Sem diretórios na maioria dos municipios, o PDT na Paraíba corre o risco de perder registro no TSE

Publicado em sexta-feira, setembro 9, 2011 ·

80962_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBO PDT na Paraíba que é comandado pelo secretário Renato Feliciano, filho do deputado federal Damião Feliciano pode desaparecer no país. O partido corre o risco de perder o registro no Tribunal Superior Eleitoral por causa de confusão judicial no Rio de Janeiro.

A informação está publicada pelo colunista Cláudio Humberto na quinta-feira (8). Ele  revela que o partido criado por Leonel Brizola conta com oito diretórios regionais, muito embora a lei obrigue um mínimo de nove. Em agosto, a 1ª Vara Cível do Rio deu ganho de causa a um grupo de militantes que questiona a eleição da executiva no estado. Desde então, ficou sub judice. O artigo 19 da Seção V, do TSE, sobre registro de partidos, determina que devem ser oficializados em, pelo menos, um terço dos estados”, revelou o colunista.

A informação é que a executiva nacional corre contra o tempo para não ficar na reta dos adversários. Qualquer cidadão ou partido pode provocar o TSE. O PDT pretende realizar vinte convenções, até outubro, para eleger mais diretórios, avisa o presidente em exercício, André Figueiredo.





Fonte: Élison Pereira com Cláudio Humberto
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br