Arquivo da tag: 350

Deslizamento de terra destrói 350 casas no Afeganistão e deixa centenas de mortos

afeganistaoPelo menos 350 pessoas morreram na província de Badakhshan, no nordeste do Afeganistão, em um deslizamento de terra nesta sexta-feira (2) causado pelas fortes chuvas, anunciou a missão da Organização das Nações Unidas no país (Unama).

“De 350 a 400 casas foram destruídas no distrito de Argo, como resultado das fortes chuvas que provocaram deslizamentos de terra”, disse Mohammad Baidaar, vice-governador da província montanhosa. O número de mortos poderá aumentar com o trabalho dos socorristas.

“Havia mais de 1.000 famílias morando no vilarejo. Um total de 2.100 pessoas –homens, mulheres e crianças– está soterrado”, disse à agência Reuters Naweed Forotan, porta-voz do governo de Badakhshan.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O deslizamento, que aconteceu após uma semana de chuva forte e num período de derretimento da neve, derrubou centenas de casas e danificou outras centenas, disse ele.

Moradores estavam tentando recuperar seus pertences após um deslizamento menor que atingiu o vilarejo. Ninguém ficou ferido no primeiro deslizamento, segundo autoridades, e o segundo aconteceu poucas horas depois.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, determinou o início imediato dos esforços de emergência, informou o governo em comunicado.

A Força Internacional da Otan no Afeganistão (Isaf) está trabalhando com o Exército afegão nas buscas por sobreviventes, informou a ONU.

Badakhshan é uma província remota do nordeste do Afeganistão, na fronteira com Tadjiquistão, China e Paquistão. “A informação que recebemos é que 600 famílias vivem no vilarejo de Aab Bareek, em Argo”, indicou o chefe da Agência de Gestão de Situações de Crise, Mohammad Daim Kakar.

G1

 

350 mil eleitores de João Pessoa e Campina Grande podem ter o título cancelado pelo Tribunal Regional Eleitoral

biometriaFaltando exatos dois meses para o encerramento da Campanha da Biometria na Paraíba, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) constatou que mais de 215 mil eleitores de João Pessoa e 134.612 mil, em Campina Grande, poderão ter seu título de eleitor cancelado, caso não se submetam ao recadastramento biométrico até o dia 21 de março de 2014. Até a manhã desta terça-feira (21), 55% do total de eleitores de João Pessoa se recadastraram. Em Campina Grande o percentual chegou a 51,78%.

O mutirão da biometria segue com reforço no atendimento até o dia 31 de janeiro. No entanto, a procura tem sido abaixo do esperado, conforme explicou o Coordenador da Eleições do TRE-PB, Clóvis Oliveira. “Temos uma capacidade diária de atendimento em João Pessoa de pouco mais de 4 mil eleitores por dia, mas apenas uma média de 3 mil eleitores por dia estão comparecendo. Isto preocupa porque na reta final, quando despertarem o interesse, não teremos capacidade de atender a todos e muitos poderão ficar sem o título”, alertou.

Clóvis Oliveira lembrou que na última sexta-feira (17) foi liberado o último lote com 45 mil vagas para os dias 20 a 31 deste mês, quando o esforço coletivo do mutirão chega ao fim. “Todos os postos de biometria estão atendendo sem a necessidade de agendamento, mas quem preferir a comodidade de escolher local, dia e horário, também tem essa possibilidade”, disse.

Nesta terça-feira, mais uma vez, os postos de atendimento de João Pessoa estão com pouca movimentação, o que implica em guichês vazios e funcionários parados, esperando o próximo atendimento. Os eleitores que tiverem disponibilidade de comparecer ainda hoje, até as 18 horas, podem se dirigir a qualquer um dos postos instalados na Sede do TRE-PB, no Centro, no Fórum Eleitoral, por trás do Shopping Tambiá, na Subprefeitura de Mangabeira, em Mangabeira, no Procon Estadual, por trás do Cassino da Lagoa, na Casa da Cidadania do Manaíra Shopping e de Mangabeira, sem precisar agendar pela internet. Basta ir até lá, pegar sua ficha e aguardar o atendimento.


Assessoria