Arquivo da tag: atacante

Botafogo-PB goleia o Nacional de Patos com direito a hat-trick de atacante argentino, na primeira partida sem Evaristo Piza

O Botafogo-PB fez a primeira partida sem o técnico Evaristo Piza, demitido ao longo da semana, neste domingo (15), contra o Nacional de Patos, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo atrasado da 7ª rodada do Campeonato Paraibano. Com o ex-atacante Warley no comando da equipe, o Belo não tomou conhecimento do adversário e aplicou uma goleada de 4 a 1 sobre o Canário do Sertão.

O destaque da partida foi o atacante Lucas Simón, que entrou em campo aos 35 minutos do primeiro tempo, marcando três gols. O hat-trick aumentou a moral do argentino que caiu de vez nas graças da torcida. O atacante Lohan também marcou para o Botafogo-PB, Logan. O gol do Nacional de Patos foi de Rafael Tchuca.

PRIMEIRO TEMPO

O Botafogo-PB entrou com tudo na partida e abriu o placar logo aos 3 minutos do primeiro tempo, com o atacante Lohan. Em jogada trabalhada pela esquerda, a zaga do Nacional afastou mal a investida de Dico, a bola voltou para o lateral esquerdo Mário, que cruzou para a cabeçada certeira do camisa 9 do Belo.

O Belo seguiu na pressão, mas acabou dando espaço para o Canário do Sertão, que conseguiu o empate. Aos 15 minutos a bola foi alçada na área do Botafogo-PB, a zaga não conseguiu afastá-la, o capitão Rafael Tchuca pegou a sobra e chutou rasteiro, no canto esquerdo do goleirão Felipe.

Após sofrer o primeiro gol e conseguir o empate, o Nacional de Patos saiu um pouco mais para o jogo, mas o Botafogo-PB era melhor na partida, dominando as principais zonas adversárias.  Aos 30 minutos, quase o segundo do Belo, Dico recebeu de Pimentinha e tocou na saída do goleiro Danilo. A bola passa raspando a trave.

Aos 34′, a mexida que mudaria os rumos da partida. Lohan sentiu dores na coxa direita e deu lugar a Lucas Simón. O atacante argentino entrou em campo com faro de gol e conseguiu marcar três minutos depois. Ele aproveitou a sobra após bate-rebate na área do Nacional de Patos e empurrou a bola para o fundo do gol. O Belo desempatava o placar.

O Belo cresceu na partida, aos 40 minutos Cássio Gabriel tentou marcar um golaço por cobertura, mas tocou um pouco mais forte na bola e mandou para fora.

SEGUNDO TEMPO

O Botafogo-PB voltou com tudo do intervalo. Logo no primeiro minuto da etapa complementar, Lucas Simón marcou o terceiro da equipe e o seu segundo na partida. Em jogada trabalhada pelo lado direito, pimentinha recebeu passe de Everton Heleno, entrou livre na área e cruzou para o atacante deslocar o goleiro do Nacional de Patos e empurrar a bola para o fundo do gol.

Jogadores comemoraram muito o resultado (@Botafogopb)

Aos 17 minutos, mais uma boa jogada do Belo. O lateral Mário fez lançamento em profundidade para Lucas Simón, que tentou a finalização, mas foi interceptado por Carlão, do Nacional, que evitou o que seria o terceiro gol da equipe da casa.

Aos 22′, o meia Cássio Gabriel tocou para Pimentinha, que finalizou. O goleiro Danilo fez grande defesa, Pimentinha aproveitou o rebote e chutou de novo, mas a zaga nacionalina salvou em cima da linha.

Aos 44′, o golpe de misericórdia na equipe do Sertão. Lucas Simón pegou a sobra e marcou um golaço. Foi o seu terceiro na partida, decretando números finais a goleada de 4 a 1 para a equipe do Botafogo-PB.

TABELA

A vitória deixa o Botafogo-PB na terceira colocação do Grupo A, com 14 pontos, dois atrás do Treze e quatro atrás do Atlético-PB. O Belo tem dois jogos a menos que os demais. A derrota custou caro ao Nacional de Patos, que permaneceu com cinco pontos e passou a figurar na lanterna do Grupo B, do Campeonato Paraibano.

 

Portal WSCOM

 

 

Atlético-MG confirma acerto com atacante Ricardo Oliveira até fim de 2019

O Atlético-MG anunciou a contratação do atacante Ricardo Oliveira nesta quinta-feira. O jogador acertou por duas temporadas. Segundo o clube, o contrato só será efetivado após a aprovação nos exames médicos.

Ricardo Oliveira marcou 12 gols em 40 jogos pelo Santos em 2017 (Foto: Marcos Ribolli)

Ricardo Oliveira marcou 12 gols em 40 jogos pelo Santos em 2017 (Foto: Marcos Ribolli)

Aos 37 anos, Ricardo Oliveira soma 40 jogos na temporada e 12 gols. O camisa 9 ainda deu duas assistências. Nessa quarta-feira, ele divulgou uma mensagem de despedida para o Santos, clube que o acolheu nas últimas temporadas.

A chegada de Ricardo Oliveira pode sinalizar a saída de Fred. Nos bastidores do Galo, o clube comenta que ainda não há definição sobre a situação do atacante, mas que em alguns dias devem acontecer novidades. A questão financeira é a principal causa da possível negociação de Fred com o Flamengo.

Concorrência do rival

Para fechar com Ricardo Oliveira, o Atlético-MG venceu a concorrência do arquirrival Cruzeiro e de outras equipes do Brasil. Segundo fontes ligadas à negociação, o jogador era uma opção de ataque da Raposa, que busca um centroavante.

Antes de fechar o acordo, na última terça-feira, o representante Augusto Castro disse que a opção do atacante seria o Atlético-MG por conta da boa relação do goleador com o técnico Oswaldo de Oliveira.

GE

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Atacante desencanta, Sidão salva e São Paulo deixa zona de queda

Após oito rodadas consecutivas de agonia, o São Paulo finalmente respira fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com o apoio de mais de 40 mil torcedores, no Morumbi, o time treinado por Dorival Júnior, longe de fazer uma grande partida, jogou para o gasto e derrotou, de forma dramática, o Sport, rival direto na luta contra a degola, por 1 a 0, na ensolarada tarde deste domingo.

Com o gol de Marcos Guilherme – o primeiro dele na casa tricolor -, e as defesas salvadoras de Sidão nos acréscimos da partida, o São Paulo chegou aos 31 pontos, alçou quatro postos na tabela de classificação e agora ocupa o 13º lugar, a 12 rodadas para o término do torneio nacional. O Sport de Vanderlei Luxemburgo, por sua vez, perdeu duas posições e agora flerta mais de perto com o rebaixamento, ocupando a 16ª colocação, com 30 pontos.

Em função da última rodada dupla das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, ambas as equipes terão bastante tempo de preparação para a sequência do Brasileiro. Em 11 de outubro, uma quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o São Paulo visitará o Atlético-MG, no Independência. No dia seguinte, a partir das 17 horas, o Sport enfrentará o Vitória, no Barradão.

O jogo ainda marcou a despedida do São Paulo com o Morumbi. O estádio será palco dos shows da banda irlandesa U2 e do cantor norte-americano Bruno Mars, em outubro e novembro. O time, portanto, fará cinco partidas como mandante no Pacaembu, antes de voltar à sua casa na última rodada, em 3 de dezembro, diante do Bahia.

O jogo – O Sport começou ligeiramente melhor, ocupando o campo de defesa adversário. Com a marcação alta, os visitantes dificultavam a saída de bola do São Paulo, que passou a apelar para os lançamentos longos. O time da casa, porém, chegou com relativo perigo aos dez minutos, quando Cueva fez boa jogada pelo meio e passou para Lucas Fernandes na esquerda. O garoto cortou a marcação e chutou cruzado, exigindo boa defesa de Magrão.

A resposta dos pernambucanos veio pouco depois, aos 20 minutos: Anselmo avançou pela intermediária sem encontrar resistência na marcação, percebeu Sidão adiantado e arriscou de longe. Com a ponta dos dedos, o goleiro conseguiu desviar a bola, que bateu no travessão em seguida. Aos 28, Lucas Fernandes deixou Marcos Guilherme na cara do gol, mas Magrão cresceu para cima do são-paulino e defendeu.

O jovem meia-atacante, contudo, se redimiu sete minutos depois. Após Hernanes recuperar a bola caído no gramado, Edimar cruzou na área e a zaga rubro-negra afastou parcialmente. No rebote, Marcos Guilherme teve tempo de dominar e bater com a bola pingando, sem chances para Magrão.

Em busca do empate, o técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu a entrada do atacante Osvaldo, ex-São Paulo, no lugar do lateral Sander. E, de fato, o Sport voltou mais agressivo, especialmente pela esquerda. Aos dez minutos, Rogério cruzou daquele setor, a bola atravessou toda a área tricolor e ia de encontro a André quando Rodrigo Caio apareceu para fazer o corte salvador.

Com apenas Pratto na frente, o São Paulo recuou de forma exagerada e chamou o Sport para o seu campo de defesa. Na tentativa de dar velocidade aos contra-ataques, Dorival Júnior tirou Lucas Fernandes e Cueva para colocar Marcinho e Shaylon, respectivamente.

Este último, inclusive, perdeu gol praticamente feito aos 37 minutos, após grande jogada do centroavante argentino na linha de fundo. Nos acréscimos, Sidão virou o herói da vitória são-paulina fazendo duas defesas de cabeçadas à queima roupa, encerrando a partida no Morumbi de forma dramática.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 0 SPORTLocal: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 1º de outubro de 2017, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS-FIFA)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS-CBF) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS-CBF)

Público: 43.071 pagantes

Renda: R$ 1.065.285,00

Cartão Amarelo: Sander e Rithely (Sport)

Cartão Vermelho: –

Gol:

SÃO PAULO: 

Marcos Guilherme, aos 35 minutos do primeiro tempoSÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme (Jonatan Gomez), Hernanes, Cueva (Shaylon) e Lucas Fernandes (Marcinho); Lucas Pratto

Técnico: Dorival Júnior

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Henríquez e Sander (Osvaldo); Anselmo (Thomás), Rithely e Wesley; Rogério (Thallyson), Mena e André

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

 

Gazeta Esportiva

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Atacante Jobson é detido no Pará por dirigir embriagado e resistir à prisão

 (Foto: Gustavo Rotstein)
(Foto: Gustavo Rotstein)

Jobson, ex-atacante do Botafogo, foi detido em Conceição do Araguaia, sua cidade de nascimento, no sul do Pará, na madrugada de sexta-feira, por dirigir seu veículo embriagado – seguido de resistência à prisão e desacato. De acordo com o delegado Pedro Henrique Cunha de Andrade, da polícia civil do município, o jogador foi liberado neste sábado, por volta das 14h. Passou, portanto, duas noites preso – de quinta para sexta e de sexta para sábado.

De acordo com a Polícia, o atleta fugiu ao ser abordado por policiais. Ele tentou se esconder dentro de casa, onde ocorreu a prisão, segundo o delegado. Estava sob efeito de álcool.

– Segundo os policiais militares que efetuaram a prisão, ele fugiu pela cidade. Deram voz de ele parar mais de uma vez, mas ele continuou indo em direção à casa dele. Quando desceu do carro, foi para dentro de casa, e a família tentou protegê-lo, fazer com que ele não fosse preso. Um policial teve a mão cortada, e o Jobson também teve pequenas escoriações – relatou Andrade.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Jobson ganhou liberdade depois de pagar dois salários mínimos de fiança. Por ter resistido à prisão, ele teve que ser algemado. Chegou à delegacia assim. Agora, serão feitos os procedimentos legais para que ele vá a julgamento pelos delitos cometidos. Enquanto isso, seguirá em liberdade.

A Polícia local diz que Jobson pediu para não ser fotografado preso. E que a solicitação foi atendida, evitando sua exposição pública, já que ele é uma figura muito conhecida na cidade – por sua fama como jogador. Mesmo assim, imagens dele, vestindo apenas uma bermuda, com os braços para trás, circularam pela internet. Seriam do momento da prisão. Surgiram rumores de que ele teria sido preso por envolvimento com drogas. Mas os boatos não se confirmaram.

Jobson está suspenso do futebol por quatro anos. Ele se recusou a fazer um exame antidoping no dia 25 de março de 2014, quando jogava no Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Inicialmente, houve uma dúvida sobre a punição ser válida apenas no país ou ter efeito internacional. A Fifa acabou confirmando que a validade era mundial.

Com isso, ele foi proibido até de frequentar as dependências do Botafogo. Não podia treinar. O clube tentou fazer com que ele pudesse ir ao vestiário na final do Campeonato Carioca, mas não conseguiu liberação.

Jobson Leandro Pereira de Oliveira tem 27 anos. Ele estreou pelo Botafogo em 27 de setembro de 2009, em derrota de 3 a 1 para o Vitória. Naquele mesmo ano, foi fundamental para evitar o rebaixamento alvinegro no Brasileirão. Mas caiu no antidoping, sob acusação de usar cocaína. Em depoimento no STJD, disse ter consumido crack.

Envolvido em polêmicas e casos de indisciplina, ele jamais conseguiu se firmar no Botafogo. Foi cedido a clubes como Bahia, Atlético-MG, Barueri e São Caetano, até passar pela Arábia Saudita e ter novo retorno ao Botafogo. Foi utilizado na reta final do Brasileirão do ano passado, mas desta vez incapaz de evitar o rebaixamento do clube onde brilhara cinco anos antes.

 

Globoesporte.com

Atacante paraibano se despede do futebol e leva mais de 40 mil torcedores a estádio da Alemanha neste sábado

torcidaO atacante paraibano Aílton,que fez sucesso no futebol alemão, se despediu dos gramados  oficialmente neste sábado numa emocionante festa organizada pelo Werder Bremen. O atacante de 41 anos arrastou 40 mil torcedores ao Weserstadion, na Alemanha, palco onde brilhou na última década, para uma partida amistosa. Jogaram o time de 2003/2004, que conquistou o Campeonato Alemão, e as estrelas de Aílton, que contou obviamente com o paraibano, natural de Mogeiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mesmo visivelmente acima do peso, ele marcou três gols na vitória por 8 a 4 e chorou ao apito final. Participaram da festa nomes como Paulo Sergio, Élber, Naldo, Diego, Mineiro, Claudio Pizarro, Torsten Frings e o ex-goleiro Tim Wiese, que deixou a profissão para cuidar do corpo – ficou famoso em seu país por ganhar músculos de fisiculturista.

– Este clube e este time vão ficar para sempre no meu coração. Quero agradecer ao time da temporada 2003/2004, mas especialmente ao técnico Thomas Schaaf. Eu tenho um pai lá no Brasil e um segundo pai aqui na Alemanha – disse.

Aílton atuou por seis temporadas no Werder Bremen, mas a de 2003/2004 é inigualável. Ele marcou 28 gols apenas na Bundesliga e se sagrou artilheiro, campeão e também o melhor jogador em atividade no país. A equipe também ergueu a Copa da Alemanha (feito que já havia sido conquistado em 1999). Desde então, ele rodou por 14 clubes entre Brasil, Europa e Ásia até decidir encerrar a carreira.

Em 2009, o paraibano atuou pela equipe do Campinense.

– Joguei em muitos clubes, mas no meu coração só tem um: o Werder Bremen – encerrou.

MaisPB com G1

Atacante Hulk nega processo contra o Campinense

hulkO atacante Hulk negou, nesta sexta-feira (09), durante entrevista ao Programa Correio Debate da 98 FM, que esteja movendo processo contra o Campinense, pelo clube ter recebido dinheiro, como clube formador, na transação de sua venda do Porto, de Portugal, para o Zenit, da Rússia.

Ele confirmou que realmente nunca jogou no Campinense, nem em nenhum outro clube da Paraíba, mas ressaltou que nunca moveu nenhum processo contra a Raposa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Todos os clubes dos quais participei até 23 anos tem direito a uma porcentagem na venda do meu passe. Mas, Infelizmente não joguei no Campinense, no Treze, no Botafogo, enfim, não joguei na Paraíba. Gostaria de ter jogado, quem sabe no futuro. Mas, não sei do que se tratar, nunca entrei contra o Campinense na Justiça”, afirmou.

O atacante acrescentou que ficou sabendo que alguma pessoa do clube, que não conhece, teria dito que ele moveu esta ação. “Fiquei muito chateado com uma pessoa vim falar sem saber do que estava falando. Fico triste quando uma pessoa que não me conhece fala de mim. Mas, nunca entrei na Justiça contra o Campinense. Pelo contrário, torço pelo futebol paraibano”, ratificou.

MaisPB

Vasco confirma acerto com meia-atacante Lucas Crispim

O Vasco confirmou, na manhã desta quarta-feira, através de seu site oficial, a contratação do meia-atacante Lucas Crispim. Revelado na base do Santos, o jogador de 19 anos (completa 20 no dia 19 de junho), ficará no clube por empréstimo até o fim do ano, com opção de compra ao término do acordo. O Vasco não divulgou detalhes sobre a apresentação do reforço, que deve acontecer até o fim desta semana.

Lucas Crispim chegou ao Rio nessa terça-feira e apareceu ao lado de outros recém-chegados do Vasco, Rafael Silva e Anderson Salles, em um jantar. O encontro foi registrado pelo empresário Gustavo Carmo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Lucas Crispim vasco   (Foto: Marcelo Sadio/Vasco da Gama)Lucas Crispim posa com a camisa cruz-maltina para o site oficial do clube  (Foto: Marcelo Sadio/Vasco da Gama)

Menino da Vila, Crispim ainda não atuou profissionalmente e ficou conhecido pelo relacionamento que teve com a irmã de Neymar, Rafaella. O jovem pertence à empresa Think Ball, que também levou o meia Douglas ao Vasco, e tem contrato com o Santos até dezembro de 2016. Ele está no Peixe desde 2007. Há três anos, o garoto rejeitou oferta para jogar no Genoa, da Itália.

No Vasco, Crispim também vai lutar para aparecer no elenco. O meio de campo vascaíno tem Douglas, como titular absoluto, Dakson como reserva imediato e o colombiano Montoya, que também disputa posição no ataque. Crispim também atua pelas pontas, o que se torna uma alternativa a mais para o esquema com três atacantes do técnico Adilson Batista.

Confira a ficha do jogador:

Nome completo: Lucas de Figueiredo Crispim
Nascimento: 19/06/1994
Naturalidade: Brasília (DF)
Altura: 1,78m
Clubes:
2005: Genoma Colorado/Internacional-RS (DF)
2006: CFZ-DF
2007: Santos
Títulos:
2008: IV Copa Saudade Sub-15
2009: Copa Ouro Sub-15, Copa Nacional (Sub-15) e Campeonato Paulista (Sub-15)
2010: Campeonato Paulista Sub-17 2012: Jogos da Juventude Sub-18, Jogos Regionais Sub-18 e Campeonato Paulista Sub-20
2013: Copa São Paulo de Futebol Júnior

 

 

Por 

Vasco acerta o empréstimo do atacante André, do Santos

Com o fim do Campeonato Paulista, neste domingo, o atacante André vai mudar de ares. O jogador, que foi vice-campeão com o Santos, já tem acertado seu empréstimo para o Vasco. Internamente, as diretorias dos dois clubes tratam o acordo como selado. O anúncio oficial deve ser feito ainda no início desta semana, possivelmente a tempo de inscrevê-lo para a estreia no Brasileirão, sábado, contra a Portuguesa, em São Januário.

O jogador vai assinar contrato com o Vasco até o fim do ano. Dono de 75% dos direitos econômicos, o Atlético-MG havia emprestado o jogador ao Peixe, que mantém seus 25%, também até o fim de 2013. O desempenho, entretanto, não agradou ao clube paulista, que vai oficializar nos próximos dias as contratações dos também atacantes Henrique, que estava no Mogi Mirim, e Willian José, do Grêmio. O Santos avalia que vai gastar menos com os salários dos novos contratados do que pagava somente por André.

André santos corinthians paulistão (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)André fez na final do Paulistão sua última partida pelo Peixe (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Para o Vasco, a chegada do atacante é encarada como reforço importante para o restante da temporada. O setor tem no momento como titulares Tenorio, que tem feito gols, mas conta com histórico de lesões, e Eder Luis, que não atravessa boa fase. Além deles, Edmílson, que chegou recentemente do futebol japonês, Leonardo, que passou praticamente todo o semestre machucado, e Thiaguinho compõem o banco. André anotou seis gols na atual edição do Paulistão. O artilheiro foi William, da Ponte Preta, com 13 gols marcados.

Vasco tem mais nomes encaminhados

Nesta terça-feira, o diretor de futebol vascaíno, René Simões, tem reunião marcada com a diretoria do Cruzeiro. Os clubes devem definir quais e quantos jogadores do time mineiro serão emprestados, ainda pela negociação de venda do zagueiro Dedé para o vice-campeão de Minas Gerais. O nome do atacante Wellington Paulista está entre os mais cotados, já que teve a aprovação do técnico Paulo Autuori. Mas há um problema: a janela de transferências faria com que o jogador só pudesse atuar pelo Vasco em agosto (ele retornaria de passagem por empréstimo ao West Ham, da Inglaterra). Do acordo podem sair de um a quatro atletas.

Para a zaga, setor no qual o clube só conta com três jogadores atualmente (Renato Silva, Luan e Jomar), o Vasco deve fechar com o zagueiro Rafael Vaz, campeão cearense pelo Ceará. O time do Nordeste pedia uma compensação financeira de cerca de R$ 500 mil, enquanto os cariocas tentavam incluir jogadores na transação. Apesar do imbróglio quanto à forma do negócio, a diretoria do Vasco deve anunciar a contratação do zagueiro esta semana.

 

 

Globoesporte.com

Atacante desencanta após jejum de 83 jogos, Fluminense vence e elimina Fla

O Fluminense conseguiu uma importante vitória neste sábado, pela Taça Rio. Fora de casa, o time tricolor bateu o Resende por 2 a 0, ficou mais perto da classificação para a semifinal e ainda eliminou o rival Flamengo. Mas tudo isso foi ofuscado pelo autor do segundo gol: o atacante Rhayner quebrou jejum de 83 jogos, já que voltou a balançar a rede quase sem querer e fez a festa do elenco tricolor.

 

O lance redentor do atacante aconteceu aos 14min do segundo tempo, quando o Fluminense já tinha aberto o placar com Michael – o jovem entrou no lugar de Fred, machucado. Rhayner avançou pela ponta direita, tentou cruzar, mas após desvios no zagueiro e no goleiro, a bola entrou e fez o Fluminense explodir em comemorações. O gol deixou o Fluminense com 13 pontos, em primeiro lugar do Grupo B. Já o Resende estacionou com 12, mas dificilmente perderá o segundo lugar, já que tem oito pontos a mais do que os times que podem alcancá-lo, Audax e Boavista.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mas a vitória não foi tão fácil para o Fluminense, pois o Resende mostrou porque tem feito boa campanha no Carioca. Já aos 7min, Kim cobrou falta que acertou o travessão defendido por Diego Cavalieri. Pouco antes, outra preocupação já tinha atingido o time tricolor, já que Fred saiu de jogo machucado e foi substituído pelo jovem Michael.

 

O Resende ainda teve outra boa chance aos 24min, quando Dudu fez jogada individual e só não marcou porque Cavalieri fez difícil defesa. A única boa chance do Fluminense na primeira etapa saiu dos pés de Wagner, que aplicou um corte na área, chutou de direita e deu trabalho para o goleiro Mauro.

 

Rhayner tentou cruzar, mas contou com desvios para quebrar seu quase inacreditável tabu Foto: Photocamera / Divulgação
Rhayner tentou cruzar, mas contou com desvios para quebrar seu quase inacreditável tabu
Foto: Photocamera / Divulgação

Porém, o que era um problema virou solução: substituto do lesionado Fred, o promissor Michael subiu mais alto que a defesa do Resende e acertou um cabeceio forte para abrir o placar aos 7min do segundo tempo.

 

O gol fez o Resende ir para o ataque e, por consequência, criou a oportunidade para que Rhayner acabasse com seu inacreditável jejum. Ele marcou seu primeiro gol desde 2011, quando ainda jogava pelo Grêmio Prudente pelo Campeonato Paulista. Depois disso, ele ainda passou pelo Náutico, foi contratado pelo Fluminense e chegou a errar dois pênaltis nesta temporada, antes de enfim comemorar o gol deste sábado.

 

A festa só não foi maior porque Rhayner saiu com dores na coxa e foi substituído por Deco logo depois, aos 22min. A entrada do meia pelo menos ajudou o Fluminense a controlar a vantagem conquistada, com mais posse de bola e menos correria. Rafael Sóbis ainda criou boa chance aos 38min, mas Mauro defendeu o chute e só evitou que o placar ficasse mais dilatado.

 

Ficha técnica

 

RESENDE 0 x 2 FLUMINENSE

 

Gols
FLUMINENSE: Michael, aos 7min do 2º tempo; e Rhayner, aos 14min do 2º tempo

 

RESENDE: Mauro, Filipi Souza, Dudu, Admilton (Rafael Carioca) e Kim (Marcelo); Léo Silva, Thiago Sales, Hiroshi e Marcel; Acosta (Geovane Maranhão) e Elias
Treinador: Eduardo Allax

 

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Valencia (Fábio Braga) e Wágner; Rhayner (Deco), Rafael Sobis e Fred (Michael)
Treinador: Abel Braga

 

Cartões amarelos
RESENDE: Hiroshi e Admilton

 

Árbitro
Wagner Magalhães (RJ)

 

Local
Estádio Raulino de Oliveira

 

Terra

Grêmio faz proposta por Barcos e Palmeiras libera atacante para negociar

O Grêmio fez proposta ao Palmeiras para contratar o atacante Barcos. José Carlos Brunoro, diretor executivo do clube paulista, confirmou a informação em coletiva de imprensa nesta sexta-feira durante a apresentado do atacante Kléber, que estava no Porto. O Palmeiras liberou Barcos para negociar um novo contrato com o clube gaúcho.

 

Gazeta Press

Barcos negocia com o Grêmio

 

O Palmeiras negocia a contratação do zagueiro Vilson com o Grêmio e também pode ter outro jogador de ataque da equipe gaúcha na negociação que envolve a ida de Barcos para Porto Alegre. Marcelo Moreno, atacante da equipe gremista, é a preferido da diretoria palmeirense. Porém, caso Moreno acertasse com o Palmeiras, ele não poderia atuar na Libertadores por já ter jogado a competição pelo Grêmio.

Esta não foi a primeira vez que o Grêmio tenta a contratação de Barcos. Em dezembro de 2012, o presidente gremista Fábio Koff confirmou que iniciou negociação com Arnaldo Tirone, então mandatário palmeirense, mas o negócio não foi adiante. O Grêmio tem muitas opções de ataque. O clube já conta com Marcelo Moreno, Vargas, Willian José, Kléber “Gladiador” e Welliton, recém apresentado.

Barcos foi contratado pelo Palmeiras da LDU por US$ 4 milhões (cerca de R$7,8 milhões) no início da última temporada. Devido ao bom desempenho em 2012, o atacante acabou prestigiado pela diretoria alviverde e estendeu seu vínculo até 31 de dezembro de 2016. A multa rescisória para quebra do vínculo é de 15 milhões de euros (cerca de R$39,2 milhões) para ofutebol internacional e de R$70 milhões para clubes brasileiros.

Apesar da extensão contratual com o centroavante, o Palmeiras ainda não pagou totalmente sua dívida com a LDU. Uma parcela de US$750 mil dólares (aproximadamente R$1,4 milhões) que deveria ter sido paga pelo clube alviverde em janeiro ainda não foi quitada. Além disso, os direitos de imagem dos jogadores da equipe paulista também estão atrasados. Segundo Koff, o Grêmio pode arcar com esta dívida para contar com Barcos.

 

 

 

iG


INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627