Arquivo da tag: Cirurgião

Justiça de Pernambuco nega habeas corpus a cirurgião suspeito de matar médico paraibano

Artur Eugênio era cirurgião torácico
Artur Eugênio era cirurgião torácico

O médico-cirurgião Cláudio Gomes, que é acusado de participar do assassinato do médico paraibano Artur Eugênio de Azevedo Pereira, em maio deste ano,em Pernambuco,  vai continuar preso no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, em PE, após o desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Marco Maggi, negar o pedido de habeas corpus. A decisão saiu na noite dessa segunda-feira (9).

De acordo com a assessoria de imprensa do TJPE, os advogados de defesa tentaram revogar a prisão temporária do cirurgião entrando com um pedido de habeas corpus na 4ª Câmara Criminal do Tribunal. Além do cirurgião, o filho dele Cláudio Amaro Gomes Júnior está preso. Está é a segunda vez em que advogados pedem a revogação da prisão do cirurgião e o TJPE nega.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os dois foram presos no dia 3 de junho deste ano pela Polícia Civil de Pernambuco suspeito pela participação na morte do médico paraibano. Eles tiveram a prisão temporária decretada por 30 dias e foram levados para a Delegacia de Homicídios de Prazeres, também em Jaboatão. O suposto mandante seria chefe da vítima. O filho é advogado.

Cláudio Gomes é cirurgião torácico e chefe da Unidade de Recuperação Cárdio-Torácica, do Real Hospital Português, mesmo local onde a vítima trabalhava. A investigação policial do caso indica que possíveis desentendimentos profissionais entre a vítima e o colega de cargo superior poderiam ter motivado o homicídio.

O crime

O médico assassinado, Artur Eugênio de Azevedo Pereira, de 36 anos, também era cirurgião torácico do Real Hospital Português, atendendo ainda em outras unidades de saúde. Ao seguir para sua residência, não conseguiu entrar no edifício, na Rua dos Navegantes, em Boa Viagem. Uma dupla em um carro interceptou o automóvel dele e um homem armado entrou no veículo à força. Na sequência, o carro saiu em alta velocidade com o suspeito e a vítima. As câmeras de monitoramento do prédio registraram a ação.

Ele foi encontrado morto na noite da segunda-feira, dia 12 de maio, às margens da BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, com quatro marcas de tiros, três nas costas e uma na cabeça. Ele era casado e deixou um filho pequeno. O carro foi localizado um dia depois, no dia 13, carbonizado, no bairro da Guabiraba, Recife, nas proximidades do Centro de Treinamento do Náutico.

 

Por Hyldo Pereira

Cirurgião que tirou faca da cabeça de trabalhador diz que vítima teve sorte

faca-agudosO neurocirurgião que removeu a faca da cabeça do homem atingido após uma discussão em Agudos (SP), no domingo (5), diz que a trajetória da lâmina, entre outros fatores, possibilitou que a vítima tivesse o objeto retirado do crânio quase sem sequelas. “A sorte – ou menos azar, por assim dizer – é que a faca penetrou o crânio dele atrás da orelha e na altura do pavilhão superior oricular. Desta forma, a lâmina fez uma trajetória ascendente, de baixo para cima. Além disso, a parte cortante da faca estava virada para cima e era fina, o que caracterizou que a lesão na região temporal esquerda do cérebro não fosse tão grave”, explica o médico Lauro de Franco Júnior.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A cirurgia para a retirada da faca foi feita no Hospital de Base de Bauru (SP) e durou mais de três horas. Após o procedimento, o trabalhador rural, de 40 anos, foi transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o quarto do Hospital de Base e poderá ser receber alta até sexta-feira (10).

Segundo Lauro, apesar da aparente gravidade da lesão, o que impressionou foi como o trabalhador rural chegou ao hospital. “Ele chegou relativamente bem. Estava confuso e com dores, mas andava e conversava. Não é sempre que o paciente chega tão consciente como foi o caso dele”, lembra.

O raio-X do paciente mostra que a faca, usada para destrinchar carne e que tem uma lâmina de quase 15 cm, não chegou a atravessar o crânio. Ela cruzou a linha média do cérebro de um lado para o outro.

Radiografia mostra faca alojada no crânio (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Radiografia mostra faca alojada no crânio
(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Conforme as primeiras observações da equipe médica, o paciente ficará possivelmente sem sequelas graves, já que nenhuma área primária, como movimento e fala, foi lesionada. “É difícil avaliar logo no começo se ele terá sequelas. O que iremos acompanhar na evolução do quadro são possíveis lapsos de memória e distúrbios de linguagem, como por exemplo, a dificuldade de nomear objetos que ele sabe o que é e para o que serve”, explica o médico.

Para Lauro, a trajetória da lâmina e a espessura foram fundamentais para que a cirurgia fosse realizada com sucesso. “Se a faca tivesse entrado de cima para baixo, com a lâmina cortante voltada para baixo e um pouco mais grossa, ele não teria chegado vivo ao hospital, já que várias estruturas vitais seriam atingidas”, diz o neurocirurgião, que trabalha na cirurgia de casos complexos há mais de 12 anos.

Investigação
Segundo o que a Polícia Civil apurou até agora, apesar da vítima ter alegado tentativa de suicídio – já que disse ter golpeado a própria cabeça após brigar com o companheiro em casa –, o caso ainda tem outras hipóteses. “No pronto-socorro, o homem relatou aos policiais que havia tentado suicídio. No entanto, a polícia não descarta nenhuma hipótese e também trabalha com uma possível tentativa de homicídio e até latrocínio, pois, segundo um relato preliminar da mãe da vítima à polícia, alguns objetos eletrônicos haviam sumido da casa”, afirmou o delegado.

Homem ficou com faca cravada na cabeça em Agudos (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Homem ficou com faca cravada na cabeça em Agudos (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
G1