Arquivo da tag: desacordado

Juiz morre após cair desacordado em jogo da primeira divisão boliviana

Luto no futebol boliviano. O árbitro Víctor Hugo Hurtado não resistiu a um mal súbito sofrido no duelo entre Always Ready x Oriente Petrolero pela primeira divisão local, neste domingo, e acabou falecendo aos 32 anos. A notícia foi publicada pelos jornais “Los Tiempos” e “Deporte Total”, com base nas informações do delegado do jogo, Luis Callejo.

– Lamentamos a morte do árbitro Víctor Hugo Hurtado, enquanto ele dirigia a partida entre Always Ready e Oriente Petrolero. Enviamos nossas condolências e solidariedade à sua família, amigos e colegas. O futebol boliviano está de luto – lamentou o presidente boliviano, Evo Morales.

Evo Morales Ayma

@evoespueblo

Lamentamos el fallecimiento del árbitro Víctor Hugo Hurtado, mientras dirigía el partido entre Always Ready y Oriente Petrolero. Enviamos nuestras condolencias y solidaridad a su familia, amigos y colegas. El fútbol boliviano está de luto.

O jogo foi disputado no Estádio Villa Ingenio de El Alto, inaugurado no ano passado e considerado um dos mais altos do mundo, a mais de 4 mil metros de altitude na grande La Paz. Inicialmente, não há qualquer relação do mau súbito com relação aos efeitos da altitude.

View image on Twitter

Deporte Total

@deportetotal_bo


Falleció el árbitro cochabambino Víctor Hugo Hurtado de 32 años. Que condujo el cotejo entre Always Ready y Oriente Petrolero, que en los primeros minutos se desvaneció en pleno campo de juego en el segundo tiempo.

O árbitro passou mal no início do segundo tempo e foi levado a um hospital local, porém a tentativa de reanimá-lo foi sem êxito. A partida, que estava empatada em 0 a 0 na hora do mau súbito, continuou até o apito final, e o Always Ready goleou por 5 a 0.

Árbitro Victor Hugo Hurtado cai desacordado Always Ready X Oriente Petrolero Bolívia — Foto: Reprodução / Youtube

Árbitro Victor Hugo Hurtado cai desacordado Always Ready X Oriente Petrolero Bolívia — Foto: Reprodução / Youtube

 

GE

 

 

Vereador passa mal e sai desacordado de sessão da câmara em Araruna

vereadorO vereador Carlos Antônio de Souza Teixeira (PMDB), 38 anos, passou mal e desmaiou minutos depois de tomar posse na Câmara Municipal de Araruna, a 165 km de João Pessoa. ‘Toinho Natanel’, como é conhecido, foi levado às pressas desacordado por amigos para o hospital da cidade.

O vereador Caio Ludgério, que presidiu a sessão, disse ao Portal Correio que Toinho começou a passar mal durante conversas para a escolha da presidência do legislativo municipal para o biênio 2017-2018.

“Acreditamos que o vereador passou mal devido a tensão que vinha passando desde a semana passada. Toinho Natanel era da base de oposição, mas, depois de acordos, passou a integrar a situação. Essa decisão causou muita repercussão e conflitos internos. Nesse domingo, familiares e amigos do vereador contra a decisão de mudança na bancada compareceram a sessão e a medida que as conversas se aprofundavam, o vereador não suportou”, explicou o parlamentar Caio.

Carlos Antônio foi retirado da câmara e colocado em um carro particular, que o levou até a base do Samu local. O político foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guarabira, a 69 km de Araruna. O vereador ficou um tempo em observação e liberado na madrugada desta segunda-feira (2).

Com: Portal Correio 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Menino é achado desacordado em casa abandonada em Bayeux, na PB

ambulanciaUm menino de 10 anos foi encontrado desacordado na noite de terça-feira (15) em uma casa abandonada no bairro do Baralho, na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. De acordo com a mãe da criança, com base no que foi relatado pelo menino, ele foi obrigado a entrar em um carro, tomar um comprimido e acabou sendo agredido e abandonado em uma casa. O menino foi atendido pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

De acordo com a mãe da criança, três pessoas, entre elas uma amiga dela, teriam participado do rapto do menino. A médica do Samu que prestou atendimento à vítima, Socorro Marques, explicou que o menino foi socorrido em estado regular, embora estivesse bastante afetado emocionalmente. “A criança nos informou de uma dor no membro inferior, mas não temos nenhum indício de fratura”, comentou.

A casa em que o menino foi encontrado fica bem perto da sua residência. A mãe dele explicou que a amiga que teria participado do rapto ajudou a criar o filho. “Ele contou tudo. Que foram dois homens e essa mulher que conhece ele, que ele foi colocado dentro [do carro]. A mulher falou que ia dar dinheiro a ele, mandou ele tomar um comprimido e depois, quando chegou em uma praça, começou a bater”, contou. A criança afirmou aos familiares que não lembra o que aconteceu depois.

Uma vizinha da mãe do menino explicou que a mulher chegou a perguntar sobre a rotina da criança, como ia para escola, mas não sabia que se tratava de algo que pudesse acabar com o rapto e agressão. “Ela comentou que não aceitava que o menino tivesse saído da vida dela e depois pediu que eu não comentasse que ela tinha ido até a minha casa”, explicou a vizinha. No boletim médico divulgado pelo Hospital de Trauma, não consta informação sobre o estado de saúde da criança. O G1 tentou contato com a unidade, mas as ligações não foram atendidas.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br