Arquivo da tag: boletim

Boletim da Fiocruz traz recomendações às novas prefeituras para enfrentamento da Covid-19

Quando um gestor é eleito, a população espera que ele saiba administrar da melhor forma os problemas do município. Mas em tempos de pandemia, esse desafio é ainda maior.

Maciel Ferreira é lavrador e morador de Arceburgo, cidade do interior de Minas Gerais. Ele fala o que espera do candidato eleito.

“Eu votei nessa eleição. Espero que o candidato eleito saiba enfrentar a pandemia do coronavírus, em Arceburgo, porque nós temos muitos casos aqui. Ainda tem muita aglomeração na cidade e poucas pessoas usando máscara”, comenta.

Por isso, a Fundação Oswaldo Cruz lançou um novo Boletim do Observatório Covid-19, que traz recomendações aos prefeitos eleitos e reeleitos para enfrentamento da doença, nos municípios brasileiros. As orientações têm como foco a organização de ações de saúde, e de outros setores, a partir de uma abordagem populacional, territorial e comunitária.

O pesquisador da Fiocruz, Carlos Machado, afirma que estamos num período de sincronização da pandemia, no qual os casos vêm crescendo tanto nas capitais, quanto no interior. No entanto, a maior parte dos leitos de UTI Covid estão nas capitais e nas grandes cidades, o que sobrecarrega a capacidade. Carlos Machado fala sobre a orientação da Fiocruz para esse cenário.

“É possível reduzir os casos com medidas preventivas, uso de máscaras em larga escala e higienização das mãos – como campanhas. Mas também com medidas concretas para reduzir a circulação e aglomeração de pessoas em alguns lugares, principalmente nas áreas centrais da cidade, shoppings, festas. Isso vale também para o interior”, detalha.

A segunda recomendação é evitar que mais casos cheguem em uma situação grave. O pesquisador aborda sobre importância do trabalho da Atenção Primária à Saúde, nos municípios.

“Por ser territorializada nos bairros, nas comunidades, a Atenção Primária à Saúde tem um papel importante na identificação de casos ou de suspeitos; no isolamento desses casos e nas medidas da quarentena. Para que as pessoas tenham apoio – isoladas em casa – existem estratégias, por exemplo, do teleatendimento, do acompanhamento pelos agentes comunitários de saúde, para ver como está a situação de saúde dessa pessoa, evitando que ela chegue a uma situação mais crítica”, destaca.

O terceiro ponto das orientações é o papel dos municípios quanto ao armazenamento e aplicação da vacina contra a Covid-19.

“Os municípios, na prática, serão responsáveis pela vacinação. Então: salas de vacinação, qualificação e treinamento de pessoal, rede de frio para armazenamento da vacina, monitoramento de eventos adversos. Os municípios têm que começar a pensar nisso já”, ressalta.

Confira abaixo um trecho da entrevista com o pesquisador da Fiocruz, Carlos Machado.

Arte - Brasil 61

Entre as propostas também está a realização de campanhas de prevenção de riscos, para conter o avanço de casos e de óbitos. O pesquisador ressalta a importância da divulgação das campanhas nos meios de comunicação, principalmente nas cidades do interior.

“Primeiro: campanhas de educação em saúde envolvendo os agentes comunitários e os agentes de endemia. Segundo: no interior, tem bicicleta e moto com som; na igreja pode colar cartazes com informações. Campanhas através das rádios e panfletos são possíveis e devem ser realizadas pelas prefeituras”.

O Boletim Observatório Covid-19, da Fiocruz, sinaliza o expressivo aumento no número de casos e de óbitos, entre 22 de novembro e 5 de dezembro. No período, foram reportados 286.905 casos e 4.067 óbitos por Covid-19 – valores que, segundo os pesquisadores, se aproximam dos verificados em maio, quando teve início a pior fase da pandemia no Brasil.

Segundo a Fiocruz, oito capitais apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19, para adultos, acima de 80%: Macapá (92,5%), Fortaleza (86,4%), Recife (83,3%), Vitória (84,9%), Rio de Janeiro (92%), Curitiba (92%), Florianópolis (90,4%) e Campo Grande (100%). Manaus e Salvador aparecem com taxas preocupantes, mas abaixo da zona de alerta crítica, com 76% e 77%, respectivamente.

Arte - Brasil 61

O epidemiologista e professor da Universidade de Brasília (UnB), Wildo Navegantes, recomenda o esforço dos prefeitos eleitos e reeleitos, para não enviar os pacientes com Covid-19 para as regiões metropolitanas.

“É interessante que o prefeito ou a prefeita, que agora entre, tenha clareza que não adianta simplesmente mandar pacientes mais graves para capital, mas fazer o esforço de regionalizar a atenção, com UTIs, equipamentos, testes. Toda a parte de exames complementares e de imagens são pactuadas com orçamentos municipais”, explicou.

O Boletim do Observatório Covid-19 da Fiocruz é realizado por uma equipe multidisciplinar de pesquisadores, voltado para o estudo do novo coronavírus, em diferentes áreas. A pesquisa apresenta, quinzenalmente, um panorama geral do cenário epidemiológico da pandemia, com indicadores-chave, como taxa de ocupação de leitos de UTI, hospitalização e óbitos, entre outros.

Fonte: Brasil 61

 

 

Em novo boletim, secretaria de Saúde de Solânea informa mais 3 casos negativos da Covid-19 na cidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Solânea – PB informa à toda população que continuamos com 7️28 PACIENTES RECUPERADOS da Covid-19 em nossa cidade. Nesta sexta-feira (10) realizamos 3 (três) testes em nosso laboratório, onde todos testaram NEGATIVO. Não recebemos informações de outros locais.

Há dias em que realizamos poucos testes e em outros muitos testes. Isso depende da data mínima para a realização dos mesmos.

É como os pacientes se apresentam no dia do teste. Essas informações nos são repassadas pelos pacientes e pelos locais onde são realizados os testes que não sejam em nosso laboratório. Alguns chegam assintomáticos para realizarem a testagem.

O número de casos pode divergir do Boletim da SES. Isso se deve a situações como duplicidade no sistema, testes realizados em Hospital, UPA, farmácia ou laboratório de outros Municípios ou Estados, onde pacientes apresentam o cartão do SUS de Solânea, mesmo não residindo na cidade e não chega à informação na Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Solânea. Sendo assim, continuamos monitorando e dando assistência a todos os casos que identificamos em nossa cidade. Os demais, o serviço de processamento de dados vem procurando corrigir este impasse no sistema de notificações.

A Secretaria de Saúde está tomando todas as medidas de monitoramento, tratamento e assistência aos pacientes e pessoas que tiveram contato com os mesmos. Recomendamos a todos que continuem com o distanciamento social e só saiam de casa em casos extremamente necessários, com o uso obrigatório de máscaras.

FN com SMS

 

 

Paraíba chega a 2 mil mortes por covid-19; veja boletim

Neste domingo (09), a Paraíba registrou 189 novos casos de Covid-19 e 17 óbitos confirmados desde a última atualização, 04 deles ocorridos nas últimas 24h. Até o momento, 90.082 pessoas já contraíram a doença, 43.916 já se recuperaram e 2 mil, infelizmente, faleceram. Até o momento, 260.990 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 44%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 49%. Em Campina Grande, estão ocupados 40% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 47% dos leitos de UTI para adultos.

O índice de Isolamento Social foi de apenas 37,7%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%.

Os casos confirmados estão distribuídos por 221 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (50); Aguiar (23); Alagoa Grande (819); Alagoa Nova (261); Alagoinha (813); Alcantil (54); Algodão de Jandaíra (6); Alhandra (595); Amparo (17); Aparecida (69); Araçagi (478); Arara (190); Araruna (222); Areia (361); Areia de Baraúnas (10); Areial (43); Aroeiras (199); Assunção (44); Baia da Traição (516); Bananeiras (177); Baraúna (130); Barra de Santa Rosa (63); Barra de Santana (89); Barra de São Miguel (44); Bayeux (1554); Belém (905); Belém do Brejo do Cruz (28); Bernardino Batista (7); Boa Ventura (4); Boa Vista (79); Bom Jesus (8); Bom Sucesso (18); Bonito de Santa Fé (18); Boqueirão (326); Borborema (27); Brejo do Cruz (322); Brejo dos Santos (22); Caaporã (913); Cabaceiras (60); Cabedelo (2533); Cachoeira dos Índios (95); Cacimba de Areia (8); Cacimba de Dentro (242); Cacimbas (45); Caiçara (395); Cajazeiras (1370); Cajazeirinhas (22); Caldas Brandão (212); Camalaú (2); Campina Grande (11212); Capim (148); Caraúbas (37); Carrapateira (45); Casserengue (260); Catingueira (17), Catolé do Rocha (295); Caturité (98); Conceição (470); Condado (113); Conde (691); Congo (69); Coremas (127); Coxixola (29); Cruz do Espírito Santo (278); Cubati (73); Cuité (162); Cuité de Mamanguape (103); Cuitegí (374); Curral de Cima (25); Curral Velho (2), Damião (21); Desterro (50); Diamante (126); Dona Inês (88); Duas Estradas (73); Emas (48); Esperança (422); Fagundes (93); Frei Martinho (6); Gado Bravo (92); Guarabira (3610); Gurinhém (417); Gurjão (23); Ibiara (47); Igaracy (9); Imaculada (45); Ingá (1067); Itabaiana (1033); Itaporanga (219); Itapororoca (721); Itatuba (306); Jacaraú (292); Jericó (15); João Pessoa (22929); Joca Claudino (11); Juarez Távora (283); Juazeirinho (159); Junco do Seridó (48); Juripiranga (447); Juru (91); Lagoa (6); Lagoa de Dentro (117); Lagoa Seca (625); Lastro (18); Livramento (84); Logradouro (126); Lucena (352); Mãe d’Água (18); Malta (91); Mamanguape (2132); Manaíra (11); Marcação (293); Mari (1044); Marizópolis (26); Massaranduba (310); Mataraca (163); Matinhas (71); Mato Grosso (15); Matureia (34); Mogeiro (148); Montadas (39); Monte Horebe (14); Monteiro (341); Mulungu (319); Natuba (54); Nazarezinho (35); Nova Floresta (59), Nova Olinda (15); Nova Palmeira (59); Olho D´Água (40); Olivedos (75); Parari (5); Passagem (30); Patos (2981); Paulista (179); Pedra Branca (1); Pedra Lavrada (34); Pedras de Fogo (1250); Pedro Régis (44); Piancó (148); Picuí (191); Pilar (290); Pilões (105); Pilõezinhos (228); Pirpirituba (281); Pitimbu (589); Pocinhos (136); Poço Dantas (6); Poço de José Moura (18); Pombal (436); Prata (5); Princesa Isabel (74); Puxinanã (253); Queimadas (1005); Quixaba (27); Remígio (230); Riachão (71); Riachão do Bacamarte (223); Riachão do Poço (87); Riacho de Santo Antônio (29); Riacho dos Cavalos (12); Rio Tinto (999); Salgadinho (26); Salgado de São Felix (222); Santa Cecília (65); Santa Cruz (53); Santa Helena (19); Santa Inês (56); Santa Luzia (220); Santa Rita (2594); Santa Terezinha (54); Santana de Mangueira (5); Santana dos Garrotes (18); Santo André (14); São Bentinho (42); São Bento (1552); São Domingos do Cariri (45); São Francisco (33); São João do Cariri (96); São João do Rio do Peixe (231); São João do Tigre (11); São José da Lagoa Tapada (51); São José de Caiana (40); São José de Espinharas (37); São José de Piranhas (163); São José de Princesa (1); São José do Bonfim (58); São José do Brejo do Cruz (11); São José do Sabugi (214); São José dos Cordeiros (36); São José dos Ramos (225); São Mamede (38); São Miguel de Taipu (131); São Sebastião de Lagoa de Roça (213); São Sebastião do Umbuzeiro (13); São Vicente do Seridó (47); Sapé (951); Serra Branca (146); Serra da Raíz (19); Serra Grande (9); Serra Redonda (240); Serraria (151); Sertãozinho (176); Sobrado (175); Solânea (438); Soledade (138); Sossego (9), Sousa (1420); Sumé (219); Tacima (123); Taperoá (69); Tavares (106); Teixeira (167); Tenório (16); Triunfo (53); Uiraúna (88); Umbuzeiro (75); Várzea (15); Vieirópolis (6); Vista Serrana (7), Zabelê (24).

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM, e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 09/08, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Os 17 óbitos registrados neste domingo ocorreram entre 08 de maio e 09 de agosto, 04 deles nas últimas 24 horas. Os pacientes tinham idade entre 33 e 97 anos. Diabetes e cardiopatia foram as comorbidades mais freqüentes. Sobre o local de ocorrência, 04 deles foram em hospitais privados e 13 em hospitais públicos.

Homem, 67 anos, residente em Cajazeiras. Diabético e cardiopata. Início dos sintomas em 06/08/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 09/08/2020.

Mulher, 82 anos, residente em João Pessoa. Cardiopata. Início dos sintomas em 31/07/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 09/08/2020.

Homem, 62 anos, residente em São Bento.Cardiopata. Início dos sintomas em 23/07/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 08/08/2020.

Homem, 87 anos, residente em São Bento. Diabético. Início dos sintomas em 10/07/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 08/08/2020.

Homem, 33 anos, residente em João Pessoa. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 07/07/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 04/08/2020.

Homem, 56 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 10/07/2020. Foi a óbito no mesmo dia em hospital público.

Mulher, 83 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de Comorbidade. Início dos sintomas em 24/06/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 30/06/2020.

Mulher, 72 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 21/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 07/06/2020.

Mulher, 69 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 28/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/06/2020.

Homem, 71 anos, residente em João Pessoa. Portador de hipertensão, diabetes, doença renal e doença respiratória. Início dos sintomas em 31/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 04/06/2020.

Homem, 73 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 31/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/06/2020.

Homem, 97 anos, residente em João Pessoa.Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 02/06/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 04/06/2020.

Homem, 59 anos, residente em João Pessoa. Portador de neoplasia. Início dos sintomas em 25/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 03/06/2020.

Mulher, 65 anos, residente em João Pessoa. Diabética. Início dos sintomas em 20/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 30/05/2020.

Homem, 85 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 17/05/2020. Foi a óbito em hospital privado no dia 27/05/2020.

Mulher, 86 anos, residente em João Pessoa. Hipertensa. Início dos sintomas em 08/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 12/05/2020.

Mulher, 63 anos, residente em João Pessoa. Comorbidade não informada. Início dos sintomas em 01/05/2020. Foi a óbito em hospital público no dia 08/05/2020.

Os dados epidemiológicos e de ocupação de leitos estão disponíveis em www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Secretaria de Estado da Saúde

 

 

Boletim: quase 20 mil pessoas já se recuperaram da Covid-19 na Paraíba

A Paraíba registrou neste domingo (05) 422 novos casos de Covid-19 e 17 óbitos confirmados desde a última atualização, 3 deles ocorridos nas últimas 24h. São 52.728 pessoas que já contraíram a doença, 18.049 que já se recuperaram e 1.099 faleceram. Até o momento, 154.612 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 61%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 66%. Em Campina Grande, estão ocupados 65% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 54% dos leitos de UTI para adultos.

O índice de Isolamento Social foi de apenas 40,47%, considerado baixo em relação à meta de 70% e à mínima de 50%.

Os casos confirmados estão distribuídos por 218 dos 223 municípios paraibanos:

Água Branca (33); Aguiar (17); Alagoa Grande (455); Alagoa Nova (178); Alagoinha (488); Alcantil (21); Algodão de Jandaíra (3); Alhandra (362); Amparo (12); Aparecida (33); Araçagi (306); Arara (105); Araruna (111); Areia (178); Areia de Baraúnas (1); Areial (30); Aroeiras (96); Assunção (26); Baia da Traição (201); Bananeiras (83); Baraúna (116); Barra de Santa Rosa (18); Barra de Santana (60); Barra de São Miguel (7); Bayeux (932); Belém (348); Belém do Brejo do Cruz (9); Bernardino Batista (3); Boa Ventura (3); Boa Vista (53); Bom Jesus (6); Bom Sucesso (7); Bonito de Santa Fé (3); Boqueirão (151); Borborema (7); Brejo do Cruz (118); Brejo dos Santos (8); Caaporã (778); Cabaceiras (11); Cabedelo (1934); Cachoeira dos Índios (44); Cacimba de Areia (7); Cacimba de Dentro (53); Cacimbas (40); Caiçara (249); Cajazeiras (646); Cajazeirinhas (1); Caldas Brandão (97); Camalaú (1); Campina Grande (7126); Capim (103); Caraúbas (24); Carrapateira (20); Casserengue (136); Catingueira (15), Catolé do Rocha (169); Caturité (61); Conceição (34); Condado (83); Conde (422); Congo (36); Coremas (37); Coxixola (12); Cruz do Espírito Santo (188); Cubati (45); Cuité (115); Cuité de Mamanguape (58); Cuitegí (155); Curral de Cima (15); Curral Velho (1), Damião (3); Desterro (36); Diamante (3); Dona Inês (24); Duas Estradas (42); Emas (3); Esperança (282); Fagundes (47); Frei Martinho (3); Gado Bravo (73); Guarabira (2440); Gurinhém (200); Gurjão (19); Ibiara (11); Igaracy (4); Imaculada (22); Ingá (387); Itabaiana (691); Itaporanga (48); Itapororoca (255); Itatuba (158); Jacaraú (137); Jericó (6); João Pessoa (14777); Joca Claudino (2); Juarez Távora (166); Juazeirinho (117); Junco do Seridó (27); Juripiranga (321); Juru (13); Lagoa (3); Lagoa de Dentro (47); Lagoa Seca (439); Lastro (13); Livramento (43); Logradouro (64); Lucena (193); Mãe d’Água (12); Malta (21); Mamanguape (1403); Manaíra (7); Marcação (56); Mari (437); Marizópolis (8); Massaranduba (182); Mataraca (105); Matinhas (45); Mato Grosso (7); Matureia (24); Mogeiro (79); Montadas (34); Monteiro (108); Mulungu (188); Natuba (44); Nazarezinho (7); Nova Floresta (18), Nova Olinda (6); Nova Palmeira (35); Olho D´Água (34); Olivedos (38); Parari (4); Passagem (29); Patos (1712); Paulista (64); Pedra Lavrada (22); Pedras de Fogo (994); Pedro Régis (26); Piancó (66); Picuí (91); Pilar (169); Pilões (38); Pilõezinhos (166); Pirpirituba (108); Pitimbu (491); Pocinhos (63); Poço Dantas (3); Pombal (163); Prata (2); Princesa Isabel (41); Puxinanã (193); Queimadas (570); Quixaba (26); Remígio (160); Riachão (26); Riachão do Bacamarte (188); Riachão do Poço (35); Riacho de Santo Antônio (18); Riacho dos Cavalos (4); Rio Tinto (538); Salgadinho (10); Salgado de São Felix (109); Santa Cecília (21); Santa Cruz (13); Santa Helena (10); Santa Inês (17); Santa Luzia (172); Santa Rita (1337); Santa Terezinha (31); Santana de Mangueira (1); Santana dos Garrotes (6); Santo André (5); São Bentinho (21); São Bento (602); São Domingos do Cariri (17); São Francisco (8); São João do Cariri (28); São João do Rio do Peixe (64); São João do Tigre (4); São José da Lagoa Tapada (18); São José de Caiana (29); São José de Espinharas (7); São José de Piranhas (70); São José de Princesa (1); São José do Bonfim (51); São José do Brejo do Cruz (5); São José do Sabugi (163); São José dos Cordeiros (4); São José dos Ramos (104); São Mamede (31); São Miguel de Taipu (76); São Sebastião de Lagoa de Roça (124); São Sebastião do Umbuzeiro (4); São Vicente do Seridó (23); Sapé (558); Serra Branca (62); Serra da Raíz (13); Serra Grande (6); Serra Redonda (143); Serraria (28); Sertãozinho (39); Sobrado (75); Solânea (177); Soledade (90); Sossego (7), Sousa (615); Sumé (69); Tacima (68); Taperoá (51); Tavares (26); Teixeira (78); Tenório (11); Triunfo (9); Uiraúna (27); Umbuzeiro (44); Várzea (8); Vieirópolis (4); Vista Serrana (2), Zabelê (1).

*Dados oficiais preliminares (fonte: SIM,e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 04/07, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

17 óbitos foram registrados entre os dias 24 de maio e 05 de julho:

Homem, 76 anos, residente em Arara. Hipertenso, portador de doença respiratória. Início dos sintomas em 08/06, foi a óbito em hospital púbico no dia 23/06.

Homem, 80 anos, residente em Bayeux. Portador de doença renal. Início dos sintomas em 15/05. Foi a óbito em hospital público no dia 05/07.

Homem, 72 anos, residente em Campina Grande. Diabético, cardiopata, portador de doença neurológica. Início dos sintomas em 28/05. Foi a óbito em hospital público no dia 01/07.

Mulher, 68 anos, residente em Campina Grande. Cardiopata, portadora de doença respiratória. Início dos sintomas em 02/06. Foi a óbito em hospital público no dia 25/06.

Mulher, 67 anos, residente em Campina Grande. Diabética e cardiopata. Início dos sintomas em 19/06. Foi a óbito em hospital público no dia 30/06.

Homem, 80 anos, residente em Campina Grande. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 14/06. Foi a óbito em hospital público no dia 02/07.

Mulher, 62 anos, residente em Campina Grande. Sem comorbidades. Início dos sintomas em 03/06. Foi a óbito em hospital público no dia 11/06.

Mulher, 76 anos, residente em Campina Grande. Cardiopata. Início dos sintomas em 16/06. Foi a óbito em hospital público no dia 27/06.

Mulher, 67 anos, residente em Campina Grande. Diabética, cardiopata, ex-tabagista. Início dos sintomas em 16/06. Foi a óbito em hospital público no dia 03/07.

Mulher, 67 anos, residente em Itabaiana. Diabética, hipertensa. Início dos sintomas em 28/06. Foi a óbito em hospital público no dia 04/07.

Homem, 79 anos, residente em João Pessoa. Sem comorbidades. Início dos sintomas em 24/05. Foi a óbito em hospital privado no dia 03/06.

Homem, 64 anos, residente em João Pessoa. Diabético, obeso, portador de pneumopatia crônica. Início dos sintomas em 20/05. Foi a óbito em hospital público no dia 24/05.

Homem, 63 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidades. Início dos sintomas em 06/05. Foi a óbito em hospital privado no dia 29/05.

Mulher, 79 anos, residente em João Pessoa. Sem informação de comorbidade. Início dos sintomas em 28/05. Foi a óbito em hospital público no dia 23/06.

Homem, 68 anos, residente em Natuba. Sem comorbidade. Início dos sintomas em 23/06. Foi a óbito em hospital público no dia 30/06.

Mulher, 73 anos, residente em Patos. Hipertensa, diabética. Início dos sintomas em 25/06. Foi a óbito em hospital público no dia 04/07.

Mulher, 66 anos, residente em Pedras de Fogo. Diabética, hipertensa, obesa. Início dos sintomas em 13/06. Foi a óbito em hospital público no dia 03/07.

 

pbagora

 

 

Prefeitura de Araruna divulga novo boletim e registra novos casos de Coronavírus

A Prefeitura de Araruna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou nesta quinta-feira, 25 de junho, mais um Boletim atualizado sobre o quadro Epidemiológico do novo Coronavírus no município.

Após um dia de mais testagens rápidas, vinte e três no total, foram confirmados treze (13) novos casos positivos à Covid-19 no município.

Os pacientes confirmados de hoje são:

Mulher 16 anos, zona urbana;

Homem 22 anos, zona urbana;

Mulher 53 anos, zona urbana;

Mulher 63 anos, zona urbana;

Homem 61 anos, zona urbana;

Mulher 19 anos, zona urbana;

Mulher 32 anos, zona urbana;

Mulher 18 anos, zona urbana;

Mulher 22 anos, zona urbana;

Mulher 76 anos, zona urbana;

Mulher 38 anos, zona urbana;

Homem 49 anos, zona rural;

Mulher 30 anos, zona rural;

Com esses novos registros, o município agora tem 59 infectados, sendo 05 curados e 03 óbitos, do total de 240 notificações, 126 casos descartados e 55 estão em investigação.

De acordo com a secretaria de saúde depois do primeiro caso confirmado no dia 21 de maio, Araruna teve uma crescente de casos confirmados a partir do dia 09 de junho, inclusive com primeiro óbito no dia 14/06. A Prefeitura de Araruna vem fazendo campanhas de conscientização e orientação nas ruas, redes sociais, rádio e carro de som.

“Neste período de pandemia, a gestão municipal pede que as pessoas compreendam a gravidade da situação. Colabore. Fique em casa. E caso saia, use máscara. Nas duas últimas semanas os números cresceram de forma assustadora. Temos que preservar a nossa vida e de quem amamos. Usar a máscara e ficar em casa é a melhor solução!”, disse Vital Costa.


ASCOM PMA

 

 

Prefeitura de Araruna divulga novo boletim epidemiológico e registra novos casos de Covid-19

A prefeitura de Araruna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde informa que, nesta quarta-feira, 17 de junho, novos testes rápidos foram realizados e confirmados mais três (03) casos positivos de Covid-19. Trata-se de dois homens, (20 e 32) anos, residentes na zona urbana e uma mulher de 40 anos também moradora da zona urbana. Com os três novos casos o município chega ao número de 27 pessoas confirmadas com o novo coronavírus, sendo 04 recuperados e 01 óbito.

Sobre os números desta quarta-feira, existem 172 casos notificados, com 36 pacientes classificados como casos suspeitos em investigação e 108 casos descartados. Até agora, são 123 pessoas monitoradas advindas de outras cidades, desse total, 02 permanecem em quarentena.

A Secretaria de Saúde recomenda que a população cumpra as medidas preventivas de isolamento, seguindo rigorosamente os cuidados preconizados pelos órgãos oficiais. “A máscara reduz em grande escala a chance de contaminação pelo novo Coronavírus e utilizar o equipamento é um ato de proteção não só a si próprio, mas a todas as outras pessoas”, disse a secretária.

ASCOM PMA

 

 

Filha do prefeito de Serraria devolve R$ 600 do auxílio emergencial e registra boletim de ocorrência por ter sido cadastrada sem saber

A secretária de Ação Social de Serraria, Pamella Gabrielly Ribeiro de Freitas Silva, que também é filha do prefeito do município, Petrônio Caboclo, registrou boletim de ocorrência por ter sido registrada no auxílio emergencial do Governo Federal. O prefeito também enviou ao ClickPB documentos que apontam que ela devolveu os R$ 600 do auxílio.

”O fato é que a mesma nunca fez tal solicitação e nem tinha conhecimento que alguém o realizou em seu nome. Ao tomar conhecimento da situação, fizemos a devida verificação e confirmamos que de vera há liberação do Auxílio em seu nome, mas não existe registro de saque e nem movimentação bancária do valor, o que comprova que fomos vítimas da má intenção de outrem cujo intuito exclusivo é o de nos prejudicar”, diz trecho da nota enviada pelo prefeito.

Junto com a nota, ele enviou o registro do boletim de ocorrência realizado para que a fraude seja apurada e o comprovante de pagamento de uma Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor de R$ 600.

 

clickpb

 

 

Guarabira: boletim epidemiológico confirma mais de 1.300 infectados com a Covid-19

Nesta terça-feira (16), o número de casos confirmados da Covid-19 na cidade de Guarabira chegou a 1.306, segundo atualização do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, um aumento de 45 casos de ontem para hoje.

A Secretaria confirmou mais duas mortes, elevando a 23 guarabirenses que perderam suas vidas em decorrência do novo coronavírus.

No que se refere ao número de casos suspeitos notificados a cidade já tem 3.475. Do total, 558 pessoas já se recuperaram e outras 1.448 tiveram resultado negativo para Covid-19. O número de casos ativos, tirando recuperados e óbitos, totaliza 725. São pessoas que estão em tratamento contra o vírus.

Os bairros com maior incidência de infectados pela doença até agora são: Centro (151), Novo (136), Nordeste I (134), Cordeiro (103) e Primavera (86).

portal25horas

 

 

Solânea ultrapassa os 100 casos confirmados de Covid-19; 73 já se recuperaram

Chegou a 101 o número de casos confirmados de Covid-19, em Solânea. Desses, 73 já se recuperaram, o que significa que 72% das pessoas contaminadas com Coronavírus conseguiram vencer a doença na cidade. Os dados são do Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Hoje foram realizados mais nove testes, onde oito deles deram negativo e um, positivo para Coronavírus.

Um paciente que está interno no Hospital Metropolitano em Santa Rita, testou positivo (SWAB) para Coronavírus.

* Homem, 77 anos, **paciente interno no Hospital Metropolitano em Santa Rita;

* Homem, 17 anos, **paciente com cefaléia (dor de cabeça).

 

Redação FN

 

 

Secretaria de Saúde de Araruna divulga novo boletim epidemiológico e registra novos casos do Covid-19

A prefeitura de Araruna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde informa que, nesta segunda-feira, 08 de junho, novos testes rápidos foram realizados e confirmados mais dois (02) casos positivos de Covid-19. Trata-se de dois jovens, uma da zona rural de 16 anos, que tem uma comorbidade e está em tratamento em Campina Grande, desde o dia 15 de maio. O outro caso confirmado, uma jovem de 26 anos da zona urbana. Com os dois novos casos o município chega ao número de 07 pessoas confirmadas com o novo coronavírus, sendo 01 recuperado, quatro (4) em isolamento domiciliar e dois (2) internados.

O boletim atualizado, portanto, fica com cento e cinco (105) notificados, setenta e cinco (75) descartados, sete (sete) confirmados, vinte e três (23) em investigação.

“Estamos lidando com um vírus invisível, em que a única forma de impedir a transmissibilidade é ficando em casa. O vírus não circula, quem circula são as pessoas e é preciso ficar em casa neste momento, cumprir as medidas de isolamento social para se proteger e proteger a todos. Precisamos redobrar os cuidados. Esperamos que todas as pessoas sejam fiscais, se precisar sair de casa, use máscara”, pediu o prefeito de Araruna.

ararunaonline