Arquivo da tag: CAÇA

Prefeito esclarece caso de criança que caça ratos para comer: “recebe pensão e auxílio do governo”

prefeitoO caso das crianças de Alagoa Grande, no Brejo, que supostamente se alimentam de roedores e foi destacado pela mídia estadual ganha mais um capítulo, o prefeito da cidade, Hildo Régis (Bôda) apontou nesta segunda-feira (06) distorções na versão divulgada pela imprensa.

O homem que seria o chefe da família – que na matéria teria cometido suicídio – de acordo com Bôda, “não tem nada haver com as crianças que apareceram na fotografia e que foram expostas com animais silvestres em mãos, são de famílias diferentes”, disse durante entrevista ao Nordeste1.

Bôda explicou que, apesar dos pais da criança da foto, que aparece exibindo os ratos, terem morrido há alguns anos, o irmão mais velho é o tutor da criança, e é responsável por uma pensão da Previdência Social que a criança recebe, além do benefício da Bolsa Família, do Governo Federal.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Essa criança que foi alvo desta polêmica, recebe um salário mínimo de pensão há bastante tempo, por que seus pais são falecidos, além desse salário mínimo, ele recebe também do Governo Federal uma quantia de R$ 294, 00 do programa Bolsa Família”, disse o prefeito.

Alagoa Grande Ratos
A criança da foto tem o irmão como responsável (Foto: Portal AG1)

Ele comentou que o irmão, e tutor do menino, não vive numa situação ruim e recentemente adquiriu imóveis em Alagoa Grande.

“Não vive numa situação tão deplorável quanto se comenta, visto que o mesmo adquiriu uma casa no valor de R$ 80 mil num conjunto residencial em Alagoa Grande. Comprou uma moto para ele e outra para a esposa e trabalha em João Pessoa, na Construção Civil”.

O prefeito denunciou que pode estar havendo falha na distribuição da renda por parte do tutor e que este caso deve ser levado ao Ministério Público.

“Caberá ao Ministério Público junto com o Conselho Tutelar investigar, o que a gente não pode ficar calado é com a exploração que foi feita de uma situação de extrema miséria que não é a realidade”, concluiu o prefeito.

COMPROVAÇÃO
O Nordeste1 teve acesso aos documentos que comprovam a renda da família. O relatório emitido pela Prefeitura Municipal de Alagoa Grande, através da Gestão Municipal do Cadastro Único e Programas Sociais de Transferência de Renda, que afirma que o menor é beneficiário do INSS, pela modalidade pensão por morte de sua mãe e faz uso de um procurador sendo seu irmão.

O documento foi assinado pelo gestor do órgão responsável, Luciano Fábio Ferreira Marques.

O prefeito concedeu entrevista ao repórter Raelson Galdino, da Rádio Rural de Guarabira, que foi veiculada no último domingo, mas Bôda apresentou os documentos nesta segunda-feira (06).

 

nordeste1

Tráfico de pele motiva caça a albinos na África

traficoÉ crescente na Tanzânia o número de ataques a albinos desde agosto deste ano. A prática violenta é fruto de uma relação entre preconceito e magia negra. Isso porque existe no país um intenso mercado negro de tráfico de pele albina, motivado principalmente pela crença de que partes do corpo de pessoas com albinismo possuem benefícios místicos e mágicos. As informações são da Vice.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dois casos específicos chamaram mais atenção em agosto. No dia 5, três homens armados com facões arrancaram o braço de uma garota albina de apenas 15 anos. A família não teve reação, pois foi ameaçada de morte. Entre os três estava um curandeiro local que informou que o braço valeria até US$ 600 no mercado negro. Já no dia 14, um jovem albino foi encontrado totalmente mutilado, com boa parte de sua pele removida do torso.

“Na África Subsaariana existe uma crença significativa em bruxaria, que geralmente envolve partes de corpos humanos. Esse é o caso na região há muito tempo, bem antes da colonização. É parte de uma prática cultural, histórica e espiritual profundamente arraigada. Esses curandeiros são influentes há muito tempo nas comunidades, mas agora eles querem ganhar dinheiro, não apenas ser profissionais idosos e respeitados”, afirmou Peter Ash, chefe de um grupo de direitos albinos, à Vice.

Para resolver o problema, escancarado para o mundo em 2008 em relatório feito pela BBC, a ONU aposta em educação da população. Aos poucos, crianças albinas são introduzidas em escolas e são mais aceitas em hospitais. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Parentes de albinos, por exemplo, ainda são adeptos de diversas práticas de proteção aos seus familiares. Por exemplo, enterram os albinos em covas sem marcação com medo de que os corpos sejam removidos em busca da pele.

Yahoo

Posto de gasolina de deputado do PT tinha até caça-níqueis

luiz moura-ptO deputado estadual Luiz Moura (PT), que participou de uma reunião com suspeitos de integrar o PCC em março deste ano, foi alvo de uma ação judicial por contravenção penal por ter abrigado máquinas caças-níqueis em um posto do qual era dono.

Moura, que hoje é dono de quatro postos de gasolina, foi sócio de um outro na Avenida Cupecê, na zona sul de São Paulo, no qual, em 2007, a polícia encontrou duas máquinas caça-níqueis que o próprio petista afirmou terem sido instaladas pelo homem que gerenciava o estabelecimento.

Em 31 de agosto de 2007, a polícia compareceu ao posto após denúncia de que ele estava sendo utilizado para exploração de jogos de azar, o que é uma infração penal passível de punição com pena de prisão simples ou multa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Levado para averiguação na delegacia, o frentista Marcio Junger Santos, único funcionário que estava trabalhando no momento da apreensão, afirmou que nada sabia, e que a única pessoa que poderia dar algum esclarecimento era ”o gerente Ricardo”. O frentista também afirmou desconhecer o real dono do posto.

Pouco mais de um ano e meio após a apreensão das máquinas, em 17 de março de 2009,o delegado José Ademar de Sousa, do 43º Distrito Policial, ouviu Luiz Moura. Na ocasião, ele ainda não exercia mandato parlamentar. Foi eleito em 2010 e assumiu cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo em 2011.

O petista declarou à Polícia que quem administrava o estabelecimento era o mesmo Ricardo mencionado pelo frentista, mas não soube informar o seu paradeiro – àquela altura, Moura já deixara de ser sócio do posto.

Sobre o depoimento de Moura, o escrivão anotou: “Acerca das duas máquinas de jogos eletrônicos, caça-níqueis, apreendidas na loja de conveniência de seu posto de gasolina, informa que foi seu gerente Ricardo que na época autorizou a instalação das máquinas de jogos no local. Manifesta o declarante que desconhece da qualificação, endereço ou onde possa ser localizado o proprietário das máquinas. Ao que sabe, as máquinas caça-níqueis ficaram instaladas no local somente dois ou três dias, e depois foram apreendidas pela policia. Não sabe informar o que o gerente Ricardo ajustou com o dono das máquinas de jogos para permitir a instalação das máquinas no seu comércio”.

Em 2010, o advogado de Moura solicitou ao juiz da 2ª Vara Criminal de Santo Amaro que, como até aquela data não fora juntado laudo pericial das máquinas, a Justiça decretasse a prescrição antecipada e o arquivamento do processo.

Por causa da demora para ser analisada pela Justiça, a ação acabou prescrevendo e foi extinta pelo juiz.

VEJA O DOCUMENTO NO QUAL O DEPUTADO CONFIRMA SER PROPRIETÁRIO DO POSTO COM CAÇA-NÍQUEIS (CLIQUE PARA AMPLIAR):

 

Estadão

CAÇA AS BRUXAS: Edvaldo Rosas garante que Bira, Roseana e outros dissidentes serão expulsos do PSB

Presidente do Diretório Estadual do PSB, Edvaldo Rosas, afirmou que o Conselho de Ética do partido vai mesmo expulsar o vereador reeleito Bira, a secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira, e outros filiados que foram dissidentes nas eleições municipais desse ano. Ele garantiu inclusive que o conselho da legenda vai se reunir em breve para homologar o relatório de expulsão dos socialistas dissidentes e que o PSB vai buscar na justiça o futuro mandato de Bira, na Câmara Municipal de João Pessoa.

“Ainda em janeiro o Conselho de Ética vai se reuni para homologar o relatório processo de expulsão de Bira e a desfiliação de outros filiados que não acompanharam o partido nas eleições deste ano”, afirmou ele.

Ainda segundo Edvaldo Rosas, o PSB vai reivindicar o mandato de vereador de Bira, atestando que ele praticou Infidelidade Partidária. “É natural que o PSB vai buscar na justiça o mandato de vereador de Bira porque ele praticou infidelidade partidária, já desde a convenção para as eleições municipais”, enfatizou ele.

Da Redação 
Com Politicapb