Arquivo da tag: câmaras

Cerca de 15 mil candidatos fazem concursos de prefeituras e câmaras da PB neste domingo (1°)

Aproximadamente 15 mil candidatos participam de seis concursos de prefeituras e câmaras municipais da Paraíba neste domingo (1°). Os candidatos devem comparecer ao local de prova de máscara e podem levar álcool gel em recipiente transparente.

Os concursos para as câmaras municipais de Cabedelo e Bayeux e para as prefeituras de São Miguel, Jacaraú, Tenório e Campina Grande são organizados pela Comissão Permanente de Concursos (CPCon).

Os candidatos devem comparecer aos locais de prova com máscara e documento de identidade original. Serão eliminados os candidatos que tiverem um recipiente de álcool em gel que não seja transparente, que não usarem máscara e que não permitirem a verificação de temperatura corporal.

As provas também terão a duração mínima de duas horas e máxima de quatro horas. O candidato que sair antes do prazo mínimo estipulado também será eliminado.

Na prova, os candidatos deverão utilizar caneta esferográfica, de material transparente e tinta azul ou preta.

Candidatos deverão utilizar caneta esferográfica, de material transparente e tinta azul ou preta — Foto: Ilustração: Diogo Almeida/G1

Candidatos deverão utilizar caneta esferográfica, de material transparente e tinta azul ou preta — Foto: Ilustração: Diogo Almeida/G1

Características da banca

Além das regras, as provas têm outra coisa em comum, de acordo com o professor de português Erik Anderson: a prova de português.

Segundo o professor, a banca costuma aplicar a mesma prova de português em concursos de cidades diferentes, quando eles ocorrem na mesma data e horário. De acordo com Erik Anderson, a diferença está na escolaridade dos cargos. Por exemplo: os cargos de nível médio de cidades diferentes fazem a mesma prova de português, com as mesmas questões. O mesmo ocorre para os cargos de nível superior.

Outro fator importante é que a prova de português tem o segundo maior peso entre as disciplinas, ficando atrás apenas de conhecimentos específicos. Segundo o professor, as provas de português da CPCon exploram uma boa variedade de gêneros e tipologias textuais, então é bom o candidato estar preparado para ler charge, tiras, cartum, texto informativo, texto opinativo, texto literário e até letra de música.

Além disso, costumam ser abordadas nas provas cerca de 80% a 100% do conteúdo programático de gramática previsto no edital. Para os candidatos, o professor dá as seguintes dicas:

  • Estar afiado(a) em análise sintática da oração e do período é muito importante;
  • É preciso um cuidado especial com a diferença que a vírgula gera entre oração explicativa (com vírgula) e oração restritiva (sem vírgula);
  • Outro aspecto importante é o reconhecimento dos gêneros textuais, especialmente quanto à sua estrutura, propósito comunicativo e linguagem;
  • Por fim, ficar ligado nos valores do QUE e do SE no famigerado verbo “haver”.

Provas deste domingo (1°):

 

G1

 

 

PSDB da Paraíba terá 896 candidatos na disputa por prefeituras e vagas nas câmaras municipais

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) participa das eleições deste ano na Paraíba com um total de 896 candidaturas espelhadas por todo o estado. São 50 candidaturas colocadas na disputa pelo cargo de prefeito, 42 disputam cargos de vice-prefeito e 804 colocaram seus nomes à disposição para concorrer a uma cadeira nas câmaras municipais de 65 cidades. Para o presidente estadual da legenda, deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), o partido está pronto para a disputa, oferecendo à população nomes preparados para ocupar os cargos de prefeito, vice e vereadores.

“O PSDB se preparou para este momento com a realização de treinamentos com os nossos candidatos por meio do ‘Capacitar Paraíba’. Estamos convictos que temos candidatos preparados para ocuparem os cargos de prefeito, vices e vereadores. Pessoas qualificadas e comprometidas com o que realmente importa que é a melhoria da qualidade de vida da população. Acreditamos que os paraibanos entenderão a nossa mensagem de uma administração mais enxuta e sem privilégios, onde o fundamental é fazer com que o dinheiro público seja revertido para o povo”, destacou Pedro.

O PSDB paraibano realizou uma série de debates e capacitações nas cinco edições do “Capacitar PSDB Paraíba” que teve o objetivo de preparar os candidatos da legenda para disputarem a campanha eleitoral deste ano. Entre os temas abordados estavam: “As eleições municipais 2020 e os partidos políticos: um compromisso com a democracia”; “As principais alterações que impactam nas eleições municipais de 2020”; e “As decisões dos tribunais de contas e seus reflexos no Direito Eleitoral”.

Também foram abordados no “Capacitar PSDB Paraíba” temas como a “Assessoria de Imprensa, Imagem e Reputação e Gerenciamento de Crises”; “Eleições, Pesquisa e Redes Sociais”; “Como as Pesquisas de Opinião Contribuem para a Estratégia Eleitoral”; “O Papel do Líder na Eleição”; “Do Planejamento a Vitória nas Urnas”; “Convenções Online 2020 – Plataforma PSDB Digital”; e “Organização Financeira e as Boas Práticas nas Campanhas Eleitorais”.

As edições contaram com as participações presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo; do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; do senador pelo Ceará, Tasso Jereissati, e também do ex-senador da Paraíba, Cássio Cunha Lima.

Assessoria 

 

 

CGU prepara ofício para que prefeituras e câmaras da Paraíba notifiquem servidores que receberam auxílio emergencial

A Controladoria Geral da União (CGU), na Paraíba, está preparando ofícios para encaminhar as câmaras de Vereadores e Prefeituras, além do Governo do Estado, para que os órgãos notifiquem os servidores que receberam o auxílio emergencial. Nesta terça-feira (30), a CGU já tinha preparado 60 documentos, mas a previsão é que sejam emitidos 446 ofícios. Na Paraíba, 25.645 funcionários públicos receberam o auxílio emergencial.

De acordo com o superintendente da CGU, Severino Queiroz, que concedeu entrevista ao ClickPB, todos os 223 municípios paraibanos receberão o ofício, tanto a Câmara de Vereadores quanto a Prefeitura Municipal, por isso o número de documentos emitidos será dobrado. “Foram poucos os municípios que não tiveram servidores que receberam o auxílio. Com esse documento, eles terão que notificar os servidores para que devolvam o valor que receberam”, afirmou.

Severino Queiroz explicou que, no caso dos servidores públicos, há três grupos. “Tem aqueles que estavam inscritos no CadÚnico, os que estavam no CadÚnico Bolsa Família e os que estavam no Extra CadÚnico. Nos dois primeiros casos, as pessoas receberam automaticamente por estarem inscritas no cadastro. Já no terceiro caso, elas solicitaram. De qualquer forma, todos terão que devolver”, revelou. Conforme os dados da CGU, a maior parte dos servidores públicos, 19.131, receberam automaticamente por estarem inscritos no CadÚnico. Já os 6.514 pediram o auxílio emergencial.

Além disso, a devolução pode ser feita pelo site, já disponibilizado pelo Governo Federal, ou se as prefeituras decidirem fazer acordos com o Ministério da Cidadania para descontar em folha o valor do auxílio emergencial recebido indevidamente. “Isso fica a critério das prefeituras. A recomendação é que devolvam o dinheiro”, frisou. Muitos servidores, já identificados pela CGU, tiveram as parcelas do benefício bloqueadas no início de junho quando foi encaminhada uma nota técnica ao Ministério da Cidadania.

 

clickpb

 

 

Câmaras de Solânea e Bananeiras debatem cortes do governo para instituições federais 

A Câmara municipal de Solânea realizou, na última quinta-feira (30), junto com a Câmara de Bananeiras e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus IV, uma audiência pública onde foi debatido o contingenciamento de recursos para universidades federais e escolas técnicas.

Estiveram presentes os presidentes das Câmaras de Solânea e Bananeiras, Flávio Evaristo e Kilson Dantas, respectivamente, acompanhados de vereadores dos dois municípios, da diretora da UFPB professora Terezinha Domiciano, como também vários representantes de diversos segmentos da educação da região, como o IFPB de Guarabira.

O presidente Flávio lembrou que a Casa Antônio Melo de Azevedo estará sempre de portas abertas para que assuntos importantes possam ser debatidos sempre respeitando o verdadeiro interesse social. Segundo ele, mesmo já estando em recesso, o Parlamento Mirim sempre estará disponível quando for requisitado, independentemente de período de recesso, ou não, os parlamentares estarão dispostos a discutir com a comunidade.

Ascom-CMS

 

 

TCE aprecia acúmulo de cargos e contas de dez câmaras municipais

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado volta a se reunir, nesta terça-feira (14), para apreciar uma pauta de julgamento com 102 processos, em sua maioria, atos de pessoal, com destaque para aposentadorias e pensões, denúncia sobre acumulação de cargos e supostas irregularidades na gestão de pessoal nas prefeituras de Olho D’Água e Mari, respectivamente. Serão julgadas as contas de 10 câmaras de vereadores e uma Concorrência Pública da Companhia Docas da Paraíba.

Estão relacionadas as prestações de contas anuais das Câmaras Municipais Cacimba de Areia, Caturité, Bonito de Santa Fé, Monte Horebe e Triunfo, já do exercício de 2018. Também as de São Sebastião da Lagoa de Roça, Algodão de Jandaíra e Aroeiras, referentes a 2017, Remígio (2016) e Pedra Branca de 2015.

Em Licitações e Contratos, entram na pauta os exames da legalidade dos pregões presenciais realizados pelas prefeituras de Remígio (nº 27/2018), Pedras de Fogo (nº 0001/16) – objetivando registro de preços para futura e eventual aquisição de material de construção, e São Sebastião de Lagoa de Roça (nº 0018/2017). Outro processo diz respeito à verificação de cumprimento de decisão consubstanciada no Acórdão AC2 – TC 01965/18, que envolve que envolve o Instituto de Previdência do Município de João Pessoa.

As sessões ordinárias da 2ª Câmara do TCE acontecem no Plenário Conselheiro Adhailton Coelho Costa, às 9h, sob a presidência do conselheiro Arthur Cunha Lima, com acesso público permitido. Também são transmitidas ao vivo pela internet, no endereço (www.portal.tce.pb.gov.br).

Os processos constantes da atual pauta indicam movimentação de recursos públicos superiores a R$ 17.081.507,24.

Ascom-TCE

 

 

Contas de dez prefeituras e sete câmaras compõem pauta do TCE para esta quarta-feira

O Tribunal de Contas da Paraíba vai se reunir, ordinariamente, nesta quarta-feira (03), para julgamento, em meio a outros processos, das contas anuais de dez Prefeituras e sete Câmaras de Vereadores.

Compõem a pauta de julgamentos do TCE contas oriundas de Nova Palmeira (2015), Riachão do Bacamarte, Areia (exercício de 2016), São Sebastião de Lagoa de Roça, Olho d’Água, Dona Inês, Borborema, Duas Estradas, Soledade e Malta (2017).

Também, as contas das Câmaras Municipais de Conceição (2014), Pilõezinhos, Sumé, Cuité (2016), Remígio, Jericó e São José do Bonfim (2017). Órgão presidido pelo conselheiro André Carlo Torres Pontes, o TCE reúne-se às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela TV TCE-PB (Canal no Youtube).

 

Ascom/TCE-PB

TCE julga contas das Câmaras de Remígio e Serraria nesta quarta (29)

A Casa Civil do Governador, os Encargos Gerais da Secretaria de Finanças, a Agência Executiva de Gestão das Águas e a de Regulação do Estado, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico e o Laboratório Industrial Farmacêutico vão ter as contas de 2017 julgadas, nesta quarta-feira (29), pelo Tribunal de Contas da Paraíba. A pauta de julgamentos ainda inclui as prestações de contas de cinco Prefeituras Municipais e onze Câmaras de Vereadores.

O TCE analisará, na ocasião, prestações de contas encaminhadas pelo ex-prefeito de Sousa (André Avelino de Paiva Gadelha, exercício de 2014) e pelos atuais prefeitos de Mataraca (Roberto Coutinho Madruga, 2017), Alagoa Nova (Kleber Herculano de Morais, 2015 e 2017), Curral Velho (Joaquim Alves Barbosa Filho, 2017) e Gado Bravo (Paulo Alves Monteiro, 2017).

As Câmaras Municipais com prestações de contas, também, na pauta desta quarta-feira, são as de São Bento, Conde, Remígio, Juazeirinho, São José do Brejo do Cruz, Nazarezinho, Cuitegi, Pilõezinhos, Pilões, Serraria e Aguiar.

Organismo presidido pelo conselheiro André Carlo Torres Pontes, o TCE reúne-se, ordinariamente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela TV TCE-PB (Canal no Youtube).

TCE

TCE bloqueia contas bancárias de duas prefeituras e duas câmaras municipais paraibanas

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba determinou, na manhã desta quarta-feira (2), o bloqueio das contas bancárias das prefeituras de Frei Martinho e Tacima, por não haverem enviados à Corte seus balancetes referentes ao mês de junho/2017. A medida também alcança, pelo mesmo motivo, as câmaras municipais de Damião e Pilar.

O prazo para entrega da documentação se expirou na segunda-feira passada, 31 de julho. Cada balancete mensal das unidades gestoras deve ser entregue ao Tribunal até o final do mês subsequente.

Ofícios assinados pelo presidente do TCE, conselheiro André Carlo Torres, e encaminhados às superintendências, no estado, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, ressaltam que o bloqueio implica “a total impossibilidade de movimentação da conta, através de cheques ou qualquer outro documento hábil”.

Fica autorizada, porém, conforme os comunicados, apenas “a realização de depósitos ou transferências para aplicação financeira que preserve o poder aquisitivo dos recursos”. E advertem que a suspensão dos bloqueios respectivos só poderá ser feita com autorização do Tribunal.

Ascom/ TCE-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TCE vai reunir presidentes de Câmaras Municipais na próxima sexta-feira

tceOs presidentes das 223 Câmaras de Vereadores da Paraíba vão se reunir por toda a manhã da sexta-feira (17), no Auditório Celso Furtado, do Centro Cultural Ariano Suassuna, pertencente ao Tribunal de Contas do Estado, para a discussão de temas atinentes, entre outros, a limites do Poder Legislativo, subsídios, orçamento e função dos vereadores.

Programado pela Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira (Ecosil), organismo sob coordenação do conselheiro Marcos Costa, o encontro ainda servirá para informações sobre as ferramentas eletrônicas desenvolvidas pelo TCE, a exemplo do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos Públicos (Sagres), Sistema Eletrônico de Tramitação Processual (Tramita), Indicadores do Desempenho de Gastos Públicos (IDGPB) e Portal do Gestor.

Após credenciamento e entrega de manuais impressos aos participantes, o encontro será aberto, às 8h40, com o cântico do Hino Nacional pelo Coral de Servidores do TCE. Em seguida, o presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes, saudará a todos.

As informações sobre os Sistemas do Tribunal de Contas serão prestadas, às 9h20, pelo auditor de contas públicas Ed Wilson Fernandes de Santana. Depois dele, outro auditor, Ênio Martins Norat, falará, às 9h50, sobre a Ouvidoria do TCE. Às 10h40, será a vez de Maria Zaíra Chagas Guerra, também auditora, tratar de questões atinentes a orçamento, subsídios e limites do Poder Legislativo.

As duas últimas palestras (após intervalo de 30 minutos) estarão a cargo do auditor de contas públicas Mateus de Medeiros Lacerda, que discorrerá, às 11h50, sobre “Função dos Vereadores”, e da procuradora geral junto ao TCE Sheyla Barreto Braga de Queiroz, sobre “Aspectos Relevantes do Processo Legislativo”, às 12h30. O encerramento do encontro com os presidentes das Câmaras de Vereadores será feito, em seguida, pelo conselheiro Marcos Costa.

 

Ascom/TCE-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TCE julga contas de três Prefeituras e Câmaras

tceContas anuais  de três Prefeituras e de três Câmaras Municipais compõem, em meio a outros processos, a pauta de julgamentos do Tribunal de Contas do Estado para esta quarta-feira (22). A mesma pauta traz processos relacionados a contas da Secretaria de Estado da Educação e do próprio TCE.

Serão verificadas as contas de 2014 atinentes aos então prefeitos de Alhandra (Marcelo Rodrigues da Costa), Bananeiras (Douglas Lucena Moura de Medeiros) e Imaculada (Aldo Lustosa da Silva). Também, às Mesas Diretoras das Câmaras de Vereadores de Cajazeiras (exercício de 2014), Duas Estradas e Monte Horebe (2015, nos dois últimos casos).

A pauta de julgamentos desta quarta-feira ainda contém embargos, recursos de revisão e de reconsideração oriundos, caso a caso, das Prefeituras de Sapé, Bayeux, Caaporã, Bom Jesus, São João do Rio do Peixe, Areial, Brejo dos Santos, Queimadas e Itabaiana. Também, das Câmaras de Curral de Cima e Alagoa Nova.

Presidido pelo conselheiro André Carlo Torres Pontes, o Tribunal de Contas da Paraíba reúne-se, ordinariamente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela internet.

MaisPB com TCE-PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br