Arquivo da tag: abandona

Ex-atriz pornô, Rita Cadillac abandona gravação com Porchat: “Fui humilhada”

rita-cadillacO programa de Fábio Porchat é marcado por brincadeiras e declarações inusitadas, como quando Latino lembrou de seu vício por sexo. Mas, durante uma gravação na última quinta-feira (13), aconteceu uma saia justa entre o novo contratado da Record e Rita Cadillac.

Vice-presidente do PSB e candidato a vereador abandona campanha de Edgard Gama em Belém (PB)

notaO vice-presidente do PSB de Belém e candidato a vereador, Henrique Filho, publicou uma forte nota de esclarecimento, em sua página no facebook, comunicando o rompimento com o atual prefeito Edgard Gama, candidato a reeleição pelo PSB.

“Venho comunicar aos amigos, aos nossos eleitores e a população de Belém que, Henrique Filho candidato a Vereador e vice-presidente do PSB de Belém, não tem mais condição caminhar politicamente ao lado do atual prefeito Edgard Gama. Pois não comungo e não participo de projetos políticos que prejudiquem o povo da minha terra, não caminharei ao lado de um Gestor que em reunião com 18 candidatos a vereadores abre a boca para dizer que ‘ganhando ou perdendo não pagará mais aos funcionários contratados que estão trabalhando e que vai é tirar o que gastou na eleição e quem quiser que entre na justiça para requerer seu direito’”, disparou Henrique Filho.

O candidato a vereador disse que já comunicou ao governador Ricardo Coutinho, a quem ele classifica como “homem sério e coerente”, o seu desligamento político com Edgard Gama e o dep. Hervázio Bezerra por discordar das práticas políticas e por não ser “capacho de prefeito”.

“Em tempo comunico o meu desligamento político do Dep. HERVAZIO BEZERRA, pois quando relatei a ele o ocorrido o mesmo disse que Edgard tinha razão. Para os quem tem alguma dúvida, da minha posição, já foi comunicada ao Governador Ricardo Coutinho, Homem sério e coerente. O povo da minha terra, os comerciantes e os funcionários merecem respeito. Vereador É para defender o povo e não para ser capacho de prefeito”, concluiu Henrique Filho na nota de esclarecimento.

correiobelenense

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Moto furtada é encontrada abandona em rua do município de Solânea

plantão policialA Polícia Militar recuperou, nessa quarta-feira (20), uma moto que havia sido furtada no último dia 13. O veículo estava abandonado em uma das ruas de Solânea. O acusado do furto ainda não foi identificado.

De acordo com a polícia, por volta das 20h os policiais de plantão fotam acionados pela vítima, que relatava ter tido sia moto Pop furtada no dia 13. A própria vítima disse ter informações de que a motocicleta estava abandonada na Rua Santos Dumont.
Compareceu ao local a viatura 5975 comandada pelo cabo Sousa Filho, que constatou a veracidade das informações. A motocicleta foi levada à Delegacia de Polícia para que fossem tomadas todas as providências que o caso requer.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Focando a Notícia

Felipão “se expulsa” e abandona jogo do Grêmio antes do fim

Pela segunda rodada consecutiva do Campeonato Gaúcho, o Grêmio atuou em seu estádio e saiu derrotado por um time de pouca expressão do Rio Grande do Sul. Assim, o técnico Luiz Felipe Scolari, que ficou irritado durante a derrota para o Veranópolis por 1 a 0, neste sábado, acabou indo ao vestiário mais cedo por conta própria.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O treinador explicou a atitude como preventiva, já que ele estava insatisfeito com os atletas e preferiu deixar o gramado para não se envolver em confusão após o apito final.

Felipão disse que jogadores não têm feito o que ele pede nos treinos Foto: Edu Andrade/ Fatopress / Gazeta Press
Felipão disse que jogadores não têm feito o que ele pede nos treinos

Foto: Edu Andrade/ Fatopress / Gazeta Press

“Me expulsei. Mais vergonha do que isso, impossível passar. A equipe não apresenta nada daquilo que a gente faz no treinamento. Não adianta ficar enganando a torcida do Grêmio. Não tinha mais o que fazer, fui embora para o vestiário. Acabou o assunto. Não criamos nada, os adversários vêm aqui e tomam conta do jogo. Não aproximamos. Faltava 3 ou 4 minutos e fui embora. Para não tomar uma atitude errada e esfriar a cabeça”, revelou o comandante.

Felipão elogiou o time adversário, mas voltou a criticar os comandados, que poucas chances criaram durante os 90 minutos. Deste modo, sem jogar bem, os atletas acabaram vaiados pela torcida ao final da partida. O treinador ainda disse que os jogadores também estão infelizes com as atuações, mas que eles vão trabalhar para se encontrarem na competição.

“A equipe adversária se postou bem, e quando se organiza do meio para trás, a gente não consegue furar. Não temos alternativa para fazer o gol. Temos que buscar alternativas, mas não estão funcionando. Se a torcida estava envergonhada, eu muito mais. Vou continuar, trabalhar e fazer o que sempre fiz. Mas se perguntar aos nossos jogadores, pergunte o que disseram sobre vergonha. Estão também envergonhados”, analisou Felipão.

Gazeta Esportiva

Coordenadora da campanha, paraibana Erundina abandona Marina e critica apoio a Aécio: “equivocada e incoerente”

erundinaA deputada federal Luiza Erundina (PSB) está entre os políticos que se afastaram da presidenciável Marina Silva, após as eleições 2014. O fato seria o apoio que a socialista deu ao tucano Aécio Neves no segundo turno das eleições, de acordo com matéria da Folha de São Paulo.

De acordo com a Folha, passados três meses da eleição, a ex-senadora, que chegou a liderar as pesquisas de intenção de voto, submergiu e viu o núcleo político de sua candidatura se esfacelar. Entre esses afastamentos, os dois coordenadores da campanha, Walter Feldman e Luiza Erundina.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Outra baixa sofrida por Marina Silva, seria na equipe que organiza a fundação da Rede Sustentabilida. Um grupo de militantes rompeu com Marina e agora tenta criar outro partido, o Avante, inspirado no Podemos espanhol.

Parte do isolamento de Marina deve-se à decisão de apoiar o tucano Aécio Neves no segundo turno da eleição presidencial, caminho que dividiu os marineiros. Para Erundina, a opção foi “equivocada” e “incoerente”.

“Marina criticava a polarização entre PT e PSDB, mas decidiu aderir a um dos polos. Foi uma contradição com o discurso que ela fez na campanha”, afirma a deputada, que se aproximou dos dissidentes da Rede engajados na organização do Avante.

Erundina também critica o sumiço de Marina, que não compareceu nem às posses de aliados, como a do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB). Para a deputada e ex-prefeita de São Paulo, quem recebeu 22 milhões de votos em outubro não deveria se omitir no momento em que o governo anuncia medidas impopulares, como o aumento de impostos e o corte de benefícios sociais.

“A Marina está muito silenciosa, muito calada. A conjuntura é grave, mas não ouço ela se manifestar”, critica. “Ela criou a expectativa de que enfrentaria as questões nacionais, mas lamentavelmente a sociedade está sem resposta”, completa.

Marina deve reaparecer em público nesta segunda-feira (26), no Rio de Janeiro, em ato pela criação da Rede.

MaisPB

Comissão aprova texto final de projeto que abandona a meta fiscal

meta-fiscalConfusão entre manifestantes antes da reunião da Comissão de Orçamento do Congresso para votar proposta que abandona meta fiscal de 2014 (Foto: André Dusek/Estadão Conteúdo)

A Comissão Mista de Orçamento aprovou nesta segunda-feira (24) o texto final do projeto de lei que autoriza o Executivo a economizar menos para pagar os juros da dívida pública, que é o chamado superávit primário. A proposta foi votada após aprovação do texto-base da matéria, seguida da rejeição de todos os 39 destaques (trechos que alteram o teor do projeto otiginal).

A matéria segue agora para análise do plenário do Congresso Nacional, que tem a próxima sessão marcada para esta terça-feira (25). Antes de votar o projeto da meta fiscal em plenário, os deputados e senadores ainda precisam analisar 38 vetos presidenciais e quatro projetos de lei que trancam a pauta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O projeto permite ao governo abater da meta fiscal os gastos com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e as desonerações tributárias concedidas ao longo do ano. Na prática, o governo poderá fechar o ano até com deficit nas contas públicas. Os oposicionistas acusam o governo de ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal ao mudar a meta fiscal, fixada inicialmente em R$ 116,07 bilhões, para conseguir fechar as contas em 2014.

Ao final da sessão, o relator do projeto, senador Romero Jucá, negou que a aprovação na comissão representasse uma “vitória do governo”. Para ele, representa uma “vitória da razão”. “Temos que ajustar as contas públicas. Temos que ter a LDO sintonizada com a realidade da economia de 2014 e preparando a economia de 2015. Na verdade, aqui não é uma disputa entre oposição e governo. A minha posição é uma posição técnica”, disse.

O líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE), criticou a condução da votação. Segundo ele, o projeto foi aprovado “rasgando o regimento interno da Casa”.

O deputado acrescentou que os partidos da oposição pretendem dificultar a votação no Congresso. “No plenário do Congresso Nacional, a coisa vai ser diferente, vai ter muito mais espaço para que a gente possa obstruir o processo de votação e mostrar ao Brasil que essa maquiagem que está sendo consagrada através da alteração da LDO, na verdade, reforça a situação econômica do Brasil”, afirmou.

Antes de analisar os destaques do texto, a comissão precisou votar duas vezes o texto-base da matéria. A primeira análise foi anulada depois de críticas da oposição. O texto foi aprovado, inicialmente, por meio de votação simbólica (sem contagem dos votos), mas parlamentares oposicionistas pediram que uma nova votação fosse feita com contagem de votos, alegando descumprimento de normas regimentais durante a análise. Nova votação foi realizada e o texto-base, mais uma vez, foi aprovado.

Bate-boca e protesto
Durante a sessão, houve bate-boca entre os parlamentares em diversos momentos. Em um deles, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) se exaltou, devido à aprovação de requerimento pelo fim dos debates sem que ele tivesse falado. Nervoso, ele foi até a mesa da comissão discutir com o presidente e pegar a lista de inscritos para provar que havia dado o seu nome para discursar.

Após vários minutos de discussão, a situação foi contornada quando Devanir autorizou que Sampaio falasse. “O governo maquiou no primeiro ano, no segundo ano e no terceiro ano. E, para não pegar mal no quarto ano, quer mudar a lei”, acusou o tucano.

Diante das críticas da oposição, o relator pediu a palavra e afirmou que o projeto de lei não representava nenhuma “novidade”. “Não estamos fazendo aqui nada demais do que foi feito em anos anteriores. De 2007 a 2014, votamos sete LDO’s e, em sete LDO’s, votamos cinco alterações de mérito de LDO. Então, não estamos fazendo novidade nenhuma”, afirmou Romero Jucá.

Também houve confusão do lado de fora do plenário onde ocorria a discussão. Um grupo de cerca de 30 manifestantes foi impedido de entrar no local e ficou gritou palavras de ordem contra o governo (veja vídeo). Controlado pela Polícia Legislativa, o acesso foi liberado somente para servidores e profissionais da imprensa, além dos parlamentares.

Votação cancelada
O texto do projeto de lei chegou a ser aprovado, por votação simbólica, em uma sessão tumultuada da comissão realizada na noite da última terça-feira (18). Após pressão da oposição e ameaça de entrar com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a decisão, parlamentares da base aliada concordaram, no dia seguinte, em refazer a votação.

No entanto, o projeto não foi votado na quarta (19) por uma questão regimental. Pelo regimento interno do Congresso, é preciso esperar um intervalo de dois dias entre a leitura do relatório, feito na terça, e a sua votação. A base aliada apresentou um requerimento que permitiria a análise do texto ainda na quarta, mas não conseguiu votos suficientes para aprová-lo.

G1

Pai mata os cinco filhos e os abandona em sacos de lixo

paissassinoOs corpos de cinco crianças, com idades entre 1 e 8 anos, foram encontrados na terça-feira em uma zona rural do estado americano do Alabama. O pai, Timothy Ray Jones, confessou o assassinato e mostrou às autoridades onde abandonou os corpos, segundo autoridades locais. Os menores foram vistos pela última vez na quarta-feira da semana passada na casa do pai na Carolina do Sul.

 

Segundo o “The New York Times”, Jones foi detido no sábado passado pela polícia do condado de Smith, no Mississippi, por dirigir sob efeito de álcool e drogas. Policiais encontraram no veículo produtos químicos usados na produção de metanfetaminas, maconha sintética, ácido muriático, sangue e outros fluidos corporais.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A denúncia do desaparecimento das crianças foi feita pela mãe no condado de Lexington, na Carolina do Sul. Ela é divorciada de Jones e compartilhavam a guarda dos filhos. Autoridades locais informaram que o pai tinha dito aos vizinhos que planejava se mudar com as crianças pra outro estado.

 

O desaparecimento dos menores desencadeou uma busca que incluiu o FBI, a polícia federal americana. O pai das crianças confessou ter abandonado os corpos em algum lugar entre Greenville e Camden, no Alabama. Os corpos em estado de decomposição foram encontrados em sacos de lixo.

O Globo

Ladrão abandona moto roubada e deixa carta de desprezo: ‘porqueira’

bilheteUm ladrão abandonou uma motocicleta roubada em Russas, no interior do Ceará, e deixou um bilhete de desprezo; segundo o autor do roubo, o veículo não “dá nem pra fazer um assalto”. “Ajeita essa porqueira, macho, não dá nem pra fazer um assalto. Isso não serve nem pra botar no lixo, seu fulero. Compre uma brozinha, macho. Valeu, compadre”, diz o bilhete.

Segundo a Polícia Militar de Russas, o veículo foi deixado abandonado na zona rural da cidade na tarde de terça-feira (5) e já devolvida ao dono. “A moto era um pouco antiga e tinha alguns problemas mecânicos. O ladrão provavelmente precisava dela pra assaltos e fugas em alta velocidade e viu que ela não servia para o que ele queria”, diz o policial João Brígido.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A polícia fez buscas pelo autor do roubo, mas ainda não tem a identidade do suspeito. A polícia acredita que o suspeito mora em residências próximas ao local onde o veículo foi encontrado abandonado na terça-feira.

G1

 

Falcão critica confederação, abandona seleção brasileira e promete debandada

Falcao-e-a-principal-estrela-da-selecao-brasileira-para-o-Mundial-na-Tailandia-size-598Falcão, de 36 anos, afirmou que não vai mais defender a seleção brasileira de futsal – Cesar Greco/ Fotoarena

Eleito duas vezes o melhor jogador de futsal do mundo, o ala Falcão, de 36 anos, anunciou nesta quinta-feira que está abandonando a seleção brasileira. Ele fez duras críticas à atual gestão da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) e prometeu que boa parte dos atletas que disputaram os dois últimos Mundiais também deixarão a seleção. “Depois de 16 anos, estou me retirando da seleção. Saio de cabeça erguida, porque me entreguei de verdade ao esporte e ao meu país. Muitas vitórias, algumas derrotas, mas a coisa mais preciosa que se pode conquistar é respeito. E isso a CBFS nunca fez questão de ter nem comigo nem com nenhum dos meus companheiros de seleção. Somos descartáveis, inúteis em todos os sentidos”, escreveu Falcão, em seu site.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O problema de Falcão é principalmente com o diretor de seleções, Edson Nogueira, que assumiu o cargo em janeiro de 2013. Foi ele o responsável por demitir o supervisor Reinaldo Simões e o massoterapeuta Maurício Leandro. Em solidariedade, o técnico Marcos Sorato, o Pipoca, pediu demissão após ser campeão mundial. Toda a comissão técnica foi mudada.

“O momento e a administração atual da CBFS é triste, pífia e deprimente. Chegando ao ponto de dar poder a um novo ‘diretor de futsal’ que simplesmente ‘limpou’ do treinador ao cozinheiro campeões do mundo”, disse Falcão.

Depois, em entrevista ao SporTV, ele foi mais fundo às críticas. “Nosso massagista, que organizou o Mundial Feminino em Fortaleza, foi mandado embora sem direito a nada. O que vemos são absurdos com pessoas que nos cercam e precisam disso. As pessoas lá de trás, o massagista, o cozinheiro, foram mandados embora porque eram de outra direção. Eu não aceito mexer com quem está lá embaixo.”

Os problemas, porém, não são apenas fora da quadra, segundo Falcão. “Sempre que a comissão técnica faz uma convocação, já são colocados na mesa seis ou sete nomes que não podem ser convocados. Ele (o técnico Ney Pereira) presta serviço à CBFS e aceita. Tem lista de nomes que não podem ser convocados. Tem sido assim com a Vanessa, que é a melhor jogadora do mundo e desabafou na internet.”

Segundo Falcão, outro jogador que está sendo boicotado é o goleiro Tiago. “O Tiago é o melhor goleiro do mundo, foi bicampeão mundial. Ele questionou o trabalho do preparador de goleiros, mas é um amigo do Edson. O Tiago foi e questionou: ‘Tem muita gente nos clubes, gente que quer trabalhar’. Foi numa boa. Eu ouvi o questionamento do Tiago, não foi nada demais.”

Falcão tomou a dianteira no protesto que, segundo ele, vem sendo organizado há algum tempo. “O vôlei nos encorajou muito, chegou o momento. Eu tenho 16 anos de seleção, me deixei a disposição para ajudar. Eu o Vinicius (ex-capitão da seleção) começamos a conversar, juntamos muitos jogadores dos últimos dois Mundiais. Estamos em comum acordo para fazer uma mudança no futsal.” Mas o jogador também admite que pode voltar a jogar pela seleção se houver mudanças na CBFS.

Veja

 

Mãe abandona filha deficiente, sai para beber e formigas atacam a criança

criancaUma jovem de 25 anos está sendo investigada por maus-tratos contra a própria filha, de seis anos. A criança, que tem necessidades especiais, foi abandonada em casa pela mãe e acabou sendo atacada por formigas. De acordo com a Polícia Militar, Priscila Raquel de Moraes deixou a menor no imóvel para beber em um bar. O caso ocorreu na semana passada, em Cláudio, centro-oeste do Estado.

A denúncia recebida pelos militares informava que uma menina estaria chorando há horas dentro de uma casa no bairro Novo Mundo, na rua Colômbia. Estranhando o comportamento da criança, os vizinhos decidiram acionar a PM, que compareceu ao local. Eles conseguiram entrar por uma porta que estava destrancada e encontraram a garotinha deitada na cama, com marcas de vômito pelo lençol e no corpo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além disso, havia grande quantidade de formigas espalhadas pelo rosto, boca, ouvidos e nariz da menor. Diante dos fatos, os policiais lavaram o rosto da menina e a levaram para a Santa Casa da cidade.

Eles acionaram o Conselho Tutelar e, durante o registro da ocorrência, ficaram sabendo que a mãe dela estava em um bar da cidade. Priscila confirmou que havia deixado a filha sozinha em casa, mas alegou que havia sido por pouco tempo. Visivelmente embriagada, a mulher foi detida em flagrante por maus-tratos.

A menina permaneceu internada na Santa Casa, por apresentar sintomas como febre, tosse constante e desidratação. Priscila foi liberada ontem (24), de acordo com a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social).

180 Graus