Arquivo da tag: Abraji

A pedido da ministra, PF acompanha caso de diretor da Abraji exilado após ameaças

Desde que Mauri König, repórter da Gazeta do Povo e diretor da Abraji, deixou o País acompanhado de sua família após ameaças em decorrência da série de reportagens “Polícia Fora da Lei”, que denunciava irregularidades nas polícias Militar e Civil do Paraná, o setor de inteligência da Polícia Federal em Curitiba (PR)  monitora o caso, informou o portal Terra.
Crédito:Reprodução
Caso do jornalista é acompanhado a pedido da ministra Maria do Rosário
Em entrevista ao site, o jornalista afirmou que a secretaria de Segurança Pública foi “negligente e fez pouco caso das ameaças”, colocando em dúvida o trabalho dos agentes responsáveis pelo seu caso.
De acordo com o Terra, policiais federais coordenados por um delegado da PF fizeram diligências e colheram informações para elaborar um relatório sobre as ameaças ao jornalista.  Quando estiver finalizado, o documento será encaminhado à ministra Maria do Rosário, que preside o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH).
Embora a assessoria de comunicação da Polícia Federal confirme  a investigação, não divulgou informações sobre o andamento do caso.
Ainda de acordo com o Terra, o monitoramento das ameaças a König foram solicitadas pela própria ministra Maria do Rosário, que já recebeu um relatório preliminar sobre as investigações da Polícia Federal.
Portal IMPRENSA

Abraji comemora 10 anos e lembra casos de jornalistas ameaçados de morte

Na última segunda-feira (10/12), a Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) realizou um seminário internacional na Escola de Comunicações e Artes da USP para celebrar os dez anos da entidade, informou a Folha de S.Paulo.
O professor Rosental Calmon Alves, da Universidade do Texas, ao analisar a situação do jornalismo investigativo na América Latina, apontou que o Brasil é um dos países mais perigosos do mundo para os jornalistas.
Considerando apenas os crimes comprovadamente ligados à atividade jornalística, dados do Comitê de Proteção aos Jornalistas mostram que 12 profissionais foram assassinados no país desde 2002 em razão de suas reportagens.
Dois profissionais da Band chegaram a relatar que um produtor da emissora está sendo ameaçado de morte por conta de reportagens sobre uma facção criminosa de São Paulo.
Casos de jornalistas como André Caramante, da Folha de S.Paulo, ameaçado após a publicação de reportagem sobre o ex-coronel Telhada, foram lembrados durante o evento.
Portal IMPRENSA