Segunda Região de Saúde faz capacitação de PPD em presídio de Guarabira

Publicado em domingo, outubro 16, 2011 ·

O teste de Tuberculose foi direcionado a população carcerária e a oficina visa contemplar profissionais de saúde dos vinte cinco  Municípios que compreendem a Gerência
_

A 2ª Gerência Regional de Saúde (2GRS) realizou uma oficina de capacitação em PPD (teste de Tuberculose) no presídio  Regional  João Bosco Carneiro, em  Guarabira. O  evento aconteceu durante os dias 3  a 7  de  outubro,  o qual  teve a preocupação  exclusiva com a  saúde da população  carcerária daquela  unidade de detenção,  além  da  habilitação em  PPD aos  profissionais de saúde dos  vinte cinco  Municípios que polarizam a  Segunda Gerência.


Tendo o apoio do gerente Cleonaldo Freire, e Organizado pela Apoiadora em Saúde da Gerência, Dra. Isis Emmanuelle – o estágio contou com uma equipe enviada pela SES (Secretaria de Estado da Saúde), a qual foi a responsável pela capacitação. A saber: Dra. Mauricélia M. Holmes (coordenadora do programa de Tuberculose); Dra. Missânia Moreira (coordenadora da Rede de Frio); e a Dra. Rosane Marques (técnica da Rede de Frio).  Que foram  bem  recepcionadas pelo  diretor da unidade, Emilson Silva, bem como pelos  apenados.


A equipe da SES se disse ‘encantada’ com os trabalhos desenvolvidos pela direção daquele presídio, que conta com a parceria da vara de execuções penais  de Guarabira,  que em  conjunto realizam  o  projeto  de  ressocialização denominado ‘Passos  à  Liberdade’.

De acordo com Isis Emmanuelle, além da capacitação aos  profissionais de saúde  da regional o estágio teve  também a finalidade de realizar  uma busca ativa nos apenados, na intenção  de detectar possível  caso  de  tuberculose inicial. “Tendo em vista que, devido ao confinamento a população carcerária está exposta a considerável risco  de infecção pelo bacilo da  Tuberculose”. – enfatizou


Ela ainda disse que antes de realizar o  teste  foi feito  um  esclarecimento quanto aos  aspectos importantes da doença –  sua transmissão, prevenção e tratamento.

O exame de PPD é simples e rápido – é feito no terço  médio do antebraço esquerdo,  de  forma intradérmirca,  onde aplica-se  0,1ml do  líquido (PP). A leitura do local onde foi realizado o teste está pronta em 48  horas. Tendo a finalidade de diagnosticar se o pessoa já  teve,  ou não contato com  o  bacilo da Tuberculose.

A Tuberculose é uma doença infecciosa transmissível, causada pelo Mycrobacterium Tuberculosis,  também chamado  de bacilo do Koch.

O número de mortes pela doença em nosso meio é de 4 a 5 mil por ano. A forma de  transmissão é  necessário  que haja o  agente infeccioso (fonte  de  infecção), a pessoa   susceptível ao agente infeccioso.  Modo  de transmissão: via respiratória > fala > espirro  >  tosse.

Sintomas: Tosse fraca ou intensa há  mais de dois meses;  Febre baixa vespertina; Sudorese noturna; Falta de apetite e emagrecimento;  Dor nas costas e no peito; Fraqueza,  desanimo e  cansaço.

A 2GRS realizará entre os dias de  17 a 21, a  2ª  etapa da capacitação  em  PPD, e terá  desta vez  como campos  de  estágios,   o presídio central Vicente Claudino  de  Pontes e o  4º  Batalhão de  Policia Militar,  ambos  em  Guarabira.


Confira  mais  imagens:


Ascom/Ivanildo Santos
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627