Arquivo da tag: conseguiram

20 mil estudantes ainda não conseguiram acessar resultado do Enem

enemCerca de 20 mil candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ainda não conseguiram acessar os resultados do exame no site na manhã desta quinta-feira, 19. A maioria dos alunos são do grupo que fez a aplicação da prova nos dias 3 e 4 de dezembro, por causa das ocupações estudantis.

As informações foram divulgadas pelo próprio Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que ressalta, no entanto, que o número já diminuiu ao longo da manhã desta quinta, embora não tenha divulgado quantos ainda estão sem saber o resultado.

O estudante goiano Alan Pierson, de 17 anos, está tentando acessar o resultado da prova desde às 11h30 de quarta-feira, 18. “Estou tentando ligar (para o Inep) desde às 9h de hoje, porém está sempre ocupado”. Ele disse que outros três amigos que fizeram a prova na segunda aplicação também não conseguiram acessar o resultado. O aluno quer fazer Educação Física na Universidade Federal de Goiás (UFG).

Em nota, o órgão afirmou que “mais de 3,3 milhões de participantes” já acessaram as notas do exame em balanço feito às 9h30. Já a consulta pública para mudança do exame nos próximos anos, que prevê que o Enem seja feito pela internet e em um só dia, já teve 80 mil respostas. Os 1,3 milhões de treineiros que fizeram a prova só terão acesso ao resultado no dia 19 de março, conforme previsto no edital.

“Apesar de o portal do Inep na internet estar em manutenção, o acesso à Consulta Pública e aos resultados do Enem não foram afetados por estarem hospedados em outro endereço eletrônico. O volume de acessos e problemas técnicos, contudo, causaram dificuldades para alguns participantes acessarem as notas. Essas situações estão sendo solucionadas e até o final desta quinta feira todos os resultados estarão disponíveis”, diz o Inep.

Estadão

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Polícia recupera moto roubada após a ação criminosa em Dona Inês; os acusados conseguiram fugir

A moto Honda CG 125, de cor preta, placa MNK 8297-PB foi recuperada pela polícia militar da 3ª e 2ª Companhia, pertencentes ao 4º BPM-PB. A ação foi desencadeada no início da tarde da sexta-feira (21), momentos[bb] após o veículo ter sido tomado por assalto na localidade de Mulungú, zona rural de Dona Inês.

O aposentado Antônio Mauro da Silva, de 66 anos de idade, residente no sítio Cajazeiras de Dona Inês, seguia com destino a sua casa quando foi abordado por dois homens que, armados de revolveres, anunciaram o assalto e tomaram a moto da vítima. A polícia foi acionada e, sob o comando do Sargento PM Dos Santos com o apoio de guarnições comandadas pelo Capitão PM Neves, um cerco foi fechado e, os criminosos acuados, abandonaram a motocicleta e empreenderam fuga.

A moto recuperada foi devolvida para o proprietário.

“Essa tem sido nossa orientação; agir de forma rápida e precisa, por isso temos logrado êxito nas nossas investidas.” Comentou o Capitão Silva Ferreira – Comandante da 3ª Cia./ PM (4º BPM-PB

Por Júnior Campos

MP descobre que 50 mil analfabetos conseguiram tirar CNH

Após cruzar dados do cadastro eleitoral com as do Detran, o Ministério Público da Paraíba descobriu que o estado tem 50 mil analfabetos que conseguiram tirar a habilitação a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). As informações foram veiculadas e uma matéria do “Fantastico”.

“Hoje, virou uma rotina a gente ter flagrantes de autoescolas repassando CNHs pelo correio”, conta Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, procurador-geral de justiça da Paraíba, disse o procurador a reportagem.

“A gente tem que arranjar camarão, arranjar peixe”, diz um dos suspeitos nas negociações ilegais, que acontecem na antessala do chefe do Detran em Mossoró. Até lagosta servia como propina, segundo a reportagem.

Ainda de acordo com a matéria veiculada em nível nacional, as irregularidades na aquisição da CNH também é registrada em outros estados, como por exemplo, o Rio Grande do Norte. Em Mossoró, 11 pessoas teriam sido presas na semana passada acusadas de vender habilitação.

O dinheiro não seria a única forma de pagamento da propina para facilitar a aquisição do documento.

“A gente tem que arranjar camarão, arranjar peixe”, diz um dos suspeitos nas negociações ilegais, que acontecem na antessala do chefe do Detran em Mossoró. Até lagosta servia como propina, segundo a reportagem.

Para mostrar como acontece o esquema fraudulento, um policial se passou por analfabeto e pagou R$ 2 mil para conseguir a habilitação. A lei brasileira proíbe que analfabetos tirem documento de habilitação.

MaisPB

com G1