Arquivo da tag: Corretor

Corretor de automóveis é morto durante tentativa de assalto em Sapé

Um corretor de automóveis identificado como Wilson Martins Lourenço de 38 anos, morreu durante uma tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (23), na cidade de Sapé, Zona da Mata paraibana. O crime aconteceu por volta das 19h30.
De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava de moto quando foi surpreendida por uma dupla que anunciou o assalto. No meio da ação a vítima foi atingida por tiros.
O homem chegou a ser socorrido e levado para Hospital Doutor Sá Andrade, mas não resistiu. Ele era morador de Sapé.
A polícia realizou buscas mas até a publicação desta matéria nenhum suspeito havia sido identificado.
Fonte: T5

Corretor é preso suspeito de estuprar adolescente em entrevista de estágio

sireneUm corretor de imóveis foi preso suspeito de estuprar uma adolescente, em João Pessoa. Para cometer o crime, ele teria ofertado uma vaga de estágio em seu escritório imobiliário e, assim, atraído a menina. O prisão aconteceu na sexta-feira (3).

Segundo as investigações da Polícia Civil, o corretor dopou a candidata ao estágio oferecendo suco, quando ela estava em seu escritório, localizado no bairro de Quadramares. Depois disso, em estado de inconsciência, a jovem foi violentada.

A ação, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) da Zona Sul de João Pessoa, aconteceu em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável.

O suspeito foi submetido a exame de corpo de delito e encaminhado à carceragem da Central de Polícia Civil, onde permanece à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Morte de corretor na Capital teria sido causada por ciúmes em um triângulo amoroso

Reprodução/Arquivo pessoal
Reprodução/Arquivo pessoal

Rafael Nunes Monteiro, de 21 anos, foi preso em Patos, a 320 km de João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (7), suspeito de matar o corretor de imóveis Higor Natan Borges, de 21 anos, no bairro dos Bancários, em João Pessoa, assassinado na rua onde morava em outubro deste ano. A polícia disse que o caso teria ocorrido devido a um triângulo amoroso, com “problemas interpessoais”, descartando a hipótese de dívidas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O delegado Reinaldo Nóbrega disse em entrevista coletiva na Central de Polícia da Capital que Rafael estaria mantendo relações com uma jovem de 18 anos que teria sido namorada de Higor. Os dois rapazes já teriam brigado outras vezes por esse caso e em janeiro deste ano já teria sido registrada uma tentativa de homicídio contra o corretor.

Rafael estava morando em Patos, onde o pai havia alugado uma casa para ele morar e trabalhar na cidade. Ele foi apresentado na coletiva em João Pessoa e negou que tivesse envolvimento com o crime, afirmando que já morava no Sertão antes do homicídio ocorrer.

A Polícia Civil adiantou ainda que Rafael estava na garupa da moto e teria sido o autor dos quatro tiros contra Higor Natan. A pessoa que pilotava a moto ainda é procurada pela polícia.

O delegado Reinaldo Nóbrega finalizou dizendo que Rafael teve a prisão preventiva decretada, segue para o presídio do Roger, em João Pessoa, e que o inquérito do caso deve ser concluído em dez dias.

 

Higor Natan foi morto com quatro tiros na porta do apartamento onde morava com familiares. Os policiais informaram que os pais da vítima escutaram o barulho dos tiros e a mãe do jovem ainda pediu para não matar o filho dela, mas ele foi atingido pelos disparos e morreu nos braços dela. Parentes passaram mal e tiveram que ser socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O corpo foi sepultado na quarta-feira (8) em um cemitério particular da Capital.

 

 

portalcorreio

Corretor de seguros é preso por aplicar golpes de R$ 36 mil em vítima de 70 anos na Capital

Policial .O corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, de 53 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (30) no Centro de João Pessoa, apontado pela Polícia Civil como estelionatário por ter lesado uma aposentada federal de 70 anos, aplicando golpes que podem ter causado prejuízos de R$ 36 mil. A identificação dele foi divulgada na Delegacia do Idoso.


A Polícia Civil informou que o corretor cuidava do seguro de vida da senhora e estava tomando empréstimos sem que ela soubesse, utilizando o nome da vítima. Após receber contracheques que traziam valores parcelados e desconhecidos, a aposentada começou a apresentar um comportamento diferente, o que chamou a atenção da família.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os parentes descobriram o caso, denunciaram na Delegacia do Idoso e a Polícia Civil iniciou as investigações. Conforme a polícia, ele costumava tomar vários empréstimos de valores altos, de maneira fraudulenta, que somados já podem ter provocado um prejuízo de R$ 36 mil.

De acordo com a polícia, ele foi preso em flagrante enquanto aplicava mais um golpe na aposentada, dentro de uma agência do banco do Brasil, no Centro da Capital.

Ronaldo Henrique foi autuado por crime de estelionato e levado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roger) em João Pessoa.

A Polícia Civil informou que o corretor pode ter aplicado o mesmo golpe em outras vítimas, o que ainda será investigado.

Se alguém achar que foi lesado (a) pelo corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, pode ligar para o Disque-Denúncia gratuito da Polícia Civil 197 e relatar o caso. A identidade será preservada.

Por Alisson Correia e Hyldo Pereira