Arquivo da tag: Ao

TV transmite ao vivo momento em que Turquia abate avião sírio

tv-aviao-abatidoAs forças armadas da Turquia derrubaram um avião sírio que cruzou seu espaço aéreo no domingo (23) e uma rede de televisão turca mostrou tudo ao vivo.

Como divulgou o site Mashable, o canal de TV Habertürk estava no meio de uma transmissão quando o repórter ouviu o barulho de artilharia sobre as montanhas atrás dele. Ele se virou e a câmera filmou o céu onde se vê um objeto se movendo. Em seguida, uma nuvem negra de fumaça começa a subir de onde o avião caiu.

O abate aconteceu em uma região da fronteira na qual rebeldes sírios vêm combatendo as forças do ditador Bashar Assad.

“Um avião sírio violou nosso espaço aéreo”, disse o primeiro-ministro, Tayyip Erdogan, a seus apoiadores em um comício eleitoral no noroeste turco. “Nossos caças F-16s decolaram e abateram esse avião. Por quê? Porque se você violar meu espaço aéreo, nosso tapa vai doer.”

Os rebeldes vêm lutando pelo controle da passagem de Kasab, na região fronteiriça, desde sexta-feira, quando lançaram uma ofensiva que as autoridades sírias dizem ter sido apoiada pelos militares da Turquia.

A Síria afirma que forças de defesa aérea turcas derrubaram o jato enquanto este atacava forças rebeldes no território sírio, chamando a manobra de “agressão flagrante”.

A televisão estatal citou uma fonte militar segundo a qual o piloto conseguiu se ejetar do avião. O grupo de monitoramento Observatório Sírio de Direitos Humanos disse que relatos iniciais da área informam que o avião caiu do lado sírio da fronteira.

A Al Manar, TV do Hezbollah, aliado libanês de Assad, disse que doi foguetes foram disparados de território turco contra o jato sírio.

 

Reuters

Bebê sobrevive ao ser arremessado para fora do ventre da mãe em acidente de moto

bebeUma criança milagrosamente conseguiu sobreviver depois de um terrível acidente. Seu pai, Mao Zhau, corria de moto para conseguir chegar ao hospital rápido porque a sua mãe, Wang Zhau, estava em trabalho de parto. No entanto, a motocicleta foi atingida por um caminhão, matando o casal, na China.

Já o bebê conseguiu milagrosamente sobreviver depois que foi arremessado para fora do ventre de sua mãe, a três metros de distância, durante o acidente fatal. Por incrível que pareça, o menino, nomeado Xiao Zhao, nasceu saudável e teve apenas ferimentos leves.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Após o incidente chocante virar notícia nos principais jornais do país, várias pessoas têm vindo de longe para levar presentes e doações para criança. A polícia divulgou que o motorista do caminhão será mantido sob custódia até o fim das investigações.

Pop

Nove ministros deverão deixar o governo para disputar eleições

eleiçoes-destaque_interno.As eleições de outubro farão com que pelo menos nove dos 39 ministros do governo Dilma Rousseff deixem os cargos para disputar uma vaga em seus estados. A presidente deverá oficializar a saída dos ministros nas próximas semanas, em meio à reforma ministerial que vem sendo costurada com os partidos aliados.

Segundo determina a legislação eleitoral, ministros que queiram disputar uma vaga de governador, deputado ou senador precisam se “desincompatibilizar” do cargo até o início de abril, seis meses antes da data do pleito, que este ano será em 5 de outubro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O objetivo, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é dar “maior lisura ao processo eleitoral, impedindo que o candidato se utilize da função em benefício de sua candidatura”. Apesar de ainda terem um prazo de pouco mais de três meses, vários titulares devem antecipar a saída para organizar suas campanhas.

Esse é o caso da ministra Gleisi Hoffmann, braço-direito da presidente no Palácio do Planalto. Ela deixará a chefia da Casa Civil, onde está desde junho de 2011, para disputar o governo do Paraná pelo PT.

Gleisi deverá começar a passar o comando da pasta para seu substituto – o atual ministro da Educação, Aloizio Mercadante – já nesta sexta-feira (24), segundo informou o blog da Cristiana Lôbo.

Outros três ministros vão concorrer ao governo de seus estados. Alexandre Padilha, da Saúde, vai deixar a pasta que comanda desde o início da gestão Dilma para disputar o comando do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Fernando Pimentel (do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), que também é ministro há três anos, deverá se candidatar ao governo de Minas Gerais, enquanto Marcelo Crivella, ministro da Pesca e Aquicultura desde março de 2012, pode concorrer ao governo do Rio de Janeiro.

Dois ministros gaúchos devem concorrer a deputado federal: Pepe Vargas, que comanda o Desenvolvimento Agrário desde março de 2012, e Maria do Rosário, chefe da Secretaria de Direitos Humanos há três anos. Outra possibilidade é que ambos concorram ao Senado.

Outros três ministros disputarão uma vaga na Câmara dos Deputados. Aguinaldo Ribeiro (Cidades), à frente da pasta desde fevereiro de 2011, concorrerá pela Paraíba; Gastão Vieira (Turismo), empossado em setembro de 2011, pelo Maranhão; e Antônio Andrade (Agricultura), no ministério desde março de 2013, pode tentar uma vaga de deputado ou vice-governador por Minas Gerais.

G1