Arquivo da tag: cunhado

Mulher se recusa a ter relações com cunhado e é morta com facada no pescoço na PB

O crime aconteceu na cidade de Bayeux, na manhã desse domingo (20). A vítima estava na casa de familiares do suspeito e ele tentou ter relações com ela, que negou. Quando a jovem estava dormindo, o suspeito entrou no quarto e a esfaqueou no pescoço.

A mulher foi socorrida e encaminhada para a UPA da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito foi preso em flagrante minutos depois e encaminhado para a Central de Polícia onde está à disposição da Justiça.

O homem alegou que fazia tempo que não tomava seus remédios e que tomou na noite de sábado, não há comprovação dessa informação, nem se, caso ele tenha realmente ingerido algo, se o uso foi feito combinado com alguma outra substância.

 

paraiba.com.br/

 

 

Homem tem parte de orelha arrancada por mordida do cunhado durante briga em Cacimba de Dentro

Um homem de 35 anos teve parte de uma das orelhas arrancada por uma mordida durante uma confusão na madrugada deste sábado (8), no município de Cacimba de Dentro, na Paraíba.

De acordo com a Polícia Militar, o fato aconteceu por volta das 02h30, no Conjunto Benjamim Maranhão. A vítima, contou aos policiais militares que foi agredida pelos cunhados, de 33 e 35 anos. Com relação ao motivo, a PM não informou no relatório.

Diante da denúncia, os acusados foram localizados, presos e conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Solânea, onde foram apresentados a autoridade policial para que fosse tomadas as providências cabíveis.

Por Redação FontePB

 

 

Homem é esfaqueado após discussão com cunhado em Cruz do Espírito Santo

Uma discussão na noite de ontem, sábado (08), terminou com um homem de 31 anos esfaqueado na cidade de Cruz do Espírito Santo, na Paraíba.

A vítima teve um bate boca com cunhado após saber que ele falou mal de uma de suas irmãs. Ele foi atingido por um golpe de faca no ombro, ao entrar em uma residência. Após sofrer o golpe, a vítima foi socorrida ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

A Polícia Militar foi acionada. Até o momento, não há informações sobre o suspeito, que fugiu do local após o crime.

 

Cunhado de prefeita da PB mata irmão dela e depois se suicida

O irmão da prefeita de Riachão do Poço, Cilinha Dias (Democratas), foi assassinado no início da tarde desta quarta-feira (15), em frente à casa da irmã. Conforme informações divulgadas pela TV Correio, a motivação para o crime teria sido uma dívida acumulada pela vítima com o cunhado da prefeita, que, de acordo com informações da Polícia Militar, tirou a própria vida após cometer o crime.

A reportagem da TV Correio ouviu o major Sidney, que coordenou a ação da PM no local. Ele relatou que foi um crime familiar, no qual o cunhado da prefeita, identificado como Nelson, teria ido ao encontro do irmão dela, chamado Rafael, para recuperar uma quantia em dinheiro que tinha emprestado.

Os sobrenomes dos envolvidos na ocorrência não haviam sido informados pela polícia até o fechamento desta matéria.

Suposta dívida

Segundo a polícia, Rafael tinha uma dívida com Nelson, que, após não conseguir reaver seu dinheiro, acertou dois disparos na vítima. Logo após o crime, ele saiu da casa da prefeita, recarregou o revólver e tirou a própria vida a poucos metros do local.

“Já estamos em contato com a família, pois havia uma dívida de Nelson para com Rafael. Chegamos aqui ao local e as informações são de que Nelson realizou disparos contra Rafael, depois recarregou o revólver e tirou a própria vida. Porém, ainda são informações preliminares, pois não houve a perícia. O que temos para dizer é que foi um crime de proximidade, um crime de família”, disse o major Sidney à TV Correio.

 

portalcorreio

 

 

Homem é esfaqueado por cunhado ao tentar defender esposa de agressão em João Pessoa, diz polícia

Um homem de 30 anos ficou ferido após ser esfaqueado pelo cunhado durante uma discussão na tarde do sábado (15), no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, ele tentava proteger a esposa do irmão dela quando foi atingido.

A vítima deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por volta das 15h. A polícia informou ao hospital que o homem bebia com a esposa e o irmão dela quando, em determinado momento, o cunhado dele começou a agredir a esposa.

O homem tentou intervir, mas foi golpeado pelo cunhado, que estava com uma faca. Até as 11h deste domingo (16), a vítima estava na ala cirúrgica do hospital. O suspeito de atacar o homem não foi preso até este domingo e não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

G1

 

Polícia Civil prende suspeito de matar o próprio cunhado em Alagoa Grande

Em apenas dez dias de investigação, a Polícia Civil conseguiu novas provas e prendeu, pela segunda vez, um homem suspeito de cometer homicídio. A prisão ocorreu na tarde desta quarta-feira (19), em Alagoa Grande, no interior da Paraíba.

Edmilson dos Santos Oliveira, de 52 anos, foi preso por equipes das Delegacias  da Alagoa Grande e Guarabira, ambas também situadas no interior do Estado.

De acordo com o delegado Hugo Lucena, o preso é apontado pela polícia como o autor do assassinato de seu próprio cunhado.

A vítima, identificada como José da Silva Santos, mais conhecida como “Buba”, foi morta  golpes de faca. O crime aconteceu no último dia 9.

Ainda segundo o delegado, Edmilson chegou a ser preso logo após a prática do crime. Ele foi levado à delegacia e autuado em flagrante delito pelo homicídio.

No entanto, o preso recebeu alvará de soltura após ser apresentado em audiência de custódia. Após coletar novas provas da participação de Edmilson no crime, a polícia voltou a acionar a justiça e pediu a prisão preventiva do suspeito. Ao analisar as novas provas apresentadas pela polícia, a justiça decidiu expedir o mandado de prisão preventiva, o que foi cumprido na tarde desta quarta-feira (19).

“O preso em flagrante foi posto em liberdade. Mediante representação da delegada de Alagoa Grande, foi decretada a preventiva de Edmilson,  que, doravante, deverá responder ao processo preso”, afirmou o delegado.

 

clickpb

 

 

Homem tenta matar cunhado a tiros em Uiraúna, PB

Um homem tentou matar o cunhado a tiros, na tarde desta sexta-feira (2), em Uiraúna no Sertão da Paraíba. Após cometer o crime, o suspeito fugiu. A Polícia Militar ainda não sabe o que teria motivado a ação e faz buscas na região para encontrá-lo.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Cajazeiras. O estado de saúde dele não foi divulgado pela unidade hospitalar.

G1

Agricultor é morto por cunhado na frente de mulher e filhos na Paraíba

Um agricultor de 55 anos foi morto a tiros na frente da mulher e dos filhos em uma casa ao lado de um assentamento na cidade do Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa, na noite de quarta-feira (27). Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito do crime é o cunhado do agricultor. Até o início da manhã desta quinta-feira (28) o cunhado da vítima não tinha sido preso.

José Amadeu estava com a esposa, identificada apenas como Rosilene, e os filhos quando o cunhado invadiu a casa. O suspeito atirou várias vezes contra o agricultor, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A esposa da vítima e irmã do suspeito explicou que a família assistia à novela no momento do crime.

Ainda de acordo com Rosilene, o marido e o irmão tinham brigado na noite anterior ao crime, porque o irmão queria bater no filho do casal, e José Amadeu não havia permitido. De acordo com o a Polícia Civil, o histórico de desavença entre os dois era antigo. A Polícia Militar realizou buscas, mas o suspeito, de 42 anos, não foi preso até as 8h (horário local) desta quinta.

O corpo do agricultor foi encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), em João Pessoa, após exames do Instituto de Polícia Científica (IPC).

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cunhado de radialista é assassinado a golpes de faca em Alagoa Nova

viaturaO pedreiro Genildo Pereira da Costa, 38 anos, morreu neste domingo (8), no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, após ser atingido por golpes de faca em Alagoa Nova, na noite do sábado (7).

Genildo  estava em um bar quando se envolveu em uma discussão com o acusado do crime.

Após a discussão, o acusado pediu carona a Genildo, mas o mesmo negou. Nesse  momento, o homem  sacou a faca e desferiu um único golpe na vítima.

Mesmo ferido, Genildo ainda conseguiu dirigir o veículo até o hospital da cidade. Devido a gravidade do ferimento ele foi socorrido para o Trauma de Campina nas não resistiu.

Ele era casado com a irmã da radialista Silvana Ramos.

MaisPB

com Renato Diniz

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Cunhado confessa assassinato de sobrinha-neta de Sarney

marianaO empresário Lucas Porto, 37 anos, confessou ter assassinado a sobrinha-neta do ex-presidente da República José Sarney, Mariana Costa, de 33 anos.

A informação foi revelada nesta quarta-feira (16), pelo secretário estadual de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela, em entrevista coletiva a imprensa e divulgadas pelo jornal O Estado de S.Paulo.

De acordo com o secretário, Lucas Porto confessou possuir “uma atração muito forte” por Mariana e que ao voltar ao apartamento da vítima no último domingo (13), viu a publicitária despida, e tentou consumar o seu desejo, porém acabou havendo recusa da própria, “ocorrendo a luta corporal, que resultou na morte” da sobrinha-neta do ex-presidente.

Segundo a publicação, a confissão de Lucas Porto foi feita na noite de terça-feira (15), após a divulgação, pela imprensa, dos vídeos que apontam o empresário na cena do crime.

O cunhado da vítima, ainda revelou que nunca teve nenhum relacionamento sexual com Mariana, antes do ocorrido e que esta teria sido sua primeira tentativa de saciar o seu desejo.

Ainda nesta quarta-feira (16), parentes da vítima serão ouvidas pela Polícia Civil. O secretário de Segurança informa que ainda aguarda o resultado do exame para saber se houve estupro. A expectativa da conclusão do teste forense é de até 15 dias.

R7

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br