Arquivo da tag: arma

Delegado saca arma após ser impedido de entrar em supermercado sem máscara em João Pessoa e acaba preso

Um delegado da Polícia Civil da Paraíba foi preso na manhã desta sexta-feira (18), após tentar entrar em um supermercado, no bairro Jardim Cidade Universitária, em João Pessoa, sem máscara – um dos objetos de proteção contra o coronavírus. O segurança do estabelecimento impediu. Insatisfeito, o delegado sacou uma arma. A Polícia Militar foi acionada e ele foi preso em flagrante.

O delegado foi encaminhado para a Central de Flagrantes, no bairro do Geisel, na Capital. Ele responderá criminalmente e administrativamente por sua conduta de ameaça ao ter sacado a arma. O delegado Luciano Soares, superintendente da Polícia Civil da Polícia Civil, contou que o delegado que sacou a arma foi ouvido e liberado.

“A arma foi apreendida. Medidas deverão ser adotadas pela Corregedoria da Polícia. Além disso ele vai ter que se apresentar no núcleo de saúde. No momento ele ficará suspenso”, revelou Luciano Soares, em entrevista ao portal ClickPB.

clickpb

 

Policiais do 4º BPM realizam operação e apreendem arma de fogo em Mulungu

Durante a Operação Pôr do Sol, realizada por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) no final da tarde e início da noite dessa sexta-feira (3), um homem foi preso e uma arma de fogo, um revólver calibre 38 com seis munições intactas, foi apreendida na zona rural de Mulungu. A operação foi comandada pelo tenente-coronel Gilberto e, além de Mulungu, foi realizada também nas zonas rurais e urbanas dos municípios de Guarabira, Sertãozinho e Alagoinha. O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e a moto foial apreendida pela CPTran por estar com o licenciamento atrasado.

O homem preso com a arma estava de carona na moto, que foi abordada durante a operação, que visa à prevenção e combate a assaltos, tráfico de drogas e crimes contra a vida e o patrimônio. Além do Comando do 4° BPM, participaram da operação as guarnições do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, Patamos, Força Tática, Rotam e CPTran.

POSSE DE ENTORPECENTE – Durante rondas realizadas no Parque do Poeta, a guarnição da Força Tática visualizou dois homens em atitude suspeitas. Ao fazer a abordagem policial, foi constatado que eles portavam substâncias semelhantes à maconha e cocaína. Com o apoio da Rádio Patrulha, os dois foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Em Guarabira, policiais do 4º BPM recuperam R$ 7 mil furtados e apreendem moto e arma usadas pelos suspeitos

Na manhã deste sábado (14), na cidade de Guarabira, policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) recuperaram R$ 7 mil que tinham sido furtados de uma vítima e apreenderam a moto e a arma, um revólver calibre 32, utilizadas pelos dois suspeitos. Os policiais foram informados pelo Copom sobre o furto e, de imediato, as guarnições de Rádio Patrulha, Força Tática e do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Diniz, sob a supervisão do major Silva Ferreira, deram início às diligências.

Segundo informações passadas aos policiais, dois homens em uma moto teriam furtado de uma residência uma mala contendo dinheiro. Na comunidade conhecida como Rabo da Lacraia, no bairro do Nordeste, os militares localizaram uma moto com as mesmas características das citadas como sendo a usada pelos suspeitos. Eles fizeram um cerco no local e realizaram buscas e, em um galpão abandonado, visualizaram uma mala com as mesmas características da que teria sido furtada.

Ao realizarem a verificação, os policiais encontraram o dinheiro no interior da mala e também apreenderam no local o revólver, uma furadeira, uma maquita, um capacete e duas caixas de som. Todo o material apreendido foi conduzido, junto com a vítima, para a Delegacia de Polícia Civil. Apesar das buscas, os suspeitos não foram localizados.

Assessoria 4º BPM

 

 

Idosa morre após ser atingida por tiro acidental com arma do companheiro, no Sertão da PB

Uma idosa de 67 anos morreu na madrugada desta segunda-feira (20), após ser atingida por um tiro acidental com a arma do companheiro, em Sousa, no Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Militar, a mulher limpava um banheiro, no domingo (19), quando encostou em uma espingarda de fabricação artesanal que disparou sozinha.

A mulher estava sozinha quando o acidente aconteceu. Ela foi atingida na região do abdômen. Após pedir ajuda aos vizinhos, foi socorrida para o Hospital Regional de Sousa, passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Cajazeiras, também no Sertão do estado.

G1

 

Agência dos Correios é assaltada e suspeitos roubam arma e dinheiro, na PB

Uma agência dos Correios localizada em Taperoá, no Cariri da Paraíba, foi assaltada na tarde desta sexta-feira (10). Segundo informações da Polícia Militar, dois homens armados chegaram ao local em uma moto por volta das 14h, entraram na agência e anunciaram o assalto.

Os suspeitos teriam rendido o vigilante, tomado a arma dele e roubado uma quantia em dinheiro que não foi divulgada. A PM informou que a dupla estava em uma motocicleta roubada.

Após o assalto, os suspeitos conseguiram fugir. Até às 17h desta sexta-feira, os homens não haviam sido detidos. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

G1

 

Adolescente é apreendido suspeito de roubar com arma de brinquedo em Lagoa Seca, PB

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na tarde desta quinta-feira (14), suspeito de cometer assaltos na frente de uma escola, em Lagoa Seca, no Agreste da Paraíba. Segundo informações da Polícia Militar, outros dois suspeitos conseguiram fugir.

Ainda de acordo com a polícia, pessoas que estavam no local chegaram a seguir o grupo e conseguiram deter o adolescente. Com ele foi apreendida uma arma de brinquedo, utilizada para assustar as vítimas durante os assaltos. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Lagoa Seca.

A Polícia Civil informou que já identificou os outros integrantes do grupo. Até as 17h15 desta quinta-feira, nenhum deles havia sido detido.

G1

 

Adolescente é presa após tentar assaltar ônibus com arma de fogo em JP

Uma adolescente de dezessete anos foi detida na tarde desta quarta-feira (30) suspeita tentando assaltar um ônibus em Cruz das Armas, bairro da zona sul de João Pessoa.

Ela estava com um revólver municiado dentro de uma mochila escolar e tentou realizar o crime com outros dois comparsas, que fugiram com a chegada da polícia.

As autoridades policiais acompanharam a menor até a sua casa, onde foram encontradas várias porções de drogas.

 

Yves Feitosa

 

 

Policiais do 4° BPM realizam oito prisões e apreendem arma e droga durante final de semana

Policiais do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, durante esse último final de semana, em diversas cidades que integram a área do Batalhão, oito prisões e também apreenderam uma arma de fogo e substância entorpecente. No domingo (20), no Conjunto Lealândia, em Mulungu, a guarnição comandada pelo cabo Hamilton realizava rondas quando foi acionada pelo Copom para averiguar uma denúncia de que um homem estaria ameaçando sua companheira. Os policiais foram ao local informado e constataram a veracidade da denúncia, sendo o suspeito preso e conduzido à delegacia em Guarabira, juntamente com a vítima.

No Conjunto Antônio Amaro, em Cuitegi, a guarnição do Destacamento local comandada pelo sargento Amaro estava em rondas quando foi acionada para atender uma ocorrência na qual uma mulher de 38 anos foi até a residência de uma jovem de 18 anos a fim de tomar satisfações sobre boatos direcionados a ela. Após o atrito verbal entre as envolvidas, a suspeita agrediu fisicamente a jovem, bem como rasgou a sua blusa. Diante dos fatos, a guarnição conduziu as partes envolvidas para a Delegacia de Polícia Civil.

No sábado (20), em Belém, um homem foi preso suspeito de embriaguez e desordem ao ser denunciado de que estaria armado com um facão e proferindo palavras de baixo calão contra alguns transeuntes. A guarnição comandada pelo subtenente Valdir esteve no local e prendeu o suspeito, que foi conduzido juntamente com a arma branca para a delegacia. Outro caso de embriaguez e desordem, além de agressão física, foi registrado no Conjunto Epaminondas, em Caiçara, onde um homem teria praticado desordem e quebrado objetos no interior da sua residência e, em seguida, teria ido para a casa da sogra, chegando a agredi-la com um soco no rosto. A guarnição comandada pelo subtenente S. Ferreira foi ao local e prendeu o suspeito.

Em Guarabira, durante a Operação Feira Segura, a guarnição da Rotam realizava rondas no entorno da feira livre quando foi informada que um indivíduo estaria traficando drogas no local. Os policiais, sob o comando do cabo Fernando, localizaram o acusado com papelotes de uma substancia semelhante à maconha e, em seguida, o conduziram para a delegacia. Ainda em Guarabira, os policiais foram informados de que havia acontecido um roubo de uma moto na frente do terminal rodoviário e que os acusados teriam fugido em direção ao centro da cidade. As guarnições saíram em diligências e foram informadas que os dois teriam caído da moto durante a fuga, tendo sido detidos pela guarnição da CPTran comandada pelo sargento Vitorino. Com os dois foram apreendidos uma espingarda calibre 12 com três cartuchos intactos.

No Bairro Bela Vista, em Guarabira, os policiais foram acionados para comparecer a um bar onde um homem com sinais visíveis de embriaguez alcoólica estava causando desordem e perturbando o sossego dos clientes no estabelecimento. De imediato, a guarnição comandada pelo sargento Elonildo localizou o acusado e o conduziu para a delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Projeto que prevê apreensão de arma de agressor é sancionado

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nessa terça-feira (8) o Projeto de Lei nº 17/2019, que altera a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) para permitir a apreensão de arma de fogo de agressor em casos de violência doméstica.

O projeto alterou dois artigos da lei. Um deles permite que assim o registro da ocorrência seja feita, a autoridade policial possa verificar se o agressor possui registro de porte ou posse de arma de fogo. Caso possua, uma notificação deve ser expedida à instituição responsável pela concessão do registro. Outro ponto alterado da lei passa a permitir que o juiz, após receber o pedido da vítima, possa determinar a apreensão imediata da arma de fogo sob a posse do agressor.

O presidente também sancionou outro projeto de lei que altera a Lei Maria da Penha para garantir a matrícula dos dependentes da mulher vítima de violência doméstica e familiar em instituição de educação básica mais próxima de seu domicílio.

 

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Agência Brasil

 

Fabricante pede informações à PMPB sobre arma envolvida em morte de policial por tiro acidental

Após a morte do policial militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, vítima de um tiro acidental durante uma ação da Polícia Militar em Campina Grande, na segunda-feira (9), a Taurus, empresa responsável pela fabricação da submetralhadora .40 (SMT40), usada na ação, afirmou em nota que encaminhou um ofício à Polícia Militar da Paraíba para entender as circunstâncias do acidente e colaborar na apuração dos fatos.

O cabo Emerson Thiago Soares de Lima foi morto com um tiro na cabeça durante uma ação da polícia no bairro do Monte Santo, em Campina Grande. Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Emerson foi enterrado nesta quarta-feira (11) no cemitério Campo Santo, em Campina Grande.

O ofício foi encaminhado pela Taurus após a delegada que investiga o caso, Nercília Dantas, explicar com base nos primeiros indícios coletados pela Polícia Civil que o tiro poderia ter sido disparo sozinho pela arma, sem ação humana direta, enquanto os policiais tentavam conter um homem suspeito de desordem.

Conforme nota encaminhada pela Taurus, “as SMT40 da Polícia Militar da Paraíba estão há muitos anos em uso e deve-se fazer uma apuração técnica rigorosa para se determinar as causas dos acidentes”. A empresa ainda lamentou a morte do policial militar.

Cabo da Polícia Militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, foi morto após ser atingido por tiro acidental, em Campina Grande — Foto: TV Paraíba/Reprodução

Cabo da Polícia Militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, foi morto após ser atingido por tiro acidental, em Campina Grande — Foto: TV Paraíba/Reprodução

A Polícia Militar, por meio de sua assessoria, informou que vai aguardar a conclusão dos procedimentos de investigação por parte da Polícia Civil, incluindo os exames periciais na arma envolvida no caso, antes de emitir qualquer posicionamento. Ainda de acordo com a PM, em paralelo, a corporação tem feito uma apuração interna a respeito da conservação da arma.

10 anos de Polícia Militar

A tia do cabo Emerson Thiago, Glória Nascimento, disse que o sobrinho atuava como PM há 10 anos. O policial, que trabalhava no destacamento da cidade de Juazeirinho, no Agreste, havia sido transferido para trabalhar em Campina Grande este ano.

“Ele sempre sonhou com essa profissão, desde pequeno. A gente vivia pedindo pra Deus cuidar dele, mas infelizmente essa é a realidade que a gente vive no nosso estado e no país”, afirmou a tia do PM.

Durante o cortejo do corpo do PM, houve uma cerimônia de homenagem da Polícia Militar ao cabo Emerson Thiago — Foto: Artur Lira/TV Paraíba

Durante o cortejo do corpo do PM, houve uma cerimônia de homenagem da Polícia Militar ao cabo Emerson Thiago — Foto: Artur Lira/TV Paraíba

O caso

No momento em que o cabo Emerson Thiago foi atingido com um tiro na cabeça, ele estava deitado no chão ajudando os outros PMs a conterem o homem que estava causando desordem, enquanto isso o outro policial estava em pé com a arma nas costas, que acabou disparando.

Conforme a delegada Nercília Dantas, o caso é tratado como um acidente de trabalho. “A gente ouviu várias testemunhas na segunda-feira e os depoimentos mostraram que essa arma que estava nas costas do policial é um modelo de arma que tem um histórico de disparar muito fácil, pesquisas apontam que já são vários incidentes ocorridos com esse modelo de arma”, explicou a delegada.

Um vídeo feito por moradores do bairro Monte Santo registrou o momento em que o policial militar pediu por socorro após atirar acidentalmente no colega. O vídeo teria sido gravado após o cabo Emerson Thiago ser atingido com um tiro na cabeça.

As imagens mostram o PM baleado, já caído no chão, enquanto o policial que teria disparado acidentalmente continua em cima do suspeito de desordem no bairro. O PM grita por socorro, enquanto os outros policiais que estavam na ocorrência aparecem ao lado, um deles ao telefone.

G1