foi firmado para que nova proposta fosse apresentada. Com a aprovação do projeto hoje, os vetos ao texto anterior devem ser finalmente apreciados e mantidos pelos parlamentares.

Agencia Senado

Cidades de Pedro Régis e Sertãozinho preparam grande festa para comemorar 20 anos de Emancipação Política

Pedro-Régis_SertãozinhoUma fica no Vale do Mamanguape, a outra já no brejo da Paraíba, mas ambas são servidas por uma mesma rodovia, a PB 085, que também  interligar Duas Estradas e Lagoa de Dentro.
Pedro Régis e Sertãozinho, respectivamente,  parece ter muito o que comemorar nesses 20 anos de suas emancipações e para tal as prefeituras dessas cidades preparara vasta programação.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Vejamos a seguir a programação de cada uma delas:
Pedro Régis – A Prefeitura prepara uma comemoração modesta, mas com um simbolismo muito forte. Para coroar a programação o gestor municipal oferece a população  os Shows com as bandas Forró Zuando e Gabriel Diniz no dia 29 a partir das 22h00.
Sertãozinho – A Prefeita em Exercício do Município de Sertãozinho-PB a Sra. Genilza Paulino de Sousa, tem a honra de convidar todo povo sertãozinhense para participarem das comemorações alusivas do 20° ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA, deste município que acontecerá nos dias 24,25,26,27,28 e 29 de abril do ano em curso.
24/04/2014 (Quinta-Feira)
-08:00h Hasteamento dos pavilhões na sede da Prefeitura
-09:00 h Ação na Policlínica (mamografia, vídeos palestras, ação de escovação bucal, verificação de pressão teste de glicemia). Participação do HEMOCENTRO (Doação de sangue.
25/04/2014 (Sexta-Feira)
-15:00 h Exposição dos Trabalhos do CRAS ( Local:Praça Edmilson Ribeiro)
-16:00 h Apresentação dos Serviços e Conveniências Fortalecimento e Vínculos (Local:Praça Edmilson Ribeiro)
-19:30 h Apresentação Teatral ( Local:Praça Edmilson Ribeiro)
26/04/2014 (Sábado)
-07:00 h 2ª Maratona 29 de abril (Praça Edmilson Ribeiro)
-09:30 h Apresentação de manobras com motos Equipe Brejo Radical (Praça Edmilson Ribeiro)
-Decisão do 3º Lugar do 4º Campeonato de Futebol (Estádio Municipal)
-19:30 h 9º Final da Copa 29 de Abril (Ginásio de Esportes)
27/04/2014 (Domingo)
-08:00 h Grande Cavalgada (Saída do Parque PM e chegada na Barraca do João)
-10:00 h Concentração do Circuito de MotoCross na Praça Edmilson Ribeiro.
-15:30 Final do 4º Campeonato Municipal de Futebol (Estádio Municipal)
28/04/2014 (Segunda-Feira)
-22:00h Show com as Bandas: Forró da Bolação, Gabriel Diniz e Forrozão VIP
29/04/2014 (Terça-Feira)
-05:00 h Alvorada
-19:30 Missa em Ação de Graças (Palco Principal ao Lado do Ginásio)
-Show religioso com Celione David (Palco Principal ao Lado do Ginásio).
Da Redação 
Do ExpressoPB

Remígio comemora 57 anos de Emancipação Política com Dorgival Dantas e Lucy Alves

festaA cidade de Remígio, localizada no brejo paraibano, completa no próximo, dia 31 de março, 57 anos de emancipação política. Para comemorar a data a Prefeitura Municipal de Remígio elaborou uma vasta programação que terá seu ponto alto com um grande show de Dorgival Dantas e Lucy Lima em praça pública no domingo, dia 30 de março.

As atrações foram confirmadas pelo prefeito Melchior Batista em uma de suas redes sociais, na noite de ontem, dia 18 “A espera acabou! A maior festa de emancipação política da história de Remígio já tem atrações confirmadas: Lucy Alves e Dorgival Dantas”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Outro momento que promete marcar o aniversário de Remígio também acontece no dia 30, com a 15ª edição da Corrida Internacional de Remígio que terá um percurso de 9 km e mais de 5 mil reais em premiação, o evento foi resgatado pelo Prefeito Chió e se consolidou como um dos mais tradicionais do brejo e agreste paraibano.  

A programação completa do aniversário da cidade ainda está sendo finalizada e acontece também na data magna do munícipio, dia 31, com inaugurações de obras e anúncios de novas ações administrativas. Na ocasião, Chió deverá receber a visita do governador Ricardo Coutinho, que fará o anúncio de parcerias importantes para o desenvolvimento de projetos no município.

De acordo com o Prefeito Melchior Batista Para receber os cantores Dorgival Dantas e Lucy Lima, uma superestrutura de palco e som será montada no Centro da cidade. Também já está sendo desenhado todo esquema de segurança que contará, mais uma vez, com o trabalho de equipes de fiscais de conduta (seguranças particulares) e ainda com a atuação direta das polícias Civil e Militar.

 

História

Foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº 1.667, de 31 de março de 1957, desmembrando-se de Areia com a denominação de Remígio. Sua origem se deu através da fuga de Luiz Barboza da Silva Freire, descendente de uma das antigas famílias de Portugal, seu genro Remígio dos Reis, foi um dos primeiros moradores, construindo assim seu núcleo familiar às margens de uma das sete lagoas aqui existentes o que denominou a pequena vila de “Lagoa de Remígio” onde inicialmente foram edificados várias casas e uma pequena capela onde atualmente se encontra edificada a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, a vila cresceu, se tornou distrito e hoje é uma das cidades destaques do brejo, conhecida como a cidade agroecológica e com uma população de 18.686 habitantes

 

SECOM

Solânea comemora seis décadas de emancipação politica com vários eventos

Calcamento da rua principal do Conjunto Epifânio Plácido, mais conhecido como ``Conjunto de Serraria`
Calcamento da rua principal do Conjunto Epifânio Plácido, mais conhecido como “Conjunto de Serraria`

O clima em Solânea é de comemoração! Afinal não é todo dia que se comemoram Seis décadas de Emancipação politica. Durante todo o mês de novembro o solanense contará com diversos eventos, tais como O Festival de Sons e Sabores, o Motocross, o Concurso de redação nas escolas municipais, e ainda o Prefeito Beto do Brasil  entregará a população três ruas calcadas(um sonho dos moradores do Conjunto Epifânio Plácido, mais conhecido como “Conjunto de Serraria“)  e muito mais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Confira a programação do Aniversario de Sessenta anos de Solânea:

segunda-feira: Show na Praça 26 de novembro com Louro Santos e Banda Encantus;

Terça-feira : As 08 hs – Hasteamento das Bandeiras do Brasil, Paraíba e Solânea na Praça dos três poderes; As 09 hs – Desfile de Bandas de Fanfarras; As 14:00 – Premiação no Cine Teatro aos vencedores do Concurso de Redação e entrega do Hino de Solânea em CD as Escolas do Município; As 14:30 – Lançamento do Cordel com a Historia de Solânea e Cartilha; As 15 hs – Inauguração da Quadra da escola Jose Menino de Oliveira e Pavimentação das Ruas Luís Geriz , no Conjunto Epifânio Plácido E Rua Ranieri Candido. As 19:30 – Missa em Ação de Graças; As 21 hs – Show gospel  com Tony Alisson.

Venha a Solânea comemorar juntos o aniversário desta tão destemida cidade. Juntos alcançaremos a Cidade do Bem que queremos.

Fonte: Prof. Gederlandio A. Santos

Araruna completa 137 anos de Emancipação Política nesta quarta

ararunaNesta quarta-feira (10), Araruna no Curimataú PB, completa mais um aniversário de emancipação política. São 137 anos de história.

 

Confira programação:

– Hasteamento dos Pavilhões

– Missa em Ação de graças na Igreja Matriz

– Abertura do Campeonato Municipal de Futebol e Reinauguração do Estádio de Futebol

– Reinauguração do Centro Cultural

– Entrega oficial de uma Retroescavadeira e uma Motoniveladora

– Festa com Forró Bakana, Roberto e Seus Amores, Hélio dos Teclados e Fábio Lima.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dados Históricos de Araruna:

A história de Araruna começa entre 1830 e 1840 quando Feliciano Soares do Nascimento erigiu uma capela em louvor a Nossa Senhora da Conceição.

Em torno da capela surgiram as primeiras casas que deram origem ao povoado. Em 1854, pela Lei provincial nº 25, foi criado a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição.

A 10 de julho de 1876, o Presidente da Província da Paraíba, Barão de Mamanguape, sancionou a Lei nº 616, criando o município de Araruna. O ato solene de instalação do município só ocorreu a 11 de julho de 1877, quando tomaram posse os seguintes vereadores: Manoel Januário Bezerra Cavalcanti, presidente, Manoel d´Azevedo Belmont, João Themóteo Queiroz, Targino Pereira da Costa e Joaquim Cassiano Bezerra.

Desde as suas origens, o município de Araruna esteve sob os domínios políticos da família Bezerra Cavalcanti, entrelaçada com os Carneiro da Cunha, influentes na política não só de Bananeiras, a que estava ligada Araruna, como na política da província.

A partir da primeira década do Século XX, a família Targino passou a dominar politicamente Araruna. Um domínio que, salvo um pequeno período no Estado Novo, vem se confirmando até os nossos dias.

O desenvolvimento urbano de Araruna operou-se em três períodos distintos: o primeiro se deu entre a formação do povoado e 1908, quando se iniciou a construção do Mercado Público. O segundo se estende entre a construção do Velho Mercado até 1967, quando foi construído o Mercado Novo. O terceiro período começa com a inauguração do Mercado Novo e se estende até nossos dias.

A divisão administrativa do município tem sofrido várias modificações ao longo do tempo. Na divisão administrativa de 191, figura com três distritos: Araruna, Tacima e Riachão. Na de 1933, aparece um único distrito: Araruna. Outra alteração aparece nas divisões territoriais de 31.12.1936 e 31.12.1937, onde volta a figurar com três distritos: Araruna, Tacima e Cacimba de Dentro.

Em 15 de novembro de 1938, em virtude do Decreto-lei estadual nº 1.164, a sede do município recebeu foros de cidade.

A comarca foi criada pelo Decreto-lei estadual nº 39, de 10 de abril de 1940.

O Nome:

O nome Araruna vem do tupi a´rara una e significa arara preta. Esta denominação decorre do fato de existirem nos primórdios do povoamento, muitas dessas araras. Apesar do significado nome, elas se distinguem pela plumagem azul escuro que vistas à distância parecem pretas.
A araruna (Anadorhynchus hyacinthinus) (Lath.) é toda azul carregado. Somente a região perioftálmica, desprovida de penas, é amarela.

Geografia:
O município de Araruna está localizado na microrregião do Curimataú Oriental que por sua vez está inserido na mesorregião do Agreste Paraibano. Abrange uma área territorial de 306 Km2 localizada na serra que lhe empresta o nome. Limita-se ao Norte com o Rio Grande do Norte, a Leste pelos municípios de Campo de Santana(Tacima) e Riachão e a Oeste e ao Sul pelo município de Cacimba de Dentro.

O município de Araruna difere do quadro geral do Curimataú devido a altitude em que se encontra. A umidade relativa do ar e o índice de pluviosidade superiores aos do clima dominante da microrregião contribuem para a formação de solos mais profundos, favorecendo o desenvolvimento de uma formação vegetal classificada como Mata Serrana com espécies arbóreas e arbustivas da caatinga e algumas espécies da Mata Úmida. A Serra de Araruna é uma Chapada Sedimentar constituída por sedimentos que recobrem o cristalino. Além da Chapada Sedimentar, outras elevações merecem destaques: a Serra do Calabouço e a Serra da Confusão. Próximo às serras ocorrem gigantescos afloramentos de rochas muito antigas que devido à erosão e quebramento adquiriram formas interessantes. Destacam-se a Pedra da Boca, a Pedra da Caveira, a Pedra do Letreiro, a Pedra da Macambira.

A cidade de Araruna está edificada em um planalto situado na parte mais alta da serra e se eleva a uma altitude de 580 metros acima do nível do mar o que lhe proporciona um clima ameno, cuja temperatura no inverno chega aos 18°C.

A hidrografia do município tem pouca expressão. São pequenos rios dentre os quais destaca-se o Calabouço, na divisa do Rio Grande do Norte.

Dados Gerais:

População: 18.879 habitantes (censo 2010)
Eleitores: 13.935 (eleições 2012).
Distância de João Pessoa: 165 km.
Distância de Natal: 120 km.
Distância de Campina Grande: 110 km.
Altitude: 580 metros
Coordenadas geográficas da sede municipal: 6° 31´ de latitude Sul e 35° 44´de longitude Oeste Greenwich.

Prefeito(a): Drª Wilma Targino Maranhão (PMDB)

Vice-Prefeito: Iran Pontes do Nascimento

Presidente da Câmara 2009/2010 – Vereador Francisco Ednaldo (Naldo de Zé de Neco)

Mesoregião: Agreste Paraibano

Microregião: Curimataú Oriental

CEP: 58233-000

Tel. da Prefeitura Municipal: 83 3373.1010

 

 

Por: Jocimar Dias/Araruna Online

19ª Festa de Emancipação Política de Casserengue dia 30 de abril

A Prefeitura Municipal de Casserengue, realizará a 19ª Festa de Emancipação Política no dias 29 e 30 de abril, trazendo aos Casserenguenses no dia 29 de abril (segunda) uma grande Ação da Cidadania onde serão prestados vários serviços a população, serviços que vão desde emissões de documentos, cortes de cabelo, atividades físicas entre outros, nas áreas da saúde, ação social e agricultura. A ação da Cidadania ocorrera das 8:00h as 16:00h na Escola Fernando Macena da Silva logo após ao hasteamento da bandeira e apresentação da banda marcial. E no dia 30 (terça)de abril teremos um Jogo Amistoso entre as seleções de Casserengue e Campina Grande na categoria sub-13 e seleção mista as 14:00h no campo de futebol de Casserengue o famoso (Poeirão). E logo mais à noite a grande festa fica por conta das bandas Forró Na Tora e Pedro Henrique (PH Sertanejo) em praça pública a partir das 21h:30.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

CARTAZ MODELO 3 FESTA DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE CASSERENGUE finalizado

Outros eventos ocorrerão nos dias 27, 28 e 29 com o apoio da Prefeitura, no sábado (27) acontecerá a Discoteca Balada Mix com a presença dos Djs – Diego Nunes e Dj – Régis Araújo de Campina Grande no Ginásio Poliesportivo com entrada franca para as mulheres até as 00:00h e para os homens o ingresso custa apenas 5,00 reais.

Dia 28 (domingo) teremos o Pagodão do Nanão com o grupo Som da Raça a partir das 17:00h na rua principal de Casserengue em frente ao Bar do Nanão. E dia 29 no mesmo horário teremos Juninho – PB e Banda também no Bar do Nanão fazendo a previa da festa pra galera.

Casserengue Noticias

Prefeitura Municipal de Remígio realiza a 14ª corrida da emancipação política

 

RemígioA prefeitura municipal de Remígio promove a 14ª corrida da emancipação política, em comemoração aos 56 anos do aniversário da cidade. A corrida vem sendo realizada há mais de 10 anos e já se apresenta como um evento esportivo de grande visibilidade regional. Neste ano de 2013, esse evento esportivo ganhará novidades, como a distribuição de bonés, percurso sinalizado, premiação com troféus e medalhas, além de premiação em dinheiro para os primeiros colocados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O prefeito de Remígio, Melchior Batista (popularmente conhecido como Chió), imprimiu uma “cara nova” à corrida, dando-lhe uma verdadeira feição de evento esportivo. Segundo o prefeito, que também participará do evento, “nas edições anteriores via-se uma corrida sem sinalização, sem distribuição de qualquer coisa que identificasse os participantes, sem distribuição de água para os atletas e com uma premiação que não atraía participantes. Por essa razão, resolvemos junto à Diretoria de Esportes, com nosso amigo Dedé, implementar todos esses detalhes”.

A corrida será realizada dia 31 de março (domingo), a partir das 08:30h da manhã, com concentração na Lagoa Parque. Contudo, os atletas devem chegar às 07:00h da manhã para realizar suas inscrições, também na Lagoa Parque. Contamos com a sua presença! Participe!

 

(SECOME/PMR)

 

Festa de emancipação política de Remígio vai ter Vicente Nery e Gabriel Diniz; confira a programação

 

RemígioO município de Remígio comemora, nos próximos dias 30 e 31, o seu aniversário de 56 anos de emancipação política. E, para celebrar a data, o prefeito Melchior Naelson (Chior-PSB) vai promover uma festa recheada de atrações. Na programação, além de vários outros artistas, estão o cantor Vicente Nery e a banda Cheiro de Menina e, também, Gabriel Diniz e Forró na Farra.

 

Também farão parte da festa a banda Clã Brasil, Forró de Januário, Forrozão Vip, Garota Bronzeada e Gigahertz.

 

História – No dia 02 de agosto de 1956, o deputado Tertuliano de Brito apresentou a Assembléia Legislativa da Paraíba o Projeto de Lei Nº129/1956, pedindo a emancipação de Remígio, sancionada em 14 de março de 1957, pelo Governador Flávio Ribeiro Coutinho, entrando em vigor no dia 31 de março do mesmo ano. Na época, Epitácio Bronzeado foi nomeado para administrar o município, de 31 de março de 1957 a 06 de fevereiro de 1958.

 

Entretanto, por volta de 1700 já havia homens brancos na região Remígio, porém os registros históricos datam a partir de 1788, quando o alferes Luiz Barbosa da Silva Freire, de tradicional família portuguesa, e residente no Rio Grande do Norte, negociou suas terras com o senhor João de Morais Valcácer, adquirindo a propriedade denominada “lagoas”, onde hoje está situado o município, tendo como garantia para o negócio, uma simples troca de fios de barba, a permuta das propriedades.

 

A história relata, porém, que os primeiros habitantes de Remígio foram os Índios Potiguares, que se dividiram em três grandes aldeias: Jandaíra, Queimadas e Caxexa.

 

Remígio dos Reis, genro de Luiz Barbosa, construiu sua residência próxima a uma das cinco lagoas existentes na propriedade (atual Lagoa Parque). Remígio que pertencia a Areia viveu os mesmos ideais da sede tomando parte ativa nas lutas da Confederação do Equador, uma das mais belas páginas da história areiense.

 

O número de habitantes e as edificações cresciam em ritmo acelerado, foi quando Frei Herculano, com a ajuda da população edificou uma Capelinha no morro próximo à lagoa (hoje Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio), e o senhor Francisco Tonel construiu o mercado, fortalecendo o comércio.

 

Em 30 de março de 1938, Remígio passa à categoria de vila, e em 15 de novembro do mesmo ano a Lagoa da cidade ganha a sua atual denominação, “Remígio”, em homenagem ao seu fundador. O primeiro projeto para o desmembramento da vila de sua sede, o município de Areia, foi apresentado pelo Deputado Remigense Dr. Luiz Bronzeado, reprovado pelo Governador João Fernandes de Lima, que substituía o titular José Américo de Almeida, alegando que o desmembramento traria vários prejuízos a economia de Areia.

 

Atualidade – De acordo com o censo demográfico de 2010, Remígio tem, atualmente, 17.581 habitantes.

Programação:

BANNER REMIGIO

Redação/Focando a Notícia

Evento no Grêmio Morenense marca os 59 anos de emancipação de Solânea nesta segunda-feira

 

O município de Solânea, no Brejo paraibano, completa 59 anos nesta segunda-feira, dia 26 de novembro. E para comemorar a data o grupo Fascinart vai promover um dia inteiro de festa cm muita cultura. O evento terá início às 8h e vai até as 22h e será realizado no Grêmio Morenense, no Centro da cidade. Será um dia inteiro de muita música, cultura e cinema. (Confira a programação completa no final da matéria).

Durante a programação festiva da cidade também será divulgado o resultado do II Concurso de Redação Pacto pela Educação promovido pela Pacto Tecnologia. Os primeiros lugares de cada categoria serão premiados com celular e máquina fotográfica digital e o primeiro lugar geral ganha um tablet.

Para o diretor da Pacto, Castro Neto, o concurso é uma das formas de homenagear os 59 anos de emancipação da cidade e trazer a tona quais atitudes e anseios dos jovens que acreditam que Solânea depende de sua contribuição. “Essa é a nossa singela homenagem à cidade, além de ser uma ferramenta que vai estimular o desenvolvimento dos nossos estudantes”, contou.

História da cidade

A fundação, propriamente dita, é atribuída aos habitantes que povoaram a região, por volta dos anos de 1750-1800. Segundo a história oficial, um dos descendentes dos colonizadores da família Soares Cardoso Moreno, vindo do Ceará, fixou moradia, nas terras planas, com fazenda de gado e engenho.

Com o crescimento da região, alguns pioneiros – tais como Leôncio Costa, Alfredo Pessoa de Lima, e tantos outros – empreenderam esforços no sentido de transformar o pequeno povoado em Distrito de Paz. Isto só veio ocorrer no dia 4 de dezembro de 1926. Assegurado pela Lei nº 637, o pequeno aglomerado passou a ser chamado de Moreno, nome dado em homenagem ao seu fundador.

A partir de 1927, Moreno viveu intensos dias de vida social e cultural, começando a se projetar no cenário comunal. Em 15 de novembro de 1938, sob o Decreto-lei nº 1.164, Moreno eleva-se à categoria de Vila.

A antiga Vila de Moreno, alcançou sua independência e emancipação política, administrativa e social, graças a uma forte reivindicação dos homens de grande visão da época. O projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa da Paraíba foi de autoria do então deputado estadual Humberto Coutinho de Lucena.

A Lei nº 967 que criou o município de Solânea, datada de 26 de novembro de 1953, foi sancionada pelo então governador do Estado, João Fernandes de Lima, concedendo fórum à cidade e, consequentemente, criando o município e comarca de Solânea. Em homenagem a esta data, construiu-se a principal praça da cidade, em frente à igreja matriz de Santo Antônio, padroeiro do município. O município foi instalado em 30 de dezembro de 1953.

Redação/Focando a Notícia