Arquivo da tag: Capital

CCJ aprova título de Capital Paraibana da Cachaça a cidade de Areia

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), aprovou, nesta terça-feira (29), durante reunião por videoconferência, Projeto de Lei 1.340/2019, de autoria do deputado Eduardo Carneiro, que institui o título de Capital Paraibana da Cachaça para o município de Areia, no Brejo da Paraíba.

A deputada Pollyanna Dutra, que preside a CCJ, parabenizou o deputado Eduardo Carneiro e fez questão de ressaltar os números que representam o desenvolvimento da região através da renda e dos empregos gerados pelo setor. “Areia é a 4ª cidade em número de estabelecimentos de produtores de cachaça do Brasil e a 1ª do Nordeste. No município, existem 28 engenhos ativos, que em 2018 produziram 4,5 milhões de litros de cachaça”, afirmou.

Segundo a deputada, “o setor gera aproximadamente 2 mil empregos indiretos e 45% do ICMS que entra em Areia é oriundo da cachaça”. Com base nesses dados, Pollyanna argumentou que proteger o patrimônio cultural da cidade é justiça social.

Os membros da Comissão aprovaram também os PL’s 1.257/2019 e 1.313/2019, apresentados pelo presidente da Assembleia Adriano Galdino e pela deputada Estela Bezerra, respectivamente. O primeiro estabelece o dia 19 de março como o Dia do Artesão. Já a matéria da parlamentar Estela Bezerra, institui o Dia Marielle Franco – de enfrentamento às violência contra as mulheres negras, a ser incluso no calendário no dia 14 de março.

“O projeto aponta a perspectiva de defesa e proteção das vidas das mulheres negras do nosso estado. Num pais como o nosso, cuja herança escravocrata penaliza a negritude de nossa nação, as mulheres negras são as maiores vítimas da violência”, justificou a deputada.

 

agenciaalpb

 

 

João Pessoa é a capital do Nordeste onde há mais traição, segundo ranking

João Pessoa é a capital do Nordeste onde mais há traição, segundo ranking obtido com exclusividade pelo ClickPB com o site de relacionamentos extraconjugais Ashley Madison. A capital paraibana passou Recife no ranking. Até o final do ano passado, a capital pernambucana ocupava a 12ª posição no Brasil, enquanto João Pessoa estava no 15º lugar, com base em dados de cadastros, coletados até fevereiro de 2019.

Agora, a capital da Paraíba está na 12º posição no ranking da Ashley Madison no país e o Recife na 18ª colocação, ficando atrás de São Luís (14ª) e Salvador (15ª).

A capital com mais traição nacionalmente, conforme o ranking do Ashley Madison, é Brasília (DF). Em segundo lugar está Manaus (AM) e em terceiro lugar aparece São Paulo (SP). “Liderando o caminho como o primeiro lugar para trair durante a quarentena, no entanto, é a capital federal, Brasília. A capital é o centro da política do país, e a pressão nesta vertente aumentou de maneira compreensível nos últimos meses. Com a pressão vem a necessidade de lidar com ela, e muitos descobriram que a infidelidade é uma maneira eficaz de fazê-lo”, diz o site Ashley Madison sobre o aumento de cadastrados na capital federal.

Os dados novos, coletados entre 21 de março e 1º de julho de 2020, mostram também que o estado de São Paulo tem mais municípios na lista dos 20 mais infiéis do país. São cinco cidades paulistas no ranking: São Paulo capital, Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo e Santo André.

“Em meio à atual pandemia do coronavírus, o mundo desacelerou e as pessoas estão em casa para impedir a propagação. Para muitos, isso significa ficar em casa 24 horas por dia com seu cônjuge. Alguns podem aproveitar isso como uma oportunidade de cooperar com o parceiro e, junto dele, passar pela pandemia como uma equipe. Outros podem estar sujeitos a tensão amplificada e optar por procurar saídas para ajudá-los a passar pelo período”, relata o site de relacionamentos.

 

clickpb

 

 

Mulher é socorrida para a capital após ter faca cravada na cabeça

Mais um caso de violência contra a mulher, foi registrado na noite de ontem na Paraíba, desta vez na cidade de Mari, quando uma mulher foi socorrida para o hospital de emergência e trauma de João Pessoa, após ter uma faca cravada na cabeça. O crime aconteceu na cidade de Mari, Zona da Mata paraibana e a vítima precisou ser transferida para a capital.

Segundo o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Leonardo Morais, a mulher tem 42 anos e estava alcoolizada no momento em que foi socorrida. Ele informou que a arma branca não chegou a perfurar o crânio, mas a paciente perdeu muito sangue.

“A arma foi imobilizada na região cefálica dela e ficou entre o crânio e o couro cabeludo. Estava um pouco alcoolizada mas preenchia critérios de instabilidades”, disse o profissional.

De acordo com a equipe policial que fez a escolta da ambulância, o autor do ataque teria sido uma pessoa do convívio social dela e que desinteligências seriam recorrentes.

 

pbagora

 

 

Gerente de Marketing garante que shoppings estão prontos para reabrir as portas na Capital

A Gerente de Marketing dos shoppings Manaíra e Mangabeira, em João Pessoa, Roberta Barros, garantiu na tarde desta terça-feira (16) que os dois estabelecimentos comerciais estão prontos para reabrirem as suas portas. “Para que isso aconteça, estamos esperando apenas a liberação por parte do Governo do Estado e da Prefeitura de João Pessoa”, afirmou ao deixar claro que não está nos planos da direção dos shoppings entrar na Justiça para conseguir a liberação.  “Estamos lutando com vidas e isso é mais importante do que qualquer coisa”, disse.

Durante entrevista ao Programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação,Roberta Barros destacou que várias medidas já foram tomadas para que os dois shoppings voltem a funcionar normalmente. De acordo com ela, na cancela de entrada um funcionário irá verificar a temperatura corporal do cliente. Também foram instalados tapetes químicos na entrada dos estabelecimentos comerciais para higienização dos pés do cliente que terá a sua disposição o álcool gel.

Com relação aos lojistas, ela disse que já foi determinado o espaço que cada cliente pode ficar como forma de garantir as medidas de isolamento social e os caixas das lojas serão separados com um vidro entre ele e o cliente.  Na praça da alimentação, o cliente poderá pedir o seu lanche ou refeição e ir direto para as mesas que também foram separadas. Após comer, uma funcionária da loja fará a higienização do local.

Roberta Barros explicou ainda que enquanto não sai o decreto para que os shoppings voltem a funcionar normalmente, os dois estabelecimentos estão funcionando na forma de delivery e  drive thru. Nesses dois sistemas, o cliente faz o seu pedido pelo site, paga de forma online e decide a maneira de receber o produto. Se for por drive thru, ele poderá ir ao shonping onde o produto estará à sua disposição em um dos guichês instalados no estacionamento e, antes de ser entregue, o produto será higienizado na frente do cliente e esse último procedimento também acontecerá na forma de delivery.

paraiba.com.br

 

 

Confira o que volta a funcionar a partir desta segunda na capital

A partir de hoje (15) começa o plano de flexibilização das atividades econômicas e sociais na capital paraibana. Serviços considerados não essenciais que estavam suspensos desde 15 de março podem reabrir obedecendo as medidas de segurança ainda por conta do alto índice de infecção da pelo novo coronavírus.

O plano será realizado em diferentes datas e etapas. De modo geral, havendo cumprimento das regras e condições existe a possibilidade do afrouxamento de novos serviços. Caso contrário, o desrespeito pode acarretar em um novo fechamento.

Os municípios paraibanos vão receber classificação por cores que devem estabelecer o nível da flexibilização. Saiba mais

Nesta segunda- retornam os seguintes setores:

  • serviços essenciais seguem funcionando;
  • comércio atacadista (para abastecimento);
  • lojas de materiais de construção funcionando com delivery e drive thru;
  • alimentação em bares segue no formato de delivery e drive thru;
  • construção civil – a partir de novos protocolos – passa a funcionar com 100%;
  • concessionárias, revendas e locadoras de veículos passam a funcionar com 100%;
  • salões de beleza, centros de estética e barbearias com hora marcada;
  • estabelecimento de varejo por delivery e drive thru (abertura física egue fechada);
  • shoppings e centro comerciais seguem fechados (funcionamento de lojas e afins autorizado por delivery e drive thru);
  • atividades religiosas com 30% da capacidade das igrejas.

Seguem totalmente fechados:

  • transporte público
  • esporte profissional
  • escritórios
  • serviço público não essencial
  • praias, praças e parques
  • ferias livres e ambulantes
  • academias de ginástica
  • museus, cinemas e teatros
  • atividades de educação presenciais

Após o período de 15 dias, uma avaliação será feita sobre os resultados do afrouxamento. Caso o entendimento seja positivo, deve haver mais flexibilização (uma segunda fase). O mesmo deve acontecer após o mesmo período (quando pode haver a terceira fase).

pbagora

 

Guarabira registra morte de homem que estava internado na capital com Covid-19

Um homem de Guarabira, agreste Paraibano, morreu em um hospital de João Pessoa nesta terça-feira (19) a informação de parentes é que o mesmo foi vítima do Coronavírus.

Bastante abalado, Sandro, que é irmão de Jorge, usou uma rede social para mandar um áudio informando aos amigos que o mesmo não tinha resistido e tinha falecido.

Segundo amigos próximos da família, Jorge era diabético e se encontrava internado há alguns dias num hospital da capital paraibana, positivado com o Covid-19.

A Secretaria de Saúde do município deverá divulgar nota sobre o caso ainda hoje.

 

 

Com Juka

 

 

Inmet alerta para temporal na Capital e em mais 52 cidades

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, na tarde deste domingo (19), um alerta laranja (perigo) e outro amarelo (perigo potencial) para chuvas na Paraíba. A previsão inclui municípios do litoral ao sertão, mas a intensidade das precipitações esperadas varia de acordo com cada localidade. Para a Capital e mais 52 municípios, a previsão é de temporal: chuvas, ventos fortes e raios.

O Inmet orienta que moradores de qualquer área afetada por chuvas não se abriguem debaixo de árvores, nem estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Qualquer situação de emergência deve ser comunicada à Defesa Civil (telefone 199) ou ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

O alerta laranja, válido para 53 municípios, incluindo João Pessoa, indica risco de corte de energia elétrica, queda de árvores, alagamentos e incidência de raios. Deve chover entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia. Há, ainda, a possibilidade de ventos fortes, com intensidade entre 60 e 100 km/h. O aviso é válido até as 10h desta segunda-feira (20). O Inmet pede aos moradores que, se possível, desliguem aparelhos elétricos e quadro geral de energia durante o temporal.

Municípios sob risco de temporal

Alagoinha, Alhandra, Araçagi, Bananeiras, Bayeux, Baía Da Traição, Belém, Bom Sucesso, Brejo Dos Santos, Caaporã, Caiçara, Caldas Brandão, Capim, Catolé Do Rocha, Conde, Cruz Do Espírito Santo, Cuitegi, Cuité De Mamanguape, Curral De Cima, Dona Inês, Duas Estradas, Guarabira, Gurinhém, Itabaiana, Itapororoca, Jacaraú, João Pessoa, Juripiranga, Lagoa De Dentro, Lastro, Logradouro, Lucena, Mamanguape, Marcação, Mari, Mataraca, Mulungu, Pedras De Fogo, Pedro Régis, Pilar, Pirpirituba, Riachão, Riachão Do Poço, Rio Tinto, Santa Cruz, Santa Rita, Sapé, Serra Da Raiz, Sertãozinho, Sobrado, São José Dos Ramos, São Miguel De Taipu e Tacima.

Alerta amarelo

Já o alerta amarelo inclui 185 municípios das regiões do Agreste, Borborema e Sertão do estado, onde devem ocorrer chuvas entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Veja no mapa:

 

portalcorreio

 

 

CORONAVÍRUS: Decreto da PMJP suspende eventos com mais de 250 pessoas e férias dos profissionais de saúde, na Capital

Depois de implantar o Núcleo Intersetorial de Prevenção e Cuidado em relação ao novo Coronavírus e de anunciar medidas de contingência a Covid-19, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, voltou a se reunir com a equipe de secretários e especialistas neste domingo (15), quando foram decididas nove ações preventivas. Entre as novas determinações estão a disponibilização de uma Central de Orientações por telefone formada por médicos de plantão, a suspensão de eventos culturais ou esportivos que reúnam mais de 250 pessoas, evitando aglomerações e também o cancelamento das férias dos profissionais da saúde nos próximos 60 dias.

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) também anunciou que inicia na próxima semana uma campanha de mobilização nos principais equipamentos de atendimento ao público, como Unidades de Saúde da Família (USFs), creches, escolas, abrigos e restaurantes populares. O Procon-JP ficará responsável pela realização de operações em farmácias, distribuidores e demais estabelecimentos comerciais com o objetivo de identificar e coibir possíveis abusos ao consumidor na venda de produtos relacionados à prevenção ao novo Coronavírus.

As medidas são preventivas e buscam evitar a disseminação do vírus na capital paraibana. “Estamos agindo com muita serenidade, com base em evidências técnicas sobre como proceder em relação ao novo vírus. O momento é de prevenção para evitar qualquer disseminação, cumprindo o que prevê o protocolo internacional. O Núcleo Intersetorial vai seguir com reuniões permanentes, monitorando cada caso, mas o mais importante será a participação da população, adotando todos os cuidados necessários, principalmente no que diz respeito às pessoas acima de 60 anos”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

O secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, disse que ao suspender eventos com grandes aglomerações, a administração municipal dá mais um passo no caminho da prevenção e da contenção a Covid-19. Devem ser cancelados ou adiados eventos de massa (governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais e religiosos) com público superior a 250 pessoas em espaço aberto e superior a 100 pessoas em espaços fechados.

CLIQUE AQUI PARA LER O DECRETO NA ÍNTEGRA.

Medidas do Decreto:

1. Recomendação a pacientes com sintomas respiratórios para ficarem restritos ao domicílio e evitar ambientes com aglomerações;

2. Disponibilização de Central de Orientações por telefone com médicos para atender em plantão a população;


3. Suspensão de eventos de massa (governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais e religiosos) com público superior a 250 pessoas em espaço aberto e superior a 100 pessoas em espaços fechados;


4. Locais de grande circulação de pessoas, como terminais urbanos, shopping centers e comércio em geral devem reforçar medidas de higienização e disponibilizar álcool gel 70%;


5. Os serviços de alimentação, tais como restaurante, lanchonetes e bares deverão adotar medidas de prevenção para conter a disseminação da Covid-19;


6. Os estabelecimentos de ensino deverão manter rotinas de prevenção;


7. O Procon- JP realizará fiscalizações para coibir o aumento injustificado de preços de produtos de combate e proteção a Covid-19;


8. Ficam suspensas as viagens de servidores do município programadas, enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública;


9. Suspensão de férias aos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde até 15 de maio.

Portal WSCOM

 

 

Tiroteio em feira livre termina com flanelinha morto e outro ferido na Capital

Um flanelinha foi assassinado e outro saiu ferido durante um tiroteio ocorrido na tarde desta quarta-feira (11) na Feira de Jaguaribe, em João Pessoa.De acordo com a polícia, vários carros foram perfurados a bala.

A suspeita é de que o tiroteio possa estar relacionado com o tráfico de drogas.

 

Foto: Ricardo Martins / Paraíba.com.br
paraiba.com.br

 

 

Líder do PT admite candidatura de Luiz Couto na Capital e vê Congresso avaliando crime de responsabilidade de Bolsonaro

O deputado federal José Guimarães participou neste sábado ao lado do deputado federal Paulo Teixeira de reunião do Partido dos Trabalhadores em Recife e João Pessoa projetando ao final a possibilidade da candidatura do ex-deputado Luiz Couto à Prefeitura da Capital.

Ele revelou à reportagem da Revista NORDESTE que o Congresso Nacional discutirá no decorrer da próxima semana os crimes de responsabilidade cometidos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, entre eles o vídeo estimulando reações contra o Congresso e STF.

– O Congresso tem muitos assuntos sérios para decidir na proxima semana a partir da derrubada do veto do presidente à emenda impositiva que precisa se efetivar, bem como os vários crimes de responsabilidade produzidos pelo Presidente, logo a consequência de medidas em torno do Impeachment também serão analisados – frisou.

GOVERNOS REAGEM CONTRA MOTIM DE PMs – José Guimarães informou que o governador Camilo Santana com apoio de diversos governadores aprovou medida urgente na Assembléia Legislativa do estado consolidando a punição dos amotinados sem possibilidade de anistia.

– O Governo do Ceará trabalha para resolver o Motim nos próximos dias diante do apoio dos governadores de reforçarem a segurança do Ceará para implodir a crise – disse ele acrescentando “que o presidente Bolsonaro só reagiu renovando a presença das forças federais depois que governadores apoiaram Camilo Santana até enviando tropas, se necessário”.

MORO NADA FEZ – O líder petista comentou que o ministro Sérgio Moro durante todo motim dos PMs no Ceará “apenas foi a Fortaleza fazer uma foto sem se envolver como devido para construir uma solução, pois o Governo conta com vários apoiadores ao movimento militar”.
Para ele, o ministro não se esforça nem age para resolver o problema pelo envolvimento de agentes do Governo apoiando o motim.

 

Por Walter Santos