Segundo CPJ, Brasil é o 3º país com maior número de jornalistas assassinados

Publicado em sábado, setembro 22, 2012 ·

O Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ) divulgou dados que revelam que o Brasil é o 3º país com maior número de jornalistas assassinados em 2012, informou o Terra. Três profissionais de imprensa morreram em razão da profissão, enquanto um dos casos ainda não teve a causa revelada.

Na lista do CPJ, o Brasil perde apenas para a Síria, onde 22 jornalistas já morreram, e a Somália, país que registrou seis mortes neste ano. O CPJ afirma, no entanto, que o Brasil está empatado com o Paquistão, também com quatro assassinatos.
O último jornalista assassinado no Brasil foi Valério Luiz de Oliveira, da Radio Jornal, em Goiânia. Ele foi morto em julho quando saía da emissora, tendo sido vítima de sete disparos. Os outros jornalistas mortos foram Décio Sá, Mário Randolfo Marques Lopes e Paulo Rocaro.
Portal IMPRENSA

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627