Senador nega ‘fantasma’ em seu gabinete

Publicado em terça-feira, Maio 22, 2012 ·

O senador paraibano Vital do Rêgo Filho (PMDB), que é também presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga o caso do bicheiro Carlos Cachoeira, nega que exista funcionário ‘fantasma’ em seu gabinete.

Vital do Rego enviou, por meio de sua assessoria, nota informando que vai abrir uma sindicância interna para investigar o caso.

O senador foi alvo de matéria publicada no jornal paulista Folha de São Paulo, edição desta terça-feira (22) que o acusa de manter funcionários que não dão expediente em seu gabinete.

A matéria cita Ilanna Motta, mãe do deputado Hugo Mota; Maria Alice Maranhão, filha do ex-governador José Maranhão; e Silvia Lígia Suassuna, prima do ex-senador Ney Suassuna, além de Maria Eduarda Lucena dos Santos como funcionárias que recebem salários pelo gabinete do senador e, no entanto, não trabalham. Ainda de acordo com a matéria da Folha, os salários dos ‘fantasmas de Vital” variam de R$ 2.000 a R$ 12,8 mil.

Vital do Rêgo disse que não há influência política na contratação dos funcionários: “Todas as pessoas do meu gabinete exercem funções setoriais em nosso Estado”, disse.

CONFIRA A ÍNTEGRA NOTA:

O Senador Vital do Rêgo informa, a propósito de matéria publicada hoje pelo jornal Folha de São Paulo, que em seu gabinete não há funcionário fantasma ou faltoso. Para tanto, por determinação do Senador, será aberto um procedimento interno de sindicância para apurar a freqüência da servidora Maria Eduarda Lucena dos Santos.

Marco Aurélio

Chefe de Gabinete

Com informações da Folha Online

Wanja Nobrega

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627