Arquivo da tag: agredir

Empresário de Campina Grande é preso suspeito de agredir criança que vendia balas em restaurante

Um empresário de Campina Grande foi detido na tarde desta segunda-feira (21) suspeito de ter agredido uma criança que tentava vender balas dentro do restaurante dele. A prisão foi feita pela Polícia Militar da Paraíba, que o encaminhou para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, André Rabelo, o homem foi interrogado e depois precisou assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Durante o depoimento, o homem negou o crime. E disse que apenas retirou a criança de seu estabelecimento comercial, alegando que ela estava mexendo na comida do bufê.

Pouco depois, ele foi liberado.

G1

 

Pai é preso suspeito de agredir o filho de 04 anos no bairro Jardim Esplanada, em JP

A Polícia Militar prendeu ontem (18), um homem, suspeito de agredir o filho de quatro anos, no bairro Jardim Esplanada, em João Pessoa. Um vizinho estava com a criança quando a Polícia foi acionada.

Os policiais informaram que a criança apresentava hematomas por todo o corpo. A criança foi levada para a Central de Polícia de João Pessoa. O pai do menino foi acionado e foi com a companheira até o local. Porém ao chegar na Central ele deixou a madrasta da criança e foi embora.

Guarnições da PM foram acionadas e conseguiram prender o suspeito. Ele foi levado até a Central de Polícia novamente. A conselheira tutelar da região informou que há denúncias de agressões recorrentes contra a criança. Ela informou também que a madrasta da criança nega as agressões.

 

pbagora

 

 

Homem é preso suspeito de ameaçar e agredir mãe e irmã em Cuitegi

Um homem foi preso suspeito de ameaçar e agredir a mãe e a irmã, no Centro de Cuitegi, na Paraíba. De acordo com as vítimas, o homem teria exigido uma quantia em dinheiro da mãe.

A irmã ao presenciar teria tentado intervir, quando o acusado começou agredi-la. A mulher ficou machucada.

A Polícia foi acionada e prendeu o acusado por violência doméstica.

Ele foi levado para Delegacia de Polícia Civil.

 

clickpb

 

 

Policiais do 4° BPM prendem suspeito de agredir o próprio pai em Guarabira

Policiais do 4° BPM (Batalhão de Polícia Militar) prenderam, na noite dessa terça-feira (25), no Bairro Esplanada, em Guarabira, um filho suspeito de agredir o próprio pai. A guarnição comandada pelo sargento Adriano foi acionada para atender a uma ocorrência de vias de fato entre pai e filho.

Ao chegarem ao local, os policiais mantiveram contato com a solicitante, que informou que o seu irmão, que tem 21 anos de idade, havia chegado em casa com sinais de embriaguez e agrediu o pai quando ele tentava impedir que o filho saísse para fazer desordem.

Diante dos fatos, a guarnição conduziu as partes envolvidas para a delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Homem é preso suspeito de agredir companheira na frente da filha de 5 anos, em João Pessoa

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (21) suspeito de agredir a companheira na frente da filha de cinco anos, dentro de um carro, próximo ao Viaduto do Geisel, em João Pessoa. O casal teria discutido por ciúmes.

A polícia chegou até o local porque uma pessoa que passava na rua viu a cena e fez uma denúncia na delegacia. De acordo com a delegada Amim Oliveira, uma equipe foi até o local, confirmou as agressões e encaminhou a vítima e o suspeito até a delegacia.

Everaldo Epaminondas, de 38 anos, foi preso em flagrante. As primeiras informações da Polícia Civil são de que o casal estava brigando por ciúmes. A vítima, de 23 anos, teria flagrado o companheiro com outra mulher na madrugada desta segunda. A criança está sob a guarda da mãe, que também prestou depoimento na delegacia.

G1

 

Suspeito de agredir companheira, enteada e filha é liberado após audiência de custódia, na PB

O homem preso na noite desta quinta-feira (19), suspeito de agredir, ofender e ameaçar a companheira, a enteada e a filha, foi solto e será monitorado eletronicamente, conforme estabelecido em audiência de custódia realizada no Fórum Criminal de João Pessoa, nesta sexta-feira (20).

De acordo com a Diretoria do Fórum, a decisão de conceder o alvará de soltura ao homem de 40 anos, mediante o uso de tornozeleira eletrônica, foi da juíza Isa Mônia.

A denúncia contra o homem foi feita pela enteada dele, uma adolescente de 16 anos, que gravou um vídeo das agressões contra a mãe e publicou em um aplicativo particular de apoio às mulheres, segundo a Polícia Civil.

Quando a Delegacia da Mulher recebeu o vídeo, enviou uma equipe até a casa e prendeu o suspeito em flagrante. A delegada Cláudia Germano informou que a mãe era agredida fisicamente pelo suspeito há 11 anos e que a enteada era vítima desde os cinco anos de idade. Uma criança, filha do casal, também era vítima das agressões.

Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

G1

 

Homem é preso suspeito de agredir irmã e sobrinhos na zona rural de Jericó

Um homem, de 42 anos de idade, foi preso na noite deste sábado (24) suspeito de agredir sua própria irmã e os sobrinhos no Sítio Alegre, zona rural de Jericó, no Sertão do Estado. A Polícia Militar foi informada sobre a ocorrência de agressão física por volta das 21h.

A mulher, de 34 anos de idade, relatou aos policiais que estava em casa quando seu irmão chegou e, sem motivo algum, começou a agredir os filhos dela, sobrinhos do acusado.

Observando a situação, a mulher buscou defender seus filhos, mas acabou também sendo agredida pelo irmão. Ele a puxou pelos cabelos e ainda efetuou socos em sua cabeça, deixando hematomas.

O suspeito, identificado como José Oliveira Filho, foi localizado e preso. Ele foi levado até a Delegacia de Polícia Civil de Catolé do Rocha para que fossem adotados os procedimentos necessários ao caso.

 

clickpb

 

 

Homem suspeito de agredir enteado de 2 anos é morto a tiros em Rio Tinto, Litoral Norte da PB

O homem suspeito de agredir o enteado de 2 anos, em Rio Tinto, no Litoral Norte da Paraíba, foi morto a tiros na manhã deste sábado (24). De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim, de 28 anos, foi assassinado na frente da casa da mãe dele. Ele foi atingido por três tiros e morreu ainda no local.

De acordo com a Polícia Militar, Jailson Joaquim era suspeito de agredir o enteado de 2 anos. A mãe do menino, uma adolescente de 17 anos, companheira de Jailson, também era suspeita das agressões cometidas contra a criança.

Na manhã deste sábado, quando estava na frente da casa da mãe dele, Jailson foi assassinado a tiros. Conforme a polícia, ainda não se sabe se o homem foi morto por um ou mais suspeitos e que a Polícia Civil investiga se a morte dele tem relação com às agressões cometidas contra a criança.

Menino deu entrada no hospital pela 2ª vez

No dia 20 de agosto deste ano, o menino de 2 anos deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, pela segunda vez, com hematomas que teriam sido causados pelas agressões.

O avô materno da criança contou à assessoria de imprensa da unidade de saúde que foi chamado pela filha para levar a criança para um hospital. A adolescente disse ao pai dela que o filho havia sido picado por abelhas.

No entanto, no Hospital Municipal do Valentina, em João Pessoa, a equipe identificou que não se tratavam de picadas, mas de agressões, e encaminhou a criança para o Hospital de Trauma.

Mãe do menino foi detida

O Conselho Tutelar de Rio Tinto e a Polícia Militar foram acionados. A PM informou que, após ser detida, a mãe da criança afirmou que apenas ela havia batido no menino, porque ele a desobedeceu e a respondeu. O padrasto da criança havia fugiu do local.

O Conselho Tutelar de Rio Tinto declarou que acompanha a situação desde o dia 15 de agosto, quando foi comunicado sobre a primeira entrada da criança no Hospital de Trauma de João Pessoa. Pontuou ainda que, como não existem casas de acolhimento no município, foi estabelecido que, depois da alta médica, o menino ficaria com os avós.

Um relatório foi feito, um procedimento foi aberto e a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba foram acionados. O Conselho salientou que acreditava que a criança estava com os avós e que segue acompanhando o caso.

G1

 

Adolescente suspeito de agredir funcionário de escola com faca é apreendido em Guarabira

Um adolescente suspeito de ato infracional semelhante à lesão corporal que teria agredido com uma faca um inspetor da escola onde estuda, na cidade de Pilõezinhos, foi apreendido por policiais militares e civis na tarde desta quarta-feira (21), no Alto da Boa Vista, em Guarabira. A guarnição do comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), juntamente com o GTE (Grupo Tático Especial) da 8ª Delegacia Seccional de Policia Civil, recebeu uma informação de que o adolescente que teria agredido o funcionário da escola, localizada no Sítio Amarelinha, estaria em Guarabira. Os policiais foram até o endereço informado e conseguiram localizar o adolescente, que foi apreendido e conduzido à delegacia.

Em uma operação conjunta também envolvendo os policiais militares e civis, um homem com mandado de prisão em aberto por associação ao tráfico foi preso na sua residência, localizada no centro da cidade de Belém. Após levantamentos feitos, os policiais chegaram até o acusado, que foi localizado e preso, em seguida, conduzido à delegacia.

DURANTE A MADRUGADA – Os policiais foram acionados para atender a uma ocorrência na qual a solicitante informou haver um indivíduo muito agressivo na UPA de Guarabira. De imediato, a guarnição foi até o local e, ao chegar, se deparou com o suspeito, que estava gritando e causando tumulto. Mesmo a esposa estando sendo atendida, ele continuava bastante alterado, querendo agredir o segurança. Diante disso, as partes envolvidas foram conduzidas à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM