Sentir dor na hora da transa é normal? Saiba quando se preocupar

Publicado em sábado, outubro 25, 2014 ·

Você já deve ter ouvido muitas histórias sobre as relações sexuais. Elas sempre vêm cercada de mistérios e mitos.

Há quem diga que é normal sentir dor na hora H. Mas saiba que, às vezes, isso não é tão normal quanto parece e não precisa ser encarada de forma natural. Seu corpo fala e, por isso, você deve ficar atenta ao sinais de que algo não está tão legal assim.

Sentir dor na hora da transa é normal? Saiba quando se preocupar

Foto: Thinkstock/Getty Images

Possíveis causas da dor

Em um primeiro momento e na maioria dos casos, o nervosismo, a insegurança e as preocupações são as principais causas da dor na hora da transa. O ginecologista Sérgio Kobayashi explica que esses fatores predispõem a vagina a contrações involuntárias e também a uma lubrificação deficiente. Assim, a relação pode se tornar dolorosa e desagradável.

Mas é bom ficar atenta! As dores também podem indicar que algo não está muito legal com a sua saúde. Elas podem ser causadas por corrimentos, cistos, endometriose, fissuras, machucados na vagina, entre outros.

Hora de pedir ajuda

O ginecologista Domingos Mantelli afirma que é normal deixar de sentir dor após a cicatrização do hímen, que se rompe após a primeira relação. Mas, se mesmo assim, você continuar sentindo dores muito intensas e incômodas, é hora de procurar seu ginecologista! “É sempre prudente consultar um ginecologista ao iniciar a vida sexual”, esclarece Domingos.

É muito importante deixar a vergonha e o medo de lado e passar por consultas ginecológicas anualmente, principalmente após a primeira menstruação. Assim, você esclarece suas dúvidas e ainda pode tratar mais rápido alguns eventuais problemas.

playlist: malhação outras temporadas

Foto: Thinkstock/Images

Como evitar a dor

Normalmente, a dor aparece nas primeiras relações sexuais. O ginecologista explica que nesses casos a dor é proporcional ao grau de relaxamento e lubrificação da vagina.

Ela tende a desaparecer quando a mulher ficar mais tranquila e sossegada, curtindo mesmo o momento, sem pressas ou cobranças. Por isso, o ideal é caprichar nas preliminares para deixar o momento bem agradável e longe do nervosismo. “Se a transa for tranquila e relaxada, ela também será prazerosa”, explica o Dr. Sérgio.

Existem, ainda, alguns produtos que podem ajudar na hora H, mas, antes de usá-los, você deve conversar com seu ginecologista. E não se esqueça de sempre usar o preservativo, pois eles evitam problemas futuros, como as DSTs ou até mesmo uma gravidez indesejada.

 

todateen

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627