Arquivo da tag: bloquear

Governo do Estado notifica 36 servidores com acúmulo de cargos e diz que vai bloquear salários

A Secretaria de Estado da Administração notificou, por meio de portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta sexta-feira (29), cerca de 36 servidores suspeitos de acumular ilegalmente cargos públicos. Entre os nomes estão médicos, professores, além de outras funções.

Oito servidores foram convocados e terão o prazo de cinco dias para procurar a Comissão Estadual de Acumulação de Cargos e apresentar opção por apenas um dos vínculos, já que não apresentaram defesa administrativa e existe a impossibilidade acumulativa. Já os demais terão que apresentar defesa e/ou opção pelos vínculos, legalmente permitidos, sob pena de instauração de Processo Administrativo Disciplinar, no rito sumário, com bloqueio salarial.

LOCAL PARA SE APRESENTAR

Ainda de acordo com a publicação, os notificados devem procurar a Comissão, no Bloco 3 – 5º Andar – Edifício da Secretaria de Estado da Administração, localizado no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

 

wscom

 

 

Ausência de balancete pode bloquear contas de 21 prefeituras na PB

Vinte e uma prefeituras e uma Câmara Municipal podem ter as contas bloqueadas por não apresentarem os balancetes referentes ao mês de dezembro ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). A documentação deveria ter sido entregue até essa quarta-feira (31).

De acordo com o TCE, os retardatários estão, a partir de agora, sujeitos a multas pessoais e ao bloqueio das contas bancárias dos órgãos que administram, providência a ser tomada depois que a Assessoria Técnica (Astec) responder ao Gabinete da Presidência do TCE sobre a possibilidade de requerimento devidamente fundamentado por qualquer um deles, ou ocorrência eventual de pendências no sistema. Caso isso não ocorra, os bloqueios serão expedidos.

A lista de faltosos contém as Prefeituras de Alhandra, Arara, Borborema, Brejo do Cruz, Cruz do Espírito Santo, Cuité, Cuitegi, Damião, Diamante, Frei Martinho, Ingá, João Pessoa, Nova Floresta, Pedra Lavrada, Pirpirituba, Pitimbu, Santo André, São Vicente do Seridó, Sapé, Sobrado e Tacima. Também, a Câmara Municipal de Alhandra.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Zika pode bloquear ativação do sistema imunológico, diz pesquisa da Fiocruz

Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo
Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo

Zika vírus é capaz de bloquear a ativação do sistema imunológico da pessoa infectada. A constatação veio a partir do mapeamento genético do vírus que circula em Pernambuco, sequenciado pela primeira vez no estado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) de Pernambuco em parceria com profissionais da Universidade de Glasgow, no Reino Unido.

O artigo com os resultados foi publicado ontem (5) na revista PLOS Neglected Tropical Disease. O sequenciamento genético foi realizado a partir de uma amostra coletada de um paciente infectado em 2015, no início da epidemia.

De acordo com o pesquisador da Fiocruz Rafael França, um dos responsáveis pela pesquisa, uma pequena parte da carga genética do Zika pode bloquear a ativação de um componente do sistema imune considerado importante para combater infecções virais: o interferon, que combate a replicação do vírus. “Se o Zika bloqueia a produção desses interferons ele vai conseguir replicar, então ele vai ter um processo infeccioso melhor, vai conseguir infectar muito mais a célula, vai ser mais agressivo”, disse França.

Essa caracterísitica é encontrada em outros vírus da mesma família, como o vírus da dengue, segundo o pesquisador. No caso do Zika, porém, a habilidade é ainda maior: “É um vírus que tem uma vantagem evolutiva em relação ao vírus da dengue”.

A descoberta deve ajudar outros pesquisadores a formular possíveis métodos terapêuticos, já que se identificou uma caracterísitica do vírus que pode  ser combatida. “A gente pode interferir no [gene] que o vírus bloqueia no sistema imune, e tentar bloquear essa capacidade do vírus como uma forma de terapia”, exemplifica Rafael.

Vírus mutante – Com o mapeamento, os pesquisadores identificaram que o vírus Zika de Pernambuco tem semelhanças com o vírus encontrado na Ásia, como outras pesquisas já haviam mencionado. Eles também descobriram que a assinatura genética é a mesma de vírus Zika isolados em outras regiões do Brasil. “Ou seja, é o mesmo vírus que circula no país todo, provavelmente”, indica Rafael França.

Apesar de similar, o Zika analisado sofreu mutações em relação ao encontrado na Ásia. Questionado se essas mutações poderiam se relacionar ao maior número de casos de síndrome congênita de Zika identificados em Pernambuco e no nordeste, Rafael França afirma que nessa fase da pesquisa não é possível identificar se há vínculo.

“Ainda é cedo, porque a gente ainda não tem os genomas completos dos outros lugares. A partir do momento que outros pesquisadores forem sequenciando os vírus e fazendo a leitura do genoma, a gente vai poder comparar”, explica.

O próximo passo da pesquisa, que já está em curso, é estudar a evolução do vírus até agora, a partir de outros mapeamentos genéticos de amostras mais recentes.

“A gente já sabe como fazer, já tem um quantitativo de amostras grande. O que a gente pretende fazer agora é um comparativo dos vírus que a gente tem desde o início de 2015 até o fim de 2016, para ver se ele está se adaptando ou se está havendo mutação e se a mutação poderia estar relacionada com uma adaptação na população”.

Agência Brasil

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Facebook pode bloquear conteúdo adulto no Brasil

O Facebook está testando um novo recurso que vai esconder, automaticamente, qualquer conteúdo considerado “adulto” do feed de notícias. A opção, que ainda não possui uma data de lançamento prevista para o Brasil — e está funcionando em países de língua inglesa — promete dar mais controle aos usuários sobre o que será visto na rede social. Por meio do uso de inteligência artificial, a plataforma vai evitar que as pessoas vejam imagens sugestivas ou que seriam proibidas pelos padrões de conduta da plataforma, mas que ainda não foram removidas.

file-aug-29-5-22-14-pm

Recurso do Facebook vai impedir que usuário veja conteúdo adulto no feed de notícias (Foto: Reprodução/Business Insider)

O novo recurso foi descoberto pelo Business Insider e confirmado pelo Facebook na segunda-feira (29). Os usuários que fazem parte do grupo de testes em inglês recebem uma notificação no aplicativo para smartphone ou na versão para computador informando sobre a novidade. Quando é ativada, é possível escolher cobrir todo o conteúdo considerado adulto com um aviso, que só é exibido quando o usuário toca nele, ou bloquear a exibição completamente.

A plataforma afirma que esta é a primeira vez que dá a opção de bloquear conteúdo adulto. “Nós temos um feedback  de que as pessoas gostariam de ter mais controle sobre o que veem em seus perfis, então estamos testando uma opção para que elas possam ver menos conteúdo maduro”, afirmou o Facebook em resposta ao site, em um comunicado de imprensa.

A novidade também poderia indicar uma mudança de comportamento da rede social para permitir mais conteúdo adulto. A rede social não explicou quais tipos de imagem seriam filtradas pelo sistema e consideradas maduras — ou imprópria pra crianças e adolescentes —, mas confirmou o uso de tecnologias de aprendizagem de máquinas para detectar violações de limites.

No textos que aparece para os usuários do grupo de teste, são citadas imagens e fotos sexualmente sugestivas.

TecTudo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Microcefalia: remédio pode bloquear passagem do Zika para bebê

gravidaUm estudo feito por cientistas das Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF) e da Universidade de Califórnia em Berkeley (UCB), nos Estados Unidos, descobriu um medicamento com potencial para impedir a transmissão do Zika vírus de mãe para filho.

Durante o estudo que usou tecidos humanos para entender como o Zika é passado para o feto (provocando a microcefalia e outras malformações), os cientistas perceberam que o antibiótico veterinário Duramycin é capaz de impedir a replicação do vírus em células da placenta e do saco amniótico, os dois meios de transmissão do Zika para o bebê no primeiro e no segundo trimestres, respectivamente.

A descoberta foi publicada dia 18 na revista científica Cell Host & Microbe. Estudos anteriores mostraram a eficiência desse antibiótico contra outros flavivírus como a dengue e febre do Oeste do Nilo, além de ser eficiente contra o ebola.
Outros estudos

Esse não é o único antibiótico que revelou ter potencial contra o Zika vírus. Em junho um grupo de estudiosos também da Universidade da Califórnia constatou que o antibiótico azitromicina também bloqueia a ação do Zika vírus, desta vez no receptor AXL das células, que funciona como uma porta de entrada do Zika dentro da célula. Essa classe de antibiótico parece agir de forma semelhante contra a dengue e a febre amarela.

Com informações do UOL.

 

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Liminar proíbe empresas de telefonia móvel de bloquear internet em celulares da PB

proconAs operadoras de telefonia móvel que atuam na Paraíba estão proibidas de realizar a suspensão dos serviços de internet móvel aos consumidores. A determinação foi acatada a partir de uma liminar solicitada pelos Procons de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e do Estado e aceita, na última sexta-feira (29), pelo juiz José Gutemberg Gomes Lacerda, auxiliar da Fazenda Pública de João Pessoa.

De acordo com o secretário do Procon-JP, Helton Renê, a ação conjunta dos Procons possibilitou “um ganho para os consumidores”.

“O magistrado acompanhou as ações em outros estados. As empresas estão proibidas de cortar internet móvel. O consumidor contrata um determinado pacote de dados e o que as empresas podem fazer é, a partir do consumo desse pacote, diminuir a velocidade. Esperamos que a decisão não seja reformada e que a justiça da Paraíba siga defendendo o consumidor”, disse Helton Renê.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Ainda segundo o secretário, as empresas descumpriam contratos estabelecidos com o consumidor e solicitavam a compra de um novo pacote para que o serviço continuasse sendo acessado.

“Elas bloqueavam o sinal assim que o pacote acabava e ofereciam renovações do pacote, mediante pagamento, para que o consumidor pudesse continuar utilizando a internet. Chegamos a estabelecer Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) e elas aceitavam não bloquear o sinal, mas com o tempo as empresas voltavam a praticar o bloqueio. Com a decisão, elas estão proibidas de fazer isso. É um ganho imenso para o consumidor”, concluiu Renê.

 

 

portalcorreio

TCU pode bloquear bens de presidente da Petrobras, diz ministro

tcuO Tribunal de Contas da União (TCU) pode tornar indisponíveis os bens da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, dentro do processo que visa compensar os prejuízos causados pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, segundo reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo”.

De acordo com a publicação, o ministro do TCU José Jorge, relator do processo sobre Pasadena, afirmou que, por erro de técnicos do próprio tribunal, o nome de Graça Foster deixou de ser incluído entre os possíveis responsáveis pelo prejuízo. Ao G1, o TCU confirmou que Jorge deu a declaração ao jornal.

Nesta quarta (6), o tribunal deve votar a correção da sua decisão do último dia 23, com a inclusão do nome de Graça Foster entre os executivos suspeitos de responsabilidade pela compra da refinaria pela Petrobras. A indisponibilidade dos bens tem o objetivo de garantir recursos para o ressarcimento da empresa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O Tribunal de Contas da União (TCU) pode tornar indisponíveis os bens da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, dentro do processo que visa compensar os prejuízos causados pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, segundo reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo”.

De acordo com a publicação, o ministro do TCU José Jorge, relator do processo sobre Pasadena, afirmou que, por erro de técnicos do próprio tribunal, o nome de Graça Foster deixou de ser incluído entre os possíveis responsáveis pelo prejuízo. Ao G1, o TCU confirmou que Jorge deu a declaração ao jornal.

Nesta quarta (6), o tribunal deve votar a correção da sua decisão do último dia 23, com a inclusão do nome de Graça Foster entre os executivos suspeitos de responsabilidade pela compra da refinaria pela Petrobras. A indisponibilidade dos bens tem o objetivo de garantir recursos para o ressarcimento da empresa.

José Jorge, de acordo com o jornal, disse que Graça Foster fez parte da diretoria da Petrobras no final das negociações para a compra de Pasadena, quando passou a ocupar o cargo de diretora de Gás e Energia. Por isso o nome dela deve ser incluído agora.

Primeira decisão do tribunal
No dia 23, o plenário do TCU aprovou, por unanimidade, relatório do ministro José Jorge que aponta prejuízo de US$ 792,3 milhões à Petrobras pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, em 2006.

O acórdão cita como possíveis responsáveis pelo prejuízo ex-membros da diretoria da Petrobras, entre eles o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli, o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró e o ex-diretor de Abastecimento e Refino Paulo Roberto Costa, preso em uma operação da Polícia Federal suspeito de envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas (envio de recursos para fora do país sem declará-los). Todos eles tiveram os bens bloqueados.

A decisão, porém, não é uma condenação. A partir dela, os suspeitos apontados terão prazo para apresentar suas defesas e, depois, um novo relatório será produzido pelo tribunal. Nele, valores poderão ser alterados, e nomes podem ser incluídos ou excluídos após a análise de novas provas e documentos.

O texto não aponta entre os possíveis responsáveis a presidente Dilma Rousseff, presidente do conselho de administração da Petrobras na época da compra de Pasadena. Isso significa que, no entender do TCU, ela não teve responsabilidade pelo prejuízo. Antes, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia determinado o arquivamento de apuração para averiguar se houve crime, por parte de Dilma, na aquisição da refinaria.

 

 

G1

Golpe ameaça bloquear brasileiros no WhatsApp; entenda

whatsappUma mensagem enviada por e-mail informa ao usuário do WhatsApp que ele violou a política de privacidade do aplicativo, mencionando o item “12848-WBR”, que não existe nos termos de uso. Trata-se de um golpe que ameaça bloquear a conta de forma parcial ou definitiva.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A mensagem (veja abaixo) diz que a violação se caracteriza pelo envio de fotos e vídeos ilícitos ou ilegais supostamente denunciados por outras pessoas. O usuário então é informado sobre a existência de um novo termo de aceitação que, caso não seja visualizado, bloqueará a conta de 5 a 90 dias.
O e-mail não indica links ou anexos. Golpes de phishing como este costumam infectar a máquina com o objetivo de roubar dados pessoais e financeiros do usuário.

Reprodução

Olhar Digital