Arquivo da tag: cidade

Polícia é acionada após briga generalizada entre eleitores na cidade de Santa Luzia-PB

A Polícia Militar foi acionada após uma briga generalizada entre eleitores de coligações diferentes, neste domingo (25), na cidade de Santa Luzia, na Paraíba. De acordo com os vídeos que circulam nas redes sociais, na rua estavam eleitores dos candidatos a prefeito, Ademir Morais e Zezé.

A Polícia Militar informou que a confusão aconteceu após alguns insultos dos dois lados.

No vídeo é possível ver que no momento da confusão tem crianças no meio da rua. Pedras são arremessadas e uma mulher foi atingida por um capacete. Ela foi socorrida em um carro para um hospital da região.

Ainda de acordo com a PM, algumas pessoas ficaram feridas e outras foram detidas.

Os candidatos à Prefeitura de Santa Luzia não se manifestaram.

 

portaldobrejo

 

 

Homem agride esposa, ameaça polícia e é preso na cidade de Alagoa Grande

Mais um caso de violência contra as mulheres foi registrado no fim da tarde desta quarta-feira (21), em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, quando um homem que não teve a identidade revelada foi preso após agredir a companheira e ameaçar policiais.

Na delegacia da cidade de Guarabira – local onde o suspeito foi encaminhado – ele informou que, no momento da prisão, o homem apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica.

Ele deve permanecer na delegacia até ser ouvido. Na sequência, será encaminhado confirme determinação da autoridade.

 

pbagora

 

 

Cidade na PB fica sem candidato à Prefeitura após Justiça rejeitar únicas duas candidaturas

A cidade de Cachoeira dos Índios, localizada no Sertão da Paraíba, não tem nenhum candidato a prefeito para a eleição deste ano. Duas candidaturas que haviam na cidade foram indeferidas cerca de 20 dias depois do início da fase de análise das candidaturas, feita pela Justiça Eleitoral.

As candidaturas indeferidas foram a de Allan Seixas (PSB), que concorre à reeleição, e Têta (PP). As suspensões foram feitas pela juíza Dayse Maria Pinheiro Mota, após ação apresentada de um candidato contra o outro. Os partidos ou coligações podem apresentar novos candidatos em substituição aos que foram indeferidos, até o dia 26 de outubro.

Allan Seixas teve a candidatura suspensa por ausência de requisito de registro, tendo em vista que ele estaria tentando disputar o terceiro mandato. Em 2012 ele foi eleito a vice-prefeito e assumiu o comando da cidade em 2013. Em 2016 se candidatou ao cargo de prefeito e foi eleito. O G1 tentou contato com Allan, mas até a publicação desta matéria nenhuma resposta havia sido enviada.

Já o candidato Têta foi indeferido por estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa e estar inelegível, além de ter sido condenado criminalmente a um ano e cinco meses de reclusão em regime semi-aberto. A defesa dele afirmou que está preparando um recurso para reverter a decisão, pois não considera que o caso se encaixa em inelegibilidade.

G1

 

Juíza indefere candidatura de prefeito de Cachoeira dos Índios à reeleição e cidade fica com apenas uma coligação concorrendo

A juíza eleitoral Dayse Marinho Pinheiro Mota indeferiu o registro de candidatura de Allan Seixas de Sousa (PSB) para prefeito de Cachoeira dos Índios, no Sertão paraibano. Com isso, a cidade fica com apenas um candidato a prefeito, Arlindo Francisco de Sousa (PP), conhecido como Têta.

Foi a coligação de Têta, ”Cachoeira pode mais”, que impugnou a candidatura de Allan de Sousa.

Ocorre que Allan foi eleito vice-prefeito da cidade nas eleições de 2012, com mandato previsto para ocorrer de 2013 a 2016. Em 2016, ele assumiu a prefeitura depois que a justiça decidiu afastar o prefeito Francisco Ricarte Dantas. No mesmo ano, ele concorreu ao cargo de prefeito e foi eleito e agora concorre à reeleição. A coligação afirma que isso configuraria um terceiro mandato.

Em sua defesa, o candidato afirmou que só substituiu o prefeito Francisco Ricarte Dantas por um período de oito dias, entre 31 de agosto e 8 de setembro de 2016, o que seria insuficiente para ser considerado um mandato.

Na decisão, a juíza citou a Carta Política de 1988. ”O comando constitucional traduz que quem houver substituído o titular no Poder Executivo, no curso do mandato poderá ser reeleito  para um único mandato  subsequente, não deixando margem para interpretação diversa, pois a reeleição é permitida uma única vez”, escreveu em trecho do documento.

A juíza confirmou então que a eleição do candidato configuraria um terceiro mandato, por isso o registro de candidatura dele foi indeferido.

 

clickpb

 

 

Carro cai em buraco e deixa 4 pessoas feridas, na cidade de Pedras de Fogo

Um grave acidente deixou quatro pessoas ficaram feridas envolvendo dois veículos, na manhã deste domingo (11), na PB-036, em uma estrada de barro próximo da Usina da Giasa, em Pedras de Fogo, no Litoral Sul paraibano.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, três delas ficaram gravemente feridas. O acidente aconteceu por volta das 11h30. Ao todo, foram deslocadas até o local sete viaturas do Corpo de Bombeiros, uma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além do helicóptero Acauã.

 

pbagora

 

 

Candidato a prefeito mais novo da Paraíba disputa vaga na cidade de Nova Palmeira

O jovem Pierry Ângelo da Silva Araújo, filho do casal José Petronilo de Araújo, ex-prefeito por 2 mandatos e da senhora Vitória é o candidato mais jovem da Paraíba a disputar uma campanha eleitoral. Ele é candidato a prefeito da cidade de Nova Palmeira.

Segundo informações obtidas pelo ClickPB, o jovem é mais conhecido como Pierry de Petronilo. Ele é estudante de Direito e no próximo dia 18 de outubro fará 21 anos.

Seu companheiro de chapa é o atual vereador, senhor ‘Manoel de Zuza’, com três mandatos no Legislativo da cidade.

Pierry Araújo, concentra boa parte de sua campanha nas redes sociais. O perfil dele no facebook registra mais de 4.495 seguidores. Com entradas ao vivo através de lives, ele dialoga e apresenta propostas de sua candidatura na disputa pela prefeitura de Nova Palmeira.

Outro candidato também considerado como um dos mais jovens é de Bom Sucesso, Matheus Gomes, do Partido Liberal (PL). Ele tem 21 anos completados agora em outubro. É estudante de Engenharia Civil e empreendedor na área da confeitaria.

 

clickpb

 

 

CCJ aprova título de Capital Paraibana da Cachaça a cidade de Areia

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), aprovou, nesta terça-feira (29), durante reunião por videoconferência, Projeto de Lei 1.340/2019, de autoria do deputado Eduardo Carneiro, que institui o título de Capital Paraibana da Cachaça para o município de Areia, no Brejo da Paraíba.

A deputada Pollyanna Dutra, que preside a CCJ, parabenizou o deputado Eduardo Carneiro e fez questão de ressaltar os números que representam o desenvolvimento da região através da renda e dos empregos gerados pelo setor. “Areia é a 4ª cidade em número de estabelecimentos de produtores de cachaça do Brasil e a 1ª do Nordeste. No município, existem 28 engenhos ativos, que em 2018 produziram 4,5 milhões de litros de cachaça”, afirmou.

Segundo a deputada, “o setor gera aproximadamente 2 mil empregos indiretos e 45% do ICMS que entra em Areia é oriundo da cachaça”. Com base nesses dados, Pollyanna argumentou que proteger o patrimônio cultural da cidade é justiça social.

Os membros da Comissão aprovaram também os PL’s 1.257/2019 e 1.313/2019, apresentados pelo presidente da Assembleia Adriano Galdino e pela deputada Estela Bezerra, respectivamente. O primeiro estabelece o dia 19 de março como o Dia do Artesão. Já a matéria da parlamentar Estela Bezerra, institui o Dia Marielle Franco – de enfrentamento às violência contra as mulheres negras, a ser incluso no calendário no dia 14 de março.

“O projeto aponta a perspectiva de defesa e proteção das vidas das mulheres negras do nosso estado. Num pais como o nosso, cuja herança escravocrata penaliza a negritude de nossa nação, as mulheres negras são as maiores vítimas da violência”, justificou a deputada.

 

agenciaalpb

 

 

São José do Sabugi é a única cidade da Paraíba com apenas um candidato a prefeito nas eleições 2020

A cidade de São José do Sabugi, no Sertão paraibano, vai ter só um candidato a prefeito nas eleições 2020, de acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O atual prefeito, Segundo Domiciano (DEM), vai tentar a reeleição em uma chapa com o atual vice-prefeito, Tantico (Cidadania). Dos 223 municípios do estado, São José do Sabugi é o único com apenas um candidato.

Segundo a plataforma DivulgaCand, do TSE, foram feitas quatro convenções partidárias no município este ano. O PT e o PSDB, em suas convenções, optaram por não lançar nenhum candidato a prefeito nem a vice-prefeito. Já o DEM e o Cidadania resolveram concorrer coligados.

Em 2016, a chapa eleita concorreu apenas com outra chapa, encabeçada por Karine Cabrall (PSD). O G1 entrou em contato Romero Rodrigues, presidente do diretório estadual do PSD, que é oposição na cidade. Ele informou que a sigla pretendia lançar candidatura este ano, e que vai se informar com o diretório municipal do PSD para saber o que aconteceu.

Conforme a Lei das Eleições, um candidato precisa, para ser eleito, de 50% dos votos válidos mais um. Votos brancos e nulos não contam como válidos.

No caso de municípios com apenas um concorrente, basta um único voto válido para que o candidato seja eleito. Na prática, portanto, Domiciano só precisa do próprio voto para assegurar mais quatro anos de mandato.

G1

 

Motorista atropela e mata ciclista da cidade de Sertãozinho

Um acidente no final da tarde da sexta-feira (25) deixou um ciclista morto numa rodovia, na saída de Duas Estradas para Sertãozinho, Agreste paraibano.

De acordo com as informações, um ciclista por nome de Carlos Campelo que é motorista da prefeitura de Sertãozinho, foi atingido por um carro conduzido por um jovem da cidade de Duas Estradas. Com o impacto da colisão, o ciclista teve ferimentos graves e foi socorrido por uma equipe do SAMU, mas não resistiu e foi a óbito.

O motorista teve ferimentos leves e também foi socorrido para o hospital. Um inquérito policial foi aberto pela Polícia Civil para investigar as causas do acidente que tirou a vida do cidadão, querido na cidade em que morava com sua família.

Nas redes sociais, amigos lamentaram:

Fonte: Blog do Felipe Silva

 

Polícia Civil prende homem que cultivava maconha em casa na cidade de Guarabira

A Polícia Civil da Paraíba, após trabalho investigativo realizado pela Delegacia de Belém, prendeu na manhã desta terça-feira (01), um homem de 24 anos, suspeito de tráfico de drogas na região. Ele mantinha várias “mudas” de maconha em casa, na cidade de Guarabira, onde ocorreu a prisão.

Segundo o delegado Fábio Facciolo, da cidade de Belém, os agentes de investigação já vinham monitorando o suspeito e na manhã de hoje, com o apoio do núcleo de homicídios, foram até o endereço dele em Guarabira, onde constataram o fato.

“O material apreendido será submetido à análise pericial, mas todos os indícios apontam para uma plantação de maconha. Além disso, foram encontrados em poder do suspeito uma pequena balança de precisão, dinheiro trocado e certa quantidade de droga semelhante à maconha”, informou.

Ainda segundo o delegado Fábio Facciolo, o suspeito foi preso em flagrante e, ao ser ouvido pela Polícia Civil em Guarabira, alegou que seria usuário da droga e que plantava para consumo próprio. “Ele foi autuado por tráfico de entorpecentes e será encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição da Justiça”, concluiu.

#PoliciacivilPB #8DSPC
#Sesdsgovpb #GovParaíba #SomosTodosParaiba

 

portalmidia