Arquivo da tag: contabiliza

Araruna contabiliza mais uma morte e totaliza 04 óbitos por Covid-19

A Prefeitura de Araruna por meio da Secretaria de Saúde contabiliza na data de hoje (29) mais um óbito decorrente da infecção pelo novo coronavírus, totalizando 04 no município. Dona Severina Maria da Conceição, 96 anos, moradora do Conjunto Helder Targino Maranhão que estava internada desde o dia 20 de junho no Hospital Metropolitano, em Santa Rita, faleceu ontem (28/06). A administração municipal lamenta mais esta vítima da Covid-19 e presta condolência aos familiares e amigos.

O Governo Municipal reforça a necessidade de que a população adote medidas rígidas de segurança: lavar as mãos com frequência, higienizar objetos e evitar sair de casa. Se for extremamente necessário sair, é obrigatório o uso de máscara.


 

ASCOM PMA

 

 

Cai para 13 o número de municípios sem casos de Covid-19 na Paraíba; estado contabiliza 633 óbitos pela doença até agora

Caiu para 13 o número de municípios paraibanos sem nenhum caso registrado da Covid-19. O dato está no boletim epidemiológico divulgado neste domingo (14) pela Secretaria de Saúde da Paraíba. O boletim também mostra que o Estado registrou mais 559 novos casos de Covid-19 e 10 mortes nas últimas 24h.

Agora são 28.013 casos confirmados e total de 633 óbitos.

O Estado tem 24.022 casos descartados. Os recuperados são uma soma de 6.689 pessoas. A infecção pelo novo coronavírus chegou a 210 municípios da Paraíba, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde.

Confira o boletim completo

Governo da Paraíba

Secretaria de Estado da Saúde
Atualização Covid-19 | 14/06/2020

Paraíba confirma 559 novos casos de Covid-19 em 24h

Casos Confirmados: 28.013
Casos Descartados: 24.022
Óbitos confirmados: 633
Casos recuperados: 6.689
Total de municípios: 210

Neste domingo, 14 de junho, a Paraíba registrou 559 novos casos de Covid-19 e 10 óbitos confirmados desde a última atualização, 4 deles ocorridos nas últimas 24h. São 28.013 pessoas que já contraíram a doença, 6.689 que já se recuperaram e 633 faleceram. 

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 69%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 80%. Em Campina Grande, estão ocupados 71% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 49% dos leitos de UTI para adultos. O índice de Isolamento Social foi de apenas 38,9%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%.

Os casos confirmados estão distribuídos por 210 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (14); Aguiar (2); Alagoa Grande (211); Alagoa Nova (93); Alagoinha (203); Alcantil (4) Alhandra (230); Amparo (12); Aparecida (11); Araçagi (109); Arara (39); Araruna (12); Areia (103); Areia de Baraúnas (1); Areial (18); Aroeiras (58); Assunção (20); Baia da Traição (83); Bananeiras (48); Baraúna (70); Barra de Santa Rosa (14); Barra de Santana (36); Barra de São Miguel (4); Bayeux (577); Belém (101); Belém do Brejo do Cruz (6); Bernardino Batista (2); Boa Ventura (1); Boa Vista (46); Bom Jesus (2); Bom Sucesso (5); Bonito de Santa Fé (1); Boqueirão (67); Borborema (2); Brejo do Cruz (37); Brejo dos Santos (3); Caaporã (592); Cabaceiras (7); Cabedelo (1404); Cachoeira dos Índios (22); Cacimba de Areia (5); Cacimba de Dentro (35); Cacimbas (24); Caiçara (46); Cajazeiras (226); Cajazeirinhas (1); Caldas Brandão (28); Campina Grande (4166); Capim (64); Caraúbas (2); Carrapateira (1); Casserengue (53); Catingueira (7), Catolé do Rocha (84); Caturité (30); Conceição (5); Condado (53); Conde (177); Congo (11); Coremas (22); Coxixola (7); Cruz do Espírito Santo (162); Cubati (13); Cuité (22); Cuité de Mamanguape (22); Cuitegí (66); Curral de Cima (11); Curral Velho (2), Damião (2); Desterro (13); Diamante (2); Dona Inês (5); Duas Estradas (36); Emas (1); Esperança (149); Fagundes (19); Frei Martinho (1); Gado Bravo (49); Guarabira (1243); Gurinhém (80); Gurjão (16); Ibiara (5); Igaracy (2); Imaculada (11); Ingá (167); Itabaiana (383); Itaporanga (8); Itapororoca (63); Itatuba (80); Jacaraú (38); Jericó (3); João Pessoa (7890); Joca Claudino (1); Juarez Távora (61); Juazeirinho (72); Junco do Seridó (12); Juripiranga (196); Juru (8); Lagoa (3); Lagoa de Dentro (11); Lagoa Seca (223); Lastro (3); Livramento (2); Logradouro (20); Lucena (98); Mãe d’Água (10); Malta (19); Mamanguape (558); Manaíra (2); Marcação (12); Mari (202); Marizópolis (4); Massaranduba (77); Mataraca (55); Matinhas (27); Mato Grosso (7); Matureia (14); Mogeiro (26); Montadas (18); Monteiro (41); Mulungu (76); Natuba (16); Nazarezinho (3); Nova Floresta (6), Nova Olinda (4); Nova Palmeira (15); Olho D´Água (25); Olivedos (8);  Parari (2); Passagem (15); Patos (891); Paulista (45); Pedra Lavrada (17); Pedras de Fogo (563); Pedro Régis (1); Piancó (26); Picuí (42); Pilar (66); Pilões (25); Pilõezinhos (87); Pirpirituba (34); Pitimbu (292); Pocinhos (22);  Pombal (97); Princesa Isabel (20); Puxinanã (92);  Queimadas (250); Quixaba (17); Remígio (107); Riachão (5); Riachão do Bacamarte (136);  Riachão do Poço (16); Riacho de Santo Antônio (5); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (187); Salgadinho (8); Salgado de São Felix (44); Santa Cecília (10); Santa Cruz (2); Santa Helena (2); Santa Inês (5);  Santa Luzia (120); Santa Rita (907); Santa Terezinha (19); Santana dos Garrotes (2); Santo André (1); São Bentinho (15); São Bento (377); São Francisco (6);  São João do Cariri (13); São João do Rio do Peixe (28); São João do Tigre (1); São José da Lagoa Tapada (16); São José de Caiana (22); São José de Espinharas (5); São José de Piranhas (12); São José de Princesa (1);  São José do Bonfim (30); São José do Sabugi (94); São José dos Cordeiros (3); São José dos Ramos (31); São Mamede (20); São Miguel de Taipu (51); São Sebastião de Lagoa de Roça (62); São Sebastião do Umbuzeiro (4); São Vicente do Seridó (18); Sapé (309); Serra Branca (9); Serra da Raíz (12); Serra Grande (1); Serra Redonda (83); Serraria (21); Sertãozinho (24); Sobrado (43); Solânea (108); Soledade (45); Sossego (3), Sousa (358); Sumé (25); Tacima (41); Taperoá (37); Tavares (11); Teixeira (35); Tenório (7); Triunfo (1); Uiraúna (8); Umbuzeiro (18); Várzea (2); Vieirópolis (3); Vista Serrana (2).

*Dados Oficiais preliminares (fonte: SIM,e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 14/06, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

10 óbitos foram confirmados, sendo 04 deles ocorridos nas últimas 24h.

Homem, 40 anos, residente em Campina Grande. Portador de doença renal. Inicio dos sintomas em 26/05, veio a óbito em hospital público no dia 12/06.

Homem, 80 anos, residente em Campim. Diabético, portador de câncer de próstata. Início dos sintomas em 09/06, veio a óbito em hospital público no dia 11/06.

Mulher, 73 anos, residente em Itapororoca. Diabética. Inicio dos sintomas em 11/06, veio a óbito em hospital público no dia 13/06.

Homem, 87 anos, residente em João Pessoa. Hipertenso, diabético, portador de doença neurológica. Inicio dos sintomas em 31/05, veio a óbito em hospital público no dia 12/06.

Mulher, 73 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata. Inicio dos sintomas em 14/05, veio a óbito em hospital público no dia 14/06.

Homem, 60 anos, residente em Mamanguape. Hipertenso. Início dos sintomas em 02/06. Veio a óbito em hospital público no dia 13/06.

Homem, 65 anos, residente em Mamanguape. Hipertenso. Início dos sintomas em 03/06. Veio a óbito em hospital público no dia 13/06.

Homem, 54 anos, residente em Rio Tinto. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 22/05. Veio a óbito em hospital público no dia 08/06.

Homem, 56 anos, residente em Santa Rita. Diabético. Início dos sintomas em 10/05, veio a óbito em hospital público no dia 04/06.

Mulher, 56 anos, residente em Sousa. Portadora da doença de parkinson. Início dos sintomas em 30/05, veio a óbito em hospital público no dia 09/06.

Os dados epidemiológicos e de ocupação de leitos podem ser visualizados em paraiba.pb.gov.br/coronavirus

pbagora

 

Guarabira contabiliza mais 56 infectados com o novo coronavírus

A Secretaria de Saúde de Guarabira divulgou no final da tarde desta sexta-feira (5) a atualização do boletim epidemiológico com os números da Covid-19. Os infectados na cidade já somam 819, um aumento de 56 casos de um dia para outro.

Guarabira é o epicentro da doença em toda a região, que envolve mais de 25 cidades. Dos infectados, 400 pacientes já foram recuperados.

Foram confirmados 14 óbitos em consequência do novo coronavírus. 925 casos foram descartados e 2.322 notificados.

Os bairros Centro (111), Novo (87), Nordeste I (83) e Cordeiro (73) continuam sendo os que mais apresentam incidência de infectados com o vírus.

NA PARAÍBA

Nesta sexta, 05 de junho, a Paraíba registra mil novos casos de Covid-19 e 13 óbitos confirmados desde a ultima atualização, 4 deles ocorridos nas últimas 24h. São 18.579 paraibanos que já contraíram a doença, 3.945 pessoas que já se recuperaram e 451, infelizmente, faleceram. 60.022 testes para diagnosticar covid-19 já foram realizados, entre testes rápidos e PCR.

A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 67%. Se fizermos um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, 88% estão ocupados. Em Campina Grande, estão ocupados 56% de leitos de UTI adulto e no sertão, 62%. O índice de Isolamento Social foi de 41,5%, mesmo com as medidas de isolamento rígido na região metropolitana de João Pessoa.

Os casos confirmados estão em 205 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (4); Aguiar (1); Alagoa Grande (109); Alagoa Nova (49); Alagoinha (153); Alcantil (4) Alhandra (177); Amparo (12); Aparecida (8); Araçagi (60); Arara (21); Araruna (5); Areia (69); Areia de Baraúnas (1); Areial (13); Aroeiras (39); Assunção (18); Baia da Traição (64); Bananeiras (38); Baraúna (49); Barra de Santa Rosa (11); Barra de Santana (19); Barra de São Miguel (3); Bayeux (435); Belém (64); Belém do Brejo do Cruz (3); Bernardino Batista (1); Boa Ventura (1); Boa Vista (37); Bom Jesus (1); Bom Sucesso (2); Bonito de Santa Fé (1); Boqueirão (36); Borborema (2); Brejo do Cruz (10); Brejo dos Santos (1); Caaporã (452); Cabaceiras (1); Cabedelo (1021); Cachoeira dos Índios (11); Cacimba de Areia (5); Cacimba de Dentro (30); Cacimbas (5); Caiçara (28); Cajazeiras (132); Cajazeirinhas (1); Caldas Brandão (20); Campina Grande (2171); Capim (44); Caraúbas (1); Carrapateira (1); Casserengue (20); Catingueira (5), Catolé do Rocha (60); Caturité (16); Conceição (7); Condado (44); Conde (125); Congo (11); Coremas (17); Coxixola (7); Cruz do Espírito Santo (129); Cubati (3); Cuité (10); Cuité de Mamanguape (10); Cuitegí (55); Curral de Cima (10); Curral Velho (1), Damião (2); Desterro (11);Diamente (1); Dona Inês (3); Duas Estradas (29); Emas (1); Esperança (92); Fagundes (9); Gado Bravo (42); Guarabira (825); Gurinhém (60); Gurjão (15); Ibiara (5); Igaracy (2); Imaculada (8); Ingá (92); Itabaiana (260); Itaporanga (3); Itapororoca (40); Itatuba (62); Jacaraú (19); Jericó (2); João Pessoa (5552); Joca Claudino (1); Juarez Távora (41); Juazeirinho (59); Junco do Seridó (12); Juripiranga (148); Juru (5); Lagoa (3); Lagoa de Dentro (9); Lagoa Seca (133); Lastro (1); Logradouro (11); Lucena (94); Mãe d’Água (4); Malta (18); Mamanguape (238); Manaíra (2); Marcação (8); Mari (148); Marizópolis (4); Massaranduba (44); Mataraca (31); Matinhas (18); Mato Grosso (7); Matureia (11); Mogeiro (9); Montadas (12); Monteiro (32); Mulungu (39); Natuba (10); Nazarezinho (1); Nova Floresta (4), Nova Olinda (3); Nova Palmeira (6); Olho D´Água (18); Olivedos (6); Ouro Velho (1); Passagem (13); Patos (717); Paulista (24); Pedra Lavrada (9); Pedras de Fogo (342); Pedro Régis (1); Piancó (22); Picuí (29); Pilar (49); Pilões (13); Pilõezinhos (68); Pirpirituba (26); Pitimbu (138); Pocinhos (10); Pombal (77); Prata (1); Princesa Isabel (14); Puxinanã (51); Queimadas (133); Quixaba (6); Remígio (53); Riachão (1); Riachão do Bacamarte (118); Riachão do Poço (7); Riacho de Santo Antônio (5); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (93); Salgadinho (6); Salgado de São Felix (36); Santa Cecília (7); Santa Helena (2); Santa Inês (2); Santa Luzia (75); Santa Rita (707); Santa Terezinha (17); Santana dos Garrotes (2); Santo André (1); São Bentinho (11); São Bento (187); São Francisco (5); São João do Cariri (10); São João do Rio do Peixe (13); São João do Tigre (1); São José da Lagoa Tapada (15); São José de Caiana (15); São José de Espinharas (3); São José de Piranhas (8); São José do Bonfim (16); São José do Sabugi (71); São José dos Cordeiros (3); São José dos Ramos (19); São Mamede (17); São Miguel de Taipu (32); São Sebastião de Lagoa de Roça (35); São Sebastião do Umbuzeiro (4); São Vicente do Seridó (17); Sapé (275); Serra Branca (3); Serra da Raíz (11); Serra Grande (1); Serra Redonda (57); Serraria (14); Sertãozinho (18); Sobrado (28); Solânea (87); Soledade (16); Sousa (252); Sumé (36); Tacima (28); Taperoá (35); Tavares (8); Teixeira (25); Tenório (1); Uiraúna (4); Umbuzeiro (16); Várzea (1); Vieirópolis (3); Vista Serrana (1).

 

portal25horas

 

 

Semana Santa: PRF/PB contabiliza 22 acidentes, 17 feridos e seis mortes

A Polícia Rodoviária Federal concluiu a Operação Semana Santa, que teve início na última quinta-feira (29) e terminou domingo (01). Seguindo um indicador dos últimos anos, a PRF conseguiu manter a redução no número de acidentes e feridos.

O efetivo da PRF deu ênfase a quatro alvos considerados os que mais afetam a segurança no trânsito rodoviário: excesso de velocidade, ultrapassagens irregulares, uso de equipamentos obrigatórios e embriaguez.

Ao final da Operação Semana Santa, foram registrados 22 acidentes, que produziram 17 feridos e seis mortes. Houve uma redução de 37% no número de feridos em relação ao ano anterior e 15% a menos de acidentes foram registrados; Levando em consideração o aumento da população e frota de veículos em números absolutos, o fato é visto como uma retração no índice de acidentes e feridos em números relativos.

Na Operação Semana Santa de 2018, a PRF na Paraíba fiscalizou 580 veículos, 585 veículos foram detectados pelo radar transitando com excesso de velocidade, 569 pessoas foram fiscalizadas e 6 prisões foram realizadas.

A PRF também realizou 379 testes de alcoolemia, que resultou em 11 motoristas reprovados, sendo um deles conduzido para Delegacia de Polícia por estar com a quantidade superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar nos pulmões.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Paraíba contabiliza 4.028 casos de violência contra mulheres este ano

Os dados sobre a violência contra a mulher ainda são alarmantes na Paraíba. Somente em 2017, já foram realizados 4028 boletins de ocorrência nas 13 delegacias especializadas e nos dois núcleos que funcionam em todo o Estado. De janeiro a novembro, 74 mulheres foram assassinadas.

De acordo com dados da violência na Paraíba, foram instaurados 2501 inquéritos policiais e emitidas 2780 medidas protetivas de janeiro até novembro.

Para debater os casos de feminicídio, a Lei Maria da Penha a Polícia Civil da Paraíba promove um seminário nesta quarta (6) e quinta-feira (7) em celebração dos 30 anos de instalação da 1ª Delegacia da Mulher no Estado. O evento acontece na Academia de Polícia Civil (Acadepol) às margens da PB-008, em Jacarapé.

De acordo com a coordenadora das Delegacias da Mulher na Paraíba, delegada Maísa Félix, a Paraíba criou a 3ª Delegacia da Mulher do Brasil, tornando-se pioneira no enfrentamento da violência doméstica e família na Paraíba, rompendo com a cultura de dor, silêncio e medo.

“A vítima de violência é quem sabe a importância de ter onde procurar ajuda e neste lugar ser bem acolhida, receber as condições de iniciar uma nova vida, com a paz que ela merece e tem direito”, argumentou.

MaisPB

Polícia Civil contabiliza 206 ocorrências na PB até fechamento das urnas neste domingo

CENTRAL-POLICIA-CIVIL-PBA Polícia Civil da Paraíba realizou 206 procedimentos em unidades policiais distribuídas nos 223 municípios do Estado, das 8h de sexta-feira (30) até as 17h deste domingo (2), dia de eleições. Um total de 236 pessoas foram conduzidas às delegacias, sendo que 173 procedimentos confeccionados foram por crimes comuns e 33 por crimes eleitorais.

Das ocorrências ligadas ao pleito, seis foram por divulgação de propaganda, uma de transporte ilegal de eleitores e outra de uso de documentação falsa, seis de boca de urna, sete por compra de votos, oito por desobediência à Justiça Eleitoral e uma por desordem em local de votação. Outros três crimes eleitorais também foram contabilizados até as 17h.

“Esse número pode ainda aumentar, visto que muitos crimes ainda estão sendo comunicados à Delegacia Geral e os procedimentos continuam em andamento. A Polícia Civil permanece atuando no Estado após o final da votação, acompanhando a movimentação que acontece após a divulgação dos resultados”, explicou o delegado geral João Alves de Albuquerque, que acompanhou pessoalmente o policiamento no Sertão do Estado. Ele acrescentou que a Polícia Civil do Estado é responsável pelo atendimento aos crimes comuns e atua supletivamente nas cidades em que não há a presença da Polícia Federal.

O delegado geral também informou que a cidade com maior número de ocorrências foi João Pessoa (24), seguida por Campina Grande (9), e Cajazeiras, Guarabira, Pombal, Queimadas e Santa Rita, todas com seis ocorrências, até o fechamento das urnas.

A Polícia Civil empregou 1.026 homens e mulheres nas eleições deste ano, com 223 equipes espalhadas por todo o Estado. A instituição também esteve presente nos Centros de Comando e Controle (CCC) nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Secom-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

TSE contabiliza mais de 400 candidatos inaptos a disputar as eleições na PB

eleiçõesUm balanço do Tribunal Superior Eleitoral, revelou através do seu site, disponível para consulta de todos os eleitores, uma lista de inaptos a disputar as eleições municipais na Paraíba. Confira clicando aqui.

O montante totaliza mais de 400 candidatos que solicitaram o registro de candidatura na Paraíba mas que estão fora das eleições. Os que tiveram o registro indeferido ainda podem recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral. Há também 150 candidatos que renunciaram a candidatura.

Esta segunda-feira (12) é o último prazo para substituição de candidatos a chapa majoritária e proporcionais e os tribunais estão acelerando suas decisões para dar tempo para julgamento de recursos e validação das candidaturas.

Segundo o artigo 57 da mesma resolução (também previsto pela Lei nº 9.504/1997, artigo 16, § 1º), todos os pedidos de registro de candidatos, inclusive os impugnados e os respectivos recursos, devem estar julgados pelas instâncias ordinárias, e publicadas as decisões a eles relativas até essa data.

Confira a lista do TSE com os impedidos de disputar as eleições 2016.

Veja listas:

Candidato a prefeito:

lista

Candidatos a vice:

00-viceprefeitos

Candidatos a vereador:

00-vereadores

pbagora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Câncer: Secretaria da Saúde contabiliza 170 mortes

Nos últimos dois anos, 730 pessoas morreram na Paraíba, vítimas de câncer de pulmão. Foram 281 óbitos em 2010, outros 279 em 2011 e 170 só nos primeiros oito meses de 2012, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A principal causa dessa mortalidade é o tabagismo, responsável por mais de 90% dos tumores no pulmão.

Para combater essa dependência, especialistas estão intensificando ações educativas, nesta semana, para conscientizar a população. As atividades são alusivas ao Dia de Combate ao Fumo, que será comemorado amanhã.

Na lista das dez cidades paraibanas que mais registram mortes por câncer de pulmão em 2011 estão João Pessoa (77), Campina Grande (37), Santa Rita (13), Sousa (12), Bayeux (6), Cabedelo (6), Patos (5), Cajazeiras (4), Malta (4) e Coremas (3).

De acordo com os registros feitos até agora pela SES, parte desse ranking deverá se manter em 2012. Das 170 mortes ocorridas na Paraíba nos últimos oito meses, 36 foram em João Pessoa; 25 em Campina Grande; 11 em Patos; sete em Cabedelo; outras sete em Sousa; duas em Santa Rita e outras duas em Bayeux.

Dos quase 3,8 milhões de habitantes da Paraíba, 435.988 são fumantes, segundo estimativas da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número corresponde a 11,4% do total da população. Só em João Pessoa, existem cerca de 83.204 moradores que não conseguem se libertar do cigarro, de acordo com o Ministério da Saúde.

Para reduzir essa incidência, equipes da Secretaria Municipal de Saúde realizaram uma ação de combate ao tabagismo, ontem, em João Pessoa. Os trabalhos se concentraram no Centro de Atenção Psicossocial (Caps), instalado no bairro do Rangel.

Médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais se reuniram para alertar os moradores sobre os danos causados pelo cigarro. Hoje, a partir das 8h, a campanha será em frente à sede da SMS, no bairro da Torre. Já amanhã, as atividades serão no Busto de Tamandaré, na orla da praia de Tambaú, a partir das 7h.

Ontem, além de realizarem palestras, foram feitos exames em fumantes ativos e passivos, para verificar se as substâncias tóxicas contidas no cigarro já causaram algum prejuízo ao organismo das pessoas. “Apesar do tabagismo afetar principalmente o próprio fumante, as pessoas que estão em volta e que respiram a fumaça também são acometidas e podem ficar com a capacidade respiratória prejudicada”, explicou a chefe do Serviço de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da Secretaria de Saúde de João Pessoa, Rogéria Thelly Diniz.

Segundo ela, as pessoas que desejam parar de fumar podem buscar ajuda em um programa desenvolvido na cidade, em parceria com o Ministério da Saúde. Para isso, basta procurar um dos cinco Centros de Atenção Integrada à Saúde (Cais), localizados nos bairros de Jaguaribe, Mandacaru, Cristo Redentor, Rangel e Mangabeira.

Nesses locais, a população encontra equipe multiprofissional, formada por médicos, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos, além de medicamentos para combater a dependência da nicotina. Após fazer um diagnóstico do caso, os profissionais iniciam o tratamento, pode incluir sessões psicológicas, acompanhamento médico, uso de medicamento e até utilização de gomas de mascar e de adesivos que inibem o desejo de fumar.

“Inicialmente, os pacientes são submetidos a sessões de terapia, porque o objetivo do programa é ajudar o fumante a largar o cigarro, sem ajuda de medicamentos. Mas se isso não for possível, o médico pode prescrever os remédios. Todos os serviços são oferecidos gratuitamente e em sigilo. Entre 2006, quando o trabalho começou, até 2011, já prestamos assistência a 1.475 pessoas. Destas, 685 deixaram de fumar”, destaca Rogéria.

Fonte: JP