Arquivo da tag: assume

Brasil vence Jogo da Amizade e assume a liderança do ranking da Fifa

fotos: Pedro Martins/MoWA Press
fotos: Pedro Martins/MoWA Press

O estádio Nilton Santos viveu uma noite especial nesta quarta-feira. Brasil e Colômbia mais uma vez se uniram pelas famílias que perderam parentes e sofreram com a queda do avião LaMia em 29 de novembro na região de Antióquia, na Colômbia.

O Jogo da Amizade lembrou não só dos que se foram, como dos sobreviventes ao trágico acidente e serviu para arrecadar toda a receita possível, seja com bilheteria ou patrocinadores, para que a Chapecoense possa indenizar a tantos familiares que ficaram desamparados.

Apesar do clima amistoso, a Seleção Brasileira não interrompeu sua boa fase e venceu a partida por 1 a 0 graças a gol de Dudu. O placar era o que menos interessava no Rio de Janeiro, mas, quer queira quer não, teve reflexos importantes. Com a vitória, o Brasil retomou a posição de líder do ranking da Fifa ao desbancar a Argentina e acabar com um jejum que perdurava desde maio de 2010.

Além disso, Tite segue sua caminhada surpreendente à frente da Seleção pentacampeã. O ex-técnico do Corinthians alcançou sua sétima vitória seguida. Vale lembrar que o Brasil é líder das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, com 27 pontos. Os colombianos ocupam a sexta posição, com 18 pontos, um a menos que a Argentina, que hoje iria à repescagem.

A próxima convocação de Tite será realizada no início de março e não terá nenhuma restrição. A Seleção volta a disputar as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 em 23 de março, contra o Uruguai, em Montevidéu, e em 28 de março, diante do Paraguai, em São Paulo.

paraibaonline

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ricardo Gomes é demitido pelo São Paulo; Pintado assume interinamente

 (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
(Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Ricardo Gomes não é mais o técnico do São Paulo. O treinador, que havia sido bancado no comando da equipe para a próxima temporada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva na semana passada, foi desligado do Tricolor nesta quarta-feira, depois do treino.

O auxiliar técnico Pintado comandará, de forma interina, o time nos dois últimos jogos do Brasileirão (contra Atlético-MG neste domingo e Santa Cruz na semana que vem).

Ricardo Gomes deixa a equipe após 18 partidas, com seis vitórias, cinco empates e sete derrotas (aproveitamento de 42,59%).

O técnico nunca teve paz para trabalhar no São Paulo. Apresentado em agosto, ele chegou para substituir Edgardo Bauza, que havia deixado o Tricolor para assumir o comando da seleção da Argentina. Só que sempre foi questionado pelos torcedores, principalmente porque não conseguiu fazer o time evoluir dentro de campo. No Brasileirão, a equipe do Morumbi sofreu com o risco de rebaixamento e só se livrou dessa ameaça na última rodada, quando o Internacional perdeu para o Corinthians em Itaquera.

A notícia da demissão foi dada pelo diretor executivo do Tricolor, Marco Aurélio Cunha, em entrevista concedida no CT da Barra Funda.

– O São Paulo Futebol Clube anuncia que teremos uma mudança no comando técnico. Ricardo Gomes e o auxiliar Luiz Otávio deixam o clube. Agradecemos o trabalho. Vamos começar novos planos dentro da nossa ideologia para 2017. O Pintado será o treinador interino para os jogos que faltam e na pré-temporada para a Flórida Cup teremos o novo treinador – afirmou o dirigente.

A diretoria agora terá tempo para pensar no substituto. Internamente, um nome bastante comentado é o do ex-goleiro Rogério Ceni. Inclusive, o presidente Leco já disse em ocasiões passadas que vê o ídolo tricolor pronto com capacidade suficiente para comandar a equipe.

Globoesporte.com

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Apresentadora Fernanda Gentil assume namoro com jornalista

fernandaSeparada do empresário Matheus Braga desde abril, a jornalista Fernanda Gentil está namorando a jornalista Priscila Montandon, de 34 anos, há três meses.

As duas estiveram recentemente na Grécia. “Estou só exercendo meu direito de ser muito, muito feliz. Tenho apenas um recado, e é para os meus filhos, que mais cedo ou mais tarde podem ler ou ouvir tudo por aí: Lembrem de não se importarem com tudo o que dizem sobre nossa vida _ o que vale é que a mamãe fala com vocês em casa, olhando nos seus olhos. Não é o que vestimos que muda quem somos, e sim o que fazemos. Lembrem também, sempre, do nosso amor, que não tem cor, sexo ou raça. Amo vocês”, disse a apresentadora do Esporte Espetacular.

O Globo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Temer assume Presidência da República e fala em “colocar país nos trilhos”

temerQuase três horas após o fim do julgamento do processo de impeachment, o ex-vice-presidente e até então presidente interino Michel Temer (PMDB) tomou posse de forma definitiva da Presidência da República na tarde desta quarta-feira (31) em cerimônia no Congresso Nacional.

Em sua primeira fala após assumir em definitivo a presidência, Michel Temer colocou a geração de empregos como primeira tarefa de seu mandato. Segundo ele, o momento é de “colocar o Brasil nos trilhos”.

Agora nós inauguramos uma nova fase em que nós temos um horizonte de dois anos e quatro meses. E espera-se que nesses dois anos e quatro meses nós façamos aquilo que temos alardeado, ou seja, colocar o Brasil nos trilhos

Michel Temer, em sua primeira reunião ministerial como presidente efetivo

Temer, que não discursou no Congresso, falou em reunião ministerial no Planalto logo após a posse.

Temer também rebateu as acusações de que seria “golpista”.

No mais, contestar a partir de agora essa coisa de golpista. Dizer: golpista é você, que está contra a Constituição

Temer chegou ao Congresso acompanhado de aliados, dos presidentes das duas casas legislativas, Renan Calheiros (PMDB-AL), do Senado, e Rodrigo Maia (DEM-RJ), da Câmara, e do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski. No caminho até o plenário do Senado, ouviu-se alguns gritos de “presidente Temer”.

Renan abriu a sessão e, em seguida, foi executado o Hino Nacional. Temer prestou juramento constitucional e tornou-se efetivamente presidente.

Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a União, a integridade e a independência do Brasil

Michel Temer, ao ser empossado presidente

Renan declarou Temer empossado pelo período de “31 de agosto a 31 de dezembro de 2018”.

A cerimônia foi rápida, durou 12 minutos, e não houve discurso do presidente.

Ao final da cerimônia, Renan disse a Temer “estamos juntos”, em áudio vazado pelas câmeras de TV. Renan votou a favor do impeachment horas antes.

A reportagem do UOL não identificou entre os presentes parlamentares que foram contrários ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), que ocorreu quase nove meses depois do início do processo de afastamento. Temer passou pouco mais de três meses como presidente interino.

Temer foi recebido com bastante assédio no plenário do Senado. Diversos deputados e senadores fizeram fotos e selfies com ele. Entre os que optaram pela selfie, estava a deputada Raquel Muniz (PSC-MG). Houve gritos de “viva o novo Brasil”, “viva a esperança” e “viva o Parlamento” por parte dos parlamentares que acompanhavam a sessão, que lotou o pequeno plenário do Senado.

A divisória de vidro que separa a Câmara dos Deputados e o Senado foi quebrada durante a chegada dele ao Congresso Nacional. Segundo assessores do Senado, o grande número de pessoas tentando passar de uma casa para a outra causou a quebra da divisória. Ainda segundo o Senado, não houve feridos.

Na saída de Temer do Congresso, também houve tumulto, mas sem registro de feridos. Ele deixou o Congresso sem falar com os jornalistas.

Entre os políticos que acompanharam Temer na sessão, estava Romero Jucá (PMDB-RR), ex-ministro do Planejamento. Jucá afirmou ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado ser preciso mudar o governo para “estancar a sangria” da Lava Jato e impedir o avanço das investigações, e acabou deixando o governo quando os áudios da conversa vazaram.

Para a cerimônia, fizeram parte da Mesa do Congresso que deu posse a Temer, além de Renan, Lewandowski e Maia (DEM-RJ), o vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), Jucá (que é 2º vice-presidente do Senado), o primeiro secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP) e a deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP). O 1º vice-presidente, Jorge Viana, que é do PT, não compareceu à sessão.

Hoje mais cedo, 61 senadores votaram pela condenação de Dilma pelo crime de responsabilidade, cassando o seu mandato. Vinte parlamentares foram contrários.

Divulgação/Presidência da República

Temer assina notificação que o torna presidente efetivo

 

A ex-presidente foi cassada, mas manteve o direito de ocupar cargos públicos. Isso porque não houve votos suficientes –ao menos dois terços– para torná-la inabilitada politicamente. Em uma votação realizada logo em seguida, 42 senadores se manifestaram pela perda dos direitos políticos de Dilma, enquanto 36 votaram contra; houve três abstenções.

Dilma Rousseff foi eleita pela primeira vez como presidente em 2010 e tinha sido reeleita em 2014, ambas as vezes tendo Temer como vice em sua chapa. Em maio deste ano, ela foi afastada do cargo quando a maioria dos senadores votou pela abertura do processo de impeachment.

No início da tarde, Dilma afirmou em um duro pronunciamento feito no Palácio do Alvorada, em Brasília, que o impeachment é um “golpe parlamentar” e prometeu fazer forte oposição ao governo Michel Temer. “Eles pensam que nos venceram, mas estão enganados. Sei que todos vamos lutar. Haverá contra eles a mais firme, incansável e enérgica oposição que um governo golpista pode sofrer”, afirmou Dilma.

Perfil

Considerado discreto e hábil negociador, o advogado e professor de direito Michel Miguel Elias Temer Lulia (PMDB), 75, chega à Presidência da República, o maior desafio de sua trajetória, de forma interina, com uma larga experiência política, algumas suspeitas e uma condenação. Em 2016, com a fama de gostar do que faz, ele completa 35 anos de política partidária –sua militância começou, porém, há mais de 50 anos. (Com informações do UOL, em São Paulo)

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Santos empata com o Flamengo e assume liderança do Brasileirão

CHICO FERREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
CHICO FERREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Santos apenas empatou sem gols com o Flamengo nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas assumiu a liderança da competição. Isso porque a equipe santista se igualou com o arquirrival Corinthians em número de pontos e vitórias, mas supera no saldo de gols – 16 contra 13. O clube carioca permanecer na quinta colocação, com 31 pontos ganhos.

Após empatar com o Flamengo e assumir a liderança, o Santos volta a campo no próximo domingo, diante do “lanterna” América às 11h (de Brasília), em Belo Horizonte, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Flamengo, por sua vez, encara o Atlético-PR, sábado, às 18h30 (de Brasília), no estádio Kleber Andrade, no Rio de Janeiro.

Em jogo de ‘estrelas apagadas’, Arão domina o meio-campo

O duelo entre Santos e Flamengo não teve nenhum destaque individual. O melhor deles foi o volante Willian Arão, que dominou o meio-campo, com boa marcação e saída de bola. Arão foi responsável por iniciar as melhores jogadas do Flamengo e ainda quase marcou um golaço em chute de fora da área, que obrigou grande defesa de Vanderlei.

Caju deixa ‘avenida’ para o Fla e santistas com saudades de Zeca

O lateral Caju, substituto de Zeca, que defende a seleção olímpica, sofreu bastante durante o jogo. A maioria das jogadas do Flamengo ocorreu nas costas do lateral, que perdeu diversos lances para Marcelo Cirino, no início do jogo, Fernandinho e Pará. Além disso, Caju ainda errava bastante na saída de bola.

Guerrero é anulado por Gustavo Henrique. Freguesia continua!

Guerrero mais uma vez parou na marcação de Gustavo Henrique. O artilheiro do Flamengo perdeu a maioria das jogadas para o santista e não conseguiu fazer o seu gol. Antes do duelo em Cuiabá, Gustavo Henrique se lembrou da freguesia de Guerrero e, inclusive, citou a goleada do Santos no Corinthians por 5 a 1, em 2014, quando o atual centroavante do Flamengo “passou em branco” novamente diante de sua marcação.

Flamengo abusa dos cruzamentos e ‘consagrada’ dupla de zaga

O Flamengo dominou a partida, teve a posse de bola por mais tempo, criou as melhores jogadas, mas abusou dos cruzamentos na área. A maioria dos lances do Fla terminava com uma bola alçada, mas sem sucesso. Isso porque a dupla de zaga do Santos, Luiz Felipe e Gustavo Henrique, antecipavam Guerrero e companhia e ganhavam as divididas no alto. Além dos cruzamentos, os cariocas tentaram com chutes de fora da área, de Everton e Willian Arão, mas o goleiro Vanderlei fez boas defesas. Nos minutos finais, Macuello acertou o travessão e quase deu a vitória ao Fla.

Sem cinco titulares, Santos de Dorival jogou por ‘uma bola’

O Santos entrou em campo sem cinco titulares. Além do trio Thiago Maia, Gabriel e Zeca, que defendem a seleção olímpica, o Santos não contou com os seus dois principais remanescentes: o centroavante Ricardo Oliveira, poupado por um incômodo no joelho direito, e o meia Lucas Lima, que segue em recuperação de edema na coxa esquerda. Rodrigão e Jean Mota foram os substitutos, mas com atuações apagadas. Por conta disso, o Santos atuou atrás da linha da bola e apostando em raros contra-ataques. Em um deles, Vitor Bueno acertou a trave em finalização no primeiro tempo, e Rodrigão fez boa jogada na segunda etapa, ao driblar o zagueiro e chutar em cima de Muralha.

Fogo amigo

O goleiro Vanderlei sofreu uma cotovelada do centroavante Rodrigão, companheiro de time, em um cruzamento na área do Santos. A partida ficou paralisada sete minutos por atendimento ao goleiro. O camisa 1 precisou sofrer três pontos por causa de um corte atrás da orelha.

Ficha Técnica – Santos 0 x 0 Flamengo

Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Arena Pantanal, Cuiabá-MT
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-FIFA)
Auxiliares: Marcio Gleidson Correia Dias e Helcio Araújo Neves (ambos do Pará)
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Jean Mota (Joel), Vitor Bueno (Yuri) e Copete; Rodrigão (Elano).
Técnico: Dorival Júnior
Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver (Donatti), Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Marcelo Cirino (Fernandinho) e Alan Patrick (Mancuello); Everton (Adryan) e Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo
Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Mudanças na ALPB: Ricardo nomeia Trócolli Jr e Olenka assume mandato

olenkaolenkaA tão esperada nomeação do deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) para compor o governo Ricardo Coutinho (PSB) finalmente aconteceu.

O Diário Oficial desta terça-feira (22) traz ato assinado pelo governador nomeando o peemedebista para a secretaria de Articulação Política.

Com a nomeação de Trócolli Júnior, quem assume o mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba é a 1ª suplente Olenka Maranhão, também do PMDB.

O retorno de Olenka para a Assembleia faz parte de uma articulação com o senador José Maranhão, tio da deputada.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

MaisPB

Vemprarua se assume como movimento do 1% mais rico

VEMPRARUAO movimento Vemprarua, que esteve na linha de frente das recentes manifestações de março e abril pedindo o impeachment da presidente Dilma Rousseff, uma iniciativa que deu com os burros n’água, começa a mostrar sua real natureza.

Na realidade, a organização representa os interesses do 1% mais rico da sociedade brasileira. Tanto é assim que o Vemprarua começa a ser mobilizar em torno de duas bandeiras extremamente elitistas: o combate à taxação de grandes fortunas e ao imposto maior sobre heranças.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Liderado pelo empresário Rogério Chequer, o Vemprarua se diz apartidário, mas tem claras conexões com o PSDB. Chequer já gravou vídeos com o ex-presidente FHC, pediu votos para Aécio Neves e subiu em carros de som de José Serra.

Como a cruzada pelo impeachment foi abandonada pelo próprio PSDB, ele agora passa a defender abertamente os interesses dos ultraricos brasileiros. O que indica que a classe média remediada que saiu às ruas em março e abril pode ter sido iludida pelas lideranças do movimento.

Reportagem dos jornalistas Pedro Venceslau e Valmar Hupsel Filho, do Estadão (leia aqui), informa que a Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos se reúne nesta quinta-feira 28 com políticos de oposição para exigir, entre outras coisas, a rejeição à taxação de grandes fortunas e impostos sobre heranças, pautas que não constavam entre as reivindicações dos grupos.

Segundo a matéria, atualmente tramitam 12 projetos na Câmara neste sentido, com o objetivo de ajudar no esforço do governo de equilibrar as contas. “O principal grupo da ‘Aliança’ é o Vem Pra Rua, que é fundado por grandes empresários e executivos do mercado financeiro. No material de divulgação do encontro, o Vem Pra Rua informa que a pauta da reunião é a revisão dos pleitos da Carta do Povo Brasileiro, documento entregue pelo grupo aos parlamentares de oposição em abril. A versão antiga do texto não constava a rejeição à taxação das grandes fortunas e imposto sobre herança”, diz ainda a reportagem.

 

BRASIL247

Prefeito assume e coloca a filha em todas as secretarias

prefeitoTão logo assumiu a prefeitura de Jerumenha (PI), após a cassação da prefeita Chirlene Araújo (PSDC), o novo prefeito, Antonio Benvindo de Albuquerque Moura (PTB), resolveu nomear a filha, Joanna Castro de Albuquerque Moura, para ocupar todos os cargos de Secretária, Tesoureira, na cidade.

O prefeito também nomeou a filha para ocupar o cargo de diretora no hospital UMSM Adelmar Rocha.

A publicação das nomeações ocorreu no Diário Oficial dos Municípios do dia 13 de maio. No texto dos Ofícios, aparece a data do dia 09 de março, mas seria 09 de maio de 2015.

Ainda segundo a publicação do Diário, o prefeito Antonio Moura exonerou também todos os secretários do município, todos os profissionais comissionados da Prefeitura Municipal e a diretora do hospital UMSM.

NOMEAÇÃO GERA DÚVIDAS
Ao nomear a filha para todos os cargos de secretaria e tesouraria, mais de diretora do hospital da cidade, o prefeito Antonio Moura gera dúvidas na população. Por mais que justifique que assim procedeu como medida de emergência enquanto encontra alguém de confiança, seu ato poderá levar a sociedade a questionar: sua filha vai receber por todos os cargos que foi nomeada? Ela terá como exercer todos estes cargos ao mesmo tempo? ao ser nomeada diretora do hospital ela não deverá ter exclusividade para o cargo? ela vai receber pelo cargo de secretária e de diretora? O ato, imoral, atenta aos princípios da administração pública.

supersecretaria.png

‘ATO É ILEGAL’
Para o professor Emanuel Nogueira, Especialista em gestão e servidor efetivo do Senac, o ato é ilegal e fere a Constituição federal. Ele destaca que a Carta Magna é bastante clara quanto à acumulação de cargos, o que não se aplica no caso em análise.
“O art. 37 da Constituição Federal é bem claro quanto aos cargos públicos. Isso é um ato ilegal. Não tem como exercer ao mesmo tempo todos estes cargos. Isso não é o que se espera de um gestor público”, afirma o professor Emanuel Nogueira.

CAUTELA
No momento em que o país passa por sérias crises de corrupção, o gestor público deveria ter, no mínimo, cautela para com a coisa pública, pois a imagem que passa, para muitos, poderá ser questionada.

ESTRUTURA MUNICIPAL
A cidade de Jerumenha possui sete secretarias, quais sejam: Saúde, Educação, Finanças, Administração, Assistência Social, Esporte e Agricultura. O município tem 2.968 habitantes e fica a 310 km ao Sul de Teresina.

INSTABILIDADE NA CIDADE
O clima é de incertezas quanto à gestão municipal. Cassada pela Justiça Eleitoral, a prefeita Chirlene Araújo recorreu ao TRE-PI e aguarda o julgamento de seu recurso para tentar voltar ao cargo.

PREFEITO EXPLICA O CASO
O portal 180 falou com o prefeito Antonio Moura, que fez os esclarecimentos. Segundo ele, o ato foi orientado por seu contador.

prefeito.png

“Entenda. Quando a prefeita Chirlene foi cassada, caíram, consequentemente, todos os secretários e as contas foram bloqueadas. Então, eu tinha que nomear alguém para desbloquear as contas para pagar servidores e comprar combustível para os veículos. Meu contador me orientou a nomear minha filha, porque nela eu confio. Mas a situação é provisória, não está definida. Até porque eu sou prefeito de direito, mas não de fato. A qualquer momento a prefeita pode conseguir esta liminar e voltar ao cargo, então, eu não vou nomear secretários. Quero apenas que as contas do município sejam desbloqueadas para que eu pague quem está trabalhando”, argumentou o prefeito Antonio Moura.

PUBLICAÇÃO15.jpg16.jpg

Publicado Por: Daniel Silva

Tião Gomes tira licença e Charles assume mandato de deputado por 121 dias

tiãoO deputado estadual Tião Gomes (PTB) protocolou na manhã desta segunda-feira (23) o pedido de licença do mandato por 121 dias para tratamento de saúde. Tião realizou uma cirurgia na coluna na semana passada e o médico recomenda repouso.

Com a licença, quem assume a cadeira de Tião na Casa de Epitácio Pessoa, é o primeiro suplente da coligação A Força do Trabalho 4, Charles Camaraense (PSL), que no último pleito obteve 12.157 votos e ficou na 52º posição.

O suplente de deputado Charles Camaraense é empresário e presidente do diretório do PSL de Cuité.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

clickpb

Vital do Rêgo assume TCU e diz que vota parecer sobre Pasadena no dia 11

vital-tcuMomentos após assumir o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), o ex-senador paraibano Vital do Rêgo Filho antecipou para a próxima quarta-feira (11) a votação, no tribunal, do parecer sobre a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em operação suspeita de ter sido usada para desvio de dinheiro público nos escândalos envolvendo a Petrobras. O TCU decidirá se serão bloqueados os bens de alguns dos investigados.

“Na próxima quarta-feira, concluindo os andamentos iniciados, vamos votar os embargos de declaração interrompidos em agosto e setembro do ano passado”, informou o novo ministro e relator do caso no TCU, referindo-se ao processo que decidirá se os bens da ex-presidente da Petrobras, Graça Foster, serão bloqueados. “Levo o parecer para colocar o processo em pauta e concluir a votação”, acrescentou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo ele, a possibilidade de criação de comissões parlamentares de inquérito (CPIs) no Congresso Nacional não significa que a CPI da qual foi presidente no Senado não tenha atingido seus objetivos. “Qualquer assunto que possa trazer elementos novos aos autos da ação que investiga o desvio de recurso da empresa é sempre bem-vindo. Quer do Congresso Nacional, quer do Ministério Público ou do TCU”, afirmou.

Para Vital do Rêgo, as CPIs cumpriram seu papel dentro dos prazos preestabelecidos pelo Congresso Nacional. “Agora, os órgãos de investigação recolherão os documentos que a CPI produziu e continuarão o processo investigatório. Quem tem de avaliar se a CPI deve continuar é o Congresso Nacional”, acrescentou.

Agência Brasil