Arquivo da tag: acompanha

TCE acompanha últimos passos de prefeitos não reeleitos e pode fiscalizar também início das gestões

 (Foto: Walla Santos)
(Foto: Walla Santos)

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), conselheiro Arthur Cunha Lima, disse nesta quinta-feira (17) que o tribunal está acompanhando de forma concomitante os últimos pagamentos efetuados em vários municípios em que os atuais prefeitos não foram reeleitos, tais como Santa Rita e Bayeux.

“Estamos acompanhando os últimos pagamentos das gestões que se encerram, e poderemos fazer isso no início de gestão, caso haja desvio de conduta”, disse Arthur.
De acordo com o conselheiro, muitos prefeitos de primeiro mandato procuraram o TCE para pedir orientação e apoio devido às dificuldades na transição de governo. “Muitos me procuraram, inclusive com medidas, dos prefeitos que estão saindo, de forma leviana, aumentando a folha de pagamento, concedendo gratificação, que caem por terra porque são ilegais, há uma proibição na Lei de Responsabilidade Fiscal, há uma proibição na Lei Eleitoral, da não concessão de vantagens nos últimos seis meses da administração”, disse.

Segundo ele, muitos prefeitos tomaram essas medidas, mas conforme Arthur, eles enganaram os servidores, e devido a essas medidas, serão penalizados por meio de ações de improbidade.
Essas medidas ilegais devem ser comunicadas ao TCE e ao Ministério Público, para providências como ações cautelares ou termos de ajustamento de conduta.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Multidão acompanha sepultamento do policial Marcos Rosas em Arara

Nessa terça-feira (04) uma grande multidão acompanhou o sepultamento do policial Marcos Rosa, morto na noite do última segunda-feira dia 03. O corpo foi velado na igreja matriz de Arara, vários colegas da polícia também vieram prestar sua ultima homenagem ao colega.

Leia também:

Motoqueiros matam escrivão da polícia em ‘festa da vitória’ em Arara

Suspeito no assassinato de policial civil é morto pela polícia; três cúmplices são detidos

Aposentado vítima de tiroteio em Arara está internado em estado grave

Terror, pânico e tragédia em Arara na ‘festa da vitória’


Redação/Portal Arara

Fotos :Blog setimaregional / Pedro Nunes / Photo Studio Chaplin Digital

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba acompanha pleito em Bananeiras

jose-ricardo-portoO Presidente em exercício do TJ/PB José Ricardo Porto, está em Bananeiras e acompanhará o pleito deste domingo. A presença do magistrado foi registrada neste sábado (01) e deve estender-se por todo o final de semana.

Bananeiras, cidade que tem evoluído nos últimos anos, tem histórico de disputas acirradas e esta é a primeira vez que um Presidente do Tribunal acompanha o pleito no Município.

Com duas chapas jovens na disputa para governar uma das referências no turismo paraibano, temos os candidatos a majoritária das coligações “A Força do Trabalho”, encabeçada por Douglas Lucena (PSB), que concorre a reeleição e Guga Aragão (DEM) e “Por Bananeiras, Tudo” encabeçada por Matheus Bezerra (PMDB) e Ernandes Fernandes (PSL).

Ambos que disputam a prefeitura já estiveram compondo o mesmo governo. Eleitos em 2012, Douglas Lucena e Matheus Bezerra tendo o ultimo deixado à aliança política em novembro passado.

O Município que protagonizou a construção de lideranças de expressão estadual e até nacional, como Clóvis Bezerra, Solon de Lucena, Humberto Lucena e Ramalho Leite, tem força política correndo entre suas ruas com uma geração jovem que batalha seu espaço no cenário atual.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Trócolli acompanha ministro da Justiça e comemora investimentos do Governo Federal na Paraíba

 

trocolli_ministroO deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) acompanhou, na tarde desta quarta-feira (08), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que esteve no Tribunal de Justiça da Paraíba para celebrar convênios que vão beneficiar o Estado com ações de fortalecimento da segurança e também para o combate ao crack que tem afetado, pelo menos, 104 municípios paraibanos, de acordo com o Observatório do Crack.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Somente na Paraíba, conforme os dados do Ministério da Justiça, serão investidos quase R$ 37 milhões em ações de combate a droga que tem gerado níveis de problemas médio e alto em 90 cidades da Paraíba.

Trócolli, que há mais de uma década vem lutando para promover ações que combatam a droga e tratem os dependentes químicos, comemorou os investimentos do Governo Federal na área. “Há mais de dez anos eu demonstro à Paraíba que o maior problema é o crack. Mais de 80% dos crimes cometidos no Estado têm relação com essa droga. A vinda do ministro mostra a vontade do Governo Federal em promover ações que combatam o crack no nosso Estado. tive uma longa conversa co m o ministro José Eduardo Cardozo e os investimentos serão não apenas para combater, mas também para promover a recuperação dos dependentes químicos”, celebrou o parlamentar.

Trócolli também tem defendido a construção de um centro de referência para o tratamento dos dependentes. “Nós precisamos urgentemente ter um centro de referência que cuide dos dependentes químicos, porque o crack é um problema que precisa ser combatido e também tratado”, ressaltou.

Com a adesão ao programa “Crack, é Possível Vencer” a Paraíba poderá, nos próximos dois anos, criar quase 210 vagas para atendimento aos usuários de drogas, em especial o crack. As vagas serão possíveis por meio da abertura de 22 leitos em enfermarias especializadas; abertura de um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS) 24 horas; um CAPS 24 horas, um CAPS Infantil; seis novas unidades de acolhimento (sendo quatro destinadas ao público adulto e duas ao infantil). Além disso, João Pessoa irá receber um novo consultório nas ruas. Para as ações serão investidos R$ 15,5 milhões no eixo da saúde na capital.

Além de João Pessoa, a cidade de Campina Grande também aderiu ao Programa. O município vai receber até 2014 R$ 14,5 milhões para construção de dois CAPS AD 24 horas; duas Unidades de Acolhimento (uma adulta e outra infantil); um CAPS I; um CAPS 24 Horas; um CAPS Infantil; 27 leitos em enfermarias especializadas e um Consultório na Rua.

 


Assessoria de imprensa

A pedido da ministra, PF acompanha caso de diretor da Abraji exilado após ameaças

Desde que Mauri König, repórter da Gazeta do Povo e diretor da Abraji, deixou o País acompanhado de sua família após ameaças em decorrência da série de reportagens “Polícia Fora da Lei”, que denunciava irregularidades nas polícias Militar e Civil do Paraná, o setor de inteligência da Polícia Federal em Curitiba (PR)  monitora o caso, informou o portal Terra.
Crédito:Reprodução
Caso do jornalista é acompanhado a pedido da ministra Maria do Rosário
Em entrevista ao site, o jornalista afirmou que a secretaria de Segurança Pública foi “negligente e fez pouco caso das ameaças”, colocando em dúvida o trabalho dos agentes responsáveis pelo seu caso.
De acordo com o Terra, policiais federais coordenados por um delegado da PF fizeram diligências e colheram informações para elaborar um relatório sobre as ameaças ao jornalista.  Quando estiver finalizado, o documento será encaminhado à ministra Maria do Rosário, que preside o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH).
Embora a assessoria de comunicação da Polícia Federal confirme  a investigação, não divulgou informações sobre o andamento do caso.
Ainda de acordo com o Terra, o monitoramento das ameaças a König foram solicitadas pela própria ministra Maria do Rosário, que já recebeu um relatório preliminar sobre as investigações da Polícia Federal.
Portal IMPRENSA