brasil

Senador Carlos Portinho afirma que regulamentação das apostas deverá ficar para 2023

Publicado em segunda-feira, junho 27, 2022 ·

Um dos líderes do governo Bolsonaro no Senado, o senador Carlos Portinho, do PL, afirmou recentemente que algumas pautas importantes para o governo deverão ficar para o ano de 2023. Entre elas está o projeto de lei que regulamentará as apostas no Brasil, incluindo cassinos, apostas esportivas, bingo e jogo do bicho. Para os amantes das apostas essa é uma má notícia, mas enquanto isso clique aqui para listas de cassino online.

Com o grande avanço do interesse por apostas nos últimos anos, o projeto de lei 442/91 teve sua aprovação pela Câmara dos Deputados em fevereiro deste ano. Apesar de ter passado por uma votação apertada, com placar de 242 votos favoráveis e 206 votos contrários, era esperado pela classe política que o projeto fosse votado ainda este ano pelo senado. Entretanto, com a proximidade das eleições, é provável que este e outros projetos avancem somente no ano de 2023 após definida a reeleição ou não do presidente Jair Messias Bolsonaro.

Segundo o senador Carlos Portinho, é bastante improvável conseguir avanços de pautas importantes e polêmicas no último ano de um governo. Entre as pautas citadas estariam os projetos de lei que versam sobre armas, apostas e o chamado “homeschooling”, algumas das pautas mais debatidas neste momento. Por conta disso, é mais provável que estes projetos sejam debatidos, votados e possivelmente aprovados somente caso haja a reeleição do presidente Jair Messias Bolsonaro para um novo mandato presidencial.

Cabe ressaltar que ainda assim, entre o próprio governo Bolsonaro a pauta da regulamentação das apostas não é uma unanimidade como pôde ser visto no placar apertado da votação na Câmara dos Deputados. Uma das bases de apoio do governo, a bancada evangélica, é radicalmente contra a aprovação desta regulamentação que segundo eles poderia desestabilizar muitas famílias brasileiras.

De qualquer forma, dentre os próprios apoiadores do governo e da situação, existem políticos que defendem a aprovação com paixão e argumentos favoráveis ao projeto de lei 442/91.

Entre os defensores da aprovação do projeto, os principais argumentos seria o aumento com a arrecadação de impostos, a geração de milhares de novos postos de trabalho e a atração de turistas do mundo inteiro trazendo ao país um público específico que hoje possui como destino outras cidades do mundo como Las Vegas e Punta Del Este. Nestas cidades, com cassinos legalizados, é possível vivenciar a experiência presencial com o mundo das apostas.

É esperado que o debate sobre o projeto prossiga ao longo do ano no Senado ainda que as possibilidades de definição sejam remotas conforme afirma o senador Carlos Portinho. Em 2023 esse e outros projetos cruciais para a geração de novas fontes de arrecadação para o governo certamente estarão entre as pautas prioritárias para a classe política.

No momento uma reeleição do presidente Jair Messias Bolsonaro passa por uma virada no cenário desfavorável. As últimas pesquisas eleitorais apontam vantagem do presidenciável Luis Inácio Lula da Silva tanto em primeiro como em um possível segundo turno.

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br