Arquivo da tag: alerta

Apesar da ausência de punição no âmbito eleitoral, procurador faz alerta sobre candidatos que receberam auxílio emergencial

A pesar de possivelmente serem punidos nas esferas cível e criminal, os políticos que disputam as eleições deste ano e receberam o auxílio emergencial de maneira irregular, não serão punidos na esfera eleitoral.

Apesar da ausência de punição no âmbito eleitoral, o procurador Rodolfo Alves fez um alerta aos eleitores e declarou que eles se atentem para o fato antes de escolherem os candidatos em que votarão.

“Esse é mais um elemento para que o eleitor possa avaliar especificamente a situação de cada um dos candidatos que se apresentam, mas não tem esse reflexo porque são circunstâncias ou fatos independentes” declarou em entrevista à Rádio Correio.

Pelo menos 70 candidatos paraibanos contam na lista dos recebimentos irregulares do beneficio federal concedido para aqueles que ficaram prejudicados com a crise causada pela covid-19.

PB Agora

 

Paraíba pode ter 20 mil crianças e jovens com Covid-19, em quatro meses, com volta de aulas presenciais, alerta Secretaria de Saúde

Em Nota Técnica divulgada neste sábado (3), a qual o ClickPB teve acesso, a Secretaria de Saúde alertou para o risco de surto de Covid-19 entre crianças e jovens de 0 a 19 anos, entre outubro de 2020 e fevereiro de 2021, com a volta das aulas presenciais. Segundo a nota, 20 mil pessoas dessa faixa de idades podem ser infectadas pelo novo coronavírus em caso de descontrole da pandemia na retomada educacional.

Segundo o documento, o Estado da Paraíba tem mais de 994.000 crianças e adolescentes matriculados nos mais variados ciclos educacionais, o que representa 24,63% da população do Estado estimada para 2020. Destes, 81,52% são estudantes da rede pública e 18,48% da rede privada de ensino.

Ao comparar a situação com países que aprovaram a retomada de aulas presenciais, como os Estados Unidos, onde entre os meses de abril a setembro de 2020 autoridades sanitárias norte-americanas e a Academia Americana de Pediatria alertaram para um crescimento expressivo do número de casos da Covid-19 entre crianças e adolescentes, da ordem de 500%, ante ao contexto da retomada das atividades educacionais mediante novos protocolos, em alguns de seus Estados.

Analisando a Paraíba com métodos similares de projeção e análise de riscos para que se orientem tomadas de decisão sobre retomadas das atividades educacionais presenciais, com novos protocolos, pode-se obter crescimento médio do número de casos nas faixas etárias escolares da ordem de um pouco mais de 250%. Isto representaria cerca de 20.000 novos casos nas faixas etárias de 0 a 19 anos entre outubro de 2020 e fevereiro de 2021.

O documento reforça ainda que toda e qualquer retomada de atividades rotineiras deve ocorrer, preferencialmente, em atenção aos riscos apontados pelo Plano Novo Normal, por meio de suas bandeiras, e aos protocolos definidos pelas autoridades sanitárias competentes. Neste sentido a Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza um importante conjunto de protocolos em seu portal a respeito da Covid-19.

Futuras melhoras da situação da Covid-19 na Paraíba dependerão muito ainda da maior adesão de toda a população às três medidas mais protetoras da saúde e da vida das pessoas. “Usar máscaras, lavar as mãos e manter o distanciamento social, gestos que mais representam este “novo normal” que vivemos e que precisarão estar cada vez mais presentes em nossos cotidianos”, reforçou Daniel Beltrammi. “Trata-se do que se pode convencionar chamar de “efeito escolha”, ou seja, a melhor decisão em favor da proteção e preservação da saúde e da vida!”, alertou o secretário executivo de Saúde, Daniel Beltrammi.

A avaliação completa com a lista de municípios por bandeiras com suas respectivas avaliações pro critério e a íntegra da Nota Técnica estão disponíveis no site do Governo da Paraíba sobre o Novo Normal.

 

clickpb

 

 

Eleições 2020: Assassinato em Minas Gerais acende alerta para crimes cometidos contra candidatos

O assassinato de Cássio Reis dos Santos, candidato a vereador pelo PSDB, em Patrocínio (MG), acendeu o alerta para a ocorrência de eventuais crimes relacionados às eleições municipais deste ano. O ex-secretário de Obras da cidade Jorge Marra, autor dos disparos, foi preso neste domingo (27) três dias após o crime. Marra é irmão do prefeito do município.

Somente no mês de setembro deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirma que já recebeu 106 solicitações de envio da Força Federal para reforçar a segurança durante o primeiro turno das eleições, que ocorre em 15 de novembro.  O Maranhão é o estado com o maior número de pedidos, com 98 solicitações. Mato Grosso do Sul e Amazonas aparecem logo em seguida com a maior quantidade de cidades solicitando a Força Federal, com cinco e três pedidos, respectivamente.

Felipe Borba pesquisador da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) e autor de um estudo sobre a violência durante as eleições, afirma que cidades pequenas são mais suscetíveis a crimes durante disputas eleitorais. Segundo o cientista político, isso ocorre pelo fato das eleições municipais nessas cidades não terem tanta visibilidade, quando comparadas aos grandes centros urbanos.

“Eleições municipais, principalmente em pequenas cidades, têm uma visibilidade menor em comparação às disputas nacionais em que candidatos, de certa forma, estão mais protegidos.”

No momento em que foi assassinado, Cássio Reis dos Santos gravava uma live em que denunciava supostas irregularidades praticadas pela atual gestão da Prefeitura de Patrocínio.

O especialista em segurança pública Leonardo Sant’anna afirma que o Brasil possui um triste histórico de violência em relação a pessoas que expõem irregularidades e crimes praticados por quem está no poder. “Denúncias são sinônimo de risco no Brasil, assim como ter uma posição política”, diz.

Levantamento

Segundo a pesquisa da UniRio, entre 2000 e 2018, 79 candidatos foram assassinados no Brasil. Do total de crimes, 63 foram praticados contra postulantes ao cargo de vereador; seis a prefeito; e três a vice-prefeito. Isso significa que 91% desses crimes ocorreram na esfera municipal. Completam o levantamento o assassinato de quatro candidatos ao cargo de deputado estadual e três de deputado federal.

Fonte: Brasil 61

 

 

“Refletirá em João Pessoa” alerta Geraldo Medeiros sobre volta às aulas de Cabedelo

A Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba acionou a Procuradoria Estadual no intuito de tentar impedir o retorno das aulas presenciais nas faculdades localizadas na cidade de Cabedelo, previsto para ocorrer de forma imediata.

De acordo com o secretário de Saúde Geraldo Medeiros durante entrevista à Rádio Correio FM, Cabedelo não estaria preparada para suprir a demanda de novos casos da covid-19 que podem vir a surgir com o retorno das aulas.

“Cabedelo é um ponto de alta propagação do vírus, além disso não dispõe de nenhum leito de UTI e o aumento da propagação e do número de casos novos confirmados em Cabedelo refletirá não em Cabedelo, mas em João Pessoa uma vez que não existe estrutura de atendimento médico na cidade.

PB Agora

 

 

Estudo feito pela Fiocruz alerta que Covid-19 pode causar danos cerebrais

Um estudo realizado no Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), em parceria  com o Instituto D’Or (Idor) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), indicou que o novo coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia covid-19, é capaz de infectar células neurais.

De acordo com a pesquisa, o vírus tem capacidade de infectar células neurais, embora não consiga se replicar no sistema nervoso central. Portanto, ao infectar o plexo coróide, há uma reação do sistema imunológico do organismo humano. Na análise, os pesquisadores pressupõe  que essa reação pode ter permitido que o coronavírus acessasse o sistema nervoso central e causasse danos no cérebro.

Com o avanço dos estudos, pesquisadores acreditam que  a doença Covid-19, que  inicialmente foi descrita como uma infecção viral do trato respiratório, afeta outros sistemas biológicos, incluindo o sistema nervoso central (SNC), como foi observada em alguns casos.

Fonte: Brasil 61

 

 

“Com certeza a gente vai ver agentes políticos com covid-19” alerta Geraldo Medeiros por aglomerações em campanhas

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros chamou a atenção para o fato de que agentes políticos tem o dever de disciplinar seus aliados e eleitores para que não promovam aglomerações durante esse período eleitoral.

De acordo com Geraldo durante entrevista à rádio Arapuan FM, ao longo desses meses que antecedem as eleições, haverá o registro de agentes público acometidos da covid-19, já que sobretudo nas cidades menores as medidas de distanciamento social não estão sendo cumpridas.

“Nós estamos alertando para a importância da não aglomeração nesse período sucessório, nós sabemos que não é fácil isso ocorrer, mas com certeza a gente vai ver ao longo desses dois meses agentes políticos acometidos pela doença e espero que nenhum tenha caso grave, pois está havendo aglomeração principalmente nas cidades menores e os agentes políticos eles tem um dever da disciplina da cidadania neste momento orientando seus eleitores a não se aglutinarem” declarou.

PB Agora

 

Setembro amarelo alerta para risco do suicídio de esportistas

A cada 45 minutos, a duração de um tempo de futebol, uma pessoa tira a própria vida no Brasil. O suicídio atinge principalmente jovens adultos (com idades entre 15 e 29 anos), no ápice da forma física, mas não livres da depressão e das angústias da mente. O tema ainda é um tabu dentro da sociedade e do mundo esportivo, podendo atingir tanto os que ainda lutam por conquistas e os que chegaram, teoricamente, ao lugar mais alto do pódio. Diante deste contexto, o Setembro Amarelo brilha como alerta, e a Organização Mundial de Saúde diz que, em 90% dos casos, os pacientes podem sair vitoriosos.

“Elas querem acabar com o sofrimento, não com a vida”, diz a psicóloga Sandra Bittencourt, ressaltando que é preciso falar sobre o tema sem julgamento e crítica. “A prevenção é a chave deste problema de saúde pública. Precisamos de coragem para discutir o assunto, seja com profissionais especializados ou em grupos de apoio, minimamente qualificados”.

Moradora de Jundiaí (SP), Sandra recorda do tempo em que viveu em frente ao Paulista Futebol Clube, quando não existiam celulares e os meninos saíam do alojamento do time para ir até o orelhão (antigo telefone público) para ligar para os parentes. “No fundo, todo mundo espera ser amado e a família é o primeiro grupo ao qual o indivíduo deseja pertencer. A maioria desses meninos é de origem pobre e há uma enorme pressão sobre eles pela ascensão social, para resgatar todos os familiares daquela condição”.

A psicóloga Camila Carlos, especialista na área esportiva, avalia que esta separação precoce do núcleo familiar precisa ser trabalhada com os adolescentes. “Essa é uma fase de impulsividade e de reestruturação de identidade. O jovem precisa aprender a lidar com a derrota, a frustração e, o principal, entrar no caminho do autoconhecimento. O fato de ele ser, ou desejar se tornar, um atleta de alto rendimento não o tira da condição de ser humano”.

Diego Tuber viveu o sonho de ser jogador de futebol, mas uma lesão no joelho o fez mudar o caminho, seguindo para a enfermagem do esporte e do paradesporto. “Transformei minha tristeza e disse pra mim que queria estar perto do esporte de algum modo. O funil no futebol é grande. O capitão do penta, o Cafu, passou por 13 peneiras até ser aceito. Depois de entrar, é preciso gerir a carreira e se preparar para ser um ex-atleta”, diz Tuber, que hoje também presta assessoria esportiva.

O maior campeão olímpico da história, dono de 28 medalhas na natação, Michael Phelps admitiu ter sofrido com depressão e pensado em suicídio quando ainda reinava nas piscinas. “A gente vive ilusões sociais e culturais. No fundo, depois da fama, do dinheiro, aparece aquele buraco existencial”, avalia Sandra, destacando que o nadador revelou ter encontrado um novo propósito a partir da chegada do primeiro filho. Na ocasião, o norte-americano disse ter encontrado o amor verdadeiro. “Cultivar essas raízes profundas é fundamental, escapando do paradigma materialista e consumista. Nós temos a cobrança de aparentar felicidade e um sucesso permanente, basta olhar as redes sociais. A gente tem dificuldade de falar da dor, mas é uma dimensão da vida, e a pandemia veio para nos trazer de volta para dentro de nossas casas”.

 

Foto: Divulgação/Michael Phelps
Agência Brasil

 

 

Convenções presenciais não serão proibidas, mas TRE alerta sobre pandemia

As convenções partidárias presenciais não estão proibidas no Brasil, apesar das medidas restritivas vigentes em decorrência da pandemia da covid-19.

Os partidos tem a opção de optar por realizarem os eventos de lançamento de candidatura de forma virtual ou presencial, embora caso escolham esta segunda forma, terão que seguir uma série de protocolos de saúde para evitar a proliferação do novo coronavírus.

De acordo com o presidente do TRE da Paraíba, desembargador desembargador José Ricardo Porto,a realização deve respeitar alguns cuidados.

Ele ainda alertou para o fato de que quando muitas pessoas estão reunidas em um local, o risco de contaminação é maior.

“O que se recomenda é que se adote todas as regras sanitárias, distanciamento, uso de máscara, de álcool gel. Quando se reúne muitas pessoas é um foco latente para a propagação de covid-19” alertou.

José Ricardo Porto ainda declarou que caberá aos juízes eleitorais de cada Zona verificar e analisar a realização das convenções.

PB Agora

 

Inmet alerta para perigo potencial de baixa umidade em 125 municípios da Paraíba

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu uma alerta amarelo de baixa umidade para 125 municípios da Paraíba. O aviso começa a valer às 12h desta quinta-feira (27) e dura até as 18h.

Moradores de municípios em alerta devem evitar desgaste físico nas horas mais secas, e exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, segundo o Inmet. É recomendado que se beba bastante líquido.

A umidade relativa do ar varia entre 30% e 20%. Existe baixo risco de incêndios florestais e à saúde.

Para mais informações, o Inmet disponibiliza o número da Defesa Civil (telefone 199) e do Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Cidades com alerta amarelo de perigo potencial de baixa umidade

  1. Água Branca
  2. Aguiar
  3. Amparo
  4. Aparecida
  5. Areia De Baraúnas
  6. Assunção
  7. Baraúna
  8. Barra De Santa Rosa
  9. Belém Do Brejo Do Cruz
  10. Bernardino Batista
  11. Boa Ventura
  12. Bom Jesus
  13. Bom Sucesso
  14. Bonito De Santa Fé
  15. Brejo Do Cruz
  16. Brejo Dos Santos
  17. Cachoeira Dos Índios
  18. Cacimba De Areia
  19. Cacimbas
  20. Cajazeiras
  21. Cajazeirinhas
  22. Camalaú
  23. Caraúbas
  24. Carrapateira
  25. Catingueira
  26. Catolé Do Rocha
  27. Conceição
  28. Condado
  29. Congo
  30. Coremas
  31. Coxixola
  32. Cubati
  33. Cuité
  34. Curral Velho
  35. Desterro
  36. Diamante
  37. Emas
  38. Frei Martinho
  39. Gurjão
  40. Ibiara
  41. Igaracy
  42. Imaculada
  43. Itaporanga
  44. Jericó
  45. Joca Claudino
  46. Juazeirinho
  47. Junco Do Seridó
  48. Juru
  49. Lagoa
  50. Lastro
  51. Livramento
  52. Mãe D’Água
  53. Malta
  54. Manaíra
  55. Marizópolis
  56. Mato Grosso
  57. Maturéia
  58. Monte Horebe
  59. Monteiro
  60. Nazarezinho
  61. Nova Floresta
  62. Nova Olinda
  63. Nova Palmeira
  64. Olho D’Água
  65. Olivedos
  66. Ouro Velho
  67. Parari
  68. Passagem
  69. Patos
  70. Paulista
  71. Pedra Branca
  72. Pedra Lavrada
  73. Piancó
  74. Picuí
  75. Poço Dantas
  76. Poço De José De Moura
  77. Pombal
  78. Prata
  79. Princesa Isabel
  80. Quixabá
  81. Riacho Dos Cavalos
  82. Salgadinho
  83. Santa Cruz
  84. Santa Helena
  85. Santa Inês
  86. Santa Luzia
  87. Santa Teresinha
  88. Santana De Mangueira
  89. Santana Dos Garrotes
  90. Santo André
  91. São Bentinho
  92. São Bento
  93. São Domingos
  94. São Francisco
  95. São João Do Cariri
  96. São João Do Rio Do Peixe
  97. São João Do Tigre
  98. São José Da Lagoa Tapada
  99. São José De Caiana
  100. São José De Espinharas
  101. São José De Piranhas
  102. São José De Princesa
  103. São José Do Bonfim
  104. São José Do Brejo Do Cruz
  105. São José Do Sabugi
  106. São José Dos Cordeiros
  107. São Mamede
  108. São Sebastião Do Umbuzeiro
  109. São Vicente Do Seridó
  110. Serra Branca
  111. Serra Grande
  112. Soledade
  113. Sossêgo
  114. Sousa
  115. Sumé
  116. Taperoá
  117. Tavares
  118. Teixeira
  119. Tenório
  120. Triunfo
  121. Uiraúna
  122. Várzea
  123. Vieirópolis
  124. Vista Serrana
  125. Zabelê

 

 

G1

 

 

Por dia, 32 paraibanos descobrem que tem câncer e ‘Live do Bem’ faz alerta para prevenção da doença

Todos os dias 32 pessoas na Paraíba descobrem algum tipo de câncer. Estimativas do Instituto Nacional do Câncer mostram que ao todo serão 11.800 casos da doença descobertos no estado, sendo 685.960 novos casos em todo o Brasil. Para alertar sobre a prevenção e ajudar o Hospital da FAP no tratamento da doença, será realizada em Campina Grande, nesta sexta-feira (28), a ‘Live do Bem’ comandada pelo cantor Beto Barbosa e com participação confirmada de 19 artistas, entre cantores e poetas.

O evento, que está na reta final dos preparativos, substitui a 4ª edição da Corrida do Bem em Campina Grande, que não pode ser realizada por conta da pandemia causada pelo coronavírus, e tem o objetivo de ajudar o Hospital da FAP na aquisição do software que atualiza o aparelho de radioterapia e o acelerador. A conta para contribuir com o Hospital da FAP é a do Banco do Brasil (001), Agência: 0063-9 e a Conta: 13.315-9.

O comandante da ‘Live do Bem’, o cantor Beto Barbosa teve câncer em 2019 e venceu a luta contra a doença, decidiu abraçar a causa para ajudar quem mais precisa. Além dele, outros artistas confirmaram presença: Gitana Pimentel, Cezinha e Chico Pessoa, Os 3 do Nordeste,  Débora Nunes, Jeito Nordestino, João Lacerda, Cláudio Coruja e Alinny Suisy, Coruja, Ramon Schnayder, Waldones, Jefferson Arretado, Poeta Francinaldo, Niedson Lua, Garotinho, Forró Campina, Tom Oliveira, Estela Alves e Forró 3×4. A Live do Bem terá a apresentação de Kleber Oliveira, Samya Maia e Walber Vidal.

A primeira edição da ‘Live do Bem’ fará uma homenagem ao centenário da dramaturga Lourdes Ramalho, carinhosamente como ela era chamada pela família, Lourdinha, que nasceu em 23 de agosto de 1920, em Jardim do Seridó, no Rio Grande do Norte (RN). Residiu em Campina Grande desde 1958. É autora de mais de 100 textos teatrais em prosa e em verso (cordel), voltados para o público adulto e infantil.

Assim como a Corrida, a Live do Bem tem por objetivo também, aumentar a conscientização da população paraibana a respeito do câncer, incentivando a prevenção da doença, estimulando hábitos saudáveis e reforçando a necessidade do diagnóstico precoce, fator primordial na busca pela cura.

Prevenção – Para o diretor técnico do Hospital da FAP, Max Joffily de Souza, o diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento do câncer. Apesar disso, o médico reforça que prevenção não é apenas remédio ou exame. Ter hábitos saudáveis também é uma forma de evitar a doença.

“A prevenção do câncer é a pedra angular para que todas as pessoas tenham um desfecho mais favorável aquela doença. Quanto mais no início o tumor é diagnosticado, as chances de cura aumentam exponencialmente com menos mutilação. É importante tomarmos alguns cuidados como evitar exposição ao sol, ter uma alimentação adequada, ter uma prática constante de exercício físico e ter um sono tranquilo. Essas também são formas de nos prevenirmos contra a doença”, afirmou Max Joffily.

FAP – A Fundação Assistencial da Paraíba é uma entidade filantrópica, fundada em março de 1965, na cidade de Campina Grande. O atendimento foi ampliado em 1999, com o atendimento a um paciente acometido de câncer com a inauguração do “Centro de Cancerologia Dr. Ulisses Pinto”.

Assessoria