Secretária Estadual: O caso de Queimadas é um dos mais bárbaros do país

Publicado em sexta-feira, setembro 14, 2012 ·

A secretária executiva da pasta estadual da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), Gilberta Santos, falou sobre a vinda dos membros da CPMI contra a Violência à Mulher à Paraíba.

De acordo com ela, a vinda da comissão é importante, pois o caso dos estupros e mortes em Queimadas é um dos casos mais bárbaros que já aconteceram no país, e a Secretaria Estadual acompanhou o caso desde o início, promovendo acompanhamento psicológico e social às famílias juntamente com o CREAS do município.

– Estamos acompanhando a CPMI, e o caso de Queimadas está sendo abordado em todo o país, como um exemplo a não ser repetido. O desfecho que esperamos é que os acusados sejam punidos e que as penas não sejam brandas. Para que sirva de lição pro Brasil, onde o homem que pense em agredir ou estuprar uma mulher tenha a certeza que será punido – declarou Gilberta.

As declarações repercutiram nesta sexta-feira, 14, na rádio Caturité AM.

paraibaonline

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627