Arquivo da tag: biométricas

TSE estima que problemas com urnas biométricas serão menores no domingo

Foto: ABR
Foto: ABR

Para evitar os mesmos problemas ocorridos com a identificação biométrica de eleitores durante o primeiro turno das eleições, a Justiça Eleitoral adotará algumas medidas para o próximo domingo (26). Uma delas é o reparo de cerca de mil leitores biométricos em urnas utilizadas no Distrito Federal, em Alagoas, Sergipe, Pernambuco e no Paraná.

“Em torno de 7% do modelo 2013 de urnas apresentaram uma não conformidade com o leitor que faz a análise da digital. Essas urnas já foram identificadas e nós já estamos trabalhando na sua reparação. Elas [as urnas] têm que ficar prontas até, no máximo, nesta semana”, afirmou o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral, Giuseppe Janino.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ele ressaltou que, no primeiro turno, o sistema biométrico apresentou percentual de 91,5% de reconhecimento dos eleitores por meio das digitais. Para o segundo turno a expectativa é aumentar ainda mais a eficiência do sistema. “As falhas são normais, mas nós pretendemos baixar esse índice de não reconhecimento, que hoje gira em torno de 8,5%, para, pelo menos, uma margem de 5% que seria bastante positiva. Um nível de identificação de 95%”, disse.

Mas não foram só problemas em leitores que provocaram filas em muitas seções de votação pelo país. Também foram detectadas falhas de procedimento por parte de mesários. Foi o caso de cidades do Rio de Janeiro, segundo o TSE. Por isso, o presidente da corte , Dias Toffoli, mandou para Niterói dez técnicos para orientar os mesários. A Justiça Eleitoral também distribuiu panfletos aos tribunais regionais eleitorais (TREs) com informações essenciais aos mesários para reforçar os procedimentos que devem ser adotados no próximo domingo.

Uma das orientações alerta sobre a forma correta que o eleitor deve posicionar o dedo, para evitar o não reconhecimento na primeira tentativa. O eleitor deve posicionar o dedo sobre o sensor e colocá-lo totalmente, no centro, com a ponta tocando a moldura de plástico. O dedo deve ser mantido sobre o sensor até que apareça no terminal do mesário a mensagem confirmando o reconhecimento da digital.

Giuseppe Janino lembra que o eleitor também deve observar, por exemplo, se o dedo está hidratado, “o dedo ressecado fica mais difícil fazer as minúcias”. Para o secretário, a falha do procedimento é normal, principalmente nos municípios onde houve a primeira experiência com identificação biométrica.

Por causa dos problemas no Rio de Janeiro, onde eleitores chegaram a esperar mais de duas horas para votar em alguns locais, o Tribunal Regional Eleitoral do estado chegou a publicar uma Resolução (n° 904/2014) determinando o uso de urnas eletrônicas convencionais em Niterói, em substituição às 1.312 urnas com leitor de identificação biométrica no município. A decisão, no entanto foi anulada por unanimidade pelo TSE na semana passada.

Fonte: Agência Brasil

Mais de 71 mil paraibanos vão usar urnas biométricas nas eleições 2012

O número de eleitores que vão votar em urnas biométricas, com identificação digital, nas eleições municipais de 7 de outubro na Paraíba chega a 71.652, de um total de 2.865.819 eleitores, que vão votar usando as urnas eletrônicas. Este número representa apenas 2,5% dos eleitores na Paraíba.

As cidades que vão poder contar com a tecnologia das urnas biométricas, utilizada desde as eleições de 2010, em Cabedelo, de acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-PB), são Cabedelo, com 36.623 eleitores, Pedras de Fogo, com 18.624, Piancó, com 11.076 e Santana dos Garrotes, com 5.329 eleitores.

Ainda de acordo com o TRE-PB, para as eleições municipais, vão ser utilizadas 10.975 urnas entre eletrônicas e biométricas. “Nesse número, estão incluídas as de contingência, que serão utilizadas caso alguma urna apresente algum problema”, pontuou Patrícia Leite, coordenadora das eleições.

Efetivo
Nas eleições de 2012, vão participar 46.865 pessoas em serviço. Desse total, 45.447 foram convocadas para trabalharem no dia das eleições como mesárias, 343 servidores foram requisitados pelo TRE-PB para trabalharem na preparação do processo eleitoral, 405 contratados, além de 234 magistrados envolvidos com o processo.

Números das eleições
O TRE-PB registrou para as eleições de 2012 12.592 registros de pedido de candidatura, divididos em 28 partidos e 746 coligações.

Nas 77 zonas que compõem o estado, há 1.735 locais de votação, totalizando 9.586 seções. “Esses números são mais ou menos equivalentes às eleições anteriores. No entanto, as eleições deste ano são muito mais trabalhosas no sentido de envolverem 223 municípios. Cada cidade envolve um processo de eleição diferenciado, como se realizássemos 223 eleições”, finalizou a coordenadora de eleições do TRE-PB.

Do G1PB

Eleitores de quatro cidades da PB vão votar em urnas biométricas

Sistema reconhece eleitor através da impressão digital (Foto: Reprodução/RPCTV)

Quatro cidades da Paraíba vão utilizar urnas biométricas nas eleições municipais desse ano. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, a tecnologia vai estar presente em Cabedelo, Pedras de Fogo, Santana dos Garrotes e Piancó. Somadas, as quatro cidades têm pouco mais de 71 mil eleitores.

O número de cidades que fizeram o cadastramento biométrico para as eleições desse duplicou em relação ao pleito de 2010. Na votação passada, apenas Cabedelo e Pedras de Fogo utilizaram o sistema. Apesar desse aumento, o TRE ainda considera pequeno o número de eleitores que vão votar biometricamente. “Nós temos mais de 2.800 milhões de eleitores e essas cidades representam menos de 3%”, disse a secretária de Tecnologia da Informação do TRE, Luciana Norat.

Segundo Luciana Norat, havia um planejamento para que Campina Grande e cidades da região fossem incluídas na biometria nas eleições desse ano, mas ocorreu um problema na aquisição dos quites biométricos e em função disso os planos foram modificados. Ela explicou que o recadastramento dos eleitores de Santana dos Garrotes e Piancó foi feito entre janeiro e março.

A biometria é um sistema que tem o objetivo de evitar fraudes nas eleições. O eleitor tem a identidade confirmada a partir de um leitor de impressões digitais que é acoplado à urna eletrônica.

G1 PB