Servidores da PB anunciam greve geral por insatisfação com reajustes do governo

Publicado em quarta-feira, Fevereiro 4, 2015 ·

Servidores do Sindifisco indicam paralisação
Servidores do Sindifisco indicam paralisação

Uma greve geral de todo o serviço público estadual pode estar por vir na Paraíba. Essa foi a informação confirmada ao Portal Correio pelo presidente do Sindicato dos Integrantes do Grupo Ocupacional Servidores Fiscais Tributários do Estado da Paraíba (Sindifisco-PB), Vitor Hugo. A greve, que ainda não tem data estabelecida, deve ocorrer por conta da insatisfação do reajuste concedido pelo governo que, para alguns servidores, chegou a apenas 1%.

Segundo o presidente do Sindifisco, a data da greve geral depende da realização ou não de uma mesa de negociações com o governo do estado para discutir o reajuste ao funcionalismo público, que a entidade classifica como um “deboche com o servidor publico”.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Anteriormente, já havíamos enviado solicitações de negociação com o governo, mas não tivemos nenhuma resposta. Estamos reiterando a solicitação e caso seja negada ou não recebamos resposta iremos articular com as outras categorias, que também estão insatisfeitas com estes reajustes, para discutir uma data e deflagrar greve geral por tempo indeterminado do serviço público na Paraíba”, afirmou Vitor Hugo.

De acordo com Vitor Hugo, a insatisfação com o reajuste atinge os professores, policiais militares, policiais civis, técnicos administrativos e servidores da Fundação de Desenvolvimento da Criança e Adolescente (Fundac).

Independente da posição das outras entidades de servidores, o presidente do Sindifisco falou que a categoria aprovou na noite da terça-feira (3), e vai realizar uma paralisação de advertência em frente ao Palácio da Redenção, antes da greve, mas garante que 30% dos servidores do fisco estadual vão permanecer em atividade para cumprir o percentual mínimo exigido pela Justiça.

Posicionamento do governo

Portal Correio entrou em contato com a secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias, que informou não ter recebido nenhuma solicitação para realizar mesa de negociações por parte do Sindifisco.

“Não recebemos nenhuma documentação que solicite uma negociação para rediscutir o reajuste, até porque, a data base dos servidores já passou. Não vai haver reajuste dentro do reajuste e só vamos fazer novas discussões perto da próxima data base, que é em janeiro de 2016”, afirmou a secretária.

 

Por Halan Azevedo

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627