Arquivo da tag: Campina Grande

Adolescente de 14 anos é baleado após tentar fugir de abordagem e entrar em luta corporal com policial civil em Campina Grande

Um adolescente de 14 anos foi baleado nessa quarta-feira (21), após tentar fugir de uma abordagem e entrar em luta corporal com policial civil, no Conjunto Ronaldo Cunha Lima, localizado no bairro Três Irmãs, em Campina Grande. A Polícia Civil informou ao Portal ClickPB, que uma equipe policial estava em diligência no local para cumprir quatro mandados de prisão contra Ronkaly Alves de Brito, conhecido como “Mortes”.

Os policiais encontraram Ronkaly acompanhado de um adolescente caminhando na rua do bairro, quando abordaram os dois e deram voz de prisão a Ronkaly. O adolescente por sua vez, saiu correndo pela rua e entrou em residências, sendo perseguido pelos policiais.

O adolescente foi alcançado por um dos policiais no quintal de uma das casas. No local eles entraram em luta corporal e teria tentado roubar a arma do agente.

O policial então conseguiu atirar contra o adolescente e o atingiu nas duas pernas. O adolescente foi socorrido pelos policiais para o Hospital de Trauma de Campina Grande. O estado de saúde é considerado estável.

A Polícia informou que o alvo dos mandados não reagiu a prisão e foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. Familiares do adolescente disseram que ele correu pois se assustou com a abordagem.

O caso será investigado.

 

clickpb

 

 

Jovem é preso suspeito de matar fisioterapeuta asfixiado durante relação sexual em Campina Grande

Um jovem de 18 anos foi preso nesta terça-feira (20), suspeito de matar o fisioterapeuta Luiz Eduardo Leite Brasileiro, de 44 anos, que foi achado morto dentro do apartamento onde morava em Campina Grande, em agosto. De acordo com a Polícia Civil, a vítima mantinha um relacionamento com o jovem, que confessou ter asfixiado o fisioterapeuta durante uma relação sexual.

O crime aconteceu na madrugada do dia 21 de agosto, no apartamento em que a vítima morava em um condomínio no bairro de Bodocongó. Segundo a Polícia Civil, Luiz Eduardo foi achado com marcas na região do pescoço.

Inicialmente a polícia suspeitou de homicídio, mas identificou que o local não tinha sinais de arrombamento, então também foi feita uma perícia que descartou a possibilidade de infarto ou problema de saúde.

A identificação do suspeito, segundo a delegada Nercília Dantas, se deu após análise das imagens das câmeras do circuito interno de segurança do condomínio.

“A gente conseguiu logo imediatamente umas imagens do condomínio que mostrava uma pessoa saindo do apartamento do fisioterapeuta de madrugada. De prontidão buscamos identificar e localizar essa pessoa”, disse a delegada.

O suspeito é um morador de rua, que foi preso enquanto estava em uma esquina, próximo à entrada do bairro José Pinheiro. “Durante a oitiva, o jovem confessou o crime e disse que durante um relacionamento sexual ele acabou asfixiando a vítima”, disse Nercília.

Apesar da confissão, o suspeito não explicou para a polícia se teve a intenção de matar. Ainda de acordo com a delegada, a relação entre eles também era de troca de favores. A vítima mantinha um relacionamento com o suspeito e o sustentava.

Na tarde desta terça-feira (20) o jovem ainda estava na carceragem da Central de Polícia Civil em Campina Grande, mas deve ser levado ainda esta tarde para o Presídio do Serrotão, onde vai aguardar julgamento.

G1

 

Delegado Damião Marçal morre aos 67 anos em Campina Grande

O delegado da Polícia Civil José Damião Marçal da Silva, 67 anos, morreu no início da manhã desta quinta-feira (15), em Campina Grande, no Agreste do Estado. Ele era responsável pela 5ª Delegacia Distrital, localizada em São José da Mata, na região metropolitana.

Segundo as primeiras informações, José Damião passou mal e foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, porém, ele já chegou em óbito no local.

A Família do delegado Damião Marçal ainda não divulgou as informações de velório e sepultamento.

Sobre Damião

Natural de Teixeira, no sertão paraibano, Damião Marçal veio para Campina Grande, no início do ano de 1978. Ele recebeu da Câmara Municipal de Campina Grande  a outorga do título de cidadania campinense.

 

WSCOM

 

 

Prefeitura de Campina Grande inscreve até esta quinta-feira para concurso público com 169 vagas

Terminam nesta quinta-feira (08), as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Campina Grande para a contratacão de 169 médicos e dentistas para a Secretaria de Saúde dp município. Os aprovados iráo atuar no  Programa Saúde da Família e no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA).

Confira o edital completo

Os interessados poderão se inscrever através do site da Comissão Permanente de Concursos (CPCon).  O valor da taxa de inscrição para do cargo de nível superior é de R$ 105,00.

De acordo com informações apuradas pelo Portal ClickPB, as remunerações variam de R$ 2.473,43 a R$ 11.499,73.

Para o cargo de cirurgião dentista I serão oferecidas 26 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e os vencimentos de R$ 4.481,63.

Já para o cargo de Médico I (Generalista – Estratégia da Saúde da Família) o concurso oferece 80 vagas de ampla concorrência e oito para pessoas com deficiência, tendo-se uma carga horária de 40 horas semanais. Segundo o edital, nesta categoria, a remuneração é  de R$ 4481,63, mais a produtividade SUS, no valor de R$ 7.018,37.

Com relação ao Médico II (para os quadros do ISEA), na Especialidade Neonatologia, estão sendo oferecidas 18 vagas de ampla concorrência e duas para candidatos com deficiência, com jornada de trabalho de 20 horas semanais. Os vencimentos serão de R$ 5.572,38. Os profissionais contarão com vantagem adicional por produtividade, cujo valor será variável de acordo com o número de plantões.

Ainda na categoria Médico II, também para o ISEA, o concurso disponibiliza sete vagas para obstetras e uma para pessoa com deficiência. Para esses profissionais, a carga horária será de 20 horas semanais, com vencimentos de R$ 5. 572,38, mais adicional de produtividade, variável de acordo com o número de plantões.

Para o cargo de Médico III (Pediatra), o concurso oferece 23 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 2.473,43.

O certame terá uma fase única, com prova escrita objetiva de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos.

A realização da prova escrita objetiva será no dia 1º. de novembro de 2020. Serão aplicadas questões de raciocínio lógico, português e conhecimentos específicos de cada área.

 

clickpb

 

 

Homem é preso suspeito de estuprar criança de dois anos em Campina Grande

Um homem de 47 anos foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira (2) suspeito de estuprar uma garota de 2 anos e 11 meses, em Campina Grande. Segundo informações da Polícia Civil, o crime aconteceu na casa da família da vítima, localizada no bairro José Pinheiro.

O homem cumprimentou a bisavó da criança que estava na frente da residência e disse que entraria no local para beber água. Quando entrou, viu a criança na sala e a abordou.

O suspeito pensou que a menina estava sozinha. Em um quarto, o tio da vítima ouviu toda a ação. Quando o homem começou a estuprar a criança, ele o agrediu para impedir o abuso.

Após fugir do local, o suspeito foi contido por familiares e vizinhos da criança. Uma viatura da guarda municipal passava pelo local e conduziu todas as pessoas para a Central de Polícia da cidade.

O homem negou que tenha abusado da garota, mas disse que já cumpriu pena pelo mesmo crime. Ele foi atuado por estupro de vulnerável e está na carceragem do local, à disposição da Justiça.

A menina foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica (IPC) do município, onde passou por um exame sexológico.

G1

 

Prefeitura de Campina Grande autoriza retorno de aulas presenciais em escolas particulares

O prefeito Romero Rodrigues autorizou nesta quinta-feira, 1 de outubro, a flexibilização das atividades de Educação Infantil para instituições da rede privada de ensino, escolas de idiomas e cursos de reforço escolar. Segundo informações obtidas pelo Portal ClickPB, a discussão foi iniciada após reivindicação de um grupo de instituições privadas de ensino infantil que solicitou autorização para a reabertura, através do procedimento administrativo nº 003.2020.004899 junto à promotoria de Educação. O Ministério Público mediou a decisão e expedirá recomendações aos estabelecimentos.

A autorização para o retorno ocorre de modo facultativo e se baseia na garantia dada pelas instituições de que cumprirão as recomendações sanitárias. A Secretaria de Educação formulou um protocolo para orientar os profissionais de Educação assim como as famílias para o retorno presencial das crianças quanto à medidas de proteção e prevenção contra a disseminação do coronavírus.

Uma análise da Diretoria de Vigilância em Saúde verificou que, no município de Campina Grande, na faixa etária de 0 a 6 anos, houve 48 casos positivos para COVID-19, onde os sinais foram análogos a síndromes gripais leves ou episódios alérgicos. Entretanto, o município levou em consideração também a estabilização da doença e da curva de infectados, além da melhoria das taxas de letalidade.

Foram consideradas ainda as consequências socioemocionais do público da Educação Infantil, além da situação financeira desses estabelecimentos de ensino.

Segundo secretário de Saúde, Filipe Reul, esta etapa de flexibilização é possível graças à estabilização dos índices de infectados. “A partir da estabilização do número de infectados conseguimos iniciar o processo de testagem no público de colaboradores dessas instituições e pensar em uma primeira etapa de reabertura das unidades educacionais”, afirmou.

Funcionamento 
A partir desta sexta-feira, 2 de outubro, o município realizará testagem dos colaboradores dessas instituições, conforme orientação a ser expedida pela Secretaria Municipal de Saúde. A abertura das unidades poderá ocorrer a partir de 7 de outubro e após  21 dias, a flexibilização será reavaliada para possibilidade de inclusão de outras faixas etárias educacionais, a depender do quadro epidemiológico do município.

Após a autorização, os estabelecimentos de ensino de Educação Infantil devem realizar as adequações necessárias nas unidades, respeitando as recomendações do protocolo geral proposto pelas secretarias de Educação (Seduc) e Saúde (SMS) do município, podendo inclusive ampliar as medidas recomendadas.

O secretário de Educação, Rodolfo Gaudêncio, explicou porque a autorização não compreende, neste momento, as unidades educacionais do sistema municipal de ensino. “A logística para a retomada das atividades presenciais no município demandaria um ajuste administrativo inviável neste momento. Isto ficou notório após a realização da consulta pública que aponta uma grande rejeição por parte dos professores e famílias quanto à retomada do ensino presencial neste momento. Pretendemos, no entanto, adotar como política a retomada da consulta pública a cada etapa de flexibilização”, explicou.

Além disso, outros fatores inviabilizam o retorno presencial das unidades educacionais do município. “O município tem um grande número de professores no grupo de risco. Com esta defasagem precisaríamos realizar contratações que não são possíveis, em respeito ao período de vedação da lei eleitoral. Além disso, as instituições de ensino infantil também foram as mais afetadas pela pandemia, do ponto de vista financeiro com ameaça de falência”, disse Rodolfo Gaudêncio.

 

Assessoria

 

 

Sem máscara Bolsonaro é recebido por multidão em Campina Grande

Visitando a Paraíba pela segunda vez em cerca de 15 dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou em Campina Grande na manhã desta quinta-feira (1º).

A visita ocorreu durante uma conexão na Rainha da Borborema para depois seguir viagem para o Sertão de Pernambuco.

Durante a chegada no Aeroporto João Suassuna, o presidente foi recebido por centenas de apoiadores.

Como é característico dos corpo a corpo que Bolsonaro faz com a população de diversos locais do país, mesmo em meio à pandemia, o presidente não usou máscara e apertou a mão de diversas pessoas ao longo da sua passagem no local.

Bolsonaro estava acompanhado do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos e de helicóptero, a comitiva seguiu para São José do Egito, em Pernambuco, para participar da inauguração da segunda etapa do sistema adutor do Pajeú.

PB Agora

 

Menino de 4 anos que morreu em Campina Grande após agressões teve fígado rompido, diz perícia

O menino de 4 anos morto no último sábado (19) após agressões, em Campina Grande, sofreu um choque hipovolêmico e teve o fígado rompido, conforme constatou perícia realizada pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol). A informação foi divulgada nesta segunda-feira (21), em coletiva de imprensa com o Numol e a Polícia Civil. A única suspeita do crime é a madrasta do menino.

De acordo com o chefe do Numol, Márcio Leandro, a criança sofreu um choque hipovolêmico devido às agressões, causando um intenso sangramento, a ruptura dos vasos abdominais e o rompimento do fígado.

O menino estava sob responsabilidade da madrasta, única suspeita do crime, há um mês, de acordo com a polícia. A perícia identificou que a criança sofria agressões também há cerca de um mês. O laudo descartou violência sexual.

“As evidências que existiam [mostram] que ela já maltratava essa criança há algum tempo”, disse a delegada Nercília Dantas durante a coletiva.

Segundo a delegada responsável pelo caso, o pai do menino é presidiário e a mãe mora em Pernambuco. Segundo as investigações, do presídio, o pai ordenava que a criança ficasse com a madrasta, em Campina Grande.

Perícia diz que criança teve fígado rompido, em Campina Grande — Foto: Artur Lira/TV Paraíba

Perícia diz que criança teve fígado rompido, em Campina Grande — Foto: Artur Lira/TV Paraíba

Para a polícia, a suspeita disse que não agrediu o menino. Justificou que o inchaço nos olhos da criança teria sido causado por uma abelha e disse que levou a criança, já morta, ao Hospital de Trauma no sábado (19) por conta de uma queda. Segundo a delegada, a mulher disse que só teria dado uma “chinelada” na criança e que o menino era “trabalhoso”.

Já a perícia confirmou as agressões, e a Justiça determinou a prisão preventiva da suspeita. Ela está na carceragem da Central de Polícia mas deve ser transferida para a penitenciária feminina de Campina Grande ainda nesta segunda-feira (21).

G1

 

PSD oficializa a candidatura de Bruno Cunha Lima à Prefeitura de Campina Grande

O Partido Social Democrático oficializou na tarde deste sábado (12) a candidatura de Bruno Cunha Lima à Prefeitura de Campina Grande. O nome dele foi divulgado por meio de uma convenção com a presença dos filiados do grupo. O candidato a vice-prefeito é o vereador da cidade, Lucas Ribeiro.

Também foram anunciados os nomes de 182 candidatos ao cargo de vereador durante o evento, que foi transmitido por uma rede social na internet. O partido firmou a coligação ‘Um Passo à Frente por Campina’ com os partidos Progressistas, PSDB, Republicanos, PROS, PSC e PMB.

Bruno disse que será um desafio de suceder o atual prefeito da cidade, Romero Rodrigues, e afirma que tem consciência de que comparações serão feitas.

“Esse é um dia que a gente tem a oportunidade de olhar para o futro e seguir em rumo ao futuro. Eu sou muito consciente dos desafios que temos pela frente.”

G1

 

Prefeitura de Campina Grande divulga edital de concurso público com 169 vagas e salários de até R$ 11 mil

A Prefeitura de Campina Grande divulgou nesta sexta-feira (04), o edital do concurso público para a contratacão de 169 médicos e dentistas para a Secretaria de Saúde de Campina Grande. Os aprovados iráo atuar no  Programa Saúde da Família e no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA).

Confira o edital completo

Os interessados poderão se inscrever a partir do dia 8 de setembro até o dia 8 de outubro, através do site da Comissão Permanente de Concursos (CPCon).  O valor da taxa de inscrição para do cargo de nível superior é de R$ 105,00.

As remunerações variam de R$ 2.473,43 a R$ 11.499,73.

Para o cargo de cirurgião dentista I serão oferecidas 26 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e os vencimentos de R$ 4.481,63.

Já para o cargo de Médico I (Generalista – Estratégia da Saúde da Família) o concurso oferece 80 vagas de ampla concorrência e oito para pessoas com deficiência, tendo-se uma carga horária de 40 horas semanais. Segundo o edital, nesta categoria, a remuneração é  de R$ 4481,63, mais a produtividade SUS, no valor de R$ 7.018,37.

Com relação ao Médico II (para os quadros do ISEA), na Especialidade Neonatologia, estão sendo oferecidas 18 vagas de ampla concorrência e duas para candidatos com deficiência, com jornada de trabalho de 20 horas semanais. Os vencimentos serão de R$ 5.572,38. Os profissionais contarão com vantagem adicional por produtividade, cujo valor será variável de acordo com o número de plantões.

Ainda na categoria Médico II, também para o ISEA, o concurso disponibiliza sete vagas para obstetras e uma para pessoa com deficiência. Para esses profissionais, a carga horária será de 20 horas semanais, com vencimentos de R$ 5. 572,38, mais adicional de produtividade, variável de acordo com o número de plantões.

Para o cargo de Médico III (Pediatra), o concurso oferece 23 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 2.473,43.

O certame terá uma fase única, com prova escrita objetiva de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos.

A realização da prova escrita objetiva será no dia 1º. de novembro de 2020. Serão aplicadas questões de raciocínio lógico, português e conhecimentos específicos de cada área.

clickpb