Arquivo da tag: Eliminatórias

Brasil vence Bolívia por 5 X 0 na estreia das Eliminatórias

A missão visando a Copa do Mundo do Qatar começou em grande estilo. Nesta sexta-feira, o Brasil venceu a Bolívia por 5 a 0 na Neo Química Arena, em partida válida pela 1ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. Marquinhos, Roberto Firmino, duas vezes, Carrasco (contra) e Philippe Coutinho marcaram os gols da Canarinho.

A contagem, inclusive, poderia ter sido maior. Em uma partida marcada por ataque contra defesa, o goleiro Carlos Lampe apareceu com boas defesas e evitou que a derrota da Bolívia fosse ainda pior.

Com o resultado, o Brasil assumiu a liderança das Eliminatórias. Como a Colômbia venceu a Venezuela por 3 a 0 mais cedo, a equipe comandada por Tite fica na ponta da classificação pelo maior número no saldo de gols. A Bolívia, consequentemente, é a última colocada.

As duas equipes voltam a jogar na próxima terça-feira, pela segunda rodada das Eliminatórias. Às 17h (de Brasília), a Bolívia encara a Argentina no Estádio Hernando Siles, em La Paz. O Brasil entra em campo às 21h para medir forças com o Peru no Estádio Nacional de Lima.

PRESSÃO CANARINHO
O Brasil não perdeu tempo para atacar. Logo aos 40 segundos de jogo, Éverton desperdiçou uma chance real de gol. Lampe soltou um cruzamento de Renan Lodi e o camisa 19, praticamente na frente da linha do gol, pegou mal na bola.

Minutos depois, uma cabeçada de Marquinhos passou perto da trave. Desde o começo, o ímpeto ofensivo canarinho se fez presente.

Era um jogo de ataque contra defesa. A Bolívia, com desfalques, marcava com cinco jogadores dentro da área e dificultava qualquer avanço do Brasil. Neste cenário, a Canarinho rompeu a La Verde da única forma restante: na bola parada. Em uma jogada ensaiada de escanteio, Danilo cruzou para Marquinhos, sozinho, colocar para o fundo das redes.

A partida desenrolou-se como um treino de luxo para a Seleção Brasileira. Mesmo tirando o pé na metade do primeiro tempo, a Canarinho dominava a posse de bola e encurralava a Bolívia, com sérias dificuldades de criação, no próprio campo.

Tamanha criação ofensiva acabou virando gols. Em jogada envolvendo Renan Lodi, uma das principais válvulas de escape do esquema brasileiro, cruzou para Roberto Firmino esticar o pé e dobrar a vantagem brasileira ainda no primeiro tempo.

O segundo tempo começou da mesma maneira que os primeiros 45 minutos da partida. Sem tirar o pé do acelerador, a contagem virou goleada logo aos três minutos. A defesa da Bolívia não encontrou Neymar, que arrancou e tocou para Roberto Firmino marcar o segundo na partida e o terceiro da Canarinho.

O quarto gol foi marcado com uma ajudinha boliviana. Em jogada criada no lado direito, Rodrygo desviou um cruzamento, mas o último a tocar a bola foi o zagueiro Carrasco, que colocou contra a própria rede.

É SEM PARAR!
​A Bolívia, nocauteada, buscava maneiras de evitar um placar ainda pior. O Brasil, já com a liderança garantida, buscava maneiras de ficar ainda mais no topo. Neymar deu de garçom mais uma vez aos 28 minutos: desta vez, o cruzamento do camisa 10 encontrou Philippe Coutinho como elemento surpresa dentro da área para cabecear.

O Brasil não freou. Mesmo com as alterações promovidas por Tite, a equipe verde e amarela permaneceu pressionando em linha alta e incomodando a Bolívia até o fim. A La Verde, contudo, conseguiu se segurar. O placar, contudo, não ficou devendo satisfação: triunfo por 5 a 0.

Lance

 

 

Tite anuncia convocados para início das Eliminatórias da Copa de 2022

O técnico Tite anunciou no início da tarde desta sexta-feira (18), a lista dos 23 convocados da Seleção Brasileira para os dois primeiros confrontos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. No dia 9 de outubro, o Brasil enfrenta a Bolívia, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). O segundo jogo será contra o Peru, fora de casa, no dia 13.

A grande novidade na lista do treinador é Gabriel Menino. Apesar de ser jogador de meio de campo, o atleta de 19 anos foi convocado atuar na lateral-direita, papel que também cumpre, quando necessário, no Palmeiras.

Além de Gabriel Menino, outros quatro atletas que atuam no futebol brasileiro foram convocados: os goleiros Santos (Athletico-PR) e Weverton (Palmeiras), o zagueiro Rodrigo Caio (Flamengo) e o meia Éverton Ribeiro (Flamengo).

Confira a lista completa:

Goleiros:

Alisson (Liverpool)

Santos (Athletico-PR)

Weverton (Palmeiras)

Laterais:

Danilo (Juventus)

Gabriel Menino (Palmeiras)

Alex Telles (Porto)

Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Zagueiros:

Thiago Silva (Chelsea)

Marquinhos (PSG)

Felipe (Atlético de Madrid)

Rodrigo Caio (Flamengo)

Meias

Casemiro (Real Madrid)

Fabinho (Liverpool)

Bruno Guimarães (Lyon)

Douglas Luiz (Aston Villa)

Philippe Coutinho (Barcelona)

Éverton Ribeiro (Flamengo)

Atracantes:

Gabriel Jesus (Manchester City)

Rodrygo (Real Madrid)

Neymar (PSG)

Everton (Benfica)

Roberto Firmino (Liverpool)

Richarlison (Everton)

Agência Brasil

 

 

Libertadores será encerrada em campo e formato das Eliminatórias está mantido, anuncia Conmebol

Mesmo com as incertezas sobre a pandemia de covid-19 e o calendário apertado, a Conmebol anunciou que pretende encerrar a Libertadores e a Sul-Americana deste ano apenas em campo. Nove times brasileiros disputam essas competições.

Já em relação às Eliminatórias para a Copa de 2022, a entidade informou que a intenção é manter o formato atual, com 18 rodadas e pontos corridos. A projeção é que o torneio comece entre os dias 4 e 8 de setembro.

No mês passado, a Conmebol já havia anunciado o adiamento da Copa América deste ano para os meses de junho e julho de 2021, na Argentina e na Colômbia. Todas essas decisões, segundo a entidade, estão condicionadas à garantia de preservação da saúde de atletas e torcedores e à reabertura de fronteiras.

 

agenciadoradio

 

 

Brasil enfrenta Bolívia nesta quinta em La Paz nas eliminatórias da Copa

Preocupada com a altitude, a seleção brasileira faz, nesta quinta-feira (5), a penúltima partida das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, contra a Bolívia, em La Paz. Os brasileiros enfrentam os bolivianos com a classificação e a liderança do torneio garantidas antecipadamente, com 37 pontos ganhos em 16 jogos, nos quais obteve 16 vitórias, quatro empates e uma derrota; marcou 38 gols, sofreu 11 e tem um saldo de 27, totalizando 77,1% de aproveitamento.

Já a Bolívia, com aproveitamento de 27,1%, está em penúltimo lugar, sem chances de classificação, à frente somente da Venezuela, com 13 pontos marcados apenas, somando quatro vitórias, um empate e 11 derrotas. A seleção boliviana marcou 14 gols e sofreu 34, o que representa um saldo negativo de 20 – três a mais do que a própria Venezuela, lanterna das eliminatórias.

Esse retrospecto garante um amplo favoritismo ao Brasil, que venceu o último confronto por 5 a 0, em Natal, no primeiro jogo das eliminatórias entre as duas equipes, e leva grande vantagem na história dos jogos com os bolivianos. Em 28 partidas, foram 20 vitórias, com 96 gols marcados, contra cinco derrotas e 25 gols sofridos, além de três empates.

Mas o que preocupa a seleção brasileira são os 3,6 mil metros acima do nível do mar em La Paz. Por isso, a seleção viajou hoje (4) do Rio de Janeiro para Santa Cruz de La Sierra, a 416 metros de altitude, e só irá para La Paz pouco antes do jogo, para diminuir os possíveis efeitos que a altitude da capital boliviana terá sobre o time.

O Brasil está escalado com Alisson, Daniel Alves, Tiago Silva, Miranda e Alex Sandro; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Phillipe Coutinho; Neymar e Gabriel Jesus. O jogo começará às 17h (horário de Brasília). Depois a seleção brasileira viaja para São Paulo, onde, na próxima terça-feira (10),  encerrará a campanha das eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia de 2018, em partida contra o Chile.

Os outros jogos da rodada são: Colômbia x Paraguai; Chile x Equador; Argentina x Peru e Venezuela x Uruguai. A classificação é a seguinte: em primeiro lugar, está o Brasil, com 37 pontos; em segundo, o Uruguai, com 27; em terceiro, a Colômbia (26); em quarto, o Peru (24); em quinto, a Argentina (24); em sexto, o Chile (23); em sétimo, o Paraguai (21); em oitavo, o Equador (20); em nono, a Bolívia (13); em 10º, a Venezuela (8).

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Com show de Messi, Argentina bate a Colômbia e respira nas Eliminatórias

Messi no melhor estilo Messi. Foi dessa forma que a pressionada Argentina conseguiu reagir nas Eliminatórias da Copa 2018. O time de Edgardo Bauza venceu a Colômbia em casa por 3 a 0, com apresentação memorável do camisa 10 – o craque abriu o placar em cobrança de falta e deu duas assistências no duelo para Lucas Pratto marcar de cabeça e Di María empurrar para as redes na pequena área.

Com a vitória no estádio Bicentenário, em San Juan, a Argentina ultrapassou dois adversários, terminando a rodada na zona de classificação, em quinto lugar. Os argentinos superaram a própria Colômbia. Agora, a equipe argentina soma 19 pontos, um a mais que os colombianos.
O resultado também ameniza a crise argentina depois de quatro jogos sem vitórias. Com dois empates e duas derrotas, a seleção bicampeã do mundo caiu do primeiro para a sexta posição na tabela.
Messi abre vantagem sobre Batistuta
Enrique Marcarian/Reuters

O camisa 10 da argentina voltou a balançar a rede pela equipe nacional. Com isso, o craque abriu uma vantagem de três gols em relação a Batistuta, o segundo maior artilheiro da seleção. Agora, são 57 gols em 116 jogos. Em três partidas sob o comando de Edgardo Bauza, Messi marcou o segundo gol – ele também fez na vitória da Argentina sobre o Uruguai por 1 a 0.
Messidependência?
Natacha Pisarenko/AP

A Argentina venceu pela segunda vez sob o comando de Bauza. Na primeira, logo na estreia, a equipe bateu o Uruguai por 1 a 0, gol de Messi. Nos três jogos seguintes, o craque do Barcelona desfalcou o time por lesão. A Argentina somou apenas dois pontos sem o camisa 10. No retorno à Argentina, Messi viu o Brasil vencer por 3 a 0 no Mineirão, com atuação apagada. Nesta quinta-feira, ele voltou a decidir.
Erros defensivos
Embora tenha sido mortal no ataque, com dois gols em 22 minutos, a Argentina voltou a apresentar problemas na defesa. Em duas oportunidades, por exemplo, Falcao García conseguiu cabecear sem marcação. Os colombianos também viveram perigosamente. No começo do segundo tempo, uma falha dupla dos zagueiros quase resultou em um gol de Pratto.
Falcao García titular novamente
Eitan Abramovich/AFP Photo

A estrela colombiana voltou à seleçao colombiana na rodada passada das eliminatórias ao entrar no segundo tempo da partida contra o Chile. Dessa vez, o camisa 9 foi escalado como titular pelo técnico Jose Pekerman. O fato não ocorria desde junho de 2015, na Copa América disputada no Chile. Em campo, o atacante levou perigo à Argentina, principalmente nas bolas altas.
Pratto em alta, Higuaín em baixa
Natacha Pisarenko/AP

Bauza fez uma alteração no ataque argentino para receber a Colômbia em San Juan. O ex-treinador do São Paulo tirou Higuaín do time depois de escalá-lo como titular nos últimos três jogos. E deu certo. Com Lucas Pratto no comando ofensivo, a Argentina melhorou – o centroavante do Atlético-MG marcou o segundo gol com a camisa da seleção argentina (ele também fez no empate por 2 a 2 com a Venezuela). Ao ser substituído na etapa final, Pratto foi aplaudido, com seu nome cantado, pelos torcedores argentinos.
Ataque portenho reage em San Juan
Eitan Abramovich/AFP Photo

A Argentina entrou em campo com o segundo pior ataque das eliminatórias, superando apenas a Bolívia, que fez dez gols em 12 rodadas. Com os gols marcados nesta terça-feira, a seleção de Bauza soma agora 14 gols no torneio, três a mais que o Paraguai. Dessa forma, o saldo de gols da equipe é, agora, positivo (dois gols).
Dificuldades 
Juan Mabromata/AFP

O meio-campo da Colômbia sofreu para conseguir criar jogadas de ataque. Sozinho no setor, James Rodríguez pouco ficou com a bola. Quando a teve nos pés, mostrou desenvoltura. Em uma das jogadas, o camisa 10 deixou Falcao García sozinho para concluir de cabeça. No segundo tempo, o atleta do Real Madrid teve mais espaço, mas não ajudou os colombianos a diminuírem o placar. No fim, o meia acertou a trave em cobrança de falta.
Pausa nas eliminatórias
Eitan Abramovich/AFP Photo

A corrida pelas quatro vagas diretas para a Copa do Mundo voltará à tona somente em março do ano que vem. No dia 23, a Argentina recebe o Chile em casa, em disputa direta. Cinco dias depois, os argentinos vão a La Paz medir forças com a Bolívia. Já a Colômbia enfrentará os bolivianos em seus domínios na 13ª rodada. Na sequência, vão ao Equadror enfrentar os donos da casa.
FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 3 X 0 COLÔMBIA
Local: Estádio Bicentenário, em San Juan (Argentina)
Data: 15 de novembro de 2016
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roddy Zambrano (Equador)
Assistentes: Byron Moreno e Christian Lescano (ambos do Equador)
Cartões amarelos: Pratto, Mercado, Banega e Funes Mori (Argentina); Arias, Balanta, James Rodríguez e Cuadrado (Colômbia)
Gols: Messi, aos dez, Pratto, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Di María, aos 39 minutos do segundo tempo.
ARGENTINA: Romero; Mercado, Otamendi, Funes Mori e Mas; Mascherano, Biglia, Banega (Pérez), Di María (Acuña) e Messi; Pratto (Higuaín). Técnico: Edgardo Bauza
COLÔMBIA: Ospina; Arias, Davinson Sánchez, Murillo e Balanta; Carlos Sánchez, Torres (Copete), Barrios (Macnelly Torres), James Rodríguez e Cuadrado; Falcao García (Bacca). Técnico: José Pekerman
Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Eliminatórias do II Festival da Primavera agitará este final de semana em Solânea

Show de Calouros I Festival da Primavera Solâmea-PBA Prefeitura Municipal de Solânea pela Diretoria de Cultura, estará neste final de semana realizando as eliminatórias do concurso Show de Calouros 2014 e do Encontro de Dança de Rua. Ambas atividades integrarão a programação do II Festival da primavera de Solânea: Beleza, arte e cultura.

A eliminatória do Concurso Show de Calouros será realizada nesta sexta-feira, dia 26 de setembro, às 19:30h no Cine Teatro Municipal. E a eliminatória do Encontro de Dança de Rua será realizada neste domingo, dia 28 de setembro, às 14:00h no Grêmio Morenense.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No Show de Calouros serão selecionados, entre os 22 inscritos, 10 candidatos para cantarem na grande final. Assim como o Campeonato de Dança de Rua, que serão selecionados 16 B-Boys para a grande que acorrerá dentro da programação do II Festival da primavera de Solânea: Beleza, arte cultura.

O diretor de cultura falou a respeito “O ano passado o Show de Calouros foi um sucesso, jovens Solanenses que participaram na condição de calouros e hoje estão cantando em alguns palcos isso é gratificando. Em relação ao movimento de dança de rua, temos percebido o salto que está arte tem dado em nosso município, será um lindo evento”. Disse.

Em breve será divulgada a data oficial do II Festival da Primavera de Solânea um evento que tem como objetivo principal a difusão e o acesso à cultura no município de Solânea.

 

Assessoria