Arquivo da tag: duas

Duas jovens são mortas no Beco do Amor na cidade de Catolé do Rocha

A violência segue sem controle na cidade de Catolé do Rocha, sertão da Paraíba. No início da tarde de hoje (4), por volta das 13h, foi registrado mais uma cena de sangue em dose dupla. Duas mulheres identificadas como por Andreza Vieira Rosendo, 17 anos, e Maria Rosalinda Farias de Oliveira, 18 anos, ambas residentes na Rua Manoel Pedro, Centro desta cidade, foram executadas a tiros de pistola, na localidade Beco do Amor, que fica nas proximidades do Matadouro Público, no bairro Santa Clara, zona oeste de Catolé do Rocha.

De acordo com informações da Polícia Militar, que foi acionada e de imediato compareceu ao local, desconhecidos chegaram e surpreenderam as duas mulheres com disparos de pistola, que tiveram morte instantânea.

A Polícia Militar também confirmou para nossa reportagem, que no local do duplo homicídio foram encontradas cápsulas de pistola ponto 380.

Há exatos 06 dias, o jovem identificado por José Bezerra da Silva, de 31 anos, foi alvejado a bala neste mesmo ‘Beco do Amor’ e morreu ao dá entrada no setor de urgência do Hospital regional de Catolé do Rocha (PB).

A autoria e motivação do crime seguem desconhecidas.

Com mais estes dois assassinatos, o município de Catolé do Rocha chega a um total de 12 homicídios somente nestes primeiros quatro meses de 2020.

Fonte: Patos Online

 

 

Duas mortes por suspeita de Covid-19 são descartadas na Paraíba, diz SES

Mais duas mortes que tinham sido classificadas por suspeita de coronavírus foram descartadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os resultados foram obtidos no sábado (28), mas divulgados neste domingo (29) pela SES. Estão descartados a morte da mulher de 40 anos na cidade Patos e da criança de 10 anos na cidade de Conceição, ambas localizadas no Sertão paraibano.

Ainda de acordo com a SES, a morte da mulher de 40 no Hospital Regional de Patos não foi causada por nenhum vírus respiratório, com base nos exames realizados na paciente. Por sua vez, o caso do menino de 10 anos, que morreu no Hospital e Maternidade Caçula Leite (HMCL) de Conceição, houve apenas o descarte para Covid-19, seguindo as investigações para outros tipos de vírus respiratórios.

As duas mortes descartadas eram as que faltavam ser investigadas entre os casos que tinham sido notificados como mortes suspeitas por Covid-19. Antes, outras quatro mortes foram descartadas para coronavírus. Na última terça-feira (24) exames descartaram que as mortes de três pacientes da Paraíba tenham sido causadas pelo novo coronavírus. Na quinta-feira (26), mais uma morte que estava sendo investigada como suspeito do coronavírus também foi descartada.

Mortes descartadas para Covid-19

  • Mulher, de 29 anos, que morava em João Pessoa
  • Homem, de 67 anos, que morava em Zabelê
  • Mulher, de 34 anos, que morava em João Pessoa
  • Mulher, de 39 anos, que morava em João Pessoa
  • Mulher, de 40 anos, que morava em Patos
  • Criança, de 10 anos, que morava em Conceição

Caso descartado segue investigado

A morte de Quézia Leite Batista, de 34 anos, servidora pública que trabalhava na maternidade Frei Damião, em João Pessoa, descartada para Covid-19 segue sob investigação. De acordo com a SES, apesar da coleta e do resultado obtido no Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB), uma amostra foi enviada para o Instituto Evandro Chagas.

Ainda de acordo com a SES, a amostra foi enviada ao mesmo tempo em que era analisada no Lacen-PB. Como não houve um diagnóstico preciso da causa da morte dela, a amostra foi enviada para o Pará.

G1

 

Duas mulheres são presas suspeitas de lesão corporal em Guarabira

Duas mulheres foram presas por policiais do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) na tarde desta segunda-feira (9), em Guarabira, depois de agredirem outra, deixando nela escoriações provocadas por mordidas e arranhões.

A própria vítima entrou em contato com o Copom e informou que estava no local de trabalho quando as duas mulheres chegaram e começaram a insultá-la, em seguida, deram início às agressões e ameaças.

A guarnição comandada pelo sargento Luciano conduziu as três mulheres para a Delegacia de Polícia Civil, onde as duas foram autuadas em flagrante por lesão corporal.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Duas pessoas são feridas a tiros após desfile de bloco em João Pessoa

A dispersão de um bloco de pré-carnaval resultou em tiros e duas pessoas feridas em João Pessoa. A ocorrência foi registrada na Avenida Epitácio Pessoa, durante a madrugada.

De acordo com informações da polícia, duas pessoas foram atingidas por tiros de arma de fogo durante discussão. Ainda não há informações de quem teria efetuado os disparos.

Para o Hospital de Trauma foi levado um homem de 32 anos. Ele foi ferido com dois tiros, um nas costas e outro no braço. De acordo com a assessoria do hospital, ele recebeu alta hospitalar na manhã deste sábado.

Já a mulher que sofreu um tiro no braço foi socorrida para o Ortotrauma de Mangabeira, o Trauminha, e está em estado considerável estável, segundo o hospital.

 

PB Agora

 

 

Duas pessoas morrem em acidente entre carro e moto na Paraíba

Um colisão envolvendo um carro e uma motocicleta deixou duas pessoas mortas na PB-044, em Caaporã, na manhã desta sexta-feira (04).

De acordo com as primeiras informações, a vítimas (um homem e uma mulher) seriam proprietários de uma casa lotérica em Caaporã. Com a força do impacto a motocicleta ficou completamente destruída.

Várias equipes do Samu foram acionadas, mas apenas constataram o óbito do motociclista e passageiro. Não há informações a respeito do estado de saúde da pessoa que dirigia o carro.

 

paraiba.com.br

 

 

Duas mulheres e uma criança são vítimas de sequestro ao saírem de igreja, em João Pessoa

Momentos de tensão foram vividos por uma família na noite desse domingo (14), na saída de uma igreja localizada no bairro da Torre, em João Pessoa.

Três pessoas, sendo duas mulheres e uma criança de três anos foram abordados ao saírem da igreja e feitas reféns.

Os bandidos entraram no carro com as vítimas e o marido de uma das mulheres ao perceber a ação criminosa seguiu o carro pelas ruas do bairro.

Ao notarem que estavam sendo seguidos os homens desistiram da ação e abandonaram o veículo.

A Polícia Militar fez diligências na área e conseguiu encontrar um dos suspeitos, os outros dois continuam foragidos.

PB Agora

 

 

Duas mulheres são amarradas, estupradas e roubadas na PB-325, no Sertão da PB, diz polícia

Duas mulheres foram estupradas e roubadas na noite desta quinta-feira (27), na PB-325, próximo à cidade de Riacho dos Cavalos, no Sertão paraibano. De acordo com o delegado Seccional da Polícia Civil de Catolé do Rocha, Sylvio Rabello, após o crime, as vítimas foram encontradas às margens da rodovia por policiais da PM que passavam no local.

Segundo o delegado, o caso aconteceu por volta das 21h. Policiais militares seguiam da cidade de Jericó para Catolé do Rocha, na mesma região, quando encontraram as duas mulheres desesperadas e pedindo socorro na rodovia, próximo ao trevo que dá acesso a cidade de Riacho dos Cavalos.

De acordo com relato das mulheres à polícia, elas seguiam na rodovia em uma motocicleta quando diminuíram a velocidade para passar por uma lombada próxima ao trevo. Foi quando as vítimas foram surpreendidas e abordadas por dois homens armados.

Ainda conforme relato das mulheres, elas foram rendidas pelos suspeitos e amarradas às margens da rodovia. Em seguida, os homens teriam estuprado as vítimas e, após o crime, fugiram do local levando a motocicleta e R$ 1 mil em dinheiro.

Após serem encontradas pela polícia, as mulheres foram socorridas e levadas para o Hospital Regional de Catolé do Rocha. As vítimas receberam atendimento médico e depois foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil para registrar o caso, onde foram encaminhadas para exames de corpo de delito.

Na manhã desta sexta-feira (28), o delegado informou que policias militares realizavam rondas pelas região em busca dos suspeitos e que a Polícia Civil investiga o caso. Mas, até as 9h30, nenhum dos suspeitos do crime havia sido localizado.

G1

 

Duas mulheres são presas com cerca de 50 quilos de maconha

Duas mulheres foram presas e flagrante na tarde deste sábado (15) acusadas de tráfico. Com elas, a Polícia Militar apreendeu cerca de 50 quilos de maconha. De acordo com a polícia, elas vinham com a droga da cidade de Caruarú, no Pernambuco com destino à João Pessoa quando foram interceptadas.

As suspeitas, de 38 e 28 anos, estavam em um carro e foram interceptadas quando passavam no Distrito de Galante, em Campina Grande, onde os policiais realizavam uma blitz.

A droga estava separada em quatro sacos, dentro do porta-malas do veículo. Uma das presas, a de 38 anos, já cumpre pena por tráfico de drogas e usa uma tornozeleira eletrônica.  A maconha ainda seria ‘tratada’ para a venda, segunda as presas, que não revelaram qual bairro iriam fazer a entrega.

De acordo com o comandante da 3ª Companhia do Policiamento de Trânsito do BPTran, capitão Ralisson Andrade, as duas atuavam no tráfico como transportadoras de drogas, conforme as informações que foram levantadas a partir do momento da prisão da dupla. “Elas são paraibanas e estariam atuando nesse transporte de drogas. Elas usavam GPS para escolher rotas alternativas, com o objetivo de evitar vias movimentadas nas cidades e tentar não passar por fiscalizações, mas foram surpreendidas com uma blitz da 3ª CPTran, que abordou o veículo e encontrou as drogas no carro”, disse.

Além das drogas, os policiais encontraram com as acusadas um caderno de anotações com todas as despesas financeiras da viagem, desde combustível até a alimentação. Elas foram apresentadas com todo o material apreendido a Central de Polícia Civil, em Campina Grande.

paraiba.com.br

 

 

Duas crianças morrem afogadas em ‘barreiro’ no quintal da casa de avó, no Cariri da PB

Duas crianças de 2 anos de idade morreram afogadas em um pequeno barreiro na zona rural de Juazeirinho, no Cariri paraibano. O caso ocorreu no fim da tarde desta segunda-feira (8), no sítio Mendonça. A família já encontrou os corpos das crianças boiando.

A informação foi confirmada pelo diretor do Hospital Geral de Juazeirinho, Edman Gonçalves. Depois de encontrar as meninas, a família ainda levou elas para o hospital desacordadas. No hospital foram feitas técnicas de reanimação, mas as crianças já chegaram mortas.

Ainda de acordo com diretor, familiares contaram que as crianças estavam brincando na casa da avó, quando os parentes perceberam um silêncio. Eles seguiram as marcas dos passos deixadas pelas crianças no chão e já encontraram as meninas boiando.

O diretor também destacou que o barreiro era pequeno, mas que havia chovido na região nos últimos dias. Até 18h50 desta segunda-feira, os corpos estavam no Hospital de Juazeirinho, aguardando chegada do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, onde vai passar por exames.

G1

 

Duas semanas após sorteio, vencedor da Mega-Sena retira prêmio de R$ 78,9 milhões

Cerca de duas semanas após o sorteio do concurso 2.131 da Mega-Sena, o vencedor retirou nesta quinta-feira (21) o prêmio de R$ 78.938.208,62, segundo informou a Caixa Econômica Federal. A aposta havia sido feita em uma agência lotérica de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O sorteio foi realizado no último dia 6, em Itupeva (SP). A proprietária da lotérica onde o jogo foi feito, Edinea Braga, de 45 anos, disse ao G1 que não foi o primeiro prêmio milionário da Mega-Sena a ser conquistado após a aposta ser feita no estabelecimento. Porém, foi o maior valor já registrado.

“Trabalhamos com loterias há mais de 20 anos, é muito satisfatório”, disse.

Segundo a Caixa Econômica Federal, desde 1996, 37 gaúchos já ganharam na Mega-Sena.

Especulações na cidade

Ganhador do prêmio de R$ 78 milhões da Mega-Sena ainda não foi retirar o dinheiro

Ganhador do prêmio de R$ 78 milhões da Mega-Sena ainda não foi retirar o dinheiro

A demora do vencedor em retirar o prêmio deixou moradores de Gravataí curiosos. Um dia antes da retirada, alguns cogitaram que o bilhete premiado pudesse ter sido perdido.

“Provavelmente essa pessoa perdeu ou botou fora achando que não tinha ganhado e agora deve estar se escabelando porque não consegue encontrar o cartãozinho”, diverte-se o pipoqueiro Luis Fernando.

A prospectora de vendas Camila Alves disse não ter acreditado quando ouviu de um homem que ele tinha ganhado o dinheiro. “Liguei para um senhor, e ele disse que ganhou. Achei que era mentira. Eu ri da cara dele, porque porque eu faço empréstimo consignado e se ele tivesse ganhado, não iria querer empréstimo”, contou, rindo.

G1