Sobis vira carrasco do Inter e coloca Fluminense na briga pelo título

Publicado em segunda-feira, novembro 7, 2011 ·

sobisCom gols em duas finais de Copa Libertadores, Rafael Sobis já levou o Internacional à conquista da América em 2006 e 2010. Neste domingo, no entanto, deixou o time gaúcho mais longe dela. Ídolo no Beira-Rio, o atacante virou carrasco: marcou o gol que definiu a vitória do Fluminense por 2 a 1, resultado que tira o Inter da zona de classificação para a competição continental e coloca os cariocas de vez na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Sobis balançou as redes nos acréscimos do primeiro tempo, no primeiro reencontro com o Inter desde que, sem ser aproveitado pelo então técnico Falcão, acabou deixando Porto Alegre. Outro ídolo colorado que voltou ao Beira-Rio neste domingo foi o técnico Abel Braga, que dirigiu o clube nas conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2006. As emoções foram mais fortes para o Fluminense, no entanto.

Com a importante vitória, o time carioca chega aos 56 pontos, firme na terceira colocação e a apenas dois de Corinthians e Vasco – ambos foram derrotados nesta rodada. Já o Internacional, que se tivesse vencido em casa inverteria a situação, se firmando na briga pela taça, agora deixa a zona de classificação para a Libertadores, caindo para a 7ª colocação, com 51 pontos.

Na próxima rodada, o Internacional vai até Sete Lagoas para enfrentar o Cruzeiro na Arena do Jacaré. O duelo está marcado para as 19h (de Brasília) do domingo. O Fluminense joga neste mesmo horário, mas no sábado. O adversário também será um time ameaçado pelo rebaixamento: o América-MG, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O jogo

Internacional e Fluminense não pensaram duas vezes antes de se arriscar no ataque e, como consequência disso, o que a torcida que lotou o Beira-Rio pôde ver foi um jogo com boas chances e muitos erros, com alguns momentos atabalhoados por parte dos atletas. O anfitrião dominou o começo da partida e quase marcou aos 4min, em cabeçada de Leandro Damião após cobrança de escanteio. O zagueiro Leandro Eusébio salvou o visitante.

Aos 10min, Oscar recebeu lançamento em posição regular e, cara a cara com Diego Cavalieri, se esticou para tocar e desviar a bola, que saiu rente à trave. A equipe acabou surpreendida aos 16min: Deco fez cruzamento e Rafael Moura aproveitou falha de Muriel, que não conseguiu afastar a bola, para cabecear e abrir o placar para o Fluminense na segunda trave. Então, o foco do time carioca mudou para a defesa.

A decisão de tentar evitar o empate acabou contribuindo para o avanço do Internacional, que pressionou e quase marcou aos 26min, com Oscar, que cabeceou cruzamento de Andrezinho e obrigou Diego Cavalieri a fazer grande defesa. Dez minutos mais tarde, Leandro Damião recebeu pela direita da área e cruzou na direção da marca do pênalti. Com velocidade, Oscar apareceu livre para tocar na saída do goleiro do Fluminense, empatando.

O alívio do time colorado durou pouco mais de dez minutos. Aos 48min, Deco encontrou Rafael Sobis na frente. O atacante dominou e bateu cruzado para recolocar os visitantes à frente no marcador. Por respeito ao Inter, clube no qual conquistou duas Copas Libertadores da América, o jogador não comemorou. Foi a primeira vez que enfrentou a equipe na qual se tornou ídolo.

No segundo tempo, o jogo ficou mais truncado, mas difícil para ambos os times. Precisando do placar, o Internacional partiu para cima e conseguiu acuar o Fluminense, que pouco criou. Mesmo o anfitrião, no entanto, demorou a ter uma chance clara de gol: aos 21min, Rodrigo Moledo recebeu pela direita da área e cruzou na pequena área para Leandro Damião, que desviou mal e perdeu a oportunidade.

Para complicar ainda mais a situação dos comandados de Dorival Junior, a equipe ficou com um homem a menos aos 35min, quando Juan fez falta em Rafael Sobis, reclamou com o árbitro e acabou recebendo o cartão vermelho. Aos 41min, Tinga, que entrou em campo no lugar de Guiñazu, recebeu bom passe pela direita da área e bateu cruzado com força, mas Diego Cavalieri defendeu. A pressão colorada não rendeu resultados nos acréscimos.

Internacional 1 x 2 Fluminense

Gols

Internacional:
Oscar, aos 37min do primeiro tempo
Fluminense:
Rafael Moura, aos 16min do primeiro tempo, e Rafael Sobis, aos 48min

Internacional: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Guiñazu (Tinga), Bolatti, Andrezinho (Ilsinho) e D¿Alessandro (Zé Roberto); Oscar e Leandro Damião. Técnico: Dorival Junior

Fluminense: Diego Cavalieri; Mariano, Elivélton, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Valencia, Marquinho (Araújo) e Deco (Diguinho); Rafael Moura (Lanzini) e Rafael Sobis. Técnico: Abel Braga

Cartões amarelos
Internacional: Kleber, Ilsinho, Oscar e Leandro Damião
Fluminense: Carlinhos, Edinho, Valencia, Deco, Rafael Moura e Rafael Sobis

Cartões vermelhos
Internacional: Juan

Árbitro
Sandro Meira Ricci (Fifa/DF)

Local
Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627