Arquivo da tag: Covid

Covid: onze pessoas morreram vítimas da doença nas últimas 24h na Paraíba

Nesta segunda, 28 de dezembro, a Paraíba registrou 578 novos casos de Covid-19 e 16 óbitos confirmados desde a última atualização, 11 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 163.993 pessoas já contraíram a doença, 125.292 já se recuperaram e 3.635, infelizmente, faleceram. Até o momento, 527.060 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 48%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 45%. Em Campina Grande estão ocupados 50% dos leitos de UTI adulto e no sertão 68% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 578, nos quais 10 municípios concentram 537 novos casos, o que corresponde a 92,90% dos casos registrados nesta terça. São eles:

João Pessoa, com 447 novos casos, totalizando 41.251; Patos, com 42 novos casos, totalizando 6.999; Monteiro, com 12 novos casos, totalizando 1.522; Baraúna, com 09 novos casos, totalizando 154; Cabedelo, com 05 novos casos, totalizando 4.041; Cajazeiras, com 05 novos casos, totalizando 3.420; Taperoá, com 05 novos casos, totalizando 228; Campina Grande, com 04 novos casos, totalizando 15.270; Catolé do Rocha, com 04 novos casos, totalizando 1157; Desterro, com 04 novos casos, totalizando 129.

Até hoje, 192 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 16 óbitos registrados nesta segunda ocorreram entre 14 de novembro e 27 de dezembro, sendo 15 deles nas últimas 48h. Os pacientes tinham idade entre 45 e 92 anos.

Campina Grande (1), Itapororoca (1), João Pessoa (7), Juripiranga (1), Massaranduba (1), Marizópolis (1), Pitimbu (1), Pombal (1), São Sebastião (1) e Sousa (1).

 

PB Agora

 

Covid: novo decreto altera horários de bares e restaurantes e orienta municípios a não realizarem festas de fim de ano

O Diário Oficial do Estado (DOE) irá publicar, na edição desta terça-feira (22), o decreto de número 40.930 que determina novas regras no horário de funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e praças de alimentação nos dias 24, 25, 31 de dezembro de 2020 e 1º de janeiro de 2021 em todo o Estado e orienta os municípios a não promoverem comemorações alusivas à passagem de ano. As novas diretrizes se tornam necessárias devido ao aumento de casos da Covid-19 na Paraíba e têm o objetivo de evitar aglomerações e, consequentemente, uma maior propagação do vírus.

De acordo com o novo decreto, o atendimento nas dependências comerciais citadas acima só será permitido até as 15h, ficando proibida a venda de qualquer produto para consumo no local após o horário e liberada a comercialização apenas por meio de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

A fiscalização do cumprimento das normas estabelecidas pelo novo decreto ficará sob a responsabilidade da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) e dos órgãos de vigilância sanitária municipais, das forças policiais estaduais, dos Procons estadual e municipais e das guardas municipais. O descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência.

As novas regras levam em consideração o agravamento do cenário epidemiológico apresentado nas últimas semanas na Paraíba e o registro de mais de mil casos da doença entre os dias 15 e 18 de dezembro 2020.

As medidas ainda são fundamentadas no Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde; e a declaração da condição de transmissão pandêmica sustentada da infecção humana pelo coronavírus, anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Veja Decreto na íntegra:

DECRETO Nº 40.930 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2020.

Dispõe sobre a adoção de novas medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo Novo Coronavírus (COVID-19).

O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso IV, da Constituição do Estado, e

Considerando o Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde por meio da Portaria nº 188, de 03 de janeiro de 2020, em virtude da disseminação global da Infecção Humana pelo Coronavírus (COVID-19), nos termos do Decreto federal nº 7.616, de 17 de novembro de 2011;

Considerando a declaração da condição de transmissão pandêmica sustentada da infecção humana pelo Coronavírus, anunciada pela Organização Mundial de Saúde em 11 de março de 2020; Considerando o Decreto Estadual nº 40.122, de 13 de março de 2020, que decretou Situação de Emergência no Estado da Paraíba ante ao contexto de decretação de Emergência em Saúde Pública de Interesse Nacional pelo Ministério da Saúde e a declaração da condição de pandemia de infecção humana pelo Coronavírus definida pela Organização Mundial de Saúde;

Considerando que no período entre 15 e 18 de dezembro 2020 o Estado da Paraíba voltou a apresentar mais do que 1.000 casos novos divulgados ao dia, além de mais de 70% dos óbitos divulgados ocorridos nas últimas 24 horas;

Considerando que a transmissibilidade da COVID-19 aumenta sensivelmente em ambientes fechados com mais de 10 (dez) pessoas, ou mesmo em ambientes abertos aglomerados;

Considerando o agravamento do cenário epidemiológico apresentado nas últimas semanas e a necessidade de adoção de medidas mais restritivas, com a finalidade de conter a expansão do número de casos em diversos municípios paraibanos,

D E C R E T A:

Art. 1º Nos dias 24, 25 e 31 de dezembro de 2020 e no dia 01 de janeiro de 2021 em todos os municípios paraibanos, os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, praças de alimentação e estabelecimentos similares somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências até 15:00 horas, ficando vedada depois desse horário a venda de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

Art. 2º A AGEVISA e os órgãos de vigilância sanitária municipais, as forças policiais estaduais, os PROCONS estadual e municipais e as guardas municipais ficarão responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas estabelecidas nesse decreto e o descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência.

Parágrafo único – Os recursos oriundos das multas aplicadas em razão do disposto no caput serão destinados às medidas de combate ao novo coronavírus (COVID-19).

Art. 3º Fica recomendado a todos os municípios paraibanos que não promovam quaisquer eventos alusivos à comemoração da passagem de ano, especialmente aqueles que possam promover a aglomeração de pessoas.

Art. 4º Este decreto entra em vigor na data da sua publicação.

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA, em João Pessoa, 22 de Dezembro de 2020; 132º da Proclamação da República.

JOÃO AZEVÊDO LINS FILHO
Governador

 

pbagora

 

 

Arcebispo Dom Delson cobra mais rigor nas medidas de prevenção à covid e não descarta fechamento das igrejas

O arcebispo de João Pessoa, Dom Delson Pedreira, admitiu e criticou o relaxamento nos cuidados sanitários que evitam a disseminação do novo coronavírus, agente causador da covid-19.

O religioso exigiu mais rigor na implantação das medidas contra a pandemia até dentro das igrejas. Dom Delson alertou que as igrejas poderão voltar a ser fechadas caso padres e fieis descumpram os protocolos sanitários. “Estamos vivendo mais um momento crítico da pandemia. Nessa nova onda, os hospitais estão cheios e o número é crescente de infectados pela covid-19. A igreja assumiu com as autoridades públicas o protocolo de saúde, que é inspirado no cuidado que todos devemos ter pela vida. Depois de muitos meses seguindo o protocolo, houve por parte de todos um certo relaxamento das normas”, declarou o Dom Delson.

O religioso orientou a todos que voltem a seguir os protocolos e destacou que o Ministério Público da Paraíba está preocupado com a situação e sugeriu que a população volte a ficar em casa, saindo apenas para atividades essenciais e que façam também o uso da máscara. “Idosos, crianças e aqueles do grupo de risco não saiam de casa. Nas igrejas, os senhores padres devem seguir as normas e os protocolos, pois se o contágio continuar aumentando poderemos ter as igrejas fechadas novamente. O momento é de precaução”, argumentou o arcebispo.

 

PB Agora

 

Covid: PB confirma 817 novos casos da doença e 17 mortes nesta terça

Nesta terça, 15 de dezembro, a Paraíba registrou 817 novos casos de Covid-19 e 17 óbitos confirmados desde a última atualização, 07 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 154.734 pessoas já contraíram a doença, 120.575 já se recuperaram e 3.469, infelizmente, faleceram. Até o momento, 496.674 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 58%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 61%. Em Campina Grande estão ocupados 63% dos leitos de UTI adulto e no sertão 80% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 817, nos quais 10 municípios concentram 476 casos, o que representa 58,26% dos casos em toda a Paraíba. São eles:

João Pessoa, com 257 novos casos, totalizando 39.115; Bayeux, com 33 novos casos, totalizando 2.605; Sousa, com 31 novos casos, totalizando 3.238; Imaculada, com 26 novos casos, totalizando 191; Guarabira, com 25 novos casos, totalizando 5.081; Campina Grande, com 24 novos casos, totalizando 14.792; Ingá, com 21 novos casos, totalizando 1.729; Cajazeiras, com 20 novos casos, totalizando 3.219; Sumé, com 20 novos casos, totalizando 868; Caaporã, com 19 novos casos, totalizando 1.052.

Até hoje, 188 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 17 óbitos registrados nesta terça ocorreram entre 06 e 15 de dezembro, sendo 10 deles nas últimas 48h. Os pacientes tinham idade entre 38 e 85 anos:

Belém do Brejo do Cruz (1), Cajazeiras (1), Campina Grande (1), Condado (1), Conde (1), Itabaiana (1), João Pessoa (4), Lagoa de Dentro (1), Nova Floresta (2), Patos (1), Pombal (1), São Bento (1) e Tacima (1).

 

PB Agora

 

Secretário de Saúde confirma casos suspeitos de reinfecção pela Covid

O secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Geraldo Antônio Medeiros, revelou em entrevista à rádio Cariri FM, nesta quinta-feira, 5, que alguns estados do Brasil já têm sim casos suspeitos de reinfecção pela Covid-19.

Porém, o gestor da Saúde explicou que é preciso ter uma análise mais profunda dos casos para que não haja confusão entre sequelas do vírus e reinfecção por ele.

– É preciso a realização de dois testes Swab Nasal, não há como constatar com aquele teste que é feito com uma furada no dedo, ou seja, o teste rápido. É preciso também que o condicionamento desse material biológico, nos dois testes, no princípio e agora após esse intervalo e a suspeita de reinfecção, tenha sido feito adequadamente para que não haja essa confusão – afirmou.

Outro ponto que precisa ser observado, segundo o médico, é que as pessoas que são acometidas de manifestações tardias da Covid precisam ter suas amostras analisadas por diferentes especialistas.

– Eles precisam passar por análises em três institutos de referência e somente após isso pode ser constatado o caso de reinfecção. Mas, posso adiantar que, mesmo o conhecimento dessa doença sendo pouco, casos de reinfecção deverão ser muito raros – declarou.

 

paraibaonline

 

 

Covid: PB registra quase mil casos a mais na segunda quinzena de outubro

Com base em informações divulgadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através de boletim epidemiológico da pandemia do novo coronavírus (covid-19), na segunda quinzena de outubro, o número de casos voltou a subir em todo o estado, em relação a primeira quinzena do mês.

Entre os dias 14 e 28 de outubro, houve quase mil casos a mais sobre o período de 1º a 13 do mesmo mês. O número de vítimas fatais em decorrência da doença também foi maior.

Entre os dias 1º e 13 de outubro, 109 pessoas morreram e 4.274 testaram positivo para covid-19. Já do dia 14 até esta quarta-feira (28), o número de mortos foi de 118, enquanto que os casos de infectados somam 5.188. um total de 914 casos a mais.

Nesta quarta, a Paraíba registrou 544 novos casos de Covid-19 e 06 óbitos confirmados desde a última atualização, 04 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 131.979 pessoas já contraíram a doença, 107.933 já se recuperaram e 3.076, infelizmente, faleceram. Até o momento, 413.092 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados. 

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 39%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 43%. Em Campina Grande estão ocupados 25% dos leitos de UTI adulto e no sertão 45% dos leitos de UTI para adultos.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 544, nos quais 10 municípios concentram 361 casos, o que representa 66,36% dos casos em toda a Paraíba. São eles:

João Pessoa, com 223 novos casos, totalizando 32.449; Cajazeiras, com 27 casos novos, totalizando 2.656; Patos, com 21 novos casos, totalizando 4.778; Cabedelo, com 18 novos casos, totalizando 3.231; Campina Grande, com 14 novos casos, totalizando 13.752; Santa Rita, com 14 novos casos, totalizando 3.571; Aparecida, com 13 novos casos, totalizando 288; Bayeux, com 13 novos casos, totalizando 2.128; Mari, com 09 novos casos, totalizando 1.204; São José de Piranhas, com 09 casos novos, totalizando 627. 

Até hoje, 174 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 06 óbitos registrados nesta quarta ocorreram em residentes de 05 municípios entre 22 de junho e 28 de outubro, 04 deles ocorridos nas últimas 24 horas:

 Alagoa Grande (1), Campina Grande (1), Carrapateira (1), João Pessoa (2) e São José de Piranhas (1).

 

PB Agora

 

Covid: outubro apresenta redução de mortes e contaminação

Os doze primeiros dias do mês de outubro apresentam importante redução nos números de casos e também de mortes em decorrência da contaminação pelo novo coronavírus (covid-19).

Do dia 1º de outubro até esta segunda-feira (12), com base em dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), houve redução de quase 36% no número de mortes, em relação ao mesmo período de setembro. Nos doze primeiros dias do mês passado, 151 óbitos foram registrados, já em outubro, apenas 95 mortes foram contabilizada.

Também houve redução no número de casos positivos da doença no mês de outubro. De 1º a 12 de setembro, 6.101 pessoas contraíram a covid-19. No mesmo período do mês atual, ainda segundo boletim epidemiológico da SES, 4.124 pessoas testaram positivo. Uma redução de aproximadamente 33%.

De acordo com boletim emitido nesta segunda-feira, nas últimas 24h, a Paraíba registrou 56 novos casos de Covid-19 e 08 óbitos confirmados desde a última atualização, 07 deles ocorridos entre ontem e hoje.

Ao todo, 125.933 pessoas já contraíram a doença, 101.388 já se recuperaram e 2.930, infelizmente, faleceram. Até o momento, 389.646 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Os casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos. A diferença de casos de ontem para hoje é de 56, nos quais 05 municípios concentram 43 casos, o que representa 76,78% dos casos em toda a Paraíba. São eles: Cajazeiras, com 14 casos novos, totalizando 2.238; Cruz do Espírito Santo, com 11 novos casos, totalizando 551; Água Branca, com 08 novos casos, totalizando 96; Patos, com 06 novos casos, totalizando 4.630; Ingá, com 04 novos casos, totalizando 1.523. 

Até hoje, 171 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 08 óbitos registrados nesta segunda ocorreram em hospitais públicos entre os dias 10, 11 e 12 de outubro, entre residentes de 05 municípios:

Brejo do Cruz (1), João Pessoa (3), Jericó (1) Logradouro (1) e Piancó (2).

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 39%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 33%. Em Campina Grande estão ocupados 37% dos leitos de UTI adulto e no sertão 64% dos leitos de UTI para adultos.

 

PB Agora

 

Propagação da Covid e radicalização suspendem atos de campanha na Paraíba

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE) José Ricardo Porto alertou para a preocupação da Corte com o avanço da propagação da Covid-19 bem como com a radicalização da campanha em alguns municípios da Paraíba e confirmou a decisão do Pleno de barrar manifestações de campanha, a exemplo de carreatas, passeatas e comícios no Estado da Paraíba. A decisão ocorreu durante julgamento de recurso do MP Eleitoral interposto, inicialmente, em face de decisão liminar em mandado de segurança impetrado, na Corte Eleitoral, contra a Portaria Conjunta 01/2020, emitida pelo juiz eleitoral e promotor eleitoral da 73ª Zona Eleitoral (Alhandra/PB).

“O Tribunal Eleitoral ontem, ao apreciar uma situação originária da Zona Eleitoral de Alhandra, quando o juiz, juntamente a promotora, deliberou em baixar um ato normativo destacando a impossibilidade de realização de passeatas e carreatas, os comícios, em razão da pandemia, manteve a decisão no sentido de ficar esclarecido que, em razão da Covid-19, que voltou em alta, e também pelo fato de estarmos recebendo informações do Comando da Polícia Militar sobre a existência de muitas divergências entre as facções partidárias que estão transbordando para atos de violência, deliberou de forma equilibrada e sensata suspender a realização desses atos de campanha”, ressaltou.

De acordo com o presidente, tal decisão deve se estender a todas as zonas eleitorais do território paraibano. “Posso afirmar que hoje essa decisão já irradiou para todas as zonas eleitorais do Estado da Paraíba”, ressaltou.

O entendimento do MP Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral, se baseou em nota técnica emitida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Segundo o documento da autoridade sanitária estadual, a orientação pela não realização de atividades presenciais vale independentemente da classificação de bandeiras que orientam a retomada das atividades em todos os municípios paraibanos (Plano Novo Normal – bandeiras verde, amarela, laranja e vermelha).

“A decisão vem reforçar o entendimento já exposto, desde o período de realização das convenções presenciais, no sentido de que estes atos que geram aglomeração de pessoas não poderiam ser realizados, com base no entendimento técnico da Secretaria Estadual da Saúde. O julgamento também aponta para a legalidade de diversas decisões de juízes eleitorais que, atendendo a pedidos formulados em representações apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral zonal, estão impondo multas aos candidatos, partidos e coligações que descumprirem a ordem que proíbe a realização desses atos”, declarou o procurador eleitoral.

 

PB Agora

 

 

Covid: 10 municípios da PB concentram 66% dos casos registrados nesta sexta

Dez cidades paraibanas lideram o número de casos de contaminação pelo novo coronavírus (covid-19) nesta sexta (2). Dos 464 diagnósticos, 308 (66,37%) foram registrados nas cidades de João Pessoa, com 113 casos; Sousa, com 37 casos novos; Mamanguape, com 31; Itaporanga, com 27; Cajazeiras, Campina Grande e Patos, com 20 novos casos cada; Sumé, com 17 casos; São José de Piranhas, com 13 casos novos; e Monteiro, com 10. Os demais casos confirmados estão distribuídos por todos os 223 municípios paraibanos.

De acordo com Boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado da Saúde, 07 óbitos foram confirmados desde a última atualização, 04 deles ocorridos nas últimas 24h.

Até o momento, 122.273 pessoas já contraíram a doença, 97.408 já se recuperaram e 2.842, infelizmente, faleceram. Até o momento, 375.224 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 33%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 32%. Em Campina Grande estão ocupados 37% dos leitos de UTI adulto e no sertão 41% dos leitos de UTI para adultos.

Até hoje, 170 cidades registraram óbitos por Covid-19. Os 07 óbitos registrados nesta sexta ocorreram entre 29 de setembro e 01 de outubro, 05 deles nas últimas 48 horas, entre residentes de 07 municípios:

Aparecida (1), Campina Grande (1), João Pessoa (1), Serra Branca (1), Serra da Raiz (1), Tacima (1) e Uiraúna (1).

 

PB Agora

 

 

Sobe para cinco o número de mortos por covid-19 em Solânea

Subiu par cinco o número de mortos por covid-19 no município de Solânea. A informação foi confirmada no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta terça-feira (18). Além das cinco confirmações, há outro óbito sendo investigado.

São 519 casos confirmados da doença na cidade e 204 ainda ativos. Além disso, 34 estão em quarentena domiciliar. Outros 330 já se recuperaram.

Hoje foram realizados 47 testes, onde 33 testaram negativo e 14, positivo.

Os casos confirmados no boletim de hoje são:

* Homem, 21 anos, **paciente com anosmia (perda de olfato) e disgeusia (perda de paladar);

* Homem, 26 anos, **paciente com náuseas e cefaléia (dor de cabeça);

* Mulher, 23 anos, **paciente sem sintomas;

* Homem, 45 anos, **paciente sem sintomas;

* Mulher, 22 anos, **paciente com cefaléia (dor de cabeça) e dispnéia (falta de ar);

* Homem, 36 anos, **paciente com dores nos olhos e tontura;

* Homem, 20 anos, **paciente com anosmia (perda de olfato) e disgeusia (perda de paladar);

* Homem, 29 anos, **paciente com dor de garganta e coriza;

* Homem, 51 anos, **paciente com cefaléia (dor de cabeça), coriza e dor de garganta;

* Homem, 68 anos, **paciente com dor nas articulações;

* Mulher, 76 anos, **paciente com dor no tórax;

* Homem, 76 anos, **paciente com dor nas costas;

* Homem, 41 anos, **paciente sem sintomas;

* Mulher, 36 anos, **paciente sem sintomas.

 

Redação FN