Arquivo da tag: CNT

Aprovação do governo Dilma sobe de 31,3% para 38,1%, indica CNT

dilmaA avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff subiu de 31,3% em julho para 38,1% em setembro, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira, 10. Na última edição do levantamento, realizado em julho, a aprovação era de 31,3%, ante 54,2% registrado em junho. A queda foi atribuída aos protestos de rua ocorridos em todo o País durante o mês de junho.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a pesquisa atual, a avaliação negativa do governo caiu de 29,5% para 21,9%. O índice daqueles que avaliam o governo como “regular”, oscilou de 38,7% para 39,7%. Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 135 municípios de 21 Estados, das cinco regiões, entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

A aprovação do desempenho pessoal de Dilma também aumentou e agora é de 58%, contra 49,3% observado em julho. Em junho, o índice era de 73,7%. O resultado entre os que desaprovam o desempenho caiu de 47,3% para 40,5%.

A maioria dos brasileiros (54%) acredita que não houve melhoras no País após as manifestações. Outros 42,6% acreditam que o Brasil melhorou após os protestos, ao passo que 3,4% não responderam ao questionamento.

Entre os entrevistados, 32,7% acreditam que o governo não atendeu às reivindicações das manifestações e apenas 0,6% apontaram que o governo atendeu todos os pedidos. A maioria, 63,3%, acredita que o governo atendeu algumas das reivindicações.

 

 

estadao

73,9% são a favor da contratação de médicos estrangeiros, diz CNT

Programa-Mais-MedicosA maioria dos brasileiros é a favor da contratação de médicos estrangeiros pelo programa Mais Médicos do governo federal, segundo pesquisa divulgada na manhã desta terça-feira, 10, encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada pelo instituto MDA. Segundo o levantamento, a aprovação aumentou de julho para setembro e desaprovação caiu. Declararam-se a favor da importação dos profissionais formados no exterior 73,9% dos entrevistados. Em julho, o porcentual era de 49,7%.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

A quantidade de entrevistados que disse contrária o programa caiu de 47,4% em julho para 23,8% em setembro. O porcentual de pessoas para quem o programa será capaz de solucionar os problemas graves de saúde no Brasil foi de 49,6%, contra 47,1% que não acreditam na capacidade do Mais Médicos em resolvê-los. Outros 3,3% não responderam. A pesquisa foi feita em 135 municípios, de 31 de agosto até 4 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

 

 

 

O programa Mais Médicos foi apresentado pela presidente Dilma Rousseff após os protestos de rua ocorridos no País em Junho. A medida foi criticada por associações da classe médica. Pelo cronograma, 682 profissionais formados no exterior (400 cubanos e 282 selecionados pelo programa) devem começar a atuar no dia 16 em cidades onde há falta de médicos.

 

 

 

Governo Dilma. A pesquisa CNT/MDA indicou também que o índice de avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff subiu de 31,3% em julho para 38,1% em setembro. Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 135 municípios de 21 unidades da federação, das cinco regiões, entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro.

 

 

estadao

CNT/Sensus: aumenta em sete pontos aprovação do governo Dilma

(Foto: Roberto Stuckert Filho. Presidência)

O governo da presidente Dilma Rousseff teve aprovação de 56,6% da população, de acordo com pesquisa feita pelo Instituto Sensus e divulgada nesta sexta (3) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O número é superior aos 49,2% registrados do último levantamento, feito há um ano. Além disso, 75,7% avaliam como positivo o desempenho pessoal da presidente.

A pesquisa traz dados sobre a expectativa da população em relação ao governo e a temas conjunturais. Foram ouvidas 2 mil pessoas nas cinco regiões do país e em 20 unidades da Federação, entre os dias 18 e 26 de julho.

Percentualmente, a quantidade de pessoas que consideram o governo negativo registou queda ao passar de 9,3% (em agosto de 2011) para 7%.

A pesquisa divulgada hoje também perguntou aos entrevistados sua opinião quanto à economia. Para 48,8% das pessoas, a economia brasileira está crescendo; 43,2% acreditam que ela está estagnada e 4,6% acham que ela está diminuindo. Sobre a expectativa da economia até o fim do ano, a maior parte disse estar otimista; 53,7% acham que a economia vai crescer; 35,5% acreditam que ocorrerá uma estagnação e apenas 6,4% acham que vai diminuir.

Também foi feita uma simulação das intenções de voto para as eleições de 2014. Se as eleições fossem realizadas hoje, a presidente Dilma Rousseff (PT) teria 59% das intenções de voto; o senador Aécio Neves (PSDB-MG), 14,8%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), 6,5%.

Em uma simulação em que o nome da presidente Dilma sai e entra no lugar o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele obteve 69,8% dos votos, Aécio Neves 11,9% e Eduardo Campos, 3,2%.

Agência Brasil