Arquivo da tag: Barreira

Guarabira rompe a barreira dos mil infectados por coronavírus; 79 casos em 24 horas

A Secretaria de Saúde de Guarabira divulgou no começo da noite desta quarta-feira (10) a atualização do boletim epidemiológico com os números da Covid-19. Os infectados na cidade rompeu a barreira de mil pessoas, somando 1.015 até o momento. Um aumento de 79 casos de ontem para hoje.

Guarabira é o epicentro da doença em toda a região, que envolve mais de 25 cidades. Dos infectados, 482 pacientes já foram recuperados e 514 estão em tratamento.

De acordo com os dados divulgados, foram confirmadas 19 mortes em decorrência do novo coronavírus. 1.223 casos foram descartados e 2.818 notificados.

Os bairros com maior incidência de infectados pela doença até agora são: Centro (129), Nordeste 1 (103), Novo (102) Cordeiro (85) e Primavera (77).

 

portal25horas

 

 

Passageiro de ônibus é preso com 9kg de maconha durante abordagem em barreira sanitária

Um passageiro de um ônibus foi preso com nove tabletes e duas porções pequenas de uma substância semelhante à maconha dentro de uma bolsa infantil na noite deste domingo (07). A prisão aconteceu durante uma barreira sanitária realizada pela Polícia Militar, Civil e técnicos da Vigilância sanitária na cidade de Alagoa Grande.

A barreira foi montada para realizar abordagens a pessoas e veículos como forma de prevenir a disseminação do novo coronavírus.

O homem foi encaminhado à delegacia para o auto de prisão em flagrante delito por tráfico de drogas.

Foto: P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM

Outra ocorrência

Na cidade de Cuitegi, a guarnição do Destacamento foi acionada para averiguar uma ocorrência de lesão corporal. Após diligências, os policiais conseguiram encontrar e prender o suspeito que confessou ter agredido a vítima com pedradas na cabeça.

A vítima foi socorrida por Bombeiros militares para o Hospital Regional de Guarabira e o suspeito encaminhado à delegacia.

paraiba.com.br

 

 

Guarabira lidera casos na região e rompe barreira dos 100 infectados por Covid-19

A Secretaria de Saúde do Estado divulgou no começo da noite desta terça-feira (12), a atualização dos casos de infectados pela Covid-19 e a cidade de Guarabira rompeu a barreira dos 100 casos confirmados.

O município lidera a região em número de casos de pessoas infectadas na região com 103 registros, segundo a SES. O boletim da Prefeitura de Guarabira diz que são 102 e há uma divergência de um caso, que deve ser corrigido em tempo oportuno.

Os casos confirmados estão em 113 municípios paraibanos:

Alagoa Grande (6); Alagoa Nova (1); Alagoinha (5); Alhandra (34); Araçagi (5); Areia (5); Aroeiras (2); Baia da Traição (4); Bananeiras (3); Barra de Santana (2); Barra de São Miguel (1); Bayeux (70); Belém (1); Bom Jesus (1); Boqueirão (2); Borborema (1); Brejo do Cruz (1); Caaporã (54); Cabedelo (113); Caiçara (5); Cajazeiras (22); Cajazeirinhas (1) Campina Grande (134); Capim (4); Casserengue (1); Catingueira (1); Condado (14); Conde (22); Congo (3); Coremas (5); Coxixola (3); Cruz do Espírito Santo (22); Cuité (1); Cuité de Mamanguape (1); Cuitegí (5); Duas Estradas (1); Esperança (4); Gado Bravo (2); Guarabira (103); Gurinhém (4); Igaracy (1); Imaculada (3); Ingá (1); Itabaiana (10); Itaporanga (2); Itapororoca (5); Itatuba (2); João Pessoa (1316); Joca Claudino (1); Juarez Távora (1); Juazeirinho (5); Junco do Seridó (3); Juripiranga (8); Lagoa de Dentro (2); Lagoa Seca (8); Lucena (12); Malta (1); Mamanguape (10); Mari (26); Marizópolis (3); Massaranduba (4); Mataraca (1); Matinhas (1); Matureia (1); Monteiro (5); Mogeiro (1); Mulungu (3); Natuba (1); Nova Floresta (1) Patos (128); Pedras de Fogo (33); Piancó (5); Pilar (7); Pilões (1); Pilõezinhos (6); Pirpirituba (6); Pitimbu (7); Pocinhos (1); Pombal (2); Princesa Isabel (3); Puxinanã (1); Queimadas (6); Remígio (9); Riachão do Bacamarte (3); Riachão do Poço (1); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (13); Santa Helena (1); Santa Luzia (1); Santa Rita (233); Santa Terezinha (1); São Bento (8); São João do Rio do Peixe (6); São José de Espinharas (1); São José de Piranhas (2); São José do Bonfim (1); São José do Sabugi (3); São José dos Ramos (2); São Miguel de Taipu (2); São Sebastião de Lagoa de Roça (5); Sapé (89); Serra Branca (1); Serra da Raíz (3); Serra Redonda (2); Sertãozinho (2); Sobrado (2); Soledade (2); Sousa (42); Tacima (2); Taperoá (19); Teixeira (1); Uiraúna (1); Umbuzeiro (4).

 

portal25horas

 

 

Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19

Para evitar a proliferação do coronavírus, a secretaria de saúde de Serraria, realiza nesta quinta-feira (7) uma barreira sanitária na entrada da cidade com uma equipe de profissionais da saúde com o apoio da polícia militar.

Durante a barreira sanitária os veículos que chegam à cidade são desinfetados, os condutores e passageiros recebem orientação, máscaras e álcool gel.

A secretária de saúde de Serraria, Gleycianny Ribeiro vem realizando constantemente campanhas de orientação e prevenção contra o covid-19.

Atualmente Serraria tem 01 caso em investigação, 01 caso suspeito testou negativo para o coronavírus, 04 casos foram descartados, 29 pessoas oriundas de outras localidades estão em quarentena domiciliar e 36 pessoas já cumpriram quarentena.

  • Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19
  • Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19
  • Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19
  • Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19
  • Secretaria de Saúde de Serraria realiza barreira sanitária contra covid-19

Balbino Silva/MIDIA PARAIBA

 

Prefeitura de Bananeiras instala barreira sanitária em uma das entradas do município

A Prefeitura Municipal de Bananeiras iniciou, nesta terça-feira (05), uma barreira sanitária na entrada do Distrito de Roma, buscando controlar o acesso de pessoas à cidade, além de fornecer orientações, medidas de proteção e identificação de possíveis sintomas de Covid-19, através da aferição de temperatura.

Uma equipe composta por agentes do departamento de trânsito, guarda municipal, agentes de endemias e saúde estão, desde às 6h, realizando a sanitização dos veículos e aferindo a temperatura dos condutores, coletando informações para monitoramento e orientando quanto ao uso de máscaras, álcool em gel e a importância do isolamento social. Essa ação faz parte das medidas aderidas para combater a pandemia do Coronavírus.

O Prefeito Douglas Lucena, uniu-se com prefeitos da região do brejo e decidiram realizar barreiras sanitárias nas entradas de grande acesso aos municípios. Serão quatro barreiras instalas pelos municípios, ficando Bananeiras na entrada de Roma; Belém no acesso ao Rio Grande do Norte; Solânea no acesso à Arara e; Borborema e Serraria na entrada do Trevo. Desse modo, o Brejo se une mais uma vez em um circuito, mas dessa vez, em combate à uma pandemia.

Ascom – PMB

 

 

 

 

Deslizamento de barreira deixa cinco mortos, três feridos e dois desaparecidos no Recife

Um deslizamento de barreira na Rua Bela Vista, no Córrego do Morcego, no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, deixou cinco mortos, três feridos e duas pessoas desaparecidas, na madrugada desta terça-feira (24). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o deslizamento aconteceu às 2h55 e atingiu duas casas.

Entre as vítimas que morreram no local, estão três adultos, uma criança e um bebê. “Quando eu cheguei, estava a casa destruída, entrei em desespero. Começamos a cavar e tirar os destroços de cima”, contou Marco Antônio, vizinho das vítimas que ajudou no resgate.

Os bombeiros buscam duas mulheres desaparecidas. “Nós trabalhamos com a possibilidade de que as pessoas desaparecidas estejam vivas. Em um deslizamento, o material se compacta, sendo mais fácil ter bolsas de ar favorecendo que as vítimas permaneçam mais tempo respirando, então a possibilidade realmente existe”, disse o major Anderson Barros, do Corpo de Bombeiros.

Seis viaturas do Corpo de Bombeiros foram ao local: duas de busca e salvamento, uma de busca com cachorros, uma de comando operacional e duas de resgate. Equipes da Defesa Civil do Recife também foram ao local do deslizamento.

Deslizamento aconteceu no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Deslizamento aconteceu no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

As pessoas que morreram no local do deslizamento são da mesma família e foram identificadas como:

  • Emanuel Henrique de França, de 25 anos: marido de Érica e pai de Érick.
  • Érica Virgínia, de 19 anos: esposa de Emanuel e mãe de Érick.
  • Érick Junior, de 2 meses: filho do casal.
  • Lucimar Alves, de 50 anos: avó de Daffyne.
  • Daffyne (sobrenome não divulgado), de 9 anos: neta de Lucimar.

Os três feridos no deslizamento da barreira são:

  • Otoniel Simião da Silva, de 57 anos:foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, mas o estado de saúde dele não foi divulgado até a última atualização desta matéria. Ele é marido de Lucimar, avó de Daffyne e primo de Emanuel, que morreram no deslizamento.
  • Luiz Tadeu Costa, de 56 anos:também foi encaminhado para a UPA de Nova Descoberta, mas recebeu alta no início da manhã. Ele é marido de Cristina, que também se feriu no deslizamento.
  • Cristina Gomes da Silva, de 43 anos:foi socorrida para o Hospital da Restauração, no Derby, na área central do Recife. É irmã de Lucimar e esposa de Luiz.
Deslizamento atingiu duas casas nesta terça-feira (24) — Foto: Bruno Fontes/TV Globo

Deslizamento atingiu duas casas nesta terça-feira (24) — Foto: Bruno Fontes/TV Globo

Em nota, o Corpo de Bombeiros afirmou que “não pode determinar as causas do acidente”. Não chovia no momento do deslizamento da barreira e moradores da área relataram que dois canos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) existentes no local estouraram e o vazamento, iniciado às 2h, teria feito a barreira deslizar.

“Pode ter havido o rompimento. O abastecimento de água da região realmente aconteceu ontem [segunda, 23], mas o rompimento não foi causado pelo rodízio. Estava sendo abastecido no momento do desastre”, declarou o gerente da região leste da Compesa, Aprígio Cunha.

Apesar dessa possibilidade, o gerente afirmou que não há registros, no sistema da Compesa, de vazamento na área do deslizamento.

“Não temos nenhum registro de vazamento pendente nessa área. A tubulação está numa profundidade que não dá para detectar se teve ou não vazamento. Estamos fazendo uma vistoria com a Defesa Civil para dizer o que realmente aconteceu. Desde 3h30, fomos acionados e estamos com equipe técnica para ver o que realmente aconteceu”, disse.

Vazamento em canos pode ter provocado deslizamento de barreira no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Vazamento em canos pode ter provocado deslizamento de barreira no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

 

G1

 

 

Jovem fica ferida após cair da barreira do Cabo Branco, em João Pessoa

Uma jovem de 18 anos caiu da barreira do Cabo Branco, em João Pessoa, na noite desta quinta-feira (11). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o namorado da jovem contou que eles estavam conversando no momento da queda. No entanto, ele não soube confirmar o que teria provocado a queda.

O casal estava próximo a praça de Iemanjá. Segundo informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, a altura da queda foi, de aproximadamente, cinco metros.

Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados pelo namorado da vítima e constataram que a jovem estava inconsciente, perto das pedras. No entanto, não apresentava cortes profundos. Ela foi encaminhada ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde deu entrada por volta das 22h40, recebeu os atendimentos médicos de emergência e após o período de observação, recebeu alta durante a madrugada desta sexta-feira (12).

oto: Reprodução/TV Cabo Branco

G1

 

Senado aprova cláusula de barreira e fim de coligações, em 1º turno

senadoO Senado aprovou nesta quarta-feira (9) por 58 votos favoráveis e 13 contrários uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê mudanças no atual sistema político do país.

O texto prevê a criação de cláusulas de desempenho eleitoral para que os partidos políticos tenham acesso ao fundo partidário e ao tempo gratuito de televisão.

A PEC também acaba com coligações para eleições proporcionais (deputados e vereadores). Atualmente, a legislação eleitoral permite alianças entre os partidos para eleger deputados e vereadores. Por esse sistema, os votos obtidos pelas siglas são somados, e se elegem os candidatos mais votados da coligação.

Por se tratar de uma emenda à Constituição, a PEC ainda precisa ser analisada em segundo turno pelo Senado, com apoio mínimo de três quintos dos senadores (49 dos 81). A previsão é de que a nova votação seja no próximo dia 23.

Se passar na segunda votação, a proposta ainda seguirá para análise da Câmara dos Deputados, onde também precisará ser aprovada em dois turnos para entrar em vigor.

Pelo texto da PEC, os partidos que não atingirem os requisitos mínimos de desempenho eleitoral também serão obrigados a ter uma estrutura menor na Câmara, sem direito, por exemplo, a cargos de liderança e a parlamentares em comissões permanentes, além de cargos na Mesa Diretora.

Os requisitos que a PEC exige dos partidos a partir da eleição de 2018 são:

– obter pelo menos 2% dos votos válidos para deputado federal em todo o país;
– conseguir 2% dos votos para deputado federal em, no mínimo, 14 unidades da federação.

A PEC prevê, ainda, que, a partir das eleições de 2022, a taxa mínima de votos apurados nacionalmente será de 3%, mantida a taxa de 2% em pelo menos 14 unidades federativas.

Ponto a ponto
A PEC prevê que os partidos que não alcançarem os requisitos mínimos poderão se unir nas chamadas federações.

Pela proposta, esses partidos federalizados funcionarão, no Congresso, como um bloco, unido do início da legislatura até a véspera da data de início das convenções partidárias para as eleições seguintes.

Dessa forma, o bloco poderá ter funcionamento parlamentar, além de ter acesso às verbas partidárias e ao tempo de televisão, divididos entre as legendas segundo a proporção de votos obtidos na eleição.

O texto também determina o fim das coligações para eleições de deputados federais, estaduais e vereadores.

Atualmente, a legislação eleitoral permite alianças pontuais entre legendas para eleger deputados e vereadores. Por esse sistema, os votos obtidos pelas siglas unidas são somados, e se elegem os candidatos mais votados da coligação, de acordo com o número de cadeiras ao qual a coligação terá direito.

Se aprovada a proposta, não haverá mais coligações na eleição proporcional (para deputados federais, estaduais e vereadores). O fim das coligações favorece os grandes partidos, uma vez que um partido “nanico” não poderia se unir a outros para aumentar sua força.

Redução
Segundo levantamento feito pelo G1, se a cláusula de desempenho prevista nesta proposta já estivesse em vigor nas eleições de 2014, ela limitaria o funcionamento de 14 siglas no Congresso, além de restringir o acesso delas a verbas partidárias e ao tempo de TV.

Entre as legendas que seriam afetadas estão algumas tradicionais, como o PC do B, e PPS, além de partidos de criação mais recente, caso do PSOL e PROS.

Das 27 legendas que existem hoje na Câmara, restariam, com a cláusula de barreira, somente 13 com funcionamento parlamentar. Seriam elas:

– PMDB
– PT
– PSDB
– DEM
– PDT
– PP
– PR
– PRB
– PSB
– PSC
– PSD
– PTB
– SD

Perderiam o funcionamento parlamentar as seguintes legendas:

– PPS
– PROS
– PV
– PC do B
– PEN
– PHS
– PRP
– PRTB
– PSL
– PSOL
– PT do B
– Rede (não disputou as eleições de 2014. Mesmo com os quatro deputados que tem hoje, não atingiria o mínimo previsto pela PEC)
– PTN
– PMB (também não disputou as eleições de 2014. Com os dois deputados que tem hoje, não atingiria o mínimo previsto pela PEC)

A PEC prevê ainda que, a partir das eleições de 2022, a taxa mínima de votos apurados nacionalmente seja de 3%. Com isso, PSC e SD também entrariam na lista dos que ficariam sem funcionamento parlamentar.

Discussão
Durante o debate sobre a proposta, o líder da oposição no senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), disse ser a favor da cláusula de desempenho, mas votou contra o texto porque, para ele, os requisitos mínimos previstos na PEC são muito rigorosos e prejudicam partidos com forte embasamento ideológico, como PC do B, PSOL e Rede.

Autor da proposta ao lado de Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o senador Aécio Neves defendeu o texto e disse que, na Câmara, existe a possibilidade de os deputados flexibilizarem as regras.

“Existem no Brasil 35 partidos registrados hoje. Mais de 30 outros processos estão em curso no TSE para se constituírem novos partidos. Negar essa proposta é admitir que na política brasileira possamos ter disputando eleições 50, 60 legendas. Quero reiterar, que na Camara dos deputados há possibilidade de haver alguma flexibilização na proposta. Votar não a essa proposta é dizer que alguém possa governar com cinquenta legendas, isso é impossível”, afirmou Aécio.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Barreira cai em obra e funcionários ficam soterrados em João Pessoa

barreiraUm acidente em um canteiro de obras deixou três funcionários soterrados no início da tarde desta terça-feira (25) no bairro do Altiplano, em João Pessoa. Segundo informações do major Marcelo Lins, do Corpo de Bombeiros, eles estavam cavando um buraco de 10 metros de largura por 8 metros de profundidade, quando a barreira caiu sobre eles.

Até as 14h15, dois dos funcionários já haviam sido resgatado por equipes dos Bombeiros, ainda de acordo com informações do major Lins. Ainda não há informações sobre o estado de saúde deles.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

No local, está sendo construído um prédio da Vertical Engenharia. O gerente de obras da construtora, Jorge Saback, disse ao G1 que ainda não tem informações sobre como o acidente aconteceu porque ainda estava chegando ao local. Ele ainda informou que ia verificar o estado de saúde dos funcionários para determinar o que deve ser feito.

Blog de Batista Silva

Queda de barreira bloqueia parte da pista na PB 105 entre Bananeiras e Belém no Brejo paraibano

barreiraA queda de uma barreira parte dela com pedras interditou parte da pista  na PB 105, que faz a ligação entre os municípios de Bananeiras e  Belém no Brejo paraibano,  próximo ao distrito de Roma no município de Bananeiras . Segundo os engenheiros do Departamento de Estradas e Rodagens D.E.R, que administra a região e tem sede em Solânea , ninguém ficou ferido.

O acidente aconteceu na madrugada desta sexta feira não se tem o horário preciso do desabamento.  Técnicos foram enviados pelo governo do estado ao local para avaliar o impacto do deslizamento.  Parte de uma das faixas da PB 105 estava interditada passando apenas um veiculo por vez, durante toda manhã desta sexta feira dia (22), acreditasse que ainda na tarde desta sexta o transito  poderá ser utilizado pelos motoristas para descer a ladeira do moura normalmente.

 

diariodobrejo.com