Arquivo da tag: Bananeiras

Parceria entre a Casa do Empreendedor e Empreender Paraíba gera investimentos na economia local em Bananeiras

Na última quarta-feira (21), empreendedores de Bananeiras foram contemplados por novos e renovações de contratos pelo Empreender Paraíba. Cerca de R$ 99 mil reais investidos na micro economia local.

A parceria com a Casa do Empreendedor, primeira franquia pública do País vem gerando frutos e incentivando ao empreendedorismo local.

Com o intuito de fortalecer a economia do município através do apoio aos micros e pequenos empreendedores, foi criado um ambiente favorável a esses negócios, através da qualificação profissional, da desburocratização dos serviços, da facilitação do acesso ao crédito e à informação. Aplicando mais de R$ 2 milhões e 200 mil de recurso municipal, contemplando 700 micro empreendedores em diversos segmentos durante este tempo.

A Casa do Empreendedor tem dado a possibilidade de muitas pessoas se tornarem independentes e construírem seus negócios de forma sólida.

Em um período recente, Bananeiras pôde vivenciar avanços muito significativos, num município de realidade cada vez mais exigente tem-se que superar as adversidades, sobretudo as financeiras, para dar respostas rápidas e consistentes, sempre com o intuito de estimular a todos os empreendedores, sem distinção.

Portanto, apresentar um rol de soluções, investimentos e ações, nas diversas áreas da gestão, com impactos diretos e positivos na economia local se constitui num desafio cotidiano.

O programa avançou e desde a sua criação em 2013 até os dias atuais, lançou as bases para um crescimento sólido e modificando de forma muito positiva a vida das pessoas, sobretudo, das que mais precisam.

Ascom – PMB

 

 

Polícia Civil prende acusados de roubos a motocicletas em Bananeiras

A Polícia Civil da Paraíba, através de policiais da 21° Delegacia Seccional – Solânea, em ação realizada nesta quarta-feira (21), com apoio de uma guarnição da Polícia Militar, prendeu acusados de roubos a motocicletas na cidade de Bananeiras.

As prisões aconteceram na cidade de Solânea/PB, no conjunto Padre Leonardo, onde foi recuperada uma motocicleta roubada na data de ontem no Sítio Buraco em Bananeiras, uma HONDA BROSS, COR VERMELHA, PLACA  NPZ 4515, sendo esclarecido outros roubos ocorridos recentemente na zona rural de Bananeiras.

Foi preso o acusado de participar diretamente no assalto, Henrique Silva Santos, 18 anos, além de apreendido dois adolescentes envolvidos, B.F.V.D., com 15 anos e F.H.C.L., com 15 anos, sendo identificado um quarto participante nos roubos, Jhon Breno Vital da Silva, 18 anos.

 

Informações da Polícia Civil

 

 

Bananeiras, Casserengue e Solânea estão entre os 148 municípios em situação de emergência na PB por estiagem

O Governo da Paraíba decretou situação de emergência para 148 municípios da Paraíba devido à estiagem. De acordo com o decreto, publicado nesta sexta-feira (16), no Diário Oficial do Estado (DOE), a escassez da água persiste nas cidades indicadas, causando danos à subsistência e à saúde.

O decreto vale por 180 dias nas cidades afetadas pela estiagem. A situação de anormalidade é válida apenas para as áreas do município, comprovadamente afetados pelo desastre, de acordo com prova documental estabelecida pelo Formulário de Informação de Desastre (FIDE) e pelo croqui de áreas afetadas por município, que serão apresentadas em situação oportuna.

O texto do decreto esclarece que a estiagem prolongada tem gerado prejuízos importantes e significativos para atividades produtivas na Paraíba, principalmente para agricultura e pecuária. O período de estiagem comprometeu, ainda, a recarga dos mananciais em diversos municípios paraibanos, caracterizando desastre que existe ação do Poder Público para minimizar esses efeitos.

Neste caso, os municípios ficam dispensados de fazer licitações para contratos de aquisição de bens e serviços necessários às atividades de respostas ao desastre, locação de máquinas e equipamentos, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação do cenário do desastre.

O Poder Executiva também está autorizado a abrir crédito extraordinário para fazer diante da situação de estiagem.

G1

Bananeiras, encantos e paisagens nos seus 141 anos

Bananeiras, no Brejo Paraibano, comemora seus 141 anos de emancipação política nessa sexta-feira (16). Diante de tanta história que essa cidade possui, nada melhor do que contar um pouco sobre ela para vocês.

Cidade que possui belas paisagens, belas festas e uma arquitetura que agrada aos olhos de quem vê, Bananeiras ganha espaço no coração de quem a conhece. Em meio ao frio que proporciona por sua localidade, com 526 metros de altitude, a cidade consegue transmitir o calor acolhedor a quem a visita.

Com cerca de 21.210 pessoas e 257,753 km² de área territorial, a cidade possui três distritos: Roma, Tabuleiro e Vila Maia. Rodeada por serras, morros e chapadões que garantem passeios maravilhosos para quem gosta de aventura e diversão.

Bananeiras foi primeiramente produtora de cana-de-açúcar e depois de café. Em 1852, a produção cafeeira chegou a ser a maior da Paraíba e a segunda do Nordeste. Isto tornou a cidade uma das mais ricas daquela região, riqueza esta que é expressa na arquitetura de seus casarões. São mais de 80 casas catalogadas pelo IPHAEP, grande maioria desse patrimônio encontra-se em bom estado de conservação.

A Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento, é uma dessas belas arquiteturas antigas, durou 20 anos para ficar pronta e é uma das mais belas da Paraíba. É um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

E falando em nisso, outros pontos turísticos famosos da cidade são: O Túnel do Trem, construído em 1922 permitiu que a estrada de ferro chegasse a Bananeiras; O Cruzeiro de Roma, que surgiu em 1899 e é um local que transmite paz e fé para seus visitantes;

Cachoeira do Roncador, que fica situada exatamente no limite dos Municípios de Bananeiras e Borborema, no Sítio Angelim. Local onde se realiza diversas trilhas ecológicas e renova as energias após um belo banho. E por falar em banho, A Bica dos Cocos também é lugar certo entre os pontos turísticos. Um restaurante que proporciona descanso para seus visitantes, com redes espalhadas pelo ambiente. A Praça central, ponto de encontro na cidade, também é destaque, as “Bananas Forrozeiras”, simbolizam a fartura na produção de Banana e a sua maior festa popular, o São João.

Conhecido nacionalmente, como o Maior São João Pé de Serra do Mundo, traz a tradicionalidade do forró pé de serra como marca, o que conquistou o coração dos moradores e visitantes de outras cidades e estados. Por ser destaque na valorização da cultura e no turismo, integra a Rota Caminhos do Frio, festa que reúne cidades para valorizar o que há de melhor em cada uma delas. Outra grande festa da cidade é a Festa da Padroeira, Nossa Senhora do Livramento. Temos também o Festival da Banana, dias de atividade que comungam com os anos de história da cidade, comorando seu aniversário.

Bananeiras, atualmente, é reconhecida como uma cidade turística, seu potencial natural, cultural e arquitetônico destacou o município entre os demais na região do brejo. Com condomínios residenciais, campo de golfe, heliponto, tem conquistado turistas nacionais e estrangeiros.

Hoje o desenvolvimento se espalha por suas ruas, obras, serviços e a requalificação de boa parte do Centro Urbano fazem da cidade uma mistura de história e avanços.

Quem conhece a cidade se encanta, sempre volta, muitos até decidem ficar de vez. Uma tranquilidade, descanso e um frio acolhedor que só Bananeiras possui. Como diria Arthur Neto na canção que fez para a cidade, “Bananeiras flor, um éden que Deus criou.

Bananeiras flor, cidade do meu amor”.

Ascom-PMB

 

 

 

PB Agora/Datavox: Matheus Bezerra lidera disputa em Bananeiras; Guga Aragão é segundo; veja os números

A 30 dias da realização das eleições municipais, o candidato Matheus Bezerra, do MDB, aparece liderando a corrida eleitoral pela prefeitura de Bananeiras, com 49,5% das intenções de voto. Já Guga Aragão, do DEM, aparece em segundo lugar, com 29%.  Já o candidato José Baracho, do PT, pontuou com 1,5%.

Os números são resultado da pesquisa Datavox, – modalidade estimulada – contratada pelo portal PB Agora e divulgados nesta quinta-feira (15).

Na pesquisa, o número de indecisos atinge 15,2% dos entrevistados, já os que votariam branco ou nulo somam 4,8%.

DADOS DA PESQUISA

Data do Registro – 09 de outubro de 2020

Protocolo – PB-06115/2020 – TSE – TRE

Período de Campo – 09 de outubro de 2020

Número de entrevistados – 400

Margem de erro – 4,9% pontos percentuais para mais ou para menos

Margem de confiança – 95%

CONFIRA O GRÁFICO

 

PB Agora

 

Candidato a vereador pelo MDB em Bananeiras, doa para a própria campanha valores acima do patrimônio declarado

Pelo menos 84 candidatos na Paraíba registraram doações para a própria campanha em valor superior ao patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Do total, 81 declaram não ter qualquer patrimônio, apesar de terem colocado dinheiro na própria campanha.

O levantamento feito pelo G1 mostra ainda que as diferenças entre autodoação e patrimônio, na Paraíba, chegam a R$ 20 mil. As doações não são consideradas ilegais, mas levantam indícios de supostas irregularidades nas declarações de patrimônio dos candidatos.

A professora da PUC Minas Virtual e assessora jurídica no TSE Lara Ferreira lembra ainda que a resolução 23.609 de 2019 do TSE exige dos candidatos uma “relação atual de bens” – ou seja, a relação de bens existentes no momento do registro de candidaturas.

“A rigor, se ela tem dinheiro na poupança ou em investimentos, ela deveria ter relacionado esses recursos financeiros também no momento do registro de candidatura”, diz a professora. Ela lembra, porém, que o candidato pode “ter tido uma compreensão inadequada da norma” ou pode ter feito um empréstimo para colocar dinheiro na própria campanha, e que não necessariamente se trata de algo ilícito.

“Mas será um elemento que, com certeza, chamará a atenção na prestação de contas e que levantará questionamentos por parte da Justiça Eleitoral”, destaca.

O cientista político Bruno Schaefer, pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), afirma ainda que o patrimônio desses candidatos pode estar no nome da esposa ou do marido. Outra hipótese é que o candidato não tenha declarado todos os bens ou pode ter declarado o bem com valor abaixo da realidade.

Mais dinheiro do próprio bolso do que o patrimônio declarado: levantamento identificou 3.737 candidatos nessa situação; análise considera dados até esta terça-feira — Foto: Aparecido Gonçalves / G1

Mais dinheiro do próprio bolso do que o patrimônio declarado: levantamento identificou 3.737 candidatos nessa situação; análise considera dados até esta terça-feira — Foto: Aparecido Gonçalves / G1

Mais recursos do que patrimônio

O candidato André Gomes (PDT), que disputa a reeleição à Prefeitura de Boa Vista, doou R$ 20 mil do próprio bolso para a campanha. Ao mesmo tempo, André declarou não ter qualquer patrimônio. Em resposta ao G1, o candidato diz que o dinheiro é resultado de dois empréstimos, feitos à Caixa Econômica, como pessoa física: CDC automático e CDC salário.

O segundo candidato que fez a segunda maior doação para a campanha, mesmo sem ter declarado qualquer patrimônio, foi o candidato Aldo Cabral (PSD), que tenta a reeleição para o cargo de vereador, em Campina Grande. O candidato desembolsou R$ 11,5 mil.

Ao G1, Cabral explicou que a quantia investida está dentro do valor que pode ser doado, que equivale a 10% do total da renda recebida como vereador, nos últimos anos de mandado. De acordo com o candidato, ele poderia ter doado até R$ 13 mil.

O terceiro da lista que mais doou para a campanha, sem ter declarado qualquer patrimônio, foi o candidato a vereador de João Pessoa, Fernando Passos (Patriota). Segundo dados do TSE, Passos desembolsou R$ 4 mil. O G1 tentou contato com o candidato, mas até a publicação desta matéria não havia obtido resposta.

Candidatos que fizeram autodoação acima do patrimônio declarado

Doações de candidatos para a própria campanha acima do patrimônio declarado

Candidato Partido Cidade Autodoação Patrimônio declarado
ANDRÉ GOMES PDT BOA VISTA 20000 0
ALDO CABRAL PSD CAMPINA GRANDE 11500 0
FERNANDO PASSOS PATRIOTA JOÃO PESSOA 4000 0
JACKSON PEIXOTO PDT CRUZ DO ESPÍRITO SANTO 2900 0
GONÇALVES DE MANGABEIRA CIDADANIA JOÃO PESSOA 2800 0
FABRÍCIO SALES PP MAMANGUAPE 2500 0
ALEX LUCENA REPUBLICANOS CABEDELO 2128 0
FAUSTINO DEM NOVA FLORESTA 2550 445.31
DINHO AVANTE PB CABEDELO 2124
SANDRA COUTINHO PSB JOÃO PESSOA 2000 0
NICODEMOS COSTA MDB BANANEIRAS 1650 0
RISONETE MENDONÇA ADVOGADA PSDB SANTA RITA 1430 0
AMÉLIA FONSECA DEM UIRAÚNA 1200 0
EDIGLEY DE FRANCISQUINHA MDB MONTE HOREBE 1180 0
VALTER PAPEL PP PEDRO RÉGIS 1120 0
SOCORRO MARQUES PSB CONDE 1060 0
LUZIA TRAJANO PSC CAJAZEIRAS 1045 0
KADJA NASCIMENTO CIDADANIA MAMANGUAPE 1042 0
ADOLFO PL SERRA REDONDA 1030 0
ANDRE COUTINHO DEM CABEDELO 1000 0
MATHEUS DE GERALDÃO PSDB COREMAS 1000 0
VALTIERE MDB MONTE HOREBE 1000 0
HUMBERTO COLEGUINHA PSB CAJAZEIRAS 1000 0
JUCINÉRIO FÉLIX PSB CAJAZEIRAS 1000 0
PROFESSORA JUCY ARAÚJO CIDADANIA SUMÉ 1000 0
JOSINALDO CIDADANIA ITABAIANA 1000 0
NALDOCELL PSB CONDE 1000 0
JÔ DE DUDA PSD LAGOA DE DENTRO 1000 0
SUENYA ROSA PSB CASSERENGUE 1000 0
PEO DA GALINHA CIDADANIA RIO TINTO 1000 0
WELLINGTON DA PAZ AVANTE CABEDELO 1000 0
MILENA DINIZ PSB BONITO DE SANTA FÉ 995 0
AURELIO DE CONSTATINO CIDADANIA BERNARDINO BATISTA 900 0
DAGMANDO CIDADANIA CUITÉ 890 0
JARDEL DA CIDADANIA CIDADANIA JOÃO PESSOA 870 0
LUCIANO BARROS CIDADANIA AREIAL 830 0
PRETINHA CIDADANIA BERNARDINO BATISTA 820 0
GERVASIO DE GERSON CIDADANIA BERNARDINO BATISTA 800 0
CRISTINA DA SAUDE REDE LAGOA SECA 800 0
BIA DA PESCA PDT COREMAS 800 0
GABI BRITO PL SANTA RITA 795 0
VAL DE CURRALINHO DEM ITAPOROROCA 720 0
CHIQUINHO PDT MOGEIRO 704 0
AÑGELA CEIA PSDB GADO BRAVO 700 0
GIDEVAL PSB BARAÚNA 700 0
ANTONIO CARLOS SARMENTO CIDADANIA SUMÉ 670 0
CARLINHOS FILHO DEM DUAS ESTRADAS 645 0
JANAINA MENDES PSDB SÃO MIGUEL DE TAIPU 500 0
DINHO PDT GURINHÉM 500 0
CHICO PESSOA CIDADANIA ARAÇAGI 500 0
DEDÉ FLORÊNCIO PSDB SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA 500 0
ALANA FIALHO CIDADANIA CUITÉ 450 0
EUZA DE CICINHO MDB COREMAS 450 0
CICINHO DE JOANINHA MDB COREMAS 450 0
AQUILLIS DE TATÁ PSC ALAGOA GRANDE 422 0
FERNANDO SOBRINHO DEM CABEDELO 400 0
BRANCA SOLIDARIEDADE POÇO DANTAS 400 0
ADILEUZA ALMEIDA SOLIDARIEDADE POÇO DANTAS 400 0
TOINHA DE MACIAL SOLIDARIEDADE POÇO DANTAS 400 0
DEDÉ DE MOISÉS SOLIDARIEDADE POÇO DANTAS 400 0
LUIZ RICARDO PODE CAMPINA GRANDE 400 0
ORESTES MDB DUAS ESTRADAS 400 0
ALEX DEM RIO TINTO 360 0
ZE CANDIDO PP SANTA HELENA 320 0
DIRA CORREIA PP SANTA HELENA 320 0
ASSIDIA SOARES PP SANTA HELENA 320 0
FERNANDO ROLIM PP SANTA HELENA 320 0
PINGA PP SANTA HELENA 320 0
CILDO PARNAÍBA PP SANTA HELENA 320 0
SUDA PP SANTA HELENA 320 0
ELENILZA SOARES PP SANTA HELENA 320 0
DR ADAILTON DEM REMÍGIO 300 0
RENATO DO CARIUS CIDADANIA CAMPINA GRANDE 260 0
PASTOR SERGIO LOURENÇO PSC CONDE 220 0
PAULA DE GU PSD SÃO VICENTE DO SERIDÓ 200 0
FATIMA DE MATA LIMPA PSC AREIA 192 0
JANILSON HASTEG DEM DUAS ESTRADAS 160 0
SARGENTO CALDAS PSB JOÃO PESSOA 150 0
DIEGO GOMES CIDADANIA SOSSÊGO 950 800
LEANDRO SALES CIDADANIA FAGUNDES 130 0
PIERRY PL NOVA PALMEIRA 100 0
CLEITON REPUBLICANOS SOLEDADE 100 0
DR ANDRÉ PDT CABEDELO 100 0.01
JOSIAS VIANA CIDADANIA BAÍA DA TRAIÇÃO 10.45 0
G1

 

PB Agora/Datavox divulga nesta quinta números da corrida eleitoral em Bananeiras

O portal PB Agora, em parceria com o Instituto Datavox, divulga nesta quinta-feira (15) os números da corrida eleitoral na cidade de Bananeiras, no Brejo paraibano. Os resultados das pesquisas apresentam a aferição da corrida eleitoral no município faltando exatos 30 dias para realização do pleito eleitoral.

A pesquisa Datavox para a cidade de Bananeiras foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral no dia 09 de outubro de 2020 com o Protocolo PB-06115/2020 – TSE – TRE. As entrevistas foram realizadas no mesmo dia e ouviu 400 pessoas com mais de 16 anos.

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 4,9% pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados.

Na pesquisa, os entrevistados foram questionados sobre ’em quem votariam para prefeito de Bananeiras entre os candidatos Matheus Bezerra, Guga Aragão e José Baracho.

Dentre os candidatos apresentados, também foi questionado aos entrevistados em quem eles não votariam.

O portal PB Agora é o primeiro no segmento internet a trazer os números da pesquisa eleitoral na cidade.

 

PB Agora

 

 

Justiça ratifica lisura de pesquisas Datavox em Pedras de Fogo, Bananeiras e Patos

Os juízes responsáveis pelas zonas eleitorais de Pedras e Fogo, Bananeiras e Patos rejeitaram as representações contra as pesquisas divulgadas pela Datavox Pesquisa de Opinião e ratificaram a lisura dos números aferidos e divulgados pelo Instituto nos últimos dias através do portal PB Agora.

Em Pedras de Fogo, a juíza Higyna Jositas S. de Almeida responsável pela 44ª Zona Eleitoral ressaltou, em sua decisão, que o método empregado na ponderação era questão de ordem subjetiva que não podia ser levada em consideração para proibir a divulgação da pesquisa, uma das teses que era questionada pela Coligação do candidato Lucas Romão (Cidadania) e que acabou sendo julgada improcedente. “Não há que se perquirir se este ou aquele método amostral ou de ponderação é justo ou não”, diz a decisão.

Na cidade de Bananeiras, o juiz Jailson Shizue Suassuna responsável pela 14ª Zona Eleitoral também ressaltou que não vislumbrava a ocorrência de indícios de fraude ou erro na realização das pesquisas em questão, sendo as alegações do representante incapazes de macular a pesquisa eleitoral em foco, haja vista que estes são aspectos secundários que não interferiram na intenção de votos dos pesquisados, ficando, na espécie, reservado pelo pesquisador ao plano interno.

“Em outras palavras, a princípio, entendo que a pesquisa prestigiou a publicação da vontade de voto, segundo os aspectos de gênero, idade, escolaridade e faixa de renda para todos os candidatos”, destaca a sentença.

Já na cidade de Patos, a juíza Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda, responsável pela 28ª Zona Eleitoral também indeferiu a Tutela Antecipada Pretendida pela Coligação Pra Devolver Patos a Seu Povo e ressaltou inexistir irregularidade quanto ao registro da pesquisa junto ao Tribunal Superior Eleitoral.

VEJA SENTENÇAS

SENTENÇA PEDRAS DE FOGO

SENTENÇA BANANEIRAS

SETENÇA PATOS

Em nota, a assessoria jurídica do Instituto destacou que as decisões favoráveis só comprovam a regularidade e os acertos dos estudos, sempre cumprindo fielmente a legislação.

CONFIRA

NOTA INSTITUTO DATA VOX

DATAVOX PESQUISA DE OPINIÃO PUBLICA E ESTATISTICA LTDA, através da sua Assessoria Jurídica, diante das várias decisões judiciais favoráveis à divulgação das suas pesquisas eleitorais registradas neste pleito de 2020 no portal do TSE em diversas cidades da Paraíba e Estado de Pernambuco que confirmou em diversos casos a regularidade e acertos dos nossos estudos, e como é de costume, vem a público ratificar o seu fiel cumprimento a Lei e a melhor técnica da Ciência Estatística, asseverando que sempre esteve e sempre estará pautada em trabalho sério e de acordo com a melhor metodologia de estudos científicos em todos os campos de consultas populares conforme prescreve a Lei Federal 4.739/65 , Lei 9504/97 e a resolução 23.600/19 do TSE.

Atenciosamente ,

DATAVOX PESQUISA DE OPINIÃO PUBLICA E ESTATISTICA LTDA

 

PB Agora

 

 

Justiça proíbe comícios e carreatas em Bananeiras e mais quatro municípios 

A Justiça Eleitoral proibiu a realização de comícios, carreatas, passeatas e eventos eleitorais com aglomeração em Bananeiras, Dona Inês, Belém, Caiçara e Logradouro.

Eventos em que não haja grandes aglomerações, como reuniões, palestras, visitas, inauguração de comitês, encontros com moradores, adesivagem e outros eventos semelhantes, deverão seguir o protocolo de retomada decretado pelo governo estadual (https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/coronavirus/arquivos/as-eleicoes-municipais-2020-1.pdf), adotando regras rígidas para o distanciamento social, higiene pessoa; limpeza e higienização do ambiente, uso de alcool 70%, a obrigatoriedade do

uso de máscaras, comunicação e monitoramento das condições de saúde, dentre outras ações para evitar o contato entre indivíduos. Se

Quem descumprir a determinação estará sujeito a multa de R$ 50.000,00 para cada ato.

 

Assessoria

Bananeiras: Em menos de um ano, produtores reconhecem avanços com ATeG do Senar

Rubens Fernandes (presidente do Sindicato), Pedro Dália (produtor rural) e Erick Paiva (técnico de campo)

“Desde que a assistência técnica do Senar chegou, nós só tivemos melhorias na nossa propriedade”, esse é o relato de Pedro Simões Dália. O produtor é responsável pela administração da propriedade da família, a Fazenda Riacho Grande, no município de Bananeiras, no Brejo paraibano.

Desde março deste ano, ele é atendido pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar, dentro do programa Agronordeste, na cadeia da bovinocultura de corte. O trabalho é resultado da parceria entre o Sistema Faepa/Senar-PB com o Ministério da Agricultura, a Anater e outras instituições.

Entre os avanços que já são visíveis na fazenda estão mudanças no manejo. Pedro destacou a implantação de pasto, a adoção da prática de pastejo rotacionado, entre outras iniciativas.

“Hoje nós não sofremos mais com a seca porque fizemos a implementação da silagem. Também trabalhamos com a inseminação artificial para melhoria da genética do nosso gado Nelore. A nossa região estava precisando de um trabalho assim e agradeço ao Senar pela experiência”, comentou.

A metodologia da ATeG prevê o diagnóstico produtivo como primeira fase do trabalho. Foi justamente nessa fase que o técnico de campo Erick Paiva identificou vários pontos que poderiam ser melhorados na Fazenda.

“Com o passar do tempo conseguimos organizar um calendário de desvermifurgação dos animais, também organizamos uma estação de monta, porque tinha animais parindo durante todo o ano. Esse manejo para que animais parissem numa época de melhor oferta de alimento, consequentemente os bezerros são apartados mais pesados e numa época de melhor preço”, explicou o técnico sobre outros pontos que foram trabalhos na propriedade.

A Fazenda Riacho Grande é apenas uma das cerca de 30 atendidas pela ATeG/Agronordeste na região de Guarabira. Para o presidente do Sindicato Rural da cidade, Rubens Fernandes, o reconhecimento é encorajador.

“Ficamos imensamente satisfeitos, enquanto representantes do produtor, ao ouvir um depoimento como esse, dada a importância que a ATeG tem para a nossa região”, afirmou.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB